Banco dos Brics é uma boa ideia. Pena que Dilma haja estendido tapete vermelho ao tirano Putin, da Rússia, no momento em que ele está isolado internacionalmente — por boas razões

(Foto: Agência Brasil)

Dilma com Putin em Brasília na segunda-feira: tapete vermelho para o presidente russo no exato momento em que ele recebe sanções dos EUA e da Europa (Foto: Agência Brasil)

Apesar de um considerável tom anti-Ocidente, é uma iniciativa inteligente e ousada a criação do Banco dos Brics — sigla do grupo de grandes países em desenvolvimento que reúne Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul.

Como se sabe, a instituição, anunciada anteontem na sexta reunião de cúpula do grupo, em Fortaleza, terá um capital de 50 bilhões de dólares, destinados a financiar projetos de infraestrutura e a serem desembolsados igualmente pelos sócios ao longo de dois anos, mais um colchão de reservas de 100 bilhões de dólares para fazer frente a eventuais crises cambiais.

Essas reservas, cujo montante poderá ser aumentado e cujo mecanismo de formação não foi anuncado em detalhes, não são suficientes para enfrentar crises de grande monta, mas sem dúvida constituem uma boa ideia e um bom começo.

A suposta “derrota” do governo brasileiro, e da presidente Dilma em particular, por não haver emplacado a presidência da entidade é muito mais fofoca de mídia do que algo com qualquer fundamento na realidade. A presidência será rotativa, cabendo o primeiro mandato à Índia — que, afinal de contas, foi quem teve a ideia do banco — e, ademais, o Brasil ficou com a presidência do Conselho de Administração.

(Foto: José Cruz/Agência Brasil)

Na primeira fileira, da esquerda para a direita, em seguida à presidente Cristina Kirchner, os dirigentes dos cinco países-sócios: Rússia, Índia, Brasil, China e África do Sul. Fechando a fila, Evo Morales, da Bolívia. O gesto em direção à América do Sul foi político — não se sabe se e quando o novo banco irá trabalhar com países da região (Foto: José Cruz/Agência Brasil)

O fato de a gigantesca Xangai, na China, ter sido escolhida para sede do banco não reflete mais do que a evidência de que o colosso chinês, com seu Produto Nacional Bruto de 9,2 trilhões de dólares, era o destinatário inevitável da nova entidade. Se não a China, quem seria? A África do Sul, com seu PIB de 350 bi?

O convite para que governos sul-americanos — vários deles “bolivarianos”, a começar pelo desgoverno delirante de Nicolás Maduro na Venezuela — participassem de parte da cúpula dos Brics é um gesto político, uma canelada a mais que o o governo lulopetista do Brasil, autor da iniciativa do convite, quis assestar nos Estados Unidos, país com o qual a relação atual é “morna”, segundo a própria presidente Dilma.

Não se sabe se o gesto político terá consequências práticas, como um socorro da nova instituição à Argentina de Cristina Kirchner, à beira de não conseguir honrar compromissos internacionais. A óbvia prioridade do novo banco é impulsionar projetos nos cinco sócios — e mesmo para isso o dinheiro, os 50 bilhões de dólares, é curto.

O que chateia os democratas nisso tudo é o governo do Brasil haver permitido que o impacto da iniciativa ajudasse a retirar o autoritário presidente russo Vladimir Putin da situação de semipária internacional.

O lançamento do banco e o tapete vermelho estendido por Dilma a Putin ocorreram no exato e preciso momento em que a Rússia sofria sanções dos EUA e da União Europeia em represália à anexação do ex-território ucraniano da Crimeia e por, debaixo dos panos, mas notoriamente, ajudar os rebeldes ucranianos de etnia e cultura russas que querem juntar mais um pedaço do país à soberania russa.

Não bastasse isso, há evidências de que Putin, por meio de seus aliados na Ucrânia, tem as mãos sujas de sangue pela derrubada de um jato da Malaysia Airlines que matou 298 pessoas próximo à fronteira ucraniano-russa.

Dilma também não se manifestou, nem em conversas à parte com Putin, sobre as crescentes violações dos direitos humanos na Rússia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + 15 =

50 Comentários

  • Zé Teixeira

    Isolar o Putin é um perigo, ainda mais agora que os “ucranianos” tentaram abater seu avião de retorno dos BRICS, atingindo um avião civil. VIXE! Isso vai dar uma confusão dos diabos!!

  • Joaquim Trajano

    O governo do lulopetismo é isso mesmo — o tempo todo bajulando ditadores e tiranos.

