Números irrelevantes:

É de 100 metros a altura do mastro em que fica hasteada a grande bandeira nacional na Praça dos Três Poderes, em Brasília.

Números relevantes:

O número de transplantes nos hospitais paulistas triplicou em uma década: de 887 transplantes realizados em 2000, o total saltou para 2.328 no ano passado. De 2009 para 2010, houve um aumento de 18%, ou 353 transplantes a mais. Do total de transplantes de 2010, o maior número foi de rins – 1.439.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

6 + 10 =

2 Comentários

Kitty em 22 de abril de 2011

triste imagem de que existem dois Brasis. Aquele,onde estados ricos têm condições de investir em saúde de qualidade para beneficiar aos cidadãos que precisam de cuidados especias, como transplantes.E o outro, das filas,das longas esperas para fazer um simple exame de laboratorio, a falta de vagas para internações, a precariedade do atendimento, e muitas vezes, a impotência de ver um ser querido sofrer e não poder fazer nada para mitigar a dor. Mas vamos deixar este tema engorroso para outra oportunidade,sim? Abraços

Kitty em 22 de abril de 2011

Prezado Ricardo, boa noite. Que ótimos resultados!! Que bom sería se todos os Estados da Federação pudessem apresentar números tão relevantes!! É óbvio que as administrações do PSDB têm investido fortemente na Saúde,demostrado na construção de hospitais muito bem equipados para realizar transplantes que requerem tecnologia de ponta. Mas, também gostaria de ver estes mesmos excelentes resultados no resto do país, para acabar com a

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI