Image
Casillas: num empate chocho, bate o recorde de Zubizarreta em número de vezes com sua seleção; o próximo em vista é do alemão Matthäus

O grande goleiro Casillas, capitão do Real Madrid e da seleção espanhola campeã do mundo, foi infeliz no primeiro dos dois gols que tomou nesta terça, 15, no chocho amistoso em que os espanhóis empataram com a modesta Costa Rica, falhando num lance com o pé e entregando a bola para um adversário.

Serviu-lhe provavelmente de consolo o fato de ter batido, como muito se anunciou, o recorde de partidas disputadas por “La Roja” (a “Fúria” é apelido já aposentado da seleção), antes em poder de Andoni Zubizarreta, o basco que defendu o gol espanhol de 1985 a 1998 e hoje é diretor técnico do Barcelona.

Image
Lothar Matthäus: 150 vezes com a camisa da seleção alemã (Foto: Sporting-heroes.net)

Mas, mais do que isso, aos 29 anos e com um bom tempo de carreira pela frente, o goleiro caminha para ultrapassar um recorde europeu: o do notável meio-campo alemão Lothar Matthäus, que não apenas é um dos dois únicos jogadores de todos os tempos a ter disputado cinco Copas do Mundo (o outro é o desimportante e obscuro goleiro mexicano Carbajal, conhecido só por isso), como o futebolista europeu que mais partidas disputou pela seleção de seu país: ele vestiu a camiseta da Alemanha 150 vezes.

Mesmo se tudo correr bem, essa marca vai demorar. E Casillas terá que disputar nada menos que 53 partidas mais pela seleção da Espanha se quiser chegar ao espantoso recorde mundial do meio-campo egípcio Ahmed Assan – 179 partidas.

Só que Assan continua em atividade e deverá subir essa cifra.

Os mais próximos desse número,  goleiro saudita Mohammed al-Deayea e o defensor mexicano Cláudio Suárez, atingiram as 178 partidas, mas já se aposentaram.

Os fãs espanhóis, porém, loucos por estatísticas, já anotaram que Casillas está prestes a ultrapassar um recorde mundial de outra natureza: o do goleiraço holandês Van der Saar, que se aposentou do Manchester United em maio passado, aos 41 anos de idade, e que, atuando pela seleção de sua Holanda natal, não tomou gol em 72 partidas.

A marca de Casillas é de 70 jogos.

Image
O holandês Van der Saar: sem tomar gol em 72 partidas por sua seleção. A marca de Casillas é 70

Se quiserem conferir a falha — coisa muito rara — de Casillas na partida de ontem, e os demais gols da partida Costa Rica 2 x Espanha 2, vejam o vídeo:

httpv://www.youtube.com/watch?v=D5AFdmlryf8

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezesseis − 9 =

10 Comentários

Marco em 17 de novembro de 2011

Amigo Setti: Vamos para o exemplo prático no Vasco Da Gama, Dedé o Zagueiro, Éder Luis o atacante rápido, Juninho o cobrador de falta, o Éder Luis e o Fagner tem uma bela jogada pela direita, Felipe espetacular armador, o Vasco o recuperou como tbm o Diogo Souza. O Vasco é o time mais ajeitadinho e certinho do Brasil. Tirou o Alecsandro onde a bola não para e botou o Elton, onde a bola bate e entra. Rodrigo Caetano é sem dúvida o diretor técnico mais preparado do Brasil. Abs.

Marco em 17 de novembro de 2011

Amigo Setti: Acho q o Rodrigo Caetano do Vasco, tem q ser o diretor técnico da seleção, ouvi uma entrevista dele sobre como montar um time bom, q nem o Vasco sem grandes craques, e fazer um bom papel durante a temporada, vou dar de bandeja para os atuais diretores de futebol Brasileiro; 1) Saber o q tem e o q precisa. 2) Saber onde quer chegar. 3) Contratar um bom batedor de falta q te garante no mínimo 10 pontos num campeonato. 4) Contratar um jogador veloz para contra ataque. 5) Bom goleiro, Bom zagueiro e Centroavante. Disse q o melhor time individual do campeonato é o São Paulo, todos esses jogadores serviriam para qualquer clube, Fernandinho, Lucas, Dagoberto e Luiz Fabiano, fora o Casemiro. Disse q o coringão é um time muito Bom, tem Alex na bola parada e um grande treinador e o Fundamental reposição, se Alex não estiver bem, tem o Danilo. O Flamengo o time é muito bom, mas o problema são as festas. E o Grande jogador do Campeonato é o Willian do Timão. Abs. O problema do Flamengo são as festas... Disse tudo, Marco. As outras considerações também são muito interessante. Abração

Marco em 17 de novembro de 2011

Amigo Setti: O tricolor reclamou muito do juiz ontem, um alagoano, q pediu a camisa do Neymar no intervalo autografada, depois de dar 2 penaltis para o Santos. Num desses jogos. Abs.

Marco em 17 de novembro de 2011

Amigo Setti: O Grêmio está tbm contratando o Wagner Love, não sei se tem o perfil aqui do Sul. Mas de qualquer forma, esse parece q vai ser o ataque tricolor para a próxima temporada com o Kleber. Vai ser uma mistura técnica e temperamental. Abs. Bom, eles jogaram juntos no Palmeiras, não? Algo deve servir neste sentido. Mas concordo, não é o perfil de jogador do Grêmio. Abraço

JT em 17 de novembro de 2011

Não sou são-paulino, mas como palmeirense sempre torci pelo goleiro Zetti onde ele jogasse - acho que ele foi injustiçado pelo técnico Leão no Palmeiras. Certa vez o Zetti relatou seu encontro com o goleiro Zubizarreta, então titular do Barcelona na final do mundial interclubes de 1992. O espanhol sequer olhou para a cara do brasileiro, que o admirava tanto e foi lhe cumprimentar antes do jogo. Outra lembrança que tenho do Zubizarreta, é de seu último jogo numa Copa do Mundo. A Espanha havia sido desclassificada e ele ficou sozinho no estádio, ajoelhado no campo, depois de quase todo mundo ter ido embora. Não fiquei com dó, não. Mas em termos de eficiência, acho que ninguém vai superar o goleiro Marcos, que só disputou sete jogos de Copa do Mundo, mas venceu todos e foi campeão. Precisa de outros recordes?

Marco em 17 de novembro de 2011

Amigo Setti: Vou dar um susto no Carlos Nascimento, fiquei preocupado com a tabela do Santos no Mundial. Abs.

Marco em 17 de novembro de 2011

Amigo Setti: Isso é o q chamo de um verdadeiro goleador esdrúxulo ! E o Inter voltou a seu lugar cativo na tabela sétimo. Abração.

Marco em 17 de novembro de 2011

Amigo Setti: Por dever de justiça, gostaria de me reparar, de ter dito q o Fred, era ex, voltou a jogar muito. O Caio estava certo merece sim ser convocado. Abs. Quatro gols contra o Grêmio deixa qualquer colorado feliz, não é, Marco? Hahaha. Abraço

Marco em 16 de novembro de 2011

Amigo Setti: E por falar nisso o teu coringão, quando vai contratar um grande goleiro, tenho uma tese o Felipe, só joga no coringão. Era q nem o Danrlei no Grêmio, mas tbm não posso falar muito, o meu tbm não é d confiança. Vou olhar melhor o Wilson do Figueira, serve como opção para as 2 equipes. Mas o melhor do Campeonato ainda acho q é o Vitor. Abs.

Marco em 16 de novembro de 2011

Amigo Setti: Dois monstros o Saar e o Casillas, a diferença dos grandes goleiros é q eles falham quando podem falhar sem comprometer um campeonato. Abs.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI