A FALTA QUE FAZ A LIBERDADE DE IMPRENSA: reportagem crítica de VEJA ao governo Cristina Kirchner cai na web e milhares de leitores argentinos visitam o blog — para concordar com o que publicamos

(CLIQUE NA IMAGEM PARA VÊ-LA EM TAMANHO MAIOR)

(CLIQUE NA IMAGEM PARA VÊ-LA EM TAMANHO MAIOR)

Amigas e amigos, o blog está sendo visitado por milhares de leitores da Argentina — até agora, mais de 30 mil –, atraídos por reportagem de VEJA mostrando as tramoias econômicas do governo da presidente Cristina Kirchner e reproduzida neste espaço no dia 29 de março.

Num país em que a liberdade de imprensa está cada vez mais restrita pela prepotência do kirchnerismo, e em que poucos veículos de imprensa têm coragem de publicar verdades que o governo detesta, foi só ser publicada nota a respeito no site do tradicionalíssimo jornal La Nación (fundado em 1870) na segunda-feira, 15, que a reportagem se espalhou para todo lado: o próprio jornal voltou ao assunto no dia seguinte, e o tema foi reproduzido também no Yahoo argentino e, entre outros, no site urgente24.

Abaixo, uma amostra dos comentários de leitores argentinos que confirmam o retrato triste que VEJA fez da situação da Argentina, seu governo e sua economia, e elogiam a revista e o blog. Os leitores estão identificados com o nome com que se apresentaram e os textos são reproduzidos da forma como vieram. Alguns, num português canhestro, utilizaram o Google Tradutor para enviar suas mensagens.

Confiram:

Dito — “Lastimoso que la realidad de Argentina la conozcan mejor en el exterior que en el propio país… Estamos como cuando teníamos que escuchar radios de otros países para saber cómo iba la guerra de Malvinas…”

***

Fabian — “lo que dice este articulo es totalmente cierto y cualquier argentino que aparezca aqui diciendo lo contrario es un amigo del gobierno que quiere seguir haciendo creer la mentira en la que nos tienen desde hace tiempo. La prueba son las innumerables empresas extranjeras que cerraron y se fueron, y ni hablar de las empresas argentinas que se fundieron!!!”

***

Francisco — “Hola gente, soy argentino. Excelente nota, coincido 100 % con lo dicho por Valentina Ponce.
Por suerte en Argentina existe un periodismo que bajo altísima presión de los medios oficiales sigue mostrando las barbaridades que hace el gobierno K. El gobierno K está desesperado por demostrar de cualquier manera que la verdad mostrada y demostrada, documentada legalmente, es mentira. Existe una máquina de decir barbaridades, que permite obrar con prepotencia inusual a los mismos funcionarios políticos para imponer “su” verdad. Es como si estuvieran viviendo en Argentina y mirando la calidad de vida en Mónaco. A principio de semana se anunció el congelamiento de los precios de los combustibles por 6 meses. En las últimas 48 horas YPF (petrolera oficial) ya lo aumentó más del 10 %. Está prohibida la compra de moneda extranjera y se castiga al que la vende; por la peatonal Florida del centro porteño hay un vendedor cada tres metros que anuncia a viva voz la venta de dólares, euros, etc. Éstos son amigos K y no se los castiga. Espero, por ser ARGENTINO que pronto toda esta miseri y decadencia podamos dejarla atrás y volver al país civilizado que habíamos empezado a disfrutar.”

***
Px — “Soy argentino, vivo en Argentina. CFK es la peor presidente desde el 1983. Es un gobierno de mafiosos, estafadores, asesinos. Nada de lo que yo pueda decir les va a dar una idea de lo mal que se vive. No espero nada, a esta altura. Quiero que se vayan del gobierno.”

***

Mario — “Hola, la nota dice la verdad al 100%. Agradezco que nuestros vecinos los brasileros lean la verdadera realidad de lo nefasto que es este gobierno…la corrupcion es elevadisima, impunidad es una palabra habitual hoy en dia. Seguimos asi sin que nadie haga nada, Argentina lamentablemente esta siendo enferma de un Kancer que, sin la ayuda externa, no podremos salir… el problema que veo es que de a poco la region (sudamerica) se va contagiando del mismo mal…primero Venezuela, ahora Argentina, en poco tiempo Bolivia, despues Paraguay, Ecuador y vaya uno a saber que pasa… entiendo que Brazil esta fuera de este peligro por el momento pero no se olviden que lamentablemente seremos vecinos de por vida y, si una manzana se pudre, el cajon entero se pudre.
Un abrazo y ojala ustedes brasileros hagan algo coherente por la region.”

***

Mrs. Afrodita. — “Soy Argentina y lo dicho en este articulo es 100% real. Me da verguenza ajena mi pais corrupcion a gran escala en todas las esferas! Al final el presidente de Uruguay tenia razon, esta vieja es peor que el tuerto! Gracias por reflejar nuestra actualidad!”

***

Tigrao — “En Argentina un grupo mafioso sustenta el poder político. Como son mafiosos utilizan métodos gansteriles para mantenerse en el poder, desde la manipulación de datos públicos, intimidación y represión a los disidentes utilizando diversas metodologías, compra de votos, prácticas populistas de distribución de fondos públicos, distorsión de los valores y premisas constitucionales y sobre todo el vaciamento permanente y constante de dinero público y proveniente de negociados corruptos, evadiéndolos a traves de paraísos fiscales. La falta de liderazgos dentro de la oposición allanan el camino fácil de estos delincuentes. Como consecuencia, la división social creó dos grupos antagónicos: los favorecidos contra el grupo que los sustenta. Gracias por ocuparse de los problemas argentinos, porque en nuestro país la libertad de prensa está restringida.”

***

GAVINO — “…totalmente cierto Ricardo lo que escribis,.pero no hace falta que te lo diga, lo sabes. La mayoria de los que comentan en contra de esta nota son blogueros pagados a tal fin por el gobierno..”

***

Sebastian — “Lamentablemente el daño que los KK hicieron a la sociedad tardará no menos de 20 años en revertise, y eso es si se hacen las cosas bien desde ahora… Lamentablemente, como no se dé un giro de 180°, Argentina es una causa perdida.”

***

Aldo Escudero — “Muchas gracias por la nota. Refleja la realidad argentina. Una mafia llamada peronismo esta enquistada en el poder de Argentina desde hace décadas, y ha logrado pervertir el sistema democrático y republicano, de modo tal que por un mecanismo ilegal y corrupto, extraen fondos del presupuesto nacional, usandolo parte para un enriquecimiento personal y parte para financiar campañas políticas que pervierten a grandes masas populares, convirtiendolas en “clientes politicos”, acostrumbrandolos a recibir beneficios sin trabajar, y sumergiendolos en la ignorancia y la miseria, ya que tampoco acceden a una educacion que les permita decidir libremente su futuro. Peron decia ‘zapatillas si, libros no’”.

***

Tabano — “Oi Galera! Es asim. Pero muchos argentinos no compartimos en absoluto su gestión, su visión de país, ni su proyecto absolutista. No nos juzguen a todos por la idiotez de algunos! Um forte abraço pra os irmãos do Brasil! Un fuerte abrazo también para ti y para el pueblo hermano de Argentina. Su país y su pueblo son mucho más grandes que los políticos.”

***

Roberto — “Esto que esta en esta nota es 100% verdad. Argentina se parece cada dia mas a nuestra madre patria Venezuela.
Gracias y un afectuoso saludo desde Argentina.”

***

Ama — “Estamos muy mal Yo no confio en vos CRISTINA!!!”Eu NO confio em voce CRISTINA!!!”

***

Valentina Ponce — “Muy buen articulo. Los felicito por la mirada de la realidad de mi pais. Por otro lado, como argentina estoy de acuerdo con los comentarios de mis compatriotas. Pero me gustaria agregar un par de variables a la situacion: educacion y trabajo. 10 años de asistencialismo KK mediante Planes de ayuda economica, deja como herencia dos generaciones de ignorantes y vagos. La ignorancia de los derechos basicos los vivimos diariamente con por ejemplo los cortes de ruta o la toma ilegal de tierra y la vagancia de los que no trabajan porque el estado les paga un subsidio … por no trabajar. Aun cuando en las proximas elecciones el movimiento KK se retire del gobierno, el daño ya esta hecho. Triste realidad.”

***

Eugenia — “Sou Argentina, a semana passada eu estive em Brasil e foi triste demais ouvir palavras muito fortes sobre meu pais. Nossa situacon e terrible… sento muita mágoa…”

***

José Ignacio Bettolli — “Como argentino, me duele la nota,que por cierto describe con claridad nuestra realidad.
Es lamentable que un país con la potencialidad del nuestro esté siendo llevado al desastre por una banda de ladrones y corruptos que se han enriquecido a costillas del pueblo.”

***

Albe19 — “Soy argentino y no necesite el traductor Google y para entender la nota porque manejo el idoma. Lo peor del país son los que se creen lo que cualquier periodista dice en contra del gobierno porque solo porque si…”

***

Emilio — “El cáncer argentino se llama peronismo que siempre represento a la mafia enquistada en el poder de la mano de sindicatos que (unico lugar en el mundo) son peronistas o sea oficialistas si el gobierno es peronista y paran todos los dias al pais si son de otro signo partidario, asi estamos”

***

DonAlfredo — “Buena lectura. A veces el soberano (o povo) se equivoca. En toda Latinoamérica pasa. Votamos a mentirosos compulsivos. Votamos a mesianicos que reciben mensajes de pajaritos (passarinhos). Votamos a personas, no votamos equipos. Y así terminamos con miles de problemas. Ahora en Argentina, estamos en serios problemas… pero también somos un país con potencial en ese 46% que no votó al actual gobierno. El tiempo dirá. Saludos”

***

Millionario –“Excelente nota. Mejor infografía!!! Así nos ven afuera… tal cual somos.”

***

Ignacio — “En argentina el precio de las propiedades esta en dolares porque el peso no tiene valor, perdio la mitad de su valor en 15 meses, con lo que si alguien vendio su casa hace um ano y confio en el peso ahora se podra comprar un 60% de la casa!!! Quien quiere pesos asi???”

***

Mati18 — “Soy argentino y pude leer x el traductor de google, lo peor de la situaacion en mi pais es q hay gente q cree en el relato de la presidente, muy buena nota!”

***

Carla — “Muy bueno el artículo. Soy argentina y es muy frustrante tener que vivir tanta impunidad de una mujer con conflicto de inferioridad. El 18/04 vamos a hacer una protesta masiva en todo el país, en contra de esta desgraciada. Invitamos a los medios brasileños. Les recomiendo una pagina argentina que habla de la realidad de nuestro país. http://www.relatodelpresente.com”

***

Juan — “La mayoría de lo que dice el artículo es verdad. Y sólo se refiere a lo económico, lo demás (inseguridad, salud, educación, deuda interna social, desmantelación de prensa libre y sobre todo corrupción) es algo que aplasta y divide actualmente a la Argentina prácticamente en dos polos contrarios. Desde afuera nos ven (acertadamente) como una patética obra teatral tragi-cómica. Desde adentro, es peor. Buen artículo y excelente retrato de Cristina. Saludos desde Argentina. El 18 de Abril habrá manifestación popular por todo lo mencionado.”

***

Javier — 04/04/2013 às 17:38 — “Hola, soy otro argentino que aprueba 100% lo expuesto en esta nota. Lamentablemente aca lo llmamos “relato” donde el gobierno nos cuenta su propia version de los hechos armado a su medida politica. Lamentablemente la ciudad y la provincia de buenos aires desde hace dos dias esta padeciendo la catastrofe de las inundaciones. El gran porcentaje de ayuda es gracias a las donaciones de los ciudadanos. Hay ausencia de estado, tanto para hacer obras preventivas como para elaborar un plan de emergencia sanitaria. Hay mucho desconformismo debido a la presencia en zonas afectadas de politicos oportunistas que se presentan a mostrarse para la foto, para ganar la opinion publica, recordemos que en octubre hay elecciones legislativas donde el gobierno nacional se juega la renovacion de bancas de diputados los cuales le ayudarian a modificar la constitucion para un tercer mandato. Muchos se atreven a comparar este gobierno con gobiernos militares, por su forma de autoritarismo y prepotencia como de ciertos manejos de fondos publicos y manejo de la informacion.

Estamos lejos de ser una dictadura, pero en lineas generales un 80% de los medios estan controlados por el estado por amigos que los han adquirido estos ultimos tiempos o por otros que se vuelcan a ellos por la pauta publicitaria que se otorga no por cantidad de audiencia sino por afinidad y comentarios favorables al gobierno.
(…)
Saludos”

***

Angel — 03/04/ — “Otra decada perdida, inflacion ..inseguridad juridica..corrupcion ..tipo de cambio ficticio…crearon un relato y crearon resentimiento social…la crisis se acerca como cada diez anios…”

***

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + dezenove =

31 Comentários

  • Luiz Pereira

    Setti, boa noite,
    Parabéns pelo êxito em mostrar de modo claro como um governo eleito pelo voto pode deturpar a democracia.
    Aliás, estendo os parabéns a Veja e seu quadro de repórteres.
    Essa matéria tem efeito profilático!
    Mas, ainda assim haverá muito inocente útil a bradar pela “democratização da mídia”.
    Que abram os olhos…
    abs

    Muito obrigado, caro Luiz. A gente procura fazer a nossa obrigação, não é?
    Um grande abraço

  • João Augusto

    Setti, Boa noite,
    Lendo os comentarios dos “hermanos”, sinto na pele o que escreveram.É comovente.Li um por um. Por isso, solidarizo-me com eles, pois nossa realidade, respeitando as algumas diferenças (uma veste-se de preto a outra de vermelho por exemplo), temos que conviver também aqui no Brasil com a mentira,a impunidade, a farsa, a manipulação seja em qualquer estância, ecônomica, social, educacional, na saúde, na violência física ou moral. Desse modo, eles não estão a sós.Gostaria que eles soubessem disso.
    Buenos Aires, terra de Baremboim,Borges,Piazzola…é linda!
    abraços

    Pois é, João Augusto, meu caro. O país magnífico que é a Argentina não tem tido sorte com seus governantes. Em muitos aspectos, nós, aqui, vivemos algo parecido.
    O que publiquei foi apenas uma pequena amostra, pois os comentários são muito numerosos e continuam chegando.
    Abraço

  • alan kevedo

    O Ricardo, pra nós sempre será assim: Enquanto houver uma aristocracia intelectual, a imprensa, seguirá seu curso, investigativa, ou não estaremos vivendo democracia, coisa alguma. Quando alcançarmos tempo, no qual a aristocracia atingir estágio intelecto/moral, aí, a imprensa seguirá apenas informativa. Haverá espanto entre os historiadores ao narrarem os “embates” políticos de nosso tempo.

  • Eduardo

    É o que estão querendo fazer no Brasil para, depois , fazerem o que quiserem e bem entenderem. Se bem que já estão aprontando há muito tempo.

  • bereta

    Hermanos argentinos en el sufrimiento….io no soi argentino…. soi brasileño. Mas, com a permissão de nosso blogueiro, quero lhes deixar um grande abraço, um abraço sentido pelo tanto que sofrem nas mãos de “una vieja sin vergüenza”. Não conheço a Argentina, exceto pelos magníficos tangos e através da leitura de informações. Niño, já me interessava por tango, que procurava nas emissoras de Benos Aires, ainda que muitos tangos fossem reproduzidos nas emissoras de rádio do Brasil. O pouco da língua espanhola que conheço, devo ao tango e as emissoras daí, que gostava de ouvir. Sei que a Argentina foi imensamente rica, com terras férteis, petróleo, carneiros, e mucho, mucho más… Por infelicidade caiu nas mãos de governantes demagogos e hoje está entrando na zona perigosa da miséria. Lembro-me de um conterrâneo de vocês a dizer:- Nós temos pobreza, nós não temos miséria. E era verdade. Tenho dois tios enterrados em Buenos Aires. Meu tio foi operário especializado, frentista de prédios. Era um artista na profissão. Viveu pobre, mas com dignidade. Hoje, quem sabe tivesse de se deslocar dos bairros bons para a periferia, onde já se desdobram favelas típicas como as brasileiras. Sim, meus irmãos argentinos, demagogia leva a isso. Vocês tem um tango extraordinário, “CAMBALACHE”, que avalia e explica a atual situação, embora tenha sido composto em 1935. Vale para vocês e vale pará nós, brasileiros. Estamos diante de um grande cambalacho mesmo! Também somos vítimas de um governo demagogo, que de administração nada entende. E acabará por nos levar ao precipício. Lamento, caros amigos argentinos. Não tenho nada contra esse grande país que não seja muito carinho. Não importa desentendimentos no futebol, pois não me preocupo com ele. Tanto Maradona quanto Pelé foram grandes e continuarão grandes em nossa memória. Meu respeito é pelos dois. Só não posso resteitar o que “la vieja” tem feito contra esse povo trabalhador e digno. Meu pesar, portanto.

  • ze do matogrosso

    Por favor, caro Zé, confira as normas do blog.
    http://goo.gl/u3JHm

  • ELIANE

    sou brasileira e resido na Argentina a 10 anos. É impressionante a nflação galopante que nos assola. Me lembro que quando cheguei só comia “bife de Lomo” (o melhor corte de carne) que custava $8,00 o quilo e agora custa $80,00. Uma loucura e não sei onde iremos parar com este governo soberbo.

  • Kitty

    Querido Ricardo, ainda estou com um nó na garganta quando li uma boa parte dos comentários de argentinos que já sentem na pele o que é estar privados de ler seus jornais favoritos. Estão fazendo o que fez Chávez com GloboVisión, que por falta de anunciantes e propaganda do Estado acabaram por vender o jornal a um empresário chavista que, logo mudaria o teor das editoriais mais favorável ao governo do falecido. Nestas minhas recentes férias vivi in loco o que os leitores argentinos que, acabei de ler, disseram sobre a liberdade de imprensa. Sofri muito de ver como os jornais que, li a vida toda, estão sendo sufocados financeiramente, simplesmente, porque são considerados críticos ao desgoverno Kirchnerista. Na contrapartida, o governo aumentou dinheiro destinado à publicidade oficial repassada só a jornais pró-kirchnerismo. O que estamos assistindo, caro Ricardo, é a política da prepotência. Uma semana antes de eu voltar para o Brasil,o Clarin começou um programa de demissões voluntárias e o grupo Perfil, que publica o jornal do mesmo nome teve que reformular produtos. Os empresários pressionados pelo “sheriff” Moreno, secretario de Comercio, desistem de anunciar seus produtos nos jornais ditos inimigos do modelo K. Eles procuram alternativas publicitárias mas, o prejuízo provocado pela saída das grandes cadeias, que deu inicio o congelamento dos preços e os jornais foram proibidos de colocar as ofertas dos grandes supermercados e lojas de eletro domesticos; muitos empresários optam for falar em voz baixa e omitem fazê-lo em forma pública por medo a represálias; ou acatam ordens emitidas verbalmente por funcionários do governo, como o recente boicote publicitário que são os médios de comunicação.O que se assiste é o intento por parte deste governo, totalitário com fachada democrático,é calar as vozes que não correspondam com seu relato oficial e de cercear a liberdade de expressão. Infelizmente, a tática está dando certo, La Nación, Clarin e Perfil estão amargando uma queda no seu faturamento anual de quase 15%. La “vieja” loca é vingativa e agora seu estupido slogan ” Vamos por todo” quer dominar a Justiça e assim perpetuar o Cristinismo por um longo tempo no poder. Ela está apostando suas fichas para sufocar à Justiça nas eleições de outubro que, pensa que vai obter uma bancada forte o suficiente para mudar a Constituição e, assim, obter o seu terceiro mandato outros anos porque todos estes problemas me entristeciam..nã há diálogo, transparência nos índices econômicos, as pessoas se sentem aviltadas porque não podem viajar ou comprar dólares, em fim, coagidos por um governo insano, autoritário e estatizante. A economia freou, a inflação BEIRANDO OS 25% anual. Além da inflação os argentinos têm de amargar sub-ocupação e o desemprego. A pobreza não diminuiu como propalou a presidente, mais um índice alterado e a brecha foi se ampliando a tal ponto que há “duas Argentinas”.O Estado acabou sendo no único criador de emprego! Ricardo isto é apenas um modesto resume do que consegui me lembrar e participar nos 50 dias que fiquei em Baires,Sei que se poderia escrever páginas sobre mi pobre Argentina querida mas, seria longo demais..por enquanto meu abração de sempre e esperemos que o bom senso predomine..embora, eu tenho a minhas duvidas!!

    Você conhece bem essa realidade, não é, Kitty? É uma pena, um país tão fabuloso como a Argentina…
    Um abração

  • Umberto

    Olá amigo Ricardo.

    Excelente, sem dúvida alguma, a repercussão da reportagem. Porém, o nível dos comentários atesta, de certa forma, o quão distante estamos (a grande classe média brasileira, a qual me incluo) de uma sociedade minimamente informada e politizada. Por aqui escândalos iguais ou até piores (mensalões, por exemplo), são discutidos no blog como se estivéssemos tratando de uma discussão futebolísticas. Costumo acompanhar alguns embates, realmente improváveis, seus com pessoas absolutamente fora da realidade, conhecimento e de autocontrole a respeito do que estão tentando tratar.
    Eu sei, a democracia exige isso, todos temos o sacro direito da manifestação de nossas ideias.
    Mas, sem dúvida, nossos vizinhos conseguem atingir um outro nível de compreensão. Será porque a relação leitura/per capta é um pouco maior que a nossa? É ler para crer. Abraços e parabéns,
    Beto

    Obrigado, caro Beto. Nem preciso dizer que concordo com o que você escreve, não é?
    Um abração a você e família.

  • O Bebum da Rosemary

    Valentina Ponce,parece que está falando do Brasil! Nós também estamos descendo a ladeira,mais um pouco os petralhas comandam tudo.

  • Dexter

    Olá Ricardo e amigos
    Como disse o comentarista João Augusto, nossa situação não é melhor.
    A tentativa do PT de se alinhar aos piores exemplos de governo não esmorece.
    O apoio e reconhecimento à vitória de Nicolás Maduro não deixa margem de dúvida. A dona Coisa só parece ser diferente.
    Em seu âmago, é pior porque dissimulada.
    Vejam no link a maravilha que está sendo preparada com nosso dinheiro:
    http://ultimosegundo.ig.com.br/politica/2013-04-17/cut-organiza-no-1-de-maio-campanha-pela-democratizacao-da-comunicacao.html

  • Luciano

    Aqui no Brasil seguimos pelo mesmo caminho, só resta saber se a imprensa independente e a oposição irá resistir aos ataques dos grupos mais radicais do PT e seus aliados.

  • toninho malvadeza

    Lastimo a má sorte de nossos irmãos argentinos,cabe a eles de forma democrática e nas urnas, acabar com a farra da atual presidente . Incompetência total ela já provou que tem,e lá como cá,quem está no poder “faz o diabo” para permanecer.

  • Hippie Killer

    Hermano… nós seremos vocês amanhã… o Brasil está indo para o mesmo destino que vocês! Cada país tem a ditadora que merece, infelizmente!
    .
    Mudando de assunto: espero que a Argentina nos presenteie, ano que vem, com um MARACANAZO – parte 2!!!!! Devido à Copa e tudo o q a envolve estar até o pescoço de falcaPTruas, quero q se dane essa seleção – QUE NÃO NOS REPRESENTA! Para arriba de la selección brasileña, hermanos argentinos! Messi ‘ni nóis’, hehe!

  • Pitilike

    Engraçado, lendo os comentários do hermanos achei que estavam falando de um outro pais….

  • Felipe Goltz

    Parabéns, Ricardo, pela repercussão lá fora. Como se percebe, blog bom, de verdade, como este aqui, é digno de ser lido não apenas por brasileiros, mas estrangeiros também. Jornalismo competente e sério tem leitores em quantidade e qualidade. Sempre.
    Abs,
    Felipe

    Muito obrigado por seu comentário generoso, caro Felipe.
    Espero que continue nos prestigiando com sua leitura.
    Um abração!

  • Bolivariano Natto Jr.

    Haja fôlego!
    Soube que os líderes da Urinol (União das Nações Sul-americanas) devem fazer reunião de emergência, em função da fraude da eleição do hombre-pajarito nicolau maduro.
    Que a Urinol contenha-se apenas no número um, porque do dois cada um de seus líderes – a começar por dilma, cristina k e evo morales – se encarregam em bases diárias, regulares.
    Mantêm, enfim, diria um cínico, a fisiologia em dia.

  • Ernesto Jara

    Sou argentino e estou muito contente com o governo Kirchner, o governo que paga a divida externa, o governo que constroe universidades ( 9 neste governo), o governo que tirou a mascara dos lobistas mascarados de jornalistas “livres”, o governo que colocou na cadeia torturadores defendidos pelo grupo clarin, o governo que quer uma justiça livre do poder economico, o governo que (segundo a ONU) fez uma lei de imprensa totalmente democratica, o governo que tirou a Argentina do inferno que os neoliberais o colocaram, o governo que permite que pessoas da america latina inteira estudem na faixa em terras populistas, o governo que mantem um SUS utilizado por paraguaios, brasileiros, bolivianos, peruanos, o governo que esta a receber espanhois fugindo das politicas que se implementaram nos anos 90 na Argentina etc.
    Vamos ver nas elecoes que bem se esta materia tem sustento.

  • LUIZ OLIVEIRA

    Setti, é uma pena que os petralhas já entraram no espaço de comentários do La Nacion para emporcalhá-lo com a diárreia mental costumeira, com o intuito de desacreditar a Veja e confundir os argentinos. Um tal de Muzhik7, por exemplo, resolveu sujar o site com a seguinte imbecilidade:
    *********
    Os petralhas e seus asseclas fazem de tudo para exercer sua patrulha ideológica não apenas em nível local, mas também em nível nacional e internacional. Se soubessem que em outro planeta existe vida e que lá alguém não concorda com as suas idéias esquerdistas tão queridas, lá iriam também esparramar suas estultices. E ainda tem a audácia de se referir a quem não concorda com eles como jumentos.

    Um abraço

    Caro Luiz, obrigado por trazer essa informação. Cortei o trecho em que você transcreve o comentário ofensivo a VEJA exatamente por isso.

    Vamos ter compreensão para essa gente: como eles recebem, têm que mostrar serviço, mesmo que seja esse serviço sujo e indecente de mentir, caluniar e enganar as pessoas.

    Um abração

  • Ixe

    Muito triste constatar que Nuestra América continua sub-desenvolvida, atrasada, exatamente por causa dos velhos maus-hábitos de caudilhos que parecem se repetir desde sempre. E nesses casos não adianta nada se chegaram ao poder pela direita ou pela esquerda. Não importa o lado, são os mantenedores do atraso em nossa região. Independente do viés ideológico original, ao final são todos apenas corruPTos, ladrões, cínicos, mentirosos, autoritários e irresponsáveis.
    Governos como os da Argentina, de Venezuela e mesmo do Brasil de hoje, são tristes exemplos deste fato que parece até ser o destino da América Latina. Destino de ser um eterno SUB.
    E não é por que não QUEIRA ou por falta de vontade que o atual des-governo brasileiro não esteja na mesma situação que Argentina e Venezuela. Se dependesse exclusivamente da Vontade do Lulo-petralhismo, estaríamos liderando a vanguarda do atraso, com a imprensa calada e o Judiciário totalmente submisso. Ainda bem que no BRasil restaram instituições capazes de segurar um pouco o desastre, como a Justiça e a Imprensa Livre.
    Por quanto tempo resistirão ao assédio do Mal ?

  • Ismael Pescarini

    Na mosca: a falta que faz uma imprensa livre. A grande questão é por que até hoje as massas de despossuídos da América Latina são tão vulneráveis ao populismo? Espero que a era da informação enterre de vez todos eles na lata de lixo da história.

  • Cabrón

    Entendo sua indignação, caro amigo, mas não posso postar a ofensa a uma pessoa pública constante de seu comentário, conforme as regras de publicação de comentários no blog para as quais tenho reiteradamente chamado a atenção dos amigos leitores.
    Estão no link
    http://goo.gl/u3JHm
    Abraço

  • Ana

    Pelo menos eles tem as panelas, nós nem isso!

  • FILÓSOFO

    Os “hermanos” argentinos deveriam ter orgulho de sua “presidenta” : além de ser a maior estadista da América Latina ( depois que o comandante Chavez se foi ) é uma mulher muito bonita.

  • Isayas

    A ARGENTINA ESTÁ SENDO GOVERNADA POR DISCÍPULOS DO CONFESSO SATANISTA MARX, MATERIALISTAS E ATEUS!
    Cristina é o PT argentino!
    Veja de como a Argentina se insere cada vez mais no “DECÁLOGO DE LÊNIN”, que são os 10 mandamentos dos comunistas, igual ao Brasil pelo PT.
    No 3º mandamento: “Divida a população em grupos antagônicos”…
    No 6º mandamento: “Colabore com o esbanjamento do dinheiro público e ponha em descrédito a imagem do país especialmente no exterior, E PROVOQUE O PÂNICO E DESASSOSSEGO NA POPULAÇÃO PELA INFLAÇÃO”.
    No 8º mandamento: “Promova disturbios e contribua que as autoridades constituídas não os reprimam”.
    No 9º “Contribua para a derrocada dos valores morais, da honestidade e de crenças nas promessas do governo”…
    Para os comunistas quanto mais o caos existir tanto melhor para aumentar a violencia, fazer desentender entre si a população, facilitando a sua dominação de um povo em meio a uma sociedade desagregada.
    E olhe que os argentinos não toleram abusos sem berrar, e o governo Kirchener deverá cair, assim como esperamos o PT no Brasil, em 2014!

  • Antonio Davi Roland de Brito

    Querem transformar a America Latina em uma Coreia do Norte !

  • arilson sartorato

    A Cristina, a eterna viúva,imitação barata de outra populista a Evita Peron, conseguiu calar o centenário e tradicional jornal ‘CLARIN”,coisa que os petistas estão loucos para fazer aqui com a ‘VEJA’ e o ESTADÃO”!!!!!!Coisas de Republiqueta de bananas,onde a maioria do zé povinho se deixa enganar ou é conivente com estespoliticos populistas da pior espécie.

  • Fernando

    Contento-me por (ainda) haver no Brasil imprensa independente como Veja e JP que destroça a falácia e não estão abduzidos por um discurso pró-governo como outros veículos, os quais não dispõe de remorso por trair seus próprios telespectadores com lavagem cerebral, mentiras e enganos.

    A propósito, o Grilo Falante apontando-se o revólver ficou muito hilário 🙂

  • Joao

    Aos críticos à administração Argentina: Antes de criticar a Presidente da Argentina, favor comparar os PIBS das duas nações(Brasil e Argentina) para ver qual situação econômica mais estável. É muito fácil criticar sem conhecimentos de causa…

  • Kitty

    Caro ricardo, nunca uma charge representou tão bem um governante ou governanta como a que está postada aqui…O nariz de Pinóquio lhe sentou muito bem a Cristina Kirchner…É verdade que faz muita falta a liberdade de imprensa na Argentina. A verdade sempre incomoda.Preferem jogar a sujeira debaixo dos tapetes e escutar os cantos das sereias da imprensa chapa branca que preferem a adulação à verdade por crua que ela seja…Lhe parabenizo pela repercussão que este seu post teve de muitos argentinos que através do excelente e realista texto sobre a precária situação econômica associada, também, ao desrespeito a um dos pilares importantes da democracia que é a total e irrestrita liberdade de expressão e como consequência, a Liberdade de Imprensa. O 80% da imprensa na terra do tango está nas mãos de empresários ligados ao kirchnerismo, e o que se considera imprensa independente, está sendo fustigada sem piedade..Mentem e camuflam todos os índices que por ventura se atrevam a desmenti-los..Argentina, e o digo com o coração partido, está indo para a nociva e retrógrada política venezuelana. Espero que a cordura reine nos políticos da oposição e se juntem para que este período negro da política argentina, entre no ocaso para nunca mais “volver”, este é o meu “ferviente deseo para este grande País.”///Brilhante texto e me orgulho de fazer parte da sua legião de leitores brasileiros e agora, argentinos também! Um carinhoso abraço da Kitty.

  • Kitty

    Desculpe: Ricardo