71% dos leitores do blog não esperam bom governo de Dilma. Agora queremos saber: o que vocês acham da volta da CPMF, o imposto do cheque?

71% dos leitores do blog não esperam bom governo de Dilma. Agora queremos saber: o que vocês acham da volta da CPMF, o imposto do cheque? Foto: domínio público

Os leitores-eleitores do blog não estão confiantes com relação ao novo governo, que tomará posse no dia 1º de janeiro de 2011.

Entre as 2.631 pessoas que participaram da enquete, apenas 536 (20%) acreditam que Dilma fará um bom governo, enquanto 1.872 (71%) acham que não.

167 leitores (6%) acreditam que ainda é cedo para dar uma opinião sobre o assunto e 58 (2%) disseram não saber a resposta.

Agora queremos descobrir o que os leitores pensam sobre a CPMF (Contribuição Provisória sobre Movimentação Financeira), conhecido como imposto do cheque.

Dilma Rousseff disse em seu primeiro pronunciamento como presidente eleita que queria aliviar a carga tributária. Agora, começa a dar sinais de que poderia apoiar de alguma forma os vários governadores que cogitam a volta dessa tributação.

Você acha a CPMF deve voltar e com os 0,38 % que vigoravam até 2007?

Que deve retornar com os 0,38% anteriores, desde que os recursos sejam totalmente destinados a saúde?

Que não deve voltar de jeito nenhum?

Ou que deve voltar com a menor alíquota possível, como forma de fiscalização de operações financeiras?

A nova enquete já está no ar. Participe votando no quadrinho específico, na coluna da direita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 − 4 =

Nenhum comentário

  • Leitor

    Atenção galera do marketing da Editora Abril:

    Está na hora de comercializar assinaturas da Veja para o iPad. Ninguém segura U$4.99 por semana.
    A Newsweek, como Veja um dos bons semanários do mundo, está oferecendo assinatura de 24 semanas por U$15.00.
    A Abril bem que podia entrar em contato com a Urban Ship, Inc (www.urbanship.com) que comercializa as assinaturas da Newsweek e oferecer a seus leitores assinaturas regulares a preços razoáveis, como a revista norte-americana. Pagará apenas U$0.15/usuário/mês + os 30% da Apple Store sobre o preço final, facilitando a vida de todo mundo.
    O iPad chega oficialmente ao Brasil nas próximas semanas, segundo a própria Veja Online.
    Tacada de mestre.
    Allez!

  • não concordo, mas confesso que não fiquei surpresa, pois a turma da Dilma NÃO SABE CORTAR DESPESAS, eles só sabem criar impostos para pagarmos.É a DERRAMA NOVAMENTE, que vem de uma MINEIRA!!

  • Silvia

    Ricardo, achar que o governo vai implementar CPMF com alíquota mínima é como achar que ex-alcóolatra vai conseguir beber socialmente… A sede pelo bolso do contribuinte é grande demais.. melhor não arriscar!

  • MR Genuino

    Caro Ricardo, mesmo sendo eleitor dos tucanos, ná época defendia que a CPMF fosse mantida, mas com uma aliquota menor para uma melhor fiscalização com uma contrapartida de redução de outros impostos. Acho que seria algo melhor, mas também gostei da opinião do governador Alckmin dizendo que esse dinheiro para a saúde deveria sair de um reajuste no próprio orçamento. Seja o que for todos nós concordamos que, para um desenvolvimento realmente sustentável, deve haver uma redução na carga tributária com ou sem a nova CPMF.

  • roberto stone

    Caro Ricardo,
    Depois de uma campanha tão radicalizada, é evidente a má vontade, em relação a Dilma, de todos que apoiaram o candidato da oposição, inclusive da grande imprensa.

  • Luara

    Alô, Ricardo!
    Faço parte daqueles que acham que o governo da Dilma vai ser muito ruim e também daqueles que acham que a obscena taxa não deve voltar de jeito nenhum. Quando o governo nos sobrecarregava com mais essa taxa, a saúde esteve de mal a pior. Para o governo dispor de mais dinheiro para a saúde e outras outras, basta cortar a farra dos gastos públicos, das centenas de cargos comissionados, os passeios, as diárias, os luxos de dona Marisa Leícia. Vai sobrar dinheiro.

  • Juliana

    Mas essa enquete nem precisava existir para sabermos o resultado né? É cada uma que aparece

    Você tem razão, Juliana. Seu comentário me fez pensar, refletir e mudar o rumo das enquetes. Como conhecemos a tendência dos leitores do blog, pelo menos até esta altura, certas consultas nem precisam ser feitas para sabermos os resultados.

    Vou procurar realizar enquetes que fujam do preto-branco ideológico.

    A que está no ar agora é legal: é sobre a CPMF.

    Obrigado pelo seu toque, respeito muito os leitores e eles me ajudam a fazer um blog melhor e mais equilibrado. Pode acreditar.

    Um abração

  • Marcelo Dourado

    Era de se esperar. O princípio estatizante do PT cria um Estado pesado e caríssimo. Para pagar a conta, o povo tem de arcar com muito mais impostos. E assim vamos pagando a conta do PT.

  • Elisa

    Acho uma vergonha, um abuso. Já pagamos fortunas de CPMF e a saúde no Brasil continua precária. Com certeza aumentar nossa carga tributária não é o caminho para a solução dos problemas sociais brasileiros!

  • Everardo Abramo Filho

    Sou Medico, a CPMF foi criada para a Saude e o dinheiro nao chegou ao seu destino, o deficit no orcamento gerado pelo fim da CPMF ja foi suprido pelo aumento de impostos ja existentes, O problema nao e a falta de recursos e a completa deficiencia de gestao, Como podemos aceitar salarios de medicos em 325 reais como publicado hj no site do CREMERJ ? O medico atualmente nao tem um plano de carreira, so sao contratados recem formados que assim q conseguem algo melhor abandonam o emprego, nao existe um vinculo. CPMF absurdo dos absurdos,

  • Um absurdo voltar este imposto primo!
    No Face Book já estamos com uma página colhendo participantes. Quando chegarmos a uns 200.000, se preciso faremos um abaixo assinado.
    /pages/Eu-digo-NAO-a-CPMF
    Abraços!

  • Analu

    Este governo arrecada muio e administra mal. O que se precisa hoje no Brasil eh reduzir gastos do governo e enxugar o Estado e usar o dinheiro dos impostos para o beneficio do povo e naum do partido

  • Levi

    Um absurdo… acredito que o governo deva pensar em enxugar a maquina ao cobrar mais impostos.

  • Ricardo Amaral

    Não há nenhuma necessidade de um imposto sobre o cheque para fiscalização. Os instrumentos já existem, é besteira dizer que se precisa taxar para se saber sobre a movimentação de alguém. Hoje o próprio BC pode acessar a movimentação de cartão de crédito de todos.

  • Edimilson

    por isso que não votei nesta corja.

  • aristofanes

    Meu caro Ricardo.acho um absurdo a volta do
    Cpmf.um pais que so aumenta a carga tributaria.Com ou sem o Cpmf a saude vai continua do mesmo jeito.

  • Hermes Ferreira Maia Filho

    Se isso aconteçer será um golpe baixo no eleitor que elegeu a Sra. Dilma ecperamos que esse golpe pós eleição não seja aprovado e se for que ela tenha a dignidade de vetar pois isso sequer foi citado ou tocado durante a campanha.Caso contrário teremos que ir para ruas protestar pois chega de receber imposição de governo como bons cabritos. Eu fui um dos que votou nela mas não esitarei em mudar meu voto na prossima eleição presidencial.

  • Nelson Ota

    Quantas vezes ouvimos na Jovem Pan sobre os recordes de arrecadação atingidos nesse último ano? Não existe desculpa pra volta da CPMF!

  • Eraldo J Bento

    E adianta o povo falar se aprova ou não?Não muda em nada,no mundo de hoje quem manda é os politicos e pronto.Da Grécia antiga Imperador,de Brasilia Presidente.

  • Ricardo

    UmA vergonha,o q mais esperar desse governo corrupto e safado e o q esperar do povo Brasileiro q o aprova???Torço pra q não passe,já não basta de tantos impostos.

  • Carlo Germani

    Caro Setti,
    A CPMF é o imposto sobre QUALQUER MOVIMENTAÇÃO FINANCEIRA,e não somente sobre cheques.
    As classes menos favorecidas que NÃO USAM CHEQUES,consideram que não são atingidos.
    É uma mentira que deve ser reparada.

  • Carlo Germani

    Caro Setti,
    adendo ao comentário anterior:
    Além de gerar imposto para suprir os custos da aparaelhagem da máquina pública,tem a meta do CONTROLE FISCAL e FINANCEIRO de toda a população e da pessoa jurídica.

  • Ana Maria Ramos

    “Dilma Rousseff disse em seu primeiro pronunciamento como presidente eleita que queria aliviar a carga tributária. Agora, começa a dar sinais de que poderia apoiar de alguma forma os vários governadores que cogitam a volta dessa tributação.”

    E alguem esperava outra coisa ?

    Podem esperar muito mais… isso é só o começo.

    Absurdo !

  • Jan Willem Orberg

    Sou totalmente contra! A carga tributária já é extremamente alta! O Governo tem arrecado recordes em tributos e tudo que se vê é o dinheiro mal aplicado, quando não é roubado!

  • Para Juliana – 08/11/2010 às 20:58
    É bom ler as opiniões contrárias também! Enriquece o debate. Como disse o Barack Obama: “a oposição pode contribuir”. Desde que, os nossos irmãos brasileiros “luláticos” não entendam contribuição com falta de educação.
    Abraços!

  • Querendo ou não, fazendo protesto ou não, xingando ou não… o PT fará o que quiser, na real, nem sei pq estou aqui votando e dando minha opinião, não vale de nada!

    Neste blog a opinião dos leitores sempre vale, caro Luís Gustavo.

    Abraços

  • Somente com muito trabalho da oposição e forte pressão popular podemos evitar mais este duro golpe.

  • jeferson

    deveria ter a opção de voltar a cpmf só pra quem votou na Dilmalígna

  • Vamos devagar. Se eles não sabem fazer a prova Enem a gente http://migre.me/25uDd

  • Val

    É isso aí… gostaria de ver as caras de otários que os eleitores da Dilma devem estar…acho que devem estar se perguntando..”não é que ela nos enganou?”..ou melhor, eles enganaram a si próprios!!!rsrsrs

  • Val

    Ahhh…e concordo com o Jeferson

  • observador100

    50 milhões de otários…ainda vem mais coisa por aí. Muito mais!

  • observador100

    Calma aí gente” A cachaça e os abortivos não serão incluidos na CPMF!

  • Cristina Machado

    A carga tributária no país é vampiresca e falar de mais impostos é uma falta de respeito tão grande para com nós cidadãos que já não falo mais em respeito à integridade do meu fígado!!

    E também faço minhas as palavras do Jeferson, já que era exatamente o que eu cogitava, numa conversa, ontem à tarde …

    Já vejo que esta coluna tem exelentes leitores … Um abraço e até breve!! 😉

  • Erika

    KKKK Só rindo! eu realmente não acredito que o povo seja tão burro de aceitar sem fazer nada!

  • vitor sousa de albuquerque

    A cpmf deve voltar sim e digo mais: com a taxa de 0,38%, contanto que essa quantia “caia diretamente no caixa do ministério da saúde” e seja criado, por exemplo, um site que prestasse contas APENAS em relação ao CPMF (de cada estado ou até mesmo do total da união, algo que qualquer um possa acessar) e que mostrasse o destino de cada centavo arrecadado. Há os que digam que já pagamos os impostos relacionados à saúde e que, com essa quantia, a saúde já deveria ser a melhor do planeta, mas imagine a fusão de uma boa gestão com muito dinheiro, a saúde no Brasil iria dar um enorme salto! Vai que “dá a louca” na Dilma e ela não quebre o Brasil como quebrou tudo em que tocou até hoje…
    Setti, você está de parabéns pelo seu blog, agradeço pelo seu compromisso com seus leitores.

  • Alberto Jr

    Comecou por as garras de fora, disse que ia fazer e acontecer com o que o governo tinha, agora Ja ta querendo extorquir mais ainda os sofridos brasileiros?! Rapaz… Isso e uma Putaria, o nome certo e esse!

  • Eu já disse em outras oportunidades que considero um acinte a volta da CPMF, mas hoje quero repercutir uma notícia que li no Meio&Mensagem, cujo título é o seguinte: Governo prepara campanha de despedida de Lula”. No texto lê-se que: “Matisse, Propeg e 141 disputam internamente a verba de R$ 25 milhões para realizar a campanha, que destacará os avanços sociais da administração que se encerra neste ano”. Ora, sabe-se que o governo Lula deixará uma imensa dívida para a sua sucessora então eu me pergunto de onde o Lula extrairá recursos para fazer a propaganda de seu governo? E mais: Se não há dinheiro para investir na saúde, como há para fazer mais uma propaganda do governo Lula? Já não chegam os 8 anos de propaganda enganosa? Concluindo: se esse governo fosse sério e responsável teria investido em saúde e educação, mas não o fez, assim como continuará a não fazê-lo, pois na verdade só pensa em beneficiar-se pessoalmente, e aos seus aliados, dos recursos públicos. Chega de estelionato contra o povo brasileiro!
    todos sabem que o governo Lula está endividado e que a Dilma deverá

  • Gilberto Campos

    Que novidade. A maioria dos leitores deste blog não esperam um bom governo daquela em quem não votaram. Extraordinário resultado. Se o resultado fosse diferente, aí sim, haveria alguma surpresa.

  • mario

    A Dilma já começou mal, nem tomou posse e já tem esse abacaxi no colo.
    Se a idéia era criar a CPMF novamente, a estratégia do governo foi ruim, deu muitos meses de vantagem pra oposição se organizar contra o imposto, além do que, botou uma agenda negativa antes de uma positiva, criando um ambiente ruim.
    Provavelmete muitos parlamentares, principalmente os novatos, irão assumir o cargo com uma opinião negativa sobre a CPMF.
    Se aprovar, será com muita negociação, custará caro ao governo, não sei se valerá a pena pra Dilma…

  • Maristela

    Chega dar medo…
    gente isso é pra saúde sim, mas do bolso deles…

  • detinho

    Setti, ao clicar votei errado. Acho que a CPMF não deve voltar de jeito nenhum. Já fui bancário e sei que a cobrança de quota baixa não paga nem os custos da cobrança do imposto e, além do mais o governo tem outras formas de fiscalizar as operações financeiras.

  • Mirian

    Sou radicalmente contra a volta da CPMF. O governo bate recordes de arrecadação, gasta muito e mal, e quer penalizar o contribuinte? O que é isso? Enquanto aceitarmos todos os desmandos passivamente eles continuarão acontecendo na nossa cara, até não sobrar nada. Nem a estabilidade econômica. Aos poucos tudo está indo pro brejo: Correios, Enem, Saúde… Aguardem, novos ministérios serão criados e NOSSO dinheiro continuará indo para buraco negro da corrupção e da incompetência.

  • Luiz Pradines

    Setti,

    Eu me bati fortemente contra alguns dos seus posts no dia seguinte à eleição da Dilma. Você dizia que a eleição foi legítima em um e houve uma saraivada de críticas. Seu argumento era que a eleição não foi fraudada, portanto era legítima. Sendo assim, por quê não escrever um post com o seguinte tema: “Hitler gerou empregos na Alemanha após a crise de 1929”? Foi mentira? Lógico que o post seria totalmente inapropriado. Forço a barra só para lhe mostrar o que muitos leitores deploraram: as flagrantes violações da lei eleitoral feitas por Lula para eleger a sua criatura foram ignoradas quando você disse que a eleição foi “legítima”.

    Outro post polêmico foi a história do “aplauso” ao discurso da Dilma em que ela anunciava o respeito à liberdade de imprensa no seu governo. Eu reclamei quanto ao tom do post. “Aplaudir” a Dilma naquela hora foi a mesma coisa de dar o Nobel da Paz ao Obama. Se ela quer ser aplaudida por alguma coisa, deve provar antes que merece a nossa boa vontade.

    Circulei um pouco em meus argumentos para chegar onde eu quero. Quando você defende a CPMF com 0,01% “para fins de fiscalização”, quem garante que qualquer governo depois não votará depois o aumento da porcentagem? Você ainda não entendeu que a CPMF é imoral e injusta per si. Não é uma porcentagem de 0,000000001% que a tornará defensável.

    Quando você distorce os argumentos desta forma, faz alegremente o jogo sujo deste governo. Ainda bem que não “aplaudiu” a proposta da Dilma de reduzir e simplificar a carga tributária – eis aí o resultado. Aguarde só o que ela fará com o seu “aplauso” à defesa da liberdade de imprensa.

    Pôxa, Luiz, você acha mesmo que eu distorço argumentos e faço, ainda mais “alegremente”, o “jogo sujo” do governo?

    Estou escrevendo o que penso de forma limpa, honesta e direta.

    Lamento que você veja as coisas com diz que vê, mas respeito sua opinião e publico seu comentário.

    Abração

  • Setti,
    Que eu saiba foi o molusco e ELa que vieram com esse papo de cpmf, não os governadores eleitos…ou estou enganada??
    Bom sou TOTALMENTE CONTRA A VOLTA DA cpmf.
    O Desgoverno deveria era cortar gastos (parar de pagar as viagens da corja toda pelo mundo, cortar os botox e plásticas de dona marisa, cortar os cartões corporativos, etc..) e o mais importante e que NINGUÉM notou mas, o governo NÃO INVESTE O QUE TEM QUE INVESTIR na saúde…

  • Tamara Barbosa

    É uma tremenda falta de imaginação! Criar tributo é muito mais fácil do que administrar com seriedade o caixa público. Verba existe, e muita! O que não existe é a competência para gerenciá-la!

  • Fernanda

    O que me impressiona é que muitos aqui votaram na Dilma …..nossa o lobo mau….quer virar chapeuzinho vermelho….kkkkkkké uma comédia….Pena o voto ser secreto……muita pena…..rsrsrs

  • jefferson

    Se ele substituir outra contribuição como a cofins e o pis pasep acho viavel.