Sempre escorregadio, sem nunca querer brigar com ninguém, o espertíssimo presidente da FIFA, Joseph Blatter, agora está numa sinuca de bico: a Inglaterra, mãe do futebol, cuja federação é uma das mais importantes do mundo, ameaça deixar a entidade máxima do futebol — causando uma crise sem precedentes — caso não seja investigada a denúncia sobre a suposta exigência de vantagens feita por Ricardo Teixeira, presidente da CBF, para votar no país como sede da Copa do Mundo de 2018.

Blatter enfrenta uma eleição para renovar seu mandato no próximo dia 1º — está no cargo desde o longínquo ano de 1998 — e debaixo de intenso fogo de seu rival, Mohammed bin Hammam, do Catar. Hoje mesmo bin Hammam reclamou de doação de 30 milhões de euros feitos por Blatter à Interpol, a polícia internacional, sem consultar o Conselho da entidade. O presidente da FIFA, portanto, não pode fingir que não está acontecendo nada em relação às acusações de corrupção.

Se a Inglaterra endurecer sua posição sobre a investigação que envolve o eterno cartola brasileira, não é improvável que seja acompanhada pelas federações de outros países europeus.

Leiam abaixo trecho de reportagem sobre o caso, do competente e sempre atento Jamil Chade, correspondente do Estadão em Genebra.

GENEBRA – A Inglaterra, país que se apresenta como criadora do futebol, insinua que estaria disposta até mesmo a sair da Fifa se as alegações de corrupção na entidade, e que envolveriam suspeitas em relação ao presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, não forem investigadas.

Nesta quarta-feira, a FIFA pediu todas as evidências aos ingleses em relação ao novo escândalo de corrupção na entidade para tomar uma decisão se abre ou não um processo.

Na terça-feira, o ex-cartola inglês lorde David Triesman prestou depoimento diante de uma CPI do futebol no Parlamento britânico, revelando que pelo menos seis cartolas da FIFA teriam pedido dinheiro e favores em troca de apoiar Londres para sediar a Copa de 2018.

“Diga o que você tem para mim”

No caso de Teixeira, a alegação era de que o brasileiro teria dito a ele de que não deveria procurar apoio do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. “Venha aqui e me diga o que você tem para mim”, teria dito Teixeira, que não votou pela Inglaterra.

Londres acabou com apenas um voto na escolha das sedes, o que gerou a ira dos ingleses. Nesta quarta, o ministro britânico do Esporte, Hugh Robertson, declarou que a Inglaterra pensaria até mesmo em abandonar a FIFA caso a entidade não investigue as acusações de suborno. “Há um desejo de tentar, trabalhar e mudar a Fifa por dentro. Se a FIFA demonstra que é incapaz de fazer isso, então me atreveria a dizer que todas as opções são possíveis”, afirmou.

O inglês quer que a FIFA siga a reforma que o Comitê Olímpico Internacional (COI) fez em sua estrutura depois da descoberta de compra de votos na escolha de Salt Lake City como sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002. “Espero que a FIFA se mire no exemplo do COI”, disse.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 20 =

12 Comentários

alexandre em 16 de maio de 2011

nao e novidade no brasil. a corrupcao e marca registra no brasil,veja o executvo quem sao as pessoas que fazem parte,o legislativo olha o que as pessoas dizem dele (todos sabem).O JUDICIARIO quando sao demandas vinda do povo contra governos e elite a sentenca e desfavoravel ou nunca se e julgado por que sera?.

fpenin em 14 de maio de 2011

Setti, É a marca do Brasil firmando-se além fronteiras...

Elenilson em 13 de maio de 2011

Corja de picaretas.

Natal Santana em 13 de maio de 2011

Ôps: desculpa aí, Ricardo, mas Joseph Blatter não é presidente da Fifa desde 1988; quem tem mandato desse esse ano, é Ricardo Teixeira ba CBF. Blatter foi eleito se nçao me engano, na Copa de 1998 ou 2002. Verifique esses dados pra gente? Em todo caso, há muuuuuitos anos eu acho que Teixeira já deveria ter deixado o cargo que ocupa como se fosse um imperador. Detesto essa coisa de "cargo vitalício"! Agradeço sua atenção, caro Natal. Blatter é presidente da FIFA desde 1998. Já corrigi. Um abraço

Siará Grande em 13 de maio de 2011

Uma pergunta, caro Ricardo. Qual a reação do Ricardo Teixeira? Elle está processando os ingleses ou está se fazendo de morto? Claro, a reação delle nada prova, mas se for a segunda opção, ou elle não dá a menor importância para sua imagem pública de embaixador do futebol brasileiro no resto mundo ou está querendo que a imprensa mude de assunto rapidinho. Ele ameaça processar o ex-dirigente, ignorando que o ex-cartola não pode ser processado pelo que disse a uma CPI do Parlamento britânico.

carlos nascimento em 12 de maio de 2011

Ricardo, Eis ai a profecia do Mestre Confúcio: "o tempo é o Senhor das soluções". Já que em nosso País nada se apura, oxalá na terra da Rainha seja traçado o verdadeiro caminho dessa figura carimbada. Carlos Nascimento.

alberto santo andre em 12 de maio de 2011

A CORRUPCAO E UMA COISA MAIS QUE COMPROVADA NA FIFA, E COMECOU LOGO APOS A ELEICAO DE JOAO HAVELANGE ,SEGUNDO MATERIA DE UM JORNALISTA INGLES DA BBC ,QUE VEM INVESTIGANDO ISTO A MAIS DE VINTE ANOS ,SENDO QUE O MESMO NAO PODE COMPARECER, AS ENTREVISTAS CONCEDIDAS PELA FIFA ,SEGUNDO ELE EM ENTREVISTA A ESPN BRASIL ,INCLUSIVE O BRASIL CONSEGUIU SEDIAR AS OLIMPIADAS DE 2016 PORQUE FOI O PAIS QUE MAIS PAGOU AOS JUIZES.

Carlos em 12 de maio de 2011

Sabe, eu nem tenho tido mais motivação para comentar contra o Ricardo Teixeira. Acho que no Brasil ninguem vai conseguir tirá-lo de lá. Ele deve ter comprado todos os promotores do país, todos os juízes e sem dúvida a maioria dos políticos. Agora ele só vai colher os investimentos que fez junto aos poderosos que mandam e desmandam. A única que tinha condições de tirar ele do poder é a rede globo. E a globo não uer isso. O direitor da Globo será o substituto do ricard teixeira quando ele for se candidatar à FIFA. Quem sabe a Inglaterra consiga fazer o que ninguem nesse país conseguiu até hoje. Colocá-lo na cadeia.

antonio jose em 12 de maio de 2011

Ricardo, você tem certeza de que isso é verdadeiro? a matéria diz ai que a Inglaterra 'insinua'. Você leu isso em algum jornal ingles, já que está aí perto na Europa? Recentemente, você comentou artigo do Estadão sobre um coronel de Dilma e teve de pedir desculpas, porque o artigo era errado É super-verdadeiro, caro Antonio. Uma mancda, publicamente reconhecida, não joga no lixo uma carreira inteira. Não há uma decisão de deixar a FIFA, mas se trata de uma ameaça latente esgrimida por um ministro de Estado. No Reino Unido, ministro é coisa séria. Abraço

Petit Das Virgens em 12 de maio de 2011

Aqui em Natal RN, a Veja deveria investigar as relações entre Governo do Estado (Benito Gama), OAS e Ricardo Teixeira. Juntos com dinheiro público,vão demolir o Estádio Machadão para construir no local a bilionária Arena das Dunas. O Machadão vem sendo utilizado normalmente e é um dos projetos arquitetônicos mais bonitos do Brasil. Enquanto isso as escolas do RN estão caindo aos pedaços, o povo agoniza nas macas dos corredores dos hospitais públicos e os assaltos e crimes de morte se multiplicam em todo Estado.

Sellba em 12 de maio de 2011

Esse Ricardo Teixeira ficou louco? Foi pedir propina para um inglês? Está tão acostumado com a corrupçao por aqui, que é coisa corriqueira , que deve ter pensado que a partir do mensalão do Lula, a "bola" foi globalizada. Por essa e outras, é que desisti de acompanhar futebol há muitos anos, pois acho, acho não, tenho certeza tudo não passa de uma grande ladroagem. Para ser generoso, diria que 99 % dos envolvidos com esse esporte, são bandidos.

Paschoal Claudio em 12 de maio de 2011

O fato é que se tem brasileiro na "jogada" tem propina por trás do assunto. O havelange eternizou-se lá por quê razões? Amor pelo futebol, duvideo-dó! Não que elle ou esse tal de Teixeira tenham pedido dinheiro para algo, trata-se apenas de uma pergunta que não quer se calar!Verdade ou mentira é para outra oportunidade!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI