Amigos, vejam que pensa o PC do B, aliado do PT na disputa pela Prefeitura de São Paulo, sobre o pária Ahmadinejad, ditador do Irã

Nadia Campeão, a candidada comunista a vice-prefeita na chapa de Fernando Haddad, do PT: seu partido se derrama em elogios ao tirano do Irã (Foto Diego Shuda / Folhapress)

O candidato do PT à Prefeitura de São Paulo, Fernando Haddad, convidou hoje a presidente do diretório estadual paulista do Partido Comunista do Brasil (PC do B), Nadia Campeão, ex-secretária de Esportes durante a gestão Marta Suplicy (2001-2005) para ser sua companheira de chapa como candidata a vice. Ela aceitou.

Ao explicar a escolha, que diz ter sido pessoal, Haddad afirmou que Nádia é pessoa de “posições muito definidas”, seja lá o que isso for.

Muito provavelmente, essas “posições muito definidas” coincidam com o retrato vivo do pensamento do PC do B, aliado do lulo-petismo em São Paulo, não é mesmo? Pois bem, então é útil e revelador inteirar-se dos comentários do PC do B sobre a recente visita do pária internacional Mahmoud Ahmadinejad, ditador do Irã, ao Brasil, para a conferência Rio+20.

É preciso conhecer o pensamento de um partido que apoia o enforcador de homossexuais e dissidentes, o apedrejador de mulheres, o negador do Holocausto, o defensor da pulverização do Estado de Israel, com seus 7,9 milhões de habitantes, o perseguidor dos seguidores da religião baha’i.

Para isso, basta ler este texto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 + um =

Nenhum comentário

  • Luiz Pereira

    Setti,
    Entre se aliar à corrupção, personificada nas figuras de Maluf e sarney, e ao totalitarismo – ditadura mesmo! – o PT resolveu ficar com os dois.
    Haverão sempre aqueles que relativizam as coisas, dizendo não é bem isso ou aquilo.
    Balela!
    Quem crê que Ahmadinejad seja bom para o Irã o faz pq tem como meta fazer o mesmo por aqui.
    abs

  • Expedito

    Ricardo,
    O texto do portal vermelho é nojento no conteúdo e raso nos argumentos, espelho fiel dessa esquerda de pensamento fincado no sonho de criar uma ditadura onde eles, os iluminados, nos libertarão do imperialismo norteamericano e nos colocarão no “paraiso” comunista, bem nos moldes da coreia do norte. Quanto ao apoio dessa, vá lá, agremiação à campanha do pt, vale tudo, da extrema esquerda à extrema direita para tomar São Paulo; às favas os escrúpulos e a ética.
    Vai, pelo menos, ser divertido ver no mesmo palanque Maluf, Lula, os comunistas do portal vermelho.

  • Lelezinha_09 (Zinha)

    Que o Lulla não tem escrúpulo nenhum e é capaz de pisar no pescoço da mãe pelo poder,a gente já sabia.
    Mas o que se admira, é ver um rapaz tão jovem como Haddad se deixando levar por toda essa corja!!!
    Será que ele não pensa em suas limitações, não pensa que ele nunca exerceu nenhum cargo de peso político com resultados pelo menos razoáveis, para “pensar” na tarefa hercúlea,para a qual não está preparado, que é administrar uma cidade complexa como São Paulo?
    Será ele um “inocente”,mas de boa vontade, ou será mesmo um “sem noção” que nem sabe o que está se propondo?

  • Dani Miguel

    Estou pasma com essa bajulação em cima do traste fundamentalista! Eu não voto mais na cidade de São Paulo, mas torço para que os moradores da minha cidade natal tenham discernimento para ver que quando votam não é apenas no sujeito sorrindo na tela da urna eletrônica, e sim num pacote completo, que muitas vezes é podre.
    Aliás, eu arrisco dizer até que a disputa PT X PSDB é podre desde a base, haja visto os novos amiguinhos do Serra, a galera bacana do PR, liderados pelo distinto Alfredo Nascimento.

  • Alan

    Falar em “servilismo” é ofensa grosseira e mentirosa. Seu comentário não será publicado.

  • RONALDE

    Qual é o objeto principal do PCdoB, Partido Comunista do Brasil, caso chegue democraticamente ao poder no pais? Instalar o comunismo, pois sim? Claro, pois o próprio nome o diz. Em seguida o objetivo será acabar com a república e a democracia, pois é o que todo regime comunista faz. É surreal uma coisa dessas, ainda mais tendo como expoente político em São Paulo, um pagodeiro, agressor de mulheres.

  • Tuco

    .

    Haverá eleitores de sobra, em São Paulo,
    para por uma pá de cal sobre as pretensões
    da corja covarde e imunda! Em São Paulo o
    PT não emplaca nem porteiro de lupanar.
    Que permanecem nessa de nove dedos e um
    dígito…
    Acerca dessa pífia senhora, é bem a cara
    do partido dos trambiqueiros indecentes.
    Cabe a ela ficar de quatro à podridão
    moral da humanidade. Fedem todos.


    .

  • G. Carvalho

    Rachada entre a Bíblia e O Capital, a Nomenklatura da esquerda nominal acaba optando pela rima pobre, mas consistente, do Diário Oficial. Seu regime político ideal foi a interminável ditadura cubana, mais longa que o Café Capital, famoso por apenas meio século. Acredita-se que hoje deva ser a cleptocracia, com direito a dinastia, mesmo na ausência dos monarcas de antanho (o último deles de anta nada tinha, vale frisar).

    O que aterrissar no prato, isso é certo, estará no papo. E se a Nomenklatura, apesar dos pesares, for aplaudida, ainda melhor. Não importa se por pajés, aiatolás ou babalorixás. A turma quer mesmo é aplauso. Além de gordíssimo cargo comissionado na burocracia inchada, charutos cubanos, rum, vinho ou cachaça de bom padrão, que ninguém é de ferro, seja quem for o tuxaua de plantão.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Amigo Setti:
    Negar o caráter do poder político religioso do Irã,é impossível; assim como também não se pode negar o poder político religioso de todo o Oriente Médio,incluindo o Estado De Israel.
    Um Poder Político Religioso é uma verdadeira BOMBA de DESTRUIÇÃO – uma decisão qualquer do STF de Israel grupos surgem e berram “A TORÁ está acima da leis humanas” do outro lado “O CORÃO é a Lei Maior!” infelizmente amigo Setti – falar em negociação quando TORÁ e CORÃO são as “Leis Maior” fica impossível um entendimento, mesmo que uma LUZ surja para os dois povos irmãos,de um lado dirão “MENTIRA,essa LUZ é do PROFETA” do outro lado”MENTIRA,essa LUZ vem do MOISÉS!”
    Quando diz:” o defensor da pulverização do Estado de Israel, com seus 7,9 milhões de habitantes, o perseguidor dos seguidores da religião baha’i.”
    A maior comunidade de judeus fora de Israel no Oriente Médio está no Irã – de 200.000 a 300.000 iranrianos de religião judaica.Não vivem em guetos,têm representantes no Parlamento do Irã e não existe nenhum campo de extermínio de judeus.
    Dentro desse contexto é um bom início para se quebrar arestas e iniciar uma negociação:existe um ponto em
    comum – respeito de minorias e respeito religioso.
    Ao invés de estimular pontos de desencontro que tal Setti, estimular o ponto comum que existe,concorda?
    fora dos locais de ódios e preconceitos de parte a parte – estaremos abrindo portas.
    Um grande abraço
    Pedro Luiz

  • Osvaldo Aires Bade

    Setti, aos poucos estou recuperando a alegria de visitar o teu blog – sabemos porque.
    Setti, o mundo civilizado portanto humano te agradece e muito. Pesquisa só mais um pouquinho e tu podes chegar na minha posição de ameaçado e processado – acho que chegaste bem perto já nestas épocas.
    Bom, mas tu sobreviveste a burra ditadura brasileira – não to dizendo que tem uma com inteligencia.
    Um exemplo de ditadura que foi bem melhor, foi a do Chile e assim ficou proibido de se falar dela, poderias fazer isso – mostrar o Chile hoje para nossa inveja.
    Já mostraste o José Mujica e sua honrar, agora o Paraguai mostra que é um grande negócio sermos anexado por eles – já pensou uma campanha e notícia dessa:
    A JUSTIÇA DO PARAGUAI TOMA O FALSO BRASIL.
    Morreria na hora um bocado no sírio-libanês. Outros iriam fazer operação plastica para ficar bem diferente do mestre dos disfarces – o nosso Charada/Mascara Zé Dirceu O Poderoso Chefão dos excluídos da gang PT/PMDB. Outros iriam atras das bombas atômicas dos Aiatolás.
    Setti, publica as notícias desses bandidos RADICAIS DO ISLÃ COM SEUS SÓCIOS e baixa esses textos e vídeos deles. Muita coisa de apologia ao crime que eles fazem e com o costume que eles tem de tudo matar – eles mesmo se “censuram” e tiram da net apenas por humor e vaidade.

    Mais um pouco e vão dizer que sou o novo Carlinho Cachoeira pautando a VEJA – que coisa em???!!!
    Bom, digo ainda eles não são donos do teu espaço toda hora eles te cortejam para publicar comentários e a turma que te lê são todos Gentleman: gentle = gentil, man = homem.
    Setti, bandido é predador social eles veem logo assim:
    – homem gentil = animal em extinção.
    Deixo um link aqui para sabermos se esse rapaz é mesmo do bem e se esse atentado que ele sofreu tem mesmo ligação com o combate contra o mal e se ele é realmente mais uma vítima no Brasil possuído pelo demônio.

    – TERRORISMO NO BRASIL – ATÉ AGORA É O QUE TUDO INDICA:
    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/06/fonte-o-dia-rio-seis-dias-depois-de-ser.html

    Abraço a Todos
    Osvaldo Aires

  • Osvaldo Aires Bade

    HÁBITOS ESPARTANOS NO URUGUI, NO BRASIL E NO PARAGUAI

    O ex-presidente Jose Fragelli é lembrado como homem probo – eu também considero.
    Onde eu quero chegar?
    “Conheci bem próximo” o ex-Delegado Geral da Polícia Civil do Estado do Pará Dr. Raimundo Benassuly Maués Júnior.
    Pois bem, no cargo era um homem digamos que visado pelos bandidos. O Estado do Pará é campeão de conflitos de terras e tudo mais que não presta – nada funciona para a lei e justiça – é uma terra literalmente sem lei. Tivemos um governador que disse que lei é potoca e que Delegado não deve reclamar de salário – ele$ que façam o dele$.
    O Dr. Benassuly ia às operações pelo interior do Estado sem necessidade, apenas por que era um homem direito. Ele andava a pé pra almoçar, fazer compras e etc e etc e pagava tudo do próprio bolso. Tudo isso sem segurança e nenhum dos suportes e mordomias do Estado garantido por lei ao seu cargo.
    Ele dizia que assim quando ele deixa-se de ser Delegado Geral seria muito mais fácil não sentir a perda das mordomias.

    Certa vez que tivemos que tratar de combates aos bandidos o esperei na antessala de recepção de seu gabinete, com outro delegado, e ele falou que ainda não tinha nem tomado café e falou que Delegado Geral não se mandava. Rsrsrrs

    Saímos da antessala – que tinha muita gente e achei que íamos comer ali mesmo aí ele falou para sairmos da Delegacia que ele queria relaxar um pouco e para meu espanto fomos andando pelas ruas do centro para procurar um lugar para comer. Os policiais ficavam olhando assustados por que ele sempre andava sozinho (sem escolta) e de minha coragem de está com ele sem proteção alguma. Chegamos a um lugar para comermos e trabalharmos e ele dividiu a conta – cada um pagou o seu almoço, simples e sem bebida alguma. Ele fez ligações no celular a respeito do trabalho no telefone particular dele e eu do meu – e estávamos trabalhando lembre-se bem para o Estado e gastando nossos dinheiros. Bom o que aconteceu com esse homem?
    Disseram que ele era doido e incompetente e…?
    R: RUA, isso mesmo botaram ele na rua. Menos mal né.
    Com o tempo ele reconquistou o cargo e todas as pessoas direitas têm apreso por ele.
    Esse é o nosso Brasil que sempre gostou de bandidos e os chama com amor, desde sempre por, PT/PSOL/ PSB/PSDB/PCB/PCdoB/ CV E CVRL/ FALANGE VERMELHA e assemelhados de esquerda.
    – O BRASIL DO PARAGUAI:
    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/06/o-brasil-do-paraguai-para-raul-castro.html

    Abraço a Todos
    Osvaldo Aires

  • Osvaldo Aires Bade

    Amigos escrevi essa “coisinha” bem simples – não acreditam.
    Bom, vou tentar explicar em outras palavras tudo que vocês já sabem, Ok?
    Leiam com bastante calma e muito tempo para pensar, certo?
    – A DIREÇÃO DA DIREÇÃO (…???) DA TERRINHA:
    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/06/direcao-da-direcao.html
    Abraço a Todos
    Osvaldo Aires

  • Mari Labbate *44 Milhões*

    O objetivo de Luiz Silva e Dilma Silva é claríssimo: transformar a América Latina em um total e mofado comunismo. São tão inteligentes, que ainda não perceberam que até a China abriu-se ao Capitalismo. Conclusão: como o Capitalismo anula o comunismo, os insanos deverão mudar a sua fraca ideologia. Na ânsia de engrossar a “Fila dos Desesperados” aliam-se a qualquer um = tão desequilibrado quanto! Casamento-Perfeito: Haddad, o Peter Pan + Nádia Campeão, a Alice no País das Maravilhas. Realmente, a maior e mais complexa Cidade da América do Sul não comporta essas “mentes brilhantes”. Já fracassaram os comunistas, somente com a escolha dos candidatos! Querido Setti: o Boto-Vermelho não tomou vacina contra a Raiva, e ameaça “morder as canelas dos adversários” = pura-violência. LIBERDADE PARA SÃO PAULO! Já… Já… Já…

  • Felipe Lima

    Estarrecido ao ler o tal “Portal Vermelho”, pergunto: Não cabe uma ação de racismo contra esse “portal” ??? Os comentários então… Impressionante como existe gente com cabeça vazia neste mundo !

    Acho, sim, que os órgãos de representação da comunidade judaica deveriam processar por racismo essa camarilha.

  • rodrigo

    e os homossexuais do pc do b, não vão reclamar do apoio ao ditador do irã?

  • Willer

    Não consigo entender o que vai pela cabeça destes comunistas brasileiros, talvez coisa alguma, certamente nada que preste para a construção de um futuro.
    Como entender este apreço desmedido por um herdeiro de Khomeini e de sua politica?
    Pois bem, o material para pesquisa é farto, qualquer pessoa encontra histórias pessoais e fatos históricos ligados à repressão iraniana, repressão onde uma de suas maiores vítimas foram exatamente os “irmãos em armas” dos comunistas nacionais. No website do Tudeh (partido comunista iraniano) podemos ter uma ideia do que Ahmadinedjad representa e dos motivos que fazem sua recepção no Brasil ser uma ofensa a qualquer pessoa minimamente instruída.
    O texto abaixo foi extraído do website do Tudeh, ele é longo por isto retirei só uma passagem pertinente ao tema de seu artigo:
    _____________________
    O Massacre de Prisioneiros Políticos

    A continuação da guerra entre o Irã e o Iraque resultou numa catástrofe humana,social e perdas financeiras que enfraqueceram consideravelmente a posição do regime (iraniano).

    As derrotas militares sofridas na tentativa de derrubar o regime de Saddam Hussein no Iraque levou o Irã à beira do colapso total. Devido esta situação e numa tentativa de salvar o seu regime, Khomeini intensificou a atmosfera de terror e repressão no país ordenando o massacre de prisioneiros políticos iranianos.
    Em questão de três meses, no verão de 1989, comitês formados por Khomeini visitaram prisões no país julgando e sentenciando à morte milhares de prisioneiros políticos.
    O número real de prisioneiros executados continua desconhecido mas organizações de direitos humanos como a Anistia Internacional os estima em mais de cinco mil pessoas, pertencentes à diversos partidos e organizações políticas. Entre estes executados estavam 38 membros do diretório do Partido Tudeh do Irã(partido comunista) bem como centenas de membros e líderes ativistas.
    O impacto ao partido foi tremendo, destruiu a coordenação e a estrutura de liderança que havia sido criada em mais de 40 anos de esforços revolucionários. Entre estes camaradas executados estavam cinco membros do partido que haviam, cada um deles, passado 25 anos em prisões do Shah. O massacre chocou o mundo e gerou uma onda internacional de condenações. Este foi quase o último crime que Khomeini organizou antes de sua morte, crime contra o povo de nosso país e contra suas forças progressistas.

    _____________________________

    Caro Setti, o texto abre algumas perspectivas e demanda algumas considerações, fico com a mais gritante e óbvia:
    Como é possível no seio de uma sociedade multi étnica, pluralista e democrática como a brasileira existir um aglomerado como este? Representado por comunistas que parecem não possuir o recato ou bom senso mínimo necessário, coisa clara quando concedem apoio à aqueles que são reconhecidamente assassinos de opositores políticos. Eles vão além, nossos ditos comunistas os consideram aliados só por uma questão de afinidade no anti americanismo e anti semitismo, a tentativa de camuflar a coisa como anti sionismo é tão antiga como inócua, nem os próprios judeus conseguem atingir um consenso sobre a definição de sionismo mas os senhores bolivarianos do universo universal não só o definem como definem também judaísmo. Na história fazem parceria com personalidades nazistas que já mostraram a mesma petulância, na verdade a linha que separa um comunista de um nazista é tênue, basta observar casos contemporâneos como o de Horst Mahler, antes membro da RAF e hoje fervoroso nazista(http://pt.wikipedia.org/wiki/Horst_Mahler).

    Mas como comunistas possuem uma visão compartilhada de poder e politica internacionais, não seria mais correto apoiarem seus parceiros de ideologia massacrados por uma teocracia?
    Não seriam os comunistas iranianos tão anti imperialistas, anti capitalistas e “anti sionistas” como eles próprios? Ou os comunistas iranianos não seriam sexy o suficiente para atraírem a elite comunista brasileira a darem o sinal de um mero gesto de solidariedade e decência?
    Onde está a coerência deste grupo que prefere apoiar assassinos de seus colegas de ideologia ao invés de condená-los pelos crimes que cometeram? Onde está a legitimidade desta gente, legitimidade moral tão bem explícita neste caso de aliança?
    Preocupante.
    Um grande abraço!

    Caro Willer, tenho preocupações semelhantes às suas.

    Um grande abraço

  • Mari Labbate *44 Milhões*

    Dilma Silva sente, desde os Anos-70, o FOGO levantado pela sua boca, ao pronunciar a palavra Democracia. Agora acompanham-na: Luiz Silva, Gilberto Carvalho, Marisa Letícia e Miriam Belchior = Bonecas-Lili. Lembra-se da música de nossa infância, querido Setti? Essa candidata à vice-prefeitura de São Paulo, Nádia Campeão, com certeza integrará esse grupo de irmãos corrigidos pelas Energias-2012, Ano do Dragão. Conclusão: democracia-social = DITADURA-COMUNISTA! Alguém consegue distingui-las?

  • Nena

    Fala a verdade: você votaria para prefeito de sua cidade (e neste caso é São Paulo!) um cara que nuca foi eleito para nada, que em sua tese de doutorado defendeu Stalin, ‘ministrou’ o MEC com as estripulias do ENEM, kit gay, norma inculta, criou universidades na padaria da esquina sem estrutura física nem corpo docente, que apóia a parada gay e a dos maconheiros, que é irmão, ops, filho, siamês do maior ***** dom país, que se vende por alguns segundos de horário na tv, que alia-se a maluf e que escolhe como vice uma fanática partidária que endossa as misérias de um partido que publicamente e com fanfarras idolatram Ahmedinejah, os King Kongs coreanos, os irmãos Castro, Chaves e outros do mesmo quilate?
    Se responder que sim, desculpe, mas ou você é louco, ou maníaco-depressivo-psicopata-sociopata, ou assíduo participante dos programas de auditório das tvs brasileiras, ou petralha.

  • Artur Souza

    Prezado Ricardo. Quando ouço falar em comunismo, eu me lembro daquele conhecido epigrama: “Depois que uma ideologia se aposenta no resto do mundo, ela vem morar no Brasil.”

    Pois é isso mesmo, infelizmente…

    Abração

  • Razumikhin

    Ao convocar Nádia Campeão como vice, Haddad pretende perder as eleições em grande estilo.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Amigo Setti:
    Sobre meu texto:
    Quando me refiro – respeito a minorias e religiosas no Irã – Estou me referindo a minoria de cidadãos iranrianos judeus.
    O Corinthians fez um reparo dizendo que vivem no Irã de religião judaica de 12.000 a 80.000 cidadãos.
    É a partir desse dado – existe um ponto em comum para iniciar uma aproximação.
    Reconhecer que em TODO O ORIENTE MÉDIO a cada dia aumenta a mistura política com a religião,qualquer crítica,qualquer opinião é uma ameaça – não por ser política mas por ir de encontro a conceitos “DIVINOS.”
    Sou um sonhador e me recuso a virar cético e terminar como um cínico – existe um ponto em comum e se existe é uma ESPERANÇA.
    Grande abraço de Alá,Messias,Deus,Buda…como religiões e fé – nunca POLÍTICA.
    Pedro Luiz

  • Antonio Vieira

    Prezado Setti, o comentarista Rodrigo (28-06-2012, às 8:35), indagou: “e os homossexuais do pc do b, não vão reclamar do apoio ao ditador do irã?”. Ora, caro Rodrigo, tal qual no Irã, no PC do B não há homossexuais. Em ambos, só tem macho. O modelo dos últimos, aliás, é o tal Netinho – um sujeito meio misógino – que trata mulher na porrada. Ninguém é PC do B impunemente; mesmo que saia do partido, a cicatriz permanece. Essa gente é uma espécie de lepra política.
    Abração.

  • Leandro Ramos

    Setti, ainda que um texto como aquele não cause surpresa em quem acompanha, mesmo que de longe, os movimentos do partido, ele merece ser divulgado à exaustão. Trata-se, afinal, de um partido já fincado no governo federal e que pretende ocupar a vice na administração da maior cidade do país. Tomei a liberdade de colocar um link no meu blog http://insanetryingtoplaythegame.blogspot.com.br/ para o seu post.
    Abraço

  • Felipe Lima

    Amigo Setti, este texto, longo, é dirigido ao Pedro Luiz, para esclarecê-lo melhor sobre a real situação dos judeus no Irã(com fontes bibliográficas para verificar a autenticidade.

    Enquanto o atual presidente do Irã não se cansa de repetir que o Holocausto e a morte de seis milhões de judeus, durante a 2ª Guerra Mundial, não passam de mito e destila seu ódio contra Israel, os 25 mil judeus que ainda vivem no país podem praticar a sua fé. Isto é, com a condição de que não se envolvam na política e não se manifestem a favor de Israel.

    Se mantidas estas duas premissas, podem continuar a freqüentar suas sinagogas, mandar seus filhos às escolas judaicas e preservar sua cultura e suas crenças. E é isto mesmo o que a comunidade judaica iraniana, uma das mais antigas do mundo, tem feito nas últimas décadas.

    Apesar de uma forte campanha feita por instituições judaicas internacionais, como a HIAS, de ajuda a imigrantes, lideranças judaicas norte-americanas e até mesmo Israel, para convencer os judeus a fugir do país, poucos deixaram sua terra natal. Segundo dados da HIAS, somente 152 judeus deixaram o Irã entre outubro e setembro de 2006, número menor do que o registrado no período anterior, de 297 pessoas. Fontes comunitárias locais dizem que a maioria deixou o país por razões econômicas e familiares.

    Ao se analisar os acontecimentos políticos do Irã, desde 1979, quando da Revolução Islâmica que levou o aiatolá Khomeini ao poder – e muitos judeus foram executados sob a acusação de serem sionistas – a pergunta que surge, naturalmente, é: por que judeus continuam lá?

    Sabe-se, por exemplo, que quem deseja um passaporte deve fazer o pedido em uma repartição especial e, uma vez feita a solicitação, a pessoa fica, de imediato, sob observação. O governo também não permite que todos os membros de uma mesma família viagem ao exterior juntos, como forma de evitar a emigração judaica em massa. Mas, mesmo assim, no entender dos órgãos internacionais, eles já poderiam ter deixado o país. É bem verdade, como afirma Meir Javedanfar, analista do Oriente Médio, nascido no Irã e atualmente em Israel, que cerca de 80% da comunidade partiu logo após 1979. Dos 85 mil judeus que lá viviam em 1978, 35 mil já haviam deixado o país até 1986. Mas, segundo o analista: “Hoje os judeus estão no Irã porque têm uma vida confortável”. Nem todos têm a mesma opinião. Segundo Sam Kermanian, outro iraniano que hoje vive nos Estados Unidos e é o secretário geral da Federação Americana dos Judeus Iranianos, a comunidade, em sua maioria, compõe-se de pessoas idosas, que apenas falam o idioma persa e, por isso, não pensam em partir.

    Apesar de se falar muito na liberdade dos judeus no Irã, a verdade é que a Constituição iraniana de 1979 voltou a impor aos judeus o status de dhimmi, ou seja, sujeitou-os, novamente, a todas as restrições impostas pelo Islã às minorias religiosas. E, se por um lado, podem – assim como os seguidores de Zoroastro e os cristãos – eleger seus próprios parlamentares, são obrigados, por lei, a apoiar a política externa iraniana e suas posições anti-sionistas. Além disso, a vida comunitária é totalmente monitorada pelo Ministério da Cultura e Guia Islâmico, bem como pelo da Inteligência e Segurança. Há, também, diferentes graus de discriminação oficial aos judeus nas várias áreas que compõem a sociedade, como mercado de trabalho, educação e cargos públicos.

    As lideranças judaicas temem represálias governamentais, caso se manifestem abertamente contra a forma como é tratada a comunidade. A islamização do país fez com que o sistema educacional judaico passasse a ser severamente controlado e, nas escolas judaicas, por exemplo, os diretores judeus foram substituídos por muçulmanos. Em Teerã, ainda funcionam três escolas judaicas com maioria de alunos judeus. Às sextas-feiras, são ministrados aulas especiais de hebraico pela organização ortodoxa Otzar ha-Torá, responsável pela educação religiosa judaica. No entanto, apesar do sábado ser um dia sagrado no judaísmo, os alunos judeus são obrigados a freqüentar as escolas neste dia.

    Outro fator agravante é que a comunidade é considerada constantemente suspeita de cooperação com o “Estado Sionista” e com o “Imperialismo Americano”, ambas as atividades passíveis de pena de morte. Pelo menos 13 judeus já foram executados no Irã, desde 1979, quase sempre por razões religiosas ou por suas ligações com Israel. Também na véspera de Pessach, há sete anos, um grupo de 13 judeus das cidades de Shiraz e Isfahan, no sul do país, foram detidos e acusados de espionar para Israel, sendo alguns deles libertados em março de 2001, outros em janeiro de 2002 e, os últimos oito, no final do mesmo ano.

    Durante o conflito no Líbano em meados de 2006, um jornal semanal fundamentalista publicou, em primeira página, duas fotos de supostas sinagogas no Irã, em que se viam pessoas com bandeiras israelenses, celebrando a Data Nacional de Israel. O fato provocou dois ataques contra sinagogas, no país.

    Apesar dos riscos, Maurice Motamed, judeu, membro do Parlamento iraniano, e Haroun Yeshaya, há vários anos presidente do Comitê Central Judaico de Teerã, criticaram as opiniões do presidente do Irã sobre Israel, em uma inusitada carta ao presidente Ahmadinejad, em fevereiro de 2006. Contudo, segundo o judeu-iraniano Kermanian, que vive em Los Angeles, entre os judeus ainda no Irã há quem diga que a situação atual não é tão ruim. Mas, para ele, o quadro é muito negativo, principalmente por causa da propaganda anti-semita que vem sendo disseminada em livros e na mídia, espalhando o medo no seio da comunidade judaica iraniana.

    Porém, apesar da retórica oficial, o governo iraniano não quer provocar a evasão da comunidade, pois quer mostrar ao mundo que suas posições são somente “anti-Israel” e não “anti-semitas”. “Isso é extremamente importante para um governo que pretende ser não apenas líder no mundo islâmico, mas um elemento chave na região e no contexto mundial”, afirma Amir Cyrus Razzaghi, comentarista não-judeu de Teerã.

    Teerã, com cerca de doze mil judeus e Shiraz, com oito mil, são as duas maiores comunidades judaicas do Irã. Enquanto em Isfahã há apenas uma sinagoga em funcionamento, em Teerã, há atualmente, 20 sinagogas, 6 açougues casher e 3 escolas, com aulas de hebraico e educação religiosa. Há também cemitério, um hospital judaico, fundado e financiado por doações da Diáspora, sendo seus médicos e pacientes, em grande maioria, muçulmanos.

    Bibliografia

    · Artigo de Marc Perelman, “Iranian Jews Reject Outside Calls To Leave”, Revista “Forward”, · 12 de janeiro de 2007.

    · Artigo de Frances Harrison, “Iran’s Proud But Discreet Jews”, BBC News Teheran, 22 agosto de 2006.

    · Foundation for the Advancement of Sephardic Studies, Iran: Life of Jew Living in Iran, http://www.sephardicstudies.org/iran.html.

  • Willer

    Tuco, o brilho fica por conta da sua generosidade, e quanto aos destilados, eu o perdoo..rsrs

  • Corinthians

    Esse pessoal é de uma inteligência ímpar.
    O que aconteceria com Nádia Campeão no Irã ? Apedrejamento ?
    E com os homossexuais ?
    Será que ela usaria burca o tempo todo ?
    Que vergonha…

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Amigo Felipe Lima:
    Não discordo de nenhum dado de sua pesquisa – devem ser corretos e acredito em sua sinceridade na sua pesquisa da verdade
    Sei que não temos um mundo perfeito, longe disso – apenas pondero – os 25 mil a 80 mil segundo dados do Corinthians são respeitados e não massacrados.
    Para um país que prega o Desaparecimento do POVO (sem aspas,Corinthians) Judeu – é um ponto que podemos e devemos destacar para abrir um diálogo.
    Pondero ao Setti e a você – estamos longe desses conflitos, onde desgraçadamente Religião e Política se uniram dos dois lados do conflito – porque não destacar pontos de união? – devemos criticar sim e sempre os dois lados,mas nuncas assumindo os mesmo ÓDIOS e PRECONCEITOS.
    Abraços aos dois
    Pedro Luiz

  • Maurício

    Muito triste ver alguém defender uma pessoa tão má como Mahmoud Ahmadinejad. E o pior: acusa os judeus de incitar o ódio. E faz o que em seu texto? Incita o ódio.

  • ALGUEM ME AJUDA AI...

    O tal pc do b ja eh uma aberracao nos dias atuais,usando o simbolo de um regime que causou a morte de mais de 100 milhoes de pessoas nas decadas passadas,que levou paises a miseria e a humilhacao e que ja faliu no mundo inteiro, aqui no Brasil sobrevive disfarcado de partido politico,mas no fundo nao passa de um braco do petismo, pois nao consegue sobreviver a nao ser mamando nas tetas do erario atraves de conchavos com o pt.

    Uma pergunta: Voce ja viu algum comunista trabalhando?

    Levantando de madrugada, entrando em trem lotado e levando almoco na marmita?

    Batento o ponto em fabrica?

    Claro que nao, essa turma nao trabalha em nada produtivo, somente mama nas tetas do erario.

    Vivem dando gritinhos histericos contra o imperialismo, mas mandam seus belos filhinhos passar ferias na Disneylandia, nunca se viu nenhum deles passar ferias em cuba, a ilha do cadaver de adidas.

  • wilson

    Só aqui em Banania do sul, é chique o antiamericanismo mequetrefe e requenguela a madame
    parace não sabe e/ou nunca soube que Stalin é
    Stalin,- Orwell, André Gide, Victor Serge sacaram
    logo a madame sabe do massacre de Katyn?
    Na Polonia a NKVD (policia secreta) assassinou com
    tiros na nunca 10.000 oficiais poloneses e tentou
    “vender” a culpa nos nazistas.
    O lider da resistencia no exilo Gal.Sikorski foi
    eliminado pelos aliados que se opunha a Stalin por causa disto.
    Mas a catilinária de My Lai é que ficou, erro
    assumido pelo Pentagono.
    Já imaginaram a guerra do Vietnam sem cobertura
    da imprensa?

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Maurício:
    Estou aqui defendendo e sempre defendi a diplomacia.
    Existem são dados confusos – 12.000 a 80.000 de cidadãos iranrianos de religião judaica morando no Irã.
    Para um país que acusam de querer liquidar da face da terra os judeus – ter em seu território uma comunidade de religião judaica vivendo normalmente e não em guetos – é um dado positivo.
    Infelizmente a religião passou a ser considerada inserida na política e isso de ambos os lados.
    Resultado dessa mistura trágica – ambos os lados possuem DEUS ao seu lado e se DEUS estão aos seus lados tudo é possível.
    Essa mistura de DEUS – só geram conflitos,ódios e preconceitos.
    Fui um pouco confuso e gerando uma interpretação equivocada de você – existindo uma comunidade de judeus e convivendo lado a lado,respeitado em seus hábitos,religião e direito – porque não explorar um dado positivo como esse e quebrar os fanatismos religiosos de ambos os lados?
    Foi o que quis dizer e continuo dizendo – o bicho homem tem a capacidade FALAR e ser COMPREENDIDO vamos utilizar esse dom.
    Abraços
    Pedro Luiz

  • Jeremias-no-deserto

    É um absurdo que ainda existam defensores ou mesmo simpatizantes do regime instituído pelos Aiatolahs e representado por esse fascínora Ahmedinejad. O próprio fato já seria vergonhoso, mas assumido oficialmente pelo Partido Comunista brasileiro, uma excrecência paleozóica de nossa política, é um fato ainda mais incompreensível. É esse partido, que dará o candidato a vice prefeito na chapa petista, que mantém um site vergonhosamente antissemita.Simpatizantes do tirano persa, eles sonegam informação sobre as atrocidades cometidas contra homossexuais, a perseguição e tortura a presos políticos, a insana política de criar dificuldades para que minorias deixem o país, atitude demagógica para simular ao mundo que ainda existe uma comunidade estrangeira de judeus que optaram por residir no país.Aliás, a mesma liberdade que se respira na Cuba de Fidel ou na Coréia do Norte.

  • Luiz Pereira

    Setti,
    O melhor remédio para esse tipo de pessoa que professa pensamentos tão “progressistas” como Nádia Campeã (de asneiras, deve ser reserva do time de Marilena Chauí), é dar-lhes uma passagem e estadia para que vivam nos lugares sem liberdade que defendem por, digamos, 1 ano. Com uma condição: que tentem por lá falar e agir como se aqui estivessem.
    abs

  • flasktwill

    Com aquela camisinha de algodão barato,aquela boca meio que parecendo impregnada de Romanée-Conti de garrafão,ao contrário de vice prefeita de São Paulo acho que a foto bem que poderia ilustrar aquela matéria abaixo,em Tema Livre,”da droga para a lama”.Gente é uma brincadeira,é só para rirmos de nossas desventuras com o mundo político que nos cerca e diminui nossa civilização,perpetuando as trevas.

  • Osvaldo Aires Bade

    Eu acho que não se deve aliviar não, temos que meter o pau em quem não aceita um tirano tão bacana – pra chamar de seu.
    Esses Mahmud Ahmadinejad (que quer dizer Armandinho ou arma pequena) é um verdadeiro amor de pessoa – tem uma arma tão bonitinha ele apenas quer uma bem maior para enfiar. Ele é uma vítima perseguida igual seu sócio amigo Bispo reprodutor capa preta defenestrado do Paraguai e outros da patota.
    Vejam os verdadeiros países Satã descoberto por essa gente tão amáveis que encontram advogados gratuitos até no blog do Setti: Tuco – 28/06/2012 às 14:43 que já chama a nossa atenção de alguns deles e tem muito mais disfarçados.

    E então vamos as descobertas de atrocidades:

    – Israel é um monstro e não permite liberdade política:
    Não pode ter partido nazista em Israel, no Irã pode, isso mesmo, não pode ter aqueles símbolos tão claros de semblante das esquerdas e radicais do Islã – a estrela, a cor vermelha, a foice imitando a lua e por aí vai e tropa de elite SS, importadas dos árabes, na segunda guerra, para matar judeus nos guetos especialmente reservados a eles e feitos com tanto amor também não pode. Israel é um país de doido. Você anda nas ruas e encontra rabinos fazendo campanha para ter o fim do Estado de Israel – isso mesmo tem pregações abertas e francas de Judeus religiosos contra o Estado de Israel. No Irã isso não pode acontecer de jeito nenhum ninguém pode ser contra nada. Lá até a internet é proibido lá tem é ordem.

    O país amigo de Israel é outro país esquisito um tal de EUA que entra em guerra, dos outros, não ganha um palmo de terra isso tudo apenas para aumentar áreas de seus cemitérios com os corpos de seus melhores garotos mortos para defender uma tal de liberdade que no Irã só quem têm, de fato, são as menores de idade ofertadas para casar. Assim elas podem ter várias amigas de quarto – isso sim que é liberdade com variedade.
    O amigo de Israel o tal de EUA é mesmo muito maluco, tem um O(b)sama Hussein Barack de presidente isso de vez em quanto mata de susto Americano ou Judeu. Nesse tal de Estados Unidos tem estados onde quem rouba um cavalo vai para forca e lá todos que contrariam a lei invariavelmente são processados e presos e poucos reclamam da Justiça – as cadeia de lá são entupidas e eles ainda trazem gente péssimas de outros países que ninguém os quer.

    Isso até enrolou o presidente queimadinho deles que não teve como acabar com uma prisão famosa Guantánamo – não tinha país nenhum para ir os presos soltos de lá, só para o Irã. Outra coisa impressionante nos EUA lá pode ter partido nazista apesar dos EUA ter entrado na guerra contra eles para, de novo, defender e proteger o mundo livre – essa guerra na Europa novamente não era com eles.
    Os nazistas dos EUA se vestem com o uniforme militar nazista usam armas alemães Mauser-Werke Oberndorf Waffensysteme GmbH comprada em shopping só para armas – também tem em supermercados.
    E fazem passeatas/marchas em locais e cidades feitas por judeus já bem velhinhos sobreviventes dos campos de concentração nazistas. E quando as velhotas vítimas do holocausto reclamam que os nazistas fazem isso como tentativa de matá-los de tristeza pelas lembranças que os vem, tem um escritório judeu que defende o direito dos nazistas de desfilar onde quiseram, chega, não aguento mais, definitivamente esses caras são todos uns loucos, nem se comparam com os superiores seres do Irã que nem pensam em permitir um bagunça dessa.
    Já amanheceu acabou o tempo dos meus comentários do contrário eu iria continuar detonando esses animais de Israel e EUA.
    Fica esse link para quando vocês tiverem tempo:

    Abraço a todos
    Osvaldo Aires

  • Osvaldo Aires Bade

    Aqui está o link para quando vocês tiverem tempo:
    – ISRAEL E O SEU VIZINHO MAIS CIVILIZADO: O LÍBANO. E POR QUE?
    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/04/israel-e-o-seu-vizinho-mais-civilizado.html

    Abraço a Todos
    Osvaldo Aires

  • Osvaldo Aires Bade

    Assassino maníaco revela definitivamente o financiamento à esquerda mundial, e que sempre existiu em todos os tempos – não têm novidade nenhuma.
    Abraço a Todos
    Osvaldo Aires
    Osvaldo Aires

  • leda

    Parabéns por tudo, estou com vcs!!! beijosss!!!

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Caro Luiz Pereira:
    PT,PSDB,DEM,PSB,PDT,PCdoB,PSOL…são todos partidos com registros,legais,democráticos.
    “Setti,
    O melhor remédio para esse tipo de pessoa que professa pensamentos tão “progressistas” como Nádia Campeã (de asneiras, deve ser reserva do time de Marilena Chauí), é dar-lhes uma passagem e estadia para que vivam nos lugares sem liberdade que defendem por, digamos, 1 ano. Com uma condição: que tentem por lá falar e agir como se aqui estivessem.
    abs” O que escreveu é o mesmo do Ame-o ou Deixe-o.
    Concordar e discordar é o jogo democrático e deve ser sempre estimulado.
    Sugerir uma violência com alguém de pensamento contrario, mesmo com ironia não acho correto e nem legal.
    Abraços
    Pedro Luiz

  • Rosaria Rodrigues

    Infelizmente o delinquente Mahmoud Ahmadinejad consegue aplausos e elogios aqui no Brasil, por alguns políticos com as mesmas idéias deste facínora.Se a nossa democracia fosse séria, este homem jamais entraria no Brasil, depois de tanta trucidade que já fez com inocentes.

  • Osvaldo Aires Bade - Comentários Roubados na "Socialização"

    Quem financia isso?
    Quem quer a destruição de Israel o único País que foi realizado de forma mais pacifica do mundo?
    .
    Não é roubando a Palestina, é comprando Israel:
    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/07/nao-e-roubando-palestina-e-comprando.html
    .
    – DESTRUIÇÃO DE ISRAEL – PSTU PEDE FIM DO PAÍS:
    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/03/destruicao-de-israel-pstu-decide-me.html
    .
    Abraço a Todos
    Osvaldo Aires

  • Osvaldo Aires Bade - Comentários Roubados na "Socialização"

    Por que Israel incomoda tanto?
    Vocês já ouviram falar da luta entre o bem e o mal?
    .
    – ISRAEL E O SEU VIZINHO MAIS CIVILIZADO: O LÍBANO. E POR QUE?
    http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/04/israel-e-o-seu-vizinho-mais-civilizado.html
    .
    Abraço a Todos
    Osvaldo Aires

  • Osvaldo Aires Bade - Comentários Roubados na "Socialização"

    Em meu comentário Osvaldo Aires Bade – 28/06/2012 às 3:28 citei o ex-Delegado Geral da Polícia Civil do Estado do Pará Dr. Raimundo Benassuly Maués Júnior.
    Sabem o que aconteceu por esses dias?
    R: Ele, um policial que foi Delegado Geral que poderia ficar em casa ou até em um gabinete qualquer foi se meter pra dentro do mato para ver quem matava índio – é isso mesmo, índio.
    Resultado da aventura. Esta com o braço quebrado em 4 partes e outras sequelas em virtude de um acidente na estrada – dessas feitas pela Delta.
    Abraço a Todos
    Osvaldo Aires