Image
Caballero com um casaco blindado em exposição em Guadalajara, no México: roupas aguentam até tiro de uma Magnum 45 (Foto: miguelcaballero.com)

As altas taxas de criminalidade e a incontrolável bandidagem da Colômbia de duas décadas atrás forneceram o click para o então estudante de desenho industrial e têxtil Miguel Caballero: e se ele pesquisasse algum tipo de tecido que substituísse os pesados e desconfortáveis coletes à prova de balas, um tormento que milhares de colombianos se impunham apesar das altas temperaturas do país?

Pois ali começou o sucesso daquele que é hoje chamado de “o Armani da roupa blindada”. Caballero consegue fabricar casacos – até de peles, para mulheres –, roupas de motoqueiro, jalecos, blazers e mesmo camisas polo que suportam o impacto de tiros.

Conforme a roupa, aguentam o tranco de uma Magnum calibre 45, garante ele (e mostram os vídeos e testemunhos postados no site de sua empresa).

Os materiais e fibras que ele utiliza são segredos industriais.

Image
Roupas à mostra na loja de Caballero na Cidade do México (Foto: NYT)

Com a notável diminuição da brutalidade criminosa obtida pela Colômbia em suas grandes cidades, a grande clientela de sua empresa passou a concentrar-se no México, imerso em virtual guerra civil entre o governo e os poderosos carteis de droga, que já resultou em 40 mil mortos nos últimos cinco anos.

“As pessoas no México querem proteger-se cada vez mais”, diz Caballero. “Há milhares de automóveis blindados, muitos sequestros, altos níveis de criminalidade e o maior contingente de ricos do mundo”, exagera.

Exagero ou não, o fato é que Caballero – que também trabalha com blindagem tradicional, em veículos, coletes e apetrechos militares – ostenta uma luxuosa loja no bairro de Polanco, na Cidade do México, onde se aglomeram as grandes grifes internacionais, cujo movimento é tão grande que é necessário marcar hora para ser atendido.

Os preços de suas roupas oscilam entre 500 e 5 mil dólares.

Image
As roupas blindadas incluem linhas para homens e mulheres (Foto: manuelcaballero.com)

Ele estendeu seus negócios para outros países da América Latina, os Estados Unidos, a Europa, a África do Sul, a Índia e a China. E proclama que fazem ou fizeram parte de sua clientela o próprio presidente do México, Felipe Calderón, o ditador venezuelano Hugo Chávez (sempre roupas vermelhas), o rei Abdullah, da Jordânia, o ator de filmes-pancadaria norte-americano Steven Seagall e o ex-juiz de Direito espanhol Baltasar Garzón, que esteve durante anos na linha de frente da repressão aos terroristas bascos da organização ETA.

Bom conversador, Caballero não hesita em contar casos curiosos que viveu com sua empresa. Até a batina de um padre já chegou a blindar.

Vejam, neste vídeo, o próprio Caballero testando para uma TV da Finlândia a roupa vestida por um repórter:

g

Neste outro vídeo, o comercial de sua empresa que vai ao ar no México:

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito − nove =

9 Comentários

Eduardo em 09 de fevereiro de 2014

Nas grandes cidades brasileiras, com 50.000 mortos por ano, até cueca deveria vir blindada.

Bruno Sampaio em 09 de fevereiro de 2014

Louvo o sucesso e a visão do empresário, mas deploro os governos que lhe proporcionaram essa chance de ganhar dinheiro honestamente. E para os erquerdistas de plantão, por favor, esse empresário não é causa, ele não está "faturando em cima da violência", como vocês, com seu raciocínio torto, gostam de afirmar. Ele está defendendo as pessoas da criminalidade (estou de saco cheio da palavra violência). Criminalidade esta que os governos de esquerda sempre fomentam, com seu coitadismo, com leis super brandas com a bandidagem, com a impunidade dos "dimenor" e centenas, milhares de "marias do rosário" espalhadas por aí que não vertem uma lágrima pelas vítimas dos criminosos, mas correm para a delegacia na hora de defender os criminosos. Esse empresário não é a doença, é o tratamento disponível no momento.

MILTON SIMON PIRES em 09 de fevereiro de 2014

AS NOITES GRÁVIDAS Milton Pires Em 1920, Lênin escreveu um ensaio em que atacava duramente determinados comunistas alemães pelo fato dos mesmos tentarem “separar uma certa elite revolucionária das massas de trabalhadores”. Chamou isso de “Doença Infantil” num ensaio cujo titulo original era “Esquerdismo, Doença Infantil do Comunismo” Nada disso tem relação com o que pretendo escrever aqui. Vou simplesmente me aproveitar da expressão que Lênin cunhou – a tal “doença” - para mandar um recado direto a determinados grupos nas redes sociais pois desencadeou-se nelas uma espécie de competição...de maratona..para ver quem é mais “antipetista” do que o outro. A mesma coisa aconteceu na China com os Guardas Vermelhos de Mao Tse Tung que, disputando atenção do Partido, mataram-se uns aos outros acusando-se de “revisionismo”. Meu recado vai ser muito simples: querem atacar o PT e o seu maldito regime no Brasil? Estudem antes de escrever. Muita gente foi contrariada por esses desgraçados e agora está pegando carona nos grupos de filósofos ou historiadores, ou seja lá quem for, considerando-se a si mesmos como conservadores e antimarxistas de primeira linha. Parem de fingir! Parem de acusar quem estudou muito mais do vocês de estar fazendo “mimimi” (expressão que, confesso, não tenho a mínima ideia do que signifique). Respeitem e admirem, mas por favor, não aceitem seguir líderes messiânicos,sejam eles professores de filosofia no exterior, cantores de rock, ex-delegados de polícia ou mesmo médicos perseguidos pelo PT em Porto Alegre! Mais de uma vez já foi dito que, combatendo monstros, você corre o risco de se tornar um deles! Prolifera na internet uma legião de doidos. Existe gente escrevendo inclusive que “minha honra chama-se lealdade” sem ter a mínima ideia que o original disso vem do alemão: "Meine Ehre heißt Treue" e que esse era o lema das SS de Hitler! Tudo que está sendo escrito na internet hoje em oposição ao PT, principalmente nas redes sociais, só pode ter um (somente UM) efeito prático a curto prazo. Gerar liberdade de pensamento! Durante décadas o PT destruiu todo pensamento brasileiro, aparelhou a Universidade e adestrou a juventude para que fizesse exatamente o que ele, PT, quer. Não vai haver, eu repito, mudança a curto prazo, mas se houver ela não tem nenhum líder messiânico ou partido. Não se sabe o que vai acontecer no Brasil em 2014. Essa é a única verdade. Todo resto não passa de puro charlatanismo vindo do PT ou de quem agora começa a pensar em construir oposição política séria a esses bandidos. O movimento revolucionário em andamento é completamente imprevisível. Não adianta fazer especulação tentando entender o que executam aqueles que são governo e oposição ao mesmo. Nesse sentido, tudo que se estudou, tudo que se conhece de história política aqui (no Brasil) não tem valor algum. Os exemplos vão precisar ser buscados no estrangeiro – tarefa de Hércules para um povo que não conhece sequer o seu próprio passado. Mencionar as revoluções russa, chinesa e cubana para um brasileiro comum é mais ou menos como explicar a Teoria da Relatividade para um cachorro. “As noites estão grávidas e ninguém conhece o dia que vai nascer” - Conformem-se com isso ! Porto Alegre, 9 de fevereiro de 2014

Lucas Tavares Gomes em 03 de fevereiro de 2014

Produto provou ser de fato, altamente eficiente, mas o estranho é não ter chegado ao Brasil até agora, pois já está a venda em lojas físicas de vários países violentos e o Brasil está entre os mais perigosos do mundo. Essa marca tem que chegar aqui o mais rápido possível, urgentemente!!!!!!!

josé alberto de andrade irmão em 31 de outubro de 2013

caro amigo gostaria de saber onde encontro essa roupa aprova de bala . moro no rio de janeiro e em breve gostaria de saber se existe um casaco para motociclista capaz de deter um projetil de 9mm,38,pont 40 obrigado pela atenção e espero resposta . boa noite atenciosamente José Alberto de Andrade Irmão

jose baldini em 13 de julho de 2013

E porque ainda não chegou ao Brasil? se quizerem ma candidato a ser representnte

Beto em 14 de outubro de 2012

O produto parece ser de ótima qualidade, mas gostaria muito de vesti-lo em São Paulo... e me sentir mais seguro, diante da onda de criminalidade que estamos passando.

Tuco em 25 de abril de 2012

. Dez entre dez assassinatos encomendados o alvo é a cabeça... Só bala perdida que atinge outras partes do corpo. .

Vera Scheidemann em 24 de abril de 2012

Repórter de coragem esse do vídeo. Teve mesmo confiança no produto... rsrsrs Vera

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI