Não bastou o estilista britânico John Galliano ofender com gritos antissemitas um casal num restaurante no bairro do Marais, em Paris, e ser detido pela polícia.

Não bastou a declaração peremptória da Casa de Dior, para quem ele trabalha, repudiar suas declarações, da mesma forma que a atriz israelense Natalie Portman, que tem contrato publicitário para promover um dos perfumes Dior, fazer o mesmo e ainda dizer que não tem condições de continuar na mesma empresa que o estilista.

Agora, descobriram um vídeo em que Galliano exalta e elogia Adolf  Hitler (veja notícia na CNN, infelizmente apenas em inglês). A Dior vai demiti-lo.

Será que esse mentecapto tem a mais remota ideia de como a Alemanha nazista tratava os gays, como ele próprio?

De minha parte, sempre achei que um sujeito badalado como suposto artífice de bom gosto mas que ostenta, ele próprio, aquela aparência ridícula havia de ter um parafuso de menos.

Espero que, além de ser demitido, ele pegue uma boa cadeia por infringir as leis anti-racistas e anti-nazistas da França.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

25 Comentários

Marcia Setti em 11 de março de 2011

Clarinha, o Sr Setti realmente é um gatão... só que tem dono. Este blog é democrático no que se refere às opiniões, mas é totalmente fechado no que se refere a cantadas inadequadas. assinado: a dona do gatão

Diocleciano em 09 de março de 2011

Esse estilista deveria ter o direito de expressar a sua opinião. Israel vem oprimindo os palestinos há bastante tempo. Do mesmo modo que a Otan vem pressionando a Líbia deveria também pressionar e até invadir Israel e obrigar esse país a devolver as terras que não lhe pertence. Então, por causa de atitudes do governo de um país, Israel, está tudo bem para você ser antissemita e elogiar Hitler?

Marco em 05 de março de 2011

Caro R. Setti: Não te entendi meu amigo, q pipocada foi essa ? Tu q já foi editor de revista feminina, e por falar nisso, acho a Ana Claudia Michels, a modelo mais bonita do País ( nota Setti). Espero q não fique ofendido e brabo por essa conotação pessoal. Setti o mercado de revistas no Brasil é muito interessante, se tu tiver um bom ponto, já q tudo é consignado pela distribuidora e se ganha 20 % líquido do q se vender. Acho q ainda continua assim ?Pode se tornar um bom investimento, apesar da internet ! Abs. PS: Acho q tem q abrir mais espaço sim, no Blog para as coisas do mundo feminino, claro com mescla. Acho que, a despeito das novas tecnologias e tudo o mais, caro Marco, as revistas têm uma longa vida pela frente e o mercado continuará interessante. E é boa sua ideia de abrir mais espaço no blog para assuntos de interesse mais específico das mulheres. Como sempre, agradeço e mando um abração.

Van Helssing em 04 de março de 2011

Mais um gaysista

Lidia em 03 de março de 2011

Obrigado por seu comentário, Lídia, mas não vou publicá-lo pelas conotações pessoais. Prefiro discutir o conteúdo dos posts, tá? Um abração

Clarinha em 03 de março de 2011

Obrigada pela resposta simpática e cordial, quando for a SP vou ver se consigo passar aí para tirar um foto com o Sr. abraços.

Clarinha em 03 de março de 2011

Mas seu Setti, já q o assunto aqui tbm é estilo e moda, não posso me furtar de dizer q o Sr. é um GATÃO, já lhe disseram q o Sr. é muito parecido com o Pedro Bial, Sr. Setti qual o seu signo ? E se o Sr. tem preconceito com moças gordinhas ? Parabéns ! Cara Clarinha, Quanto a essa de ser um gatão, agradeço, mas sou mais o George Clooney. Quanto as gordinhas, em absoluto não tenho preconceito nenhum. Já o signo é uma questão pessoal da qual prefiro não falar. Abraços

Antonio Skoldharougs em 03 de março de 2011

Aqui no Rio Grande do Sul existe o maior número de Grupo (gangue)neo-nazista de todo o Brasil, ela é composta de gente que não passaria no "ideal" de Hitler, ví até um neo-nazista paraplégico em um cadeira de rodas, alguem tem que avisar a esses fanático desinformados, que eles seriam os primeiros a morrer nas camaras de gás de Hitler...

Antonio Skoldharougs em 03 de março de 2011

Esse 'costureiro' adorador de Hitler devia saber que, não só Judeus foram vitimas dessa insanidade, os Homossexuais também fora recolhidos aos campos de concetração, foram eles os primeiros a ir para as câmaras de gás, fico estarrecido com os fajutos neo-nazisas, gente que adoram o Nazismo sem saber que o seu biotipo não se encaixa no ideal de 'raça pura' que Hitler queria impor na Europa, Ora, esses adoradores seriam os primeiros a ser assassinados por esse louco chamado Hitler. Vejo até Neo-nazistas negros, esse é um paradoxo da ignorancia, pois os negros, homossexuais, atores e membros de circos foram os primeiros a morrer nos campos de concetrações.

Lílian em 02 de março de 2011

Setti, "O estilista John Galliano, através dos seus advogados, pediu esta quarta-feira desculpas pelas suas declarações reproduzidas pelo jornal britânico "The Sun" em que proclamava o seu amor a Hitler e celebrava o Holocausto." A polícia não descarta a possibilidade do caso ir para os Tribunais. Eu lí que, hoje ele foi para uma clínica de reabilitação. Na minha opinião não tem justificativa. Abraços! Coitadinho. Clínica de reabilitação? Será que lá reabilitam caráter? Um abraço, cara Lilian.

Markito-Pi em 02 de março de 2011

Não fosse tudo que este"genio"( um merdinha, na verdade, que só deslumbradas absolutas e **** como ele são capazes de admirar), só por ter esta cara, merece cadeia. É um atentado ao pudor.

Daniela Contin Garcia em 02 de março de 2011

Felizmente, as leis de lá funcionam não é Ricardo. Acredito que com a prova do vídeo este mentecápto vá para a cadeia sim, seria o certo e merecido. Agora uma pergunta, vc se surpreenderia, caso ele se safe da cadeia, que alguma grife o recolocasse no mercado daqui algum tempo? Cara Daniela, minha resposta, infelizmente, é "não". Abraços

Ururau Irado em 02 de março de 2011

Deve ser um doente. Mas esse tipo de doença não é atenuante. É gente que deve, sim, ser punida com o maior rigor previsto na lei. Ser tolerante com esses abusos, por mais excêntricos que sejam os autores, por menor que tenha sido o dano imediato, é transigir com o crime, afinal de contas. Além disso, certas coisas, quando não repelidas com força e desde o início, terminam contribuindo para o tal "caldo de cultura" das atrocidades que nós, humanos, somos capazes de cometer.

Altamiro Martins em 02 de março de 2011

Meu caro Setti, procuro evitar parti pris, mas em algumas circunstâncias é quase impossível. Diante do semblante dessa criatura (acabo de ver outras fotografias ainda mais desagradáveis) tive uma daquelas reações imediatas e indisfarçáveis de repulsa. Vejo, agora, ao ler o seu post, que a índole do sujeito confirma o que se lhe vê na cara. -- Dégueulasse! - diriam os franceses (testemunhas da infâmia). -- Disgusting! - assentiriam os ingleses (patrícios do infame).

SergioD em 01 de março de 2011

Ricardo, mais uma vez meu computador criou vida e mandou um comentário antes de estar terminado. Por favor, desculpe. Vou repetir o comentário e considere apenas o texto abaixo: Ricardo, quanto a judeus não apoiarem a atual política do governo Israelense quanto aos palestinos, vale a pena ler o livro ALTO E BOM SOM, do general Iftach Spector, da Força Aérea de Israel, onde ele conta sua história de vida, dando destaque ao manifesto que assinou contra os ataques aéreos que afetavam civis em áreas palestinas densamente povoadas. Transcrevo o manifesto abaixo: Nós, pilotos da Força Aérea de Israel, que fomos educados no seio do sionismo, da proximidade e da dedicação ao Estado de Israel, e que sempre servimos no front.... Somos contra a realização de ordens ilegais e antiéticas do tipo que o Estado de Israel está realizando nos territórios conquistados. NÓS, que consideramos o Exército de Defesa de Israel e a Força Aérea como parte inseparável da nossa essência, nos recusamos a prosseguir atingindo cidadãos inocentes. Essas ações são ilegais e antiéticas e são o resultado direto da conquista continuada que está destruindo a sociedade israelense inteira. Nós, que servimos como pilotos ativos - combatentes, orientadores e instrutores da próxima geração de pilotos -, declaramos por meio desta que continuaremos a servir o Exército de Defesa de Israel e à Força Aérea com todo empenho na defesa do Estado de Israel. Publicada em 24.09.2003. Vale a pena ler. Comecei a ler no último domingo e não consigo largar. Grande abraço Obrigado pela excelente dica, caro Sergio. Conheci militares de Israel inteiramente favoráveis à paz com os palestinos e à criação do Estado Palestino, inclusive altos oficiais, como o general da reserva Yeshayaahu Gavish, que certa vez entrevistei em Genebra. Há um grande movimento pró-paz até entre militares ex-combatentes, com você mesmo exemplifica. Abração

SergioD em 01 de março de 2011

Ricardo, quanto a judeus não apoiarem a atual política do governo Israelense quanto aos palestinos, vale a pena ler o livro

carlos nascimento em 01 de março de 2011

É um caso para ser analisado pelos médicos, gay assumido, portanto, minoria oprimida, fissurado pelo nazismo, só pode gostar de levar "porrada", é muito estranho isso. Álias, os ingleses precisam justificar para a Sociedade essas aberrações de condutas, já não bastam os hollingans malucos, agora temos as personalidades racistas. Deve ser excesso de cheirar perfume (*). Ainda bem que foi na França,pagará caro pela blasfêmia, se fosse na Itália o Berlusconi iria adorar.

SergioD em 01 de março de 2011

Ricardo, o pior é que existem muitas pessoas que pensam como esse indivíduo. O antissemitismo é mais difundido que se imagina. Pior que hoje muitas pessoas atacam os judeus por conta da maneira como Israel submete o povo palestino. Não se espante de ver terceiromundistas festivos (meu Deus, como Nelson Rodrigues faz falta) e direitistas fanáticos atacando juntos o povo judeu. Não que eu ache o que Israel faz com os palestinos correto. Pelo contrário. No entanto, a situação por lá é muito complicada, eivada de radicalismos de ambos os lados, com o Hamas e Hezbollah sempre prontos a riscar um fósforo junto a galão de gasolina (fornecida, não esqueçamos, pelo Irã do Armadinejad, e pela Síria do Assad). Fazer o que? Criticar somente Israel? Será que seus inimigos ainda tem a ilusão que vão expulsar os israelenses para o Mediterrâneo? Muito importante a atitude da vencedora do OSCAR. Parabéns a Natalie. Que baita golpe no nome Dior. Muito bom post. Grande Abraço Obrigado, caro SergioD. Você tem razão no que escreve sobre os judeus e Israel, e eu acrescentaria: um número enorme de judeus não apoia a política militarista e intransigente do atual e dos recentes governos de Israel. Abraço

JT em 01 de março de 2011

Não comprem mais perfumes Dior, que graças ao Galliano poderia mudar de nome para oDior. Não comprem nada de quem banca energúmenos. Não basta mandar o idiota mor embora - só agora. Deixem a Casa de Dior na geladeira por uns tempos. Chega de futilidade.

Militão em 01 de março de 2011

Setti, não precisa publicar, apenas corrija o sobrenome da atriz. É Portman, e não Porter. E esse Galliano, deveria ser preso numa cela com alguns neo-nazistas, pra ver o que é bom pra tosse. Obrigado pelo toque, caro Militão, mas fui checar e publiquei Portman, mesmo, no original. É o nome artístico. O nome verdadeiro dela é Natalie Hershlag. Quanto ao Galliano, acho que num país sério como a França haverá consequências. Um abração

Tito em 01 de março de 2011

Imagina esse elemento (não tenho outra palavra) vivendo na Alemanha Nazista? Vivendo não, já estaria enterrado em uma vala comum.

Mauro Pereira em 01 de março de 2011

Caro Ricardo Setti, boa tarde. Para mim tem relevância, e muita, o quepensam o caro amigo e os comentaristas aqui da sua Coluna, com os quais eu tenho a honra de compartilhar esse espaço nobre. O que esse degenerado fala ou deixa de falar, realmente, não me incomoda nem um pouco. Até por que eu não sei quem ele é, muito menos o que faz, mas se o amigo está afirmando que ele merece cadeia, cana nele!

Vera Scheidemann em 01 de março de 2011

Voltei para elogiar o comentário do Rodrigo. Bem oportuno ! Vera

Rodrigo em 01 de março de 2011

Será que esse imbecil sabe como os nazistas tratavam os gays? Como ele imagina que seria tratado na Alemanha nazista?? Cadeia nele.

Vera Scheidemann em 01 de março de 2011

Sujeito absolutamente ridículo e nojento. Adorei que tenha sido demitido e espero, também, que vá para a cadeia. Vera

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI