Com Roberto Civita, presidente da Editora Abril, durante o lançamento do livro “De Mala e Cuia”, de minha filha, a jornalista Adriana Setti, em 2006. Publico a foto aproveitando o lançamento recente da excelente biografia de Roberto, falecido em 2013, “Roberto Civita, o Dono da Banca”, escrita pelo jornalista Carlos Maranhão.

Em pouco mais de meio século de profissão, iniciada aos 19 anos, passei ao todo 23 anos na Abril, em quatro diferentes épocas e exercendo diferentes funções. Tive muito contato, e contato estreito, com Roberto, cuja morte aos 76 anos considerei prematura, devido a sua enorme e aparentemente inesgotável energia, e que me entristeceu de forma profunda.

Roberto, é claro, tinha defeitos, mas digo sem hesitar que foi o patrão mais competente e preparado que jamais tive, e asseguro que nunca, em qualquer situação, fui impedido por ele de publicar algo ou, de outro lado, constrangido a publicar algo com o qual não concordasse. Sinto sinceramente sua falta.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 14 =

TWITTER DO SETTI