  • Paulo

    Putim alimentou os separatistas…e agora irá pagar caro, o Brasil terá que escolher um lado, mas pelo socialismo brasileiro implantado pelos ptralhas provavelmente escolherá o lado errado.

  • contribuinte

    Quanto mais o brasileiro reza, mais mensalão aparece. O escárnio da vez, banco com dinheiro do sofrido povo brasileiro para salvar economia de países membros do Brics! Piada se algum desses países vai dar um centavo para o Brasil, é uma forma dos comunistas do PT esquentarem dinheiro no exterior…lembrai-vos de Cuba, Haiti, países africanos, etc…no retorno só mandam refugiados para o Brasil, calote nas dívidas para com o Brasil, médicos sem REVALIDA, produtos importados caros e de baixa qualidade…o PT quer espalhar o comunismo pelo mundo todo usando o dinheiro do sofrido povo brasileiro, enquanto, o salário do trabalhador daqui é humilhante e 50 milhões de pessoas dependem de esmolas oficiais.
    Se o governo tivesse o mínimo de honestidade de propósitos exigia a reciprocidade no tratamento dos brasileiros pelos países que fazem acordos com o BRASIL, o exemplo mais estapafúrdio é a dupla cidadania brasileira concedida a portugueses, unilateralmente, sem reciprocidade para brasileiros trabalharem naquele país, portugueses refugiados sociais sem estudo e sem dinheiro aportaram nestepais e foram acolhidos pela Previdência Pública aumentando os gastos e prejudicando o nativo que paga pelas aposentadorias a vida toda e, hoje,o aposentado do rico Brasil que esbanja dinheiro em investimentos internacionais, mal tem dinheiro para alimentação e moradia, pois ganham menos que uma taxa de condomínio residencial em moradia simples onde moram, dependendo de ajuda financeira de parentes e amigos, o que retiram dos aviltados salários e aposentadorias dos nativos brasileiros comunizados pelo PT, é oferecido aos estrangeiros. Basta ver o s.m. Junho/2014 de R$ 724,00 comparado com o s.m. necessário calculado pelo DIEESE e citado na CONSTITUIÇÃO do BRASIL, como digno e de R$ 2.979,25. A diferença entre um e outro, bem…tá aí o mensalão dos comunistas e obras superfaturadas, refinarias sucateadas como a de Pasadena, construção de Porto em Cuba, e todo tipo de trambique possível e aceito pelos contribuintes achados com a maior carga tributária do planeta, cinco meses de trabalho do brasileiro vão em impostos e o BRASIL ganhou com a COPA 2014!

  • alberto santo andre

    o putin** parece estar e muito envolvido com o abate do aviao da malasian airlines ,quero ver como vai ficar agora as pessoas que defendem estes esquerdopatas contra as verdadeiras democracias .

  • Silas S. Carvalho

    Deus do céu, Setti.
    Isso é mesmo o fim da picada.
    O site do Estadão informa que Dilma cedeu a Granja do Torto – um bem público dos brasileiros, para o ditador e assassino cubano Raul Castro, e ele está usando aquele palácio presidencial para receber outro facínora, o também ditador e assassino Nicolas Maduro.
    Mais quatro anos de PT no poder e teremos os cubanos nos vigiando, ou nos prendendo, até mesmo dentro das nossas casas.
    S O C O R R O ?

    Não me surpreendo com mais nada vindo dessa gente.

  • Benquimum

    Dilma se ****** no Putin e Raul Castro, dois ditadores. Ela sonha em ser igual. Preparem-se.

  • Meia verdade

    Muito boa sua analise….parabens

  • Moacir 1

    Prezado Setti,
    Acho que 50 bilhões de dólares – que dentro de uns dez anos poderão vir a ser uns 100 – é muito pouco dinheiro para muito tapete vermelhinho e tão retumbantes discursos.Só o Banco de Desenvolvimento da China empresta 2 trilhões de dólares/ano e o nosso pobre BNDES empresta cerca de US$ 3oo bilhões.
    Sim, pode ter sido um primeiro passo,mas com importância política apenas.
    Também concordo que a coisa toda teve um tom “anti-imperialista” caboclo.Se bem que o fato do Raul Castro e seu séquito terem sido hospedados na Granja do Torto pela RainhA dos Pobres ganha disparado entre as fotos bolivarianas da semana.
    Por isso mesmo não se pode esquecer um detalhe aí no acordo dos Brics que deixaria esse “rubor” ideológico ridículo.O acordo contém uma aguda SUJEIÇÃO ao “Império” , usando a linguagem do Rui Falcão.
    Pelo que foi colocado preto no branco,os países com problemas para fechar no azul as suas continhas externas,teriam que pegar dólares brics emprestados dentro de certos limites.Quais? 70% do dinheiro só será liberado se o tal país “necessitado” da ajuda do BancoBrics …TIVER COSTURADO UM ACORDO PRÉVIO COM O FMI.
    Abraço

    É inacreditável, mas é verdade. Não quis estender mais o comentário mas talvez volte ao tema.
    Sabe, Moacir, quanto mais trabalhado o comentário — o que, naturalmente, requer um pouco mais de espaço –, menos pessoas lêem. E muito menos ainda comentam, quando comentam…
    A gente aqui — o Augusto também — precisa ter muito ânimo para tocar em um monte de assuntos que requerem um mínimo de profundidade.
    Felizmente eu ainda disponho disso.
    Tal como você, que enriquece o blog com comentários riquíssimos.
    Um abraço

  • Flick1900

    Seria boa ideia se fosse para ajuda humanitaria ou algo do genero. Com esse grupo de tiranos nao deve ser boa coisa. Lavanderia na certa. Comunizacao entre um e outro acordo espurio. O naipe e de causar calafrios. Forum de Sao Paulo em grande escala.

  • aparecido f.

    O Putin vai ficar em situação dificil agora abatendo avião civil com trezentas pessoas…A Europa e a America com certeza vão fechar o espaço aereo a aviões russos. Aécio já empata no segundo turno…e o alinhamento do Brasil a Russia compromete o Brasil no caso de uma guerra mais forte na Europa…A Otan facilmente poderá bloquear a entrada do Amazonas e dominará o norte do Brasil…O Brasil só tem a perder caso se alinhar com a Russia…Nem a Europa nem a America deixará a Russia passear por aqui… Os petistas são burros…estão apenas fornecendo pretexto para o Brasil ser atacado.

  • Rodolfo

    Não vejo nada de bom no Brasil participar da criação de um banco anti-ocidente como vc mesmo diz, um banco essencialmente “anti-imperialista”, claramente contra o FMI e o Banco Mundial. É um anti-americanismo ridículo e totalmente patético, coisa de criança mimada! A coisa é tão patética, que os recursos serão em… DÓLARES NORTE-AMERICANOS, ou seja, no final das contas, o tal banco vai comprar treasuries americanos de longo-prazo e acabará financiando o “império yankee”! E lembrando que a China já é a maior credora dos EUA!
    Esses recursos vindos do Tesouro Nacional, ou seja, de nós contribuintes, servirão ainda para apagar incêndios de países da AL que não respeitam seus limites fiscais, seus níveis de gastos públicos e de endividamento externo e interno! Servirão como colchão para regimes demagogos e populistas, apenas isso. Ou seja, nós contribuintes acabaremos por financiar as tolices da Cristina Kirchner e do Maduro, por exemplo!

  • zé do matogrosso

    Não publico comentários saudosistas do golpe de 1964.

  • Rodolfo

    Outro ponto (e aí é que a coisa me preocupa): no momento em que a Russia sofre sérias sanções, no momento de maior devaneio desse Putin, o Brasil resolve se juntar a ele e à ditadura chinesa!
    Os russos ficam isolados na Europa e nos EUA e fazem o quê? Correm para a AL e se juntam ao que há de pior no mundo atualmente em temos de regime ditatorial(excluindo a Coreia do Norte): o Foro de São Paulo!
    Ainda há as dezenas de acordos energéticos, financeiros, empresariais, informações, espionagem… assinados entre os países! A indústria vem sendo destruída e sucateada pelo PT e o que eles fazem agora? Abrem todo o nosso mercado para o chinês! Isso não pode ser bom! Coisa boa vinda dessa gente toda não pode ser!
    Resumindo: acho tudo isso muito incendiário e péssimo para nós brasileiros! Creio que isso não vai acabar bem!

  • Marcos F

    Brincaram com ele? Fecharam a torneira?
    … logo após uns chic-chics com Dona Dilma Primeira, Plute, o vibrante procura seu braço-direito e:
    – Ô Trapovsky, solta um missil qualquer num avião que passar sobre a Ucrania. Será só o primeiro sinal.

  • freed

    Hiprocrisia pura. Pobres querendo parecer ricos,países terceiro-mundistas fazendo o quê em reuniões como esta? Isso não passa de ideologia,negócios que é bom mesmo,não vão ocorrer.Quando todos da foto estão de mãos abertas,aquele ******* daquele ***** está com o punho esquerdo cerrado , a lá André Vargas.Qual o signicado disto? Nada.É gente desta qualidade que são chamados para esses eventos períféricos.Nesta hora gosto de lembrar da frase ” AMÉRICA PARA OS AMERICANOS”.Estamos ficando cada dia mais atrasados, e longe dos grandes centros de decisões mundiais.

  • freed

    Não publico em hipótese alguma comentários que defendam, estimulem ou mostrem tolerância com a ruptura da ordem constitucional.

  • Branca

    Segundo vi no You Tube, criar um banco com duas funções não é bom. Por isso o FMI socorre e o Mundial investe. Mais. O BNDES faz empréstimos sigilosos com o nosso dinheiro. O STF ainda não fez nada em relação ao assunto, aceito por Barbosa em ação impetrada por Alvaro Dias e cujo relator nomeado foi Fux. Com sede em Xangai, mais difícil ainda fiscalizar. Brasil país de muito crédito mas cujo governo não prioriza recursos para melhorar a nossa infra estrutura, o que os torna inferiores em competitividade. Segundo este economista, emprestar para ajudar a África do Sul é o mesmo que dar munição aos nossos adversários pois o país compete com o Brasil exportando quase os mesmos itens. Será mesmo uma boa ideia ou um novo caixa 2 para o PT?

  • AlexRio

    Não teria como criar o banco sem o Putin no encontro, ora bolas.

  • Sonia Regina

    Bom dia Sr. Setti
    Li o adendo colocado ao comentário do Sr. Moacir 1 (17/7 22,30h), creia, para muitos (claro estou incluída), é extremamente difícil fazer comentários em assuntos tão complicados e amaranhados do governo federal. As noticias que são veiculadas sempre muito rápidas pela grande mídia, mais confunde que esclarece, para quem consegue ler jornais diariamente é muito mais fácil. Quantos de nós conseguimos essa proeza?
    Sempre divulgo os blogs dos colunistas da Veja mas percebo um grande desanimo das pessoas em informar-se já sabendo que vão se irritar.
    Um abraço

  • Mario

    Kkk, criar um banco desses é como emprestar dinheiro para um viciado em jogo.

  • Igor

    Raul Castro, chefe do Lula, e Nicolás Maduro, presidente da Venezuela está hospedados na Granja do Torto.
    Qual será o motivo?
    É óbvio. Raul Castro exigiu que Lula pagasse pela divida dos hermanos argentinos. Lula já mandou que Dilma providenciasse o dinheiro, uns US$30.000.000.000.000,00, pois Cristina tem de pagar seu cabeleireiro, profissional único e de altíssima competência.
    Dilma tentou fazer com que China e Russia participassem do bacanal, mas os comunistas não foram bobos.
    Fica assim. Brasileiros preparem-se para mais um daqueles “financiamentos” a fundo perdido do BNDES para a Hermana Christina.
    Afinal, o Papa não pode ajudar, mas Lula pode.

  • Arthur Tavares

    O que o PT quer na verdade é pegar dinheiro deste banco e entregar a Cuba, Venezuela, Bolivia e Argentina ….. Ainda bem que quando for a vez do Brasil ter a presidência, este tipo de coisa não vai acontecer … Porto em Cuba, Refinaria em Pasadena, Médicos cubanos … Acho que o dinheiro mandado pra fora, vai voltar nas Cuecas dos Petistas para o crime de caixa 2 que o LULA não achou nada demais, tentando justificar que não era mensalão. Deveria estar preso também o chefe da *********….

  • João

    Eu nunca vi uma negociação dessa; o Brasil, abrindo negociação com países cuja a maioria se encontra igual o pior economicamente; A Rússia por exemplo, se encontra com um PIB pior que o Brasil; é mui fácil de entender: Se uma pessoa se encontra endividada, é justo, ela procurar outra pessoa mais endividada que ela para receber apoio financeiro? O único Pais dos BRICS em situação estável na economia é a China com mais de 7% de PIB; mas, será que a China vai querer adotar países de alto e médio risco?

  • Gonçalo Osório

    A importância desse banco está na ordem inversa com que a imprensa especializada em finanças tratou do assunto: mal deu bola. E a reunião dos Brics está na ordem inversa com que a imprensa especializada lá fora tratou outro assunto: a reunião estratégica do G2, que transcorre neste momento. G2 é China e EUA. Quanto ao tapete vermelho para o Putin, temos de dar credito ao imponderável na política, e política depende muito mesmo de “timing”. Mal a Dilma estreita laços com o chefão do Kremlin e a Rússia está envolvida diretamente na derrubada de um avião civil no território da guerra que os russos incentivam e dirigem. Queriam a Copa, a nossa seleção toma aqueles inacreditáveis 7 a 1, talvez o único fato pelo qual o certame será lembrado em gerações futuras (e já nas presentes…) Acho que os fatos estão conspirando, mesmo, para arrancar essa corja do poder. A arrogância deles não tem limites. Hospedar o ditador cubano no Torto é um tabefe na cara de todo brasileiro que presa liberdade e direitos humanos, e de todos nós que lutamos contra ditaduras de qualquer tipo. Setti, desculpe o desabafo, mas essa gente do PT simplesmente não presta.

  • PSC-20

    Isso só pode ser uma BRICSadeira com cheiro de TRAMbrics.Deveriam acabar com o BNDES pois já existe o banco mundial e FMI,mas ao invés disso querem criar outro banco?.

  • Márcia Maria

    Não publico em hipótese alguma comentários que defendam, estimulem ou mostrem tolerância com a ruptura da ordem constitucional.

  • ps

    A pergunta que não se cala:Como será que chamavam o putin quando era criança ? E agora, já adulto ?

  • Márcia Maria

    Esse banco vai financiar, subsidiar e patrocinar regimes socialistas em até 1000 vezes / sem juros.

  • Maria

    Comunista se apóia mutuamente faça chuva ou faça sol..
    A que custo,nem é com eles..a classe média,burra como é,segundo a Marilena Chaui, é que vai arcar com os custos mesmo..
    Essa onda vermelha que está dominando o mundo e,sobretudo a América Latina,é um vírus mais mortal que o Ebola africano.
    Mata várias gerações…

  • Camilo Castro

    Putin não é pior nem melhor que o sr. Obama, David Cameron ou Netanyahu.
    Quem merece tapete vermelho e quem não? em base a que medimos isto?. Obama depois do desastre no Irak e Afeganistão mereceu mais o tapete que Putin?.
    Tapetes não incomodam o que incomoda é que água, gás, petróleo, alimentos, minérios, etc estão em solo de países por muitos anos explorados pelos merecedores de tapetes e isto esta mudando.

  • freed

    Quanto à ruptura da ordem democrática, o PT está fazendo o quê? O PT não faz comentário, faz decreto contra a democracia. E olhe que não é pouca coisa que já fizeram. Acho que foram longe demais

  • duduzinho das neves

    Setti;
    Vendo essa foto (Dilma/Putin) forçando um sorriso não posso deixar de lembra o crime contra a humanidade,cometidos pelos seus amiguinhos com míssel potente somente manipulados pelas forças armadas (especialistas) de um país, derrubar e matar 298 pessoal, “uma parada para pensar” com certeza! Será que Putin está com remorso?
    -A outra foto sem comentários, parece mais um nau dos insensatos!

  • FreedomFighter

    Participações do Brasil em guerras mundiais:
    WWI – zero à esquerda
    WWII – coadjuvante de assistente adjunto dos Aliados
    WWIII – capacho do Eixo do Mal
    Sou absolutamente contra qualquer tipo de guerra, mas estamos na iminência de um combate com muitos envolvidos. Que não se esqueçam de bombardear Brasília!

  • Peter Pablo Delfim

    Com essa montagem que reúne a nata dos reacionários da América do Sul fica claro o intento de camuflar o verdadeiro propósito que é o de conseguir apoio caso as coisas não corram como o esperado. Portanto a pergunta que se impõe é se haverá guarida e financiamento para a guerrilha urbana.

  • Ricardo A

    Caro Setti, nesta confusão da Ucrânia e Putin e mais o caso do avião comercial derrubado recente, levam os EUA a se posicionarem contra Putin. Por outro lado, o Brasil corteja Putin estendendo tapete vermelho para ele, assim como outros ditadores que aparecem na foto, se dispondo contra os EUA. No caso de Cuba, algo similar já aconteceu, pois Dilma quebrou o embargo economico do EUA mandando dinheiro para lá. Ou seja, resumindo essas ações, o Brasil é hoje considerado inimigo dos EUA. Mas eu duvido, que o brasileiro se posicione favorável a isto. Temos uma presidente que faz o que a seita do mal do PT manda, não representa o povo brasileiro, trabalha para se manter no poder, e para isso faz o diabo…como já afirmaram. É imperativo que eliminemos essa gente lulopetista comunista do poder. Nossa arma é o voto, atire para matar.

  • Lucia S.

    Seria uma boa idéia se não fosse forjada por cinco países conhecidos por sua corrupção endêmica.
    Duvido muito que esta “criação” prospere, ainda mais pelo convite aos “amiguinhos bolivarianos”.
    E de onde sairia este dinheiro?
    Do seu, do meu, do nosso pobre bolsinho e provavelmente para obras não aqui, mas em outras plagas.
    Isto está mais para o “rato que ruge”.

  • Siará Grande

    Já tenