Image
O Manchester United: o time mais precioso do mundo vale quase U$ 2 bilhões

Na conta, entram os valores das negociações recentes de atletas, os lucros obtidos com elas, as premiações, os direitos de transmissão de jogos pela televisão, os resultados das bilheterias e as vendas de uma multidão de produtos licenciados, principalmente camisetas. Levando em conta tudo isso, a Forbes, respeitabilíssima publicação de economia e finanças norte-americana fundada em 1917, considera o Manchester United inglês o clube mais valioso do mundo — vale estimados 1,86 bilhão de dólares. Está no topo do ranking de 50 equipes que elaborou.

Bate até — e de longe — a mitológica escuderia Ferrari, o mito vermelho italiano da Fórmula-1.

Apesar de um time de futebol ocupar a primeira posição, o esporte que domina a lista é o futebol americano, com nada menos que 32 times da NFL entre os 50 melhores colocados – sendo que 16 deles valem mais de 1 bilhão de dólares. O futebol propriamente dito, o esporte mais popular do planeta, é o segundo em presença, ocupando 8 posições.

Futebol americano bombando na lista

O futebol americano está bombando na lista devido ao enorme crescimento da NFL nos últimos 25 anos. O valor do acordo de transmissão de jogos pela TV no período aumentou nada menos que 700% e as 32 equipes da liga dividem um bolo anual de 3,2 bilhões de dólares.  Times que valiam 70 milhões de dólares nos anos 80 hoje valem em média 1 bilhão.

Os americanos também incursionaram pelo futebol propriamente dito, a ponto de o Manchester United, líder da lista, tão inglês como o chá das 5, fundado há 133 anos, pertence desde 2005 à família americana Glazer, proprietária do time de futebol americano Tampa Bay Buccaneers, na 18ª posição. Sob o comando da família, que desembolsou 1,5 bilhão pelo ManU, o clube quitou dívidas, chegou ao recorde de 19 títulos na Premier League e fechou um dos maiores contratos de patrocínio na camiseta — 32 milhões de dólares por ano — com a empresa de seguros e gestão de risco Aon.

Cowboys: 15 mil assentos a 340 dólares por jogo

O segundo no ranking da Forbes é o Dallas Cowboys, da NFL, com um patrimônio de 1,81 bilhão de dólares. Além da série de patrocinadores – entre eles gigantes do capitalismo como a Ford, a Pepsico, o Bank of America e a AT & T – um trunfo para os Cowboys foi o aumento de receita de bilheteria propiciado por seu novo estádio, inaugurado o ano passado, no qual 15 mil assentos custam salgados 340 dólares por jogo.

Na lista da revista ainda não falta a Fórmula 1, com a Ferrari e a McLaren, bem como alguns times de baseball e dois clubes de basquete da poderosa NBA, os Knicks de Nova York e os Lakers de Los Angeles.

O melhor time de futebol do mundo, o Barcelona, é apenas o 26º clube mais valioso, atrás de nomes que não dizem nada para grande parte da humanidade, como os times de futebol americano Cleveland Browns e Tennessee Titans.

Confira abaixo a lista dos 50, com surpresas como saber que o Arsenal inglês vale mais do que Bayern de Munique, o Milan e o Juventus.

 

Image
A Liga Nacional de Futebol Americano domina a lista, com 32 das 50 posições

A seguir, o ranking das 50 equipes mais valiosas do mundo divulgado pela Forbes:

1) Manchester United – 1.86 bilhão de dólares (Futebol/Inglaterra)

2) Dallas Cowboys – 1.81 bilhão (NFL/EUA)

3) NY Yankees – 1,7 bilhão (Beisebol/EUA)

4) Washington Redskins  – 1,55 bilhão (NFL/EUA)

5) Real Madrid – 1,45 bilhão (Futebol/Espanha)

6) New England Patriots – 1,37 bilhão (NFL/EUA)

7) Arsenal – 1,19 bilhão (Futebol/Inglaterra)

8 ) NY Giants – 1,18 bilhão (NFL/EUA)

9) Houston Texans  – 1,17 bilhão (NFL/EUA)

10) NY Jets – 1,14 bilhão (NFL/EUA)

11) Philadelphia Eagles – 1,12 bilhão (NFL/EUA)

12) Baltimore Ravens – 1,07 bilhão (NFL/EUA)

13) Ferrari – 1,07 bilhão (F1/Itália)

14) Chicago Bears – 1,07 bilhão (NFL/EUA)

15) Denver Broncos – 1,05 bilhão (NFL/EUA)

16) Indianapolis Colts – 1,04 bilhão (NFL/EUA)

17) Carolina Panthers – 1,04 bilhão (NFL/EUA)

18) Tampa Bay Buccaneers – 1,03 bilhão (NFL/EUA)

19) Bayern de Munique – 1,03 bilhão (Futebol/Alemanha)

20) Green Bay Packers – 1,02 bilhão (NFL/EUA)

21) Cleveland Browns – 1,02 bilhão (NFL/EUA)

22) Miami Dolphins – 1,01 bilhão (NFL/EUA)

23) Pittsburgh Steelers – 996 milhões (NFL/EUA)

24) Tennesse Titans – 994 milhões (NFL/EUA)

25) Seattle Seahawks – 989 milhões (NFL/EUA)

26) Barcelona – 975 milhões (Futebol/Espanha)

27) Kansas City Chiefs – 965 milhões (NFL/EUA)

28) New Orleans Saints – 955 milhões (NFL/EUA)

29) San Francisco 49ers – 925 milhões (NFL/EUA)

30) Arizona Cardinals – 919 milhões (NFL/EUA)

31) Boston Red Sox – 912 milhões (Beisebol/EUA)

32) San Diego Chargers – 907 milhões (NFL/EUA)

33) Cinccinati Bengals – 905 milhões (NFL/EUA)

34) Milan – 838 milhões (Futebol/Itália)

35) Atlanta Falcons – 831 milhões (NFL/EUA)

36) Detroit Lions – 817 milhões (NFL/EUA)

37) McLaren – 815 milhões (F1/Inglaterra)

38) Los Angeles Dodgers – 800 milhões (Beisebol/EUA)

39) Buffalo Bills – 799 milhões (NFL/EUA)

40) St. Louis Rams – 779 milhões (NFL/EUA)

41) Minnesota Vikings – 774 milhões (NFL/EUA)

42) Chicago Cubs – 773 milhões (Beisebol/EUA)

43) Oakland Raiders – 758 milhões (NFL/EUA)

44) NY Mets – 747 milhões (Beisebol/EUA)

45) Jacksonville Jaguars – 725 milhões (NFL/EUA)

46) Chelsea – 658 milhões (Futebol/Inglaterra)

47) NY Knicks – 655 milhões (Basquetebol/EUA)

48) LA Lakers – 643 milhões (Basquetebol/EUA)

49) Juventus – 628 milhões (Futebol/Itália)

50) Philadelphia Phillies – 609 milhões (Beisebol/EUA)

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 − 11 =

10 Comentários

Juliano P em 02 de agosto de 2011

E uma coisa interessante, Ricardo. Os uniformes dos times de futebol americano não parecem um macacão de fórmula 1 (com patrocínio por todos os lados), como está acontecendo com as camisas de times de futebol do Brasil. A logo da BMG deveria ser proibida por lei. Acaba com qualquer camisa.

Ailton em 30 de julho de 2011

Amigo Ricardo, Foi apenas uma apenas uma gozação de minha parte, onde que o Bahia Dortmund tem dinheiro para fazer parte dessa relação? Com esse presidente que o Bahia tem, Presidente está milionário, e Bahia lenhado, presidente dele sim, entraria nessa lista. Foi uma paródia que fiz com o meu Bahia. Eu "Sou Bahia", estou a curtir com a cara do "Esquadrão de aço".

Ailton em 30 de julho de 2011

Bahia United, ou Real Bahia ou Bahia Dortmund, não importa, o que importa é que, a policagem na FORBES, o BAÊÊÊÊÊA ficou fora dessa relação, deve ser para não tirar o brilho de uma dos seus iguais. Baêêêa só foi excuido da lista dos maiores do mundo, por pura politica do Joseph Blater. Polica e esporte não combinam!!! Calma lá, amigo Ailton. O Blatter não tem nada com isso. Está-se falando em valor MATERIAL, em valor de mercado dos times. Parece que vc não leu o post, só o título e a lista... Abraço

Ailton em 30 de julho de 2011

Para lista ficar completa, só faltou mesmo o BAHIA!

Jaime Gomes Rezende em 30 de julho de 2011

Os Clubes estrangeiros obedecem à rígida legislação e se submetem à constantes fiscalizações. São empresas muita bem dirigidas por verdadeiros executivos, não por cartolas como aqui. Precisamos de um aparato legal específico para as empresas desportivas, mais rígido e melhor fiscalizado. Senão, os Ricardos Teixeiras continuarão nos humilhando e desonrando.

JT em 30 de julho de 2011

Essa lista é furada. O time mais valioso do mundo é o Palmeiras, logicamente. Logicamente? Não! Irracionalmente. Por causa do Palmeiras, meu pai - sempre muito distante do nosso ambiente infantil e rígido educador - quebrou o gelo e nos levou, eu e meu irmão, ao estádio para ver o time jogar. Aquele dia foi inesquecível. Eu tinha 12 anos. Por causa do Palmeiras eu chorei! Quando ele perdeu uma partida para o Bragantino em 1989,após amealhar a Taça dos Invictos pela longa série sem perder. Mas aquele Campeonato Paulista tinha um regulamento tão esdrúxulo, que bastou essa derrota por humilhantes 3 a 0 para o time ser desclassificado da fase final. Por causa do Palmeiras eu vibrei, quando finalmente nos livramos de uma longa fila sem títulos, em 1993, em cima do maior rival: o Corinthians. O Brasil foi campeão do mundo duas vezes depois disso, mas nada que se iguale a aquela comemoração de uma noite fria de inverno, sentado na janela lateral do carro que meu irmão guiava pela carreata sem fim. Para mim, o Palmeiras vale mais que o Manchester. Certas coisas não tem preço e não tem explicação. Eles só ganharam da gente na final do Interclubes de 1999 pois os caras lá em cima traçaram um enredo bonito para a carreira de São Marcos: fizeram ele caçar borboleta naquele único gol fatídico, apenas para se redimir três anos depois, fazendo uma impecável Copa de 2002. Foi a maior glória do Manchester vencer o Palmeiras naquele jogo. Eles não sabiam disso na época pois nem comemoraram... aqueles ingleses enfadonhos! :)

jose roberto miranda em 30 de julho de 2011

Por esta lista o colunista da CNN diria que no BRASIL so tem time pequeno.

wilson em 29 de julho de 2011

Setti nossos dirigentes são meros quitandeiros comparados com este profissionais.

Reynaldo-BH em 29 de julho de 2011

Mais um off topic. Desta vez, de horror! Real, para quem cruza o Atlântico e sente o receio em cada embarque. Paz aos que foram! E que a arte de voar seja mais segura, tranquila e dominada por todos e cada um. http://media.folha.uol.com.br/cotidiano/2011/07/29/acidente_airbus.pdf

Roger em 29 de julho de 2011

Caro Roger, não publico seu comentário, como solicitado, mas agradeço sua excelente dica. Volte sempre por aqui. Abraços

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI