Roberto Freire, que trocou PE por SP, acha que vai haver segundo turno

O deputado Roberto Freire (PPS-PE) acha que, após publicados os últimos dados do Datafolha, haverá segundo turno na eleição presidencial, na qual seu partido está aliado ao PSDB do candidato José Serra.

Roberto Freire, ex-candidato à Presidência da República pelo antigo Partido Comunista do Brasil (PCB), foi deputado estadual, cinco vezes deputado federal e senador por Pernambuco.

Num gesto surpreendente, em 2009 o presidente nacional do PPS deixou 32 anos de militância política em seu estado natal e transferiu o domicílio eleitoral para São Paulo, onde disputa vaga de deputado federal.

“Nada mais lógico que uma liderança nacional que luta por uma sociedade mais justa e fraterna que assegure a todos os brasileiros a igualdade no acesso às oportunidades”, explica Frere em seu site a respeito da mudança, “viesse se juntar ao esforço também nacional de São Paulo para construir um país mais digno”.

“RAZÕES POLÍTICAS E ATÉ EMOTIVAS” — O deputado se diz “há muito vinculado a São Paulo, por razões políticas e até emotivas, não sendo gratuito que o PPS tenha nascido no Teatro Zaccaro [extinta casa de espetáculos no bairro paulistano do Bixiga], em 1992″, e declara-se “um entusiasta do cosmopolitismo e do progresso da terra bandeirante.”

Freire participou em 2004 da campanha de José Serra (PSDB) à prefeitura de São Paulo e, em 2006, foi um dos coordenadores da campanha do ex-governador paulista Geraldo Alckmin, também aliado tucano, à Presidência da República.

Seus adversários em Pernambuco explicam a mudança de forma diferente: ele teria ficado sem espaço na polarizada política do estado, que opõe o PSB do governador e candidato à reeleição Eduaro Campos, neto e herdeiro do três vezes governador Miguel Arraes, já falecido, ao PMDB do senador e ex-governador Jarbas Vasconcelos, candidato a voltar ao Palácio do Campo das Princesas — sem qualquer chance, segundo as pesquisas de intenção de voto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × dois =

Nenhum comentário

  • Inácio

    Sempre gostei muito do Roberto Freire, por sua atuação corajosa e combativa na camara federal; também por seus otimos artigos nos jornais. Sabia, sim, que ele é candidato por São Paulo mas creio que muitos ainda não sabem. Valeu, Ricardo, pela lembrança desse fato aos seus leitores. Um politico dessa envergadura não pode ficar fora da camara.

  • Marco

    Caro R. Setti: Esse Sr. é um bom Político, fala com propriedade. Espero q consiga se eleger e dar uma boa contribuição.
    Abs.

  • Markito-Pi

    1-Voto no 2323, com muito orgulho, de um paulista que agora vive no Piaui, e pela última vez, antes de transferir o titulo, veio a SP para votar.
    2- Roberto Freire é uma daquelas RARÍSSIMAS criaturas que estão na faixa superior de prestigio admiração do Brasil.Obrigado, Freire por dar-me o privilégio d UMA vez na vida, ter-lhe dado meu voto. Se ficasse em PE, eu não teria esta chance.
    3- Que bom que PE secou o seu espaço. Este galãzinho de novelas B, Eduardo Campos, carrega no currículum um único predicado: ser neto de Arraes.
    O velho Arraes teria comichões a ver seu neto ser tão lambe-botas,tão servil, tão demagogo.
    Obtigado, Freire. Contabilize mais 5 votos paulistas( minha familia entra a minha).

  • Marco

    Há alguns dias comentei q o excelente Jungmann, por vc citado como um dos nossos melhores deputados, não havia tido grandes votações nas duas vezes q foi eleito. Não citei a migração do grande R. Freire p/ SP devido ao mesmo processo de “emagrecimento dos votos” q ambos sofreram em PE
    para não parecer declaração de voto.
    Hj em PE só dá Dudu Campos, mais a “mulher do Lula” e seus associados. Pior para eles. Pior para nós.

  • Nuno Alves

    Roberto Freire tem razão. Tenho certeza que haverá segundo turno e que depois a conversa vai ser outra.

  • Mero

    Roberto freire saiu de PE corrido, não ganharia nem eleição pra síndico de prédio. Nesse nível que ele vai, o que fala não vale muita coisa.

  • Oilfinder

    Roberto Freire é um Sarney que não deu certo (para si próprio). Escondeu e renegou seu passado, até mudando a sigla do partido, e agora vai ser humilhado pelo Tiririca em SP. As pessoas mudam, muitas vezes para pior. Diretas Já… outro tempos, tenho uma foto dele e do Tancredo lado a lado em comício em Belém, e agora esta vergonha.

    Caro leitor, o que é, a seu ver, exatamente, “essa vergonha”? Mudar de estado?

    Abraço do

    Ricardo Setti

  • helo

    mais um voto pra ele – 2323 !!

  • pessoa

    infelizmente para o deputado roberto freire a realidade é amarga. parece que não vai haver segundo turno e seu partido junto com o dem vem em persistente processo de desidratação, o que pode se iniciar também para o psdb, caso o serra perca.

    qual a saida?

    para evitar a extinção destes partidos, os três poderiam se fundir em um grande partido de direita, talvez incorporando também o ptb ruralista.

    o brasil está precisando deste partido, como pode ser atestado pelos internautas que acessam muitos blogs de veja. o espectro politico ficaria com o pt social-democrata, o pmdb centrista e (pps,dem,psdb) de direita, me parece que os outros segmentos já estão tomados e não lhes resta outra alternativa.

  • Ed Carlos Ferreira da Costa

    Tem meu voto.

  • Neile

    PAra a pessoa
    Que bom ,né ?Nos tornaremos uma venezuela e melhor
    um país de partido ou seja de uma única facção .Isso é realmente uma demoracia .Parabéns ptralha ,você é o cara ……..

  • Marcos Aarão Reis

    O “achismo” de Roberto Freire é tão conhecido quanto equivocado. O que ele “achou” em São Paulo, até agora, foram dois cargos de conselheiro em empresas do estado; nomeações “aliadas”. Resta saber se o eleitor paulista lhe dará votos.

  • Benedito I. Furlaneto

    Se os paulistas não tivessem politicos do calibre de Roberto Freire, Aluizio Nunes ,Arnaldo Madeira,
    Serra, Alquimim,FHC.etc,o que sobraria então? só estrumes: Mercadante, Marta relaxa e goza,titica de galinha(tiririca),o esfola mulé(Netinho), nossa que pesadêlo seria não? eu como paranense, fico triste em ver o senado paulista sendo representado pelo “peruca de touro” o surra mulher e a boca mole e piranha de argentino.

  • Silvia

    Graças a Deus que ele veio para São Paulo.

  • Ricardo Souza

    Concordo em parte com o deputado Freire. Acho que vai ter 2º turno em São Paulo!

  • paola

    É um privigélio para qualquer Estado da União ter Roberto Freire como seu representante legislativo.

    Pena que o povo pernambucano não valorize esse cidadão brasileiro.

    Cara Paola, talvez você não tenha ainda esta informação, mas Roberto Freire se elegeu deputado federal pelo PPS de São Paulo com 140 mil votos — uma boa votação.

    Abraços do

    Ricardo Setti

  • Isidoro Guedes

    Roberto Freire é aquele tipo de político que Brizola qualificaria como trânsfuga. Nós daqui de Pernambuco o conhecemos bem, e é por isso que ele saiu daqui, envergonhado de si próprio e por não poder andar nas ruas de cabeça erguida.

    Esse senhor traiu seu passado, se lambuza com os que no passado silenciavam diante de torturas e assassinatos. Enganou aos que de boa fé acreditaram que ele fosse de fato um político comunista e de esquerda.

    Hoje aliado e cooptado pela direita mais atrasada e reacionária é um político sem credibilidade alguma.

    Nós daqui de Pernambuco, que estamos muito bem sem ele, e mantemos nossa tradição de estado rebelde e altivo, desejamos que ele permaneça aí por São Paulo, de preferência sem mandato, já que o povo de São Paulo não merece um representante desse naipe.

    Caro Isidoro,

    Aí estão suas veementes críticas ao deputado Roberto Freire. Aqui é um espaço democrático e, estando em termos, sem palavrões, ameaças ou ataques pessoais, TODOS os comentários serão publicados.

    O deputado Roberto Freire conseguiu, sim, um mandato pelo PPS de São Paulo, obtendo 120.000 votos.

    Um abraço, apareça sempre.

    Ricardo Setti

  • Cleunice

    Olá, com grande prazer que venho comentar este portal.Acredito nesse trabalho do Sr.Roberto Freire, o Brasil precisa de homens de punho firme e sério.Conte comigo. Que o Sr. tenha muito trabalho com muitas vitórias para celebrar. Grande abraço.