Image
O gigante que voa: note o tamanho do Airbus A-380 em comparação com os que estão estacionados, mesmo levando em conta que a foto o mostra em primeiro plano (Foto: Airbus)

Em outubro de 2007, um voo da Singapore Airlines entre Cingapura e Sydney, na Austrália, com 450 passageiros a bordo, inaugurava oficialmente as atividades do Airbus A380, o maior avião de passageiros do mundo.

De lá para cá, já são 57 destes verdadeiros colossos de dois andares planando pelos céus do planeta, dividindo-se em 38 rotas baseadas em 25 aeroportos.

Para poucos – por enquanto

Apenas sete companhias contam com os A380 em suas frotas: Air France, China Southern Airlines, Emirates (dos Emirados Árabes), Korean Air, a alemã Lufthansa, a australiana Qantas e a Singapore Airlines. A empresa chinesa foi a que recebeu mais recentemente (no mês passado) o primeiro dos cinco modelos encomendados.

Em 2012, a Malaysia Air entrará para o seleto grupo, contando com seis destas espetaculares aeronaves.

Para quem ainda não conhecia o Airbus A380, segue abaixo um vídeo documentando o seu primeiro voo. Logo depois, alguns dados comparativos compilados pelas companhias aéreas que os detêm e por outros estudos sobre aviação. Para quem já conhece, vale a pena matar as saudades.

Bom divertimento.

* Se todos os passageiros de um A380 voassem em classe econômica, a capacidade do avião seria de até 800 pessoas

* 128 milhões de dólares foram investidos pelas autoridades aeroportuárias de Sydney para que, em decorrência da operação de voos envolvendo o maior avião do mundo, o aeroporto australiano contasse com instalações renovadas e maiores, melhores passagens subterrâneos e fingers especiais adaptáveis ao formato de dois andares das aeronaves.

* 3.600 litros de tinta foram usados em sua superfície de 3.100 metros quadrados (ou o necessário para que Michelangelo pintasse sua Capela Sistina 97 vezes).

* Seus 72,7 metros de extensão equivalem ao comprimento de duas baleias-azuis.

* O colosso mede 24,1 metros de altura (equivalente a um prédio de dez andares ou a cinco girafas empilhadas).

Image
Escada entre os dois andares do avião: altura total de um prédio de dez andares, capacidade para 3 mil mapas e peso, lotado, equivalente a 165 elefantes

* 6,7 bilhões de dólares: é o preço dos vinte A380 adquiridos pela companhia aérea australiana Qantas (três vezes o PIB da Groenlândia ou 13 vezes a quantia gasta para a construção da belíssima Opera House de Sydney).

* Suas asas têm 80 metros de envergadura das (o dobro do trajeto percorrido pelo primeiro avião, dos irmãos norte-americanos Orville e Wilbur Wright, considerados precursores da aviação).

* Pesa, lotado, 580 toneladas (para igualá-lo, seriam necessários 165 elefantes, ou 19 betoneiras, ou 6.373 porcos).

* Em seus compartimentos de bagagem cabem 3 mil malas, o que daria uma média de 5,7 por pessoa.

* Econômico, consome 4,05 litros por cada 100 quilômetros voados por passageiro. O superjipe Hummer H2, carregando 1 ou 10 passageiros, bebe seis vezes mais por quilômetro.

* Produz menos de 75 gramas de gás carbônico por passageiro (menos da metade da meta de fabricantes de carros para 2008).

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezenove − 12 =

2 Comentários

José Américo C Medeiros em 21 de novembro de 2011

Um Airbus jamais será um Boeing.

Frde em 19 de novembro de 2011

O interessante nesse admirável A380 é esse tipo de tecnologia fica restrito a países e gente rica até que o ponto onde pobres e ricos conseguem ter seu próprio carro.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI