Bonito o exemplo, o da Suécia – de onde mais poderia vir?

A deusa do cinema Greta Garbo, entre outras figuras da cultura do país, passará a ter seus rostos estampados nas cédulas da moeda nacional, a coroa (o país, embora membro da União Europeia, não aderiu à moeda comum adotada por 17 dos 27 integrantes da aliança, o euro).

O Sveriges Riksbank, o Banco Central, sueco anunciou que a mitológica Garbo e o grande diretor Ingmar Bergman estamparão as notas de 100 coroas.

Outras cédulas homenagearão, entre outras personalidades, a soprano Birgit Nilsson. Nas moedas, que também terão um novo design, continuará a aparecer a efígie do rei Carlos XVI Gustavo (é assim que se escreve o nome real na Suécia).

Como em país desenvolvido tudo se planeja a longo prazo, as novas notas da coroa sueca começarão a circular em 2014.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + dezoito =

7 Comentários

Markito-Pi em 14 de abril de 2011

Tem sua graça. O coklega zoom erra totalmente. Carmem Miranda está descartada por ser portuguesa e Hebe Camargo por ter nascido em um planeta ainda desconhecido, mas que se caracyeriza por ter cidadãos descerebrados. SÓ vale brasileiros, como exercicio especulativo. Vorio em Leila Diniz, de corpo inteiro.

Pepino Breve em 13 de abril de 2011

Só mesmo o Groucho para ter a cara-de-pau (ainda tem hífen?) e a presença de espírito (de gosto duvidoso para muitos - pouco importa) de dizer à própria Greta Garbo (desde então um mito) que a confundiu com um sujeito de Kansas City. Este é apenas um dos momentos de fazer o leitor "mijar de rir" nas memórias do Groucho. Repito o título em tradução brasileira: "Groucho e Eu". Recomendo! Mas acho que está fora de catálogo. Entretanto, aos interessados há sempre a opção dos sebos. já consegui ótimos livros em sebos, os quais não conseguiria de outro modo.

Pepino Breve em 13 de abril de 2011

Prezado, De fato, homenagem justíssima. Garbo, além de grande atriz, foi uma mulher intrigante, fascinante. Compartilho uma das confidências do genial e iconoclasta Groucho Marx, em suas memórias "Groucho e Eu". Com todo o respeito que a Diva merece, é muito engraçado o episódio narrado por Groucho (está no capítulo "A Enfermidade dos Pés pela Boca" -- Groucho como se nota, não perdia a chance de uma piada): "Eu estava no elevador do edifício Thalberg uma dia quando Greta Garbo entrou. Ela estava então no auge de sua carreira, reconhecida por todos como a maior estrela de cinema de sua época. A senhorita Garbo estava usando um chapéu aproximadamente do tamanho de um grande bueiro de esgoto. O que sobrava dela estava encerrado dentro de calças compridas e de um casaco estilo masculino. Eu estava atrás dela e, brincalhão como sou, gentilmente levantei a aba de trás do chapéu. Pensando agora no incidente, posso compreender que há um resultado inevitável no ato de levantar a aba de um chapéu feminino: a parte da frente cai sobre o rosto da pessoa. Naquela época, no entanto, eu não tinha compreendido completamente este problema da física. A senhorita Garbo se virou para mim em fúria, raivosamente tirando o chapéu e revelando os traços clássicos ainda tão admirados por milhões. -- Como se atreve? - ela exclamou em tons gelados. -- Oh, sinto muito - respondi. - pensei que você fosse um camarada que conheci em Kansas City. Mais palavras não foram trocadas. Mas é muito óbvio para qualquer estudioso do cinema que esta é a verdadeira explicação de por que Greta Garbo nunca apareceu em nenhum filme dos Irmãos Marx". Aos desatentos: é óbvio que a "verdadeira razão" da não participação de Garbo em filmes dos Irmãos Marx é apenas mais uma das irresistíveis (e autodepreciativas) galhofas do Groucho (explicação desnecessária, creio eu...). Ótima história, caro PB. Digna do Groucho Marx, mesmo. Abraço

Zoon em 13 de abril de 2011

Que vergonha, Suécia! Prefiro as notas do real sem rosto de ninguém. Imagine se aqui colocássemos Carmem Miranda, Hebe Camargo... Não é possível que a Suécia não tenha referências melhores, não é possível! Vou rezar para não colocarem ninguém da banda ABBA.

Nayara em 13 de abril de 2011

Greta merece todas as homenagens, sendo que em vida nunca levou um Oscar. Somente um pela sua carreira a qual ela gentilmente se recusou a receber.

J.B.CRUZ em 12 de abril de 2011

GRETA GARBO, uma das 3 maiores atrises do cinema,(As outra:ELIZABETH TAYLOR e AVA GARDNER)merece este mimo de seus patrícios..Já no BRASIL no tempo da inflação galopante,familiares de grandes vultos da nossa história, pediam encarecidamente o GOVERNO para omitir o nome de seus entes queridos, dada a desvalorização galopante do diheiro...

Rodrigo em 12 de abril de 2011

Apesar de o Brasil ser o que é, Ricardo, nós também podemos homenagear alguns grandes brasileiros: Rui Barbosa, Joaquim Nabuco, Euclides da Cunha, Machado de Assis.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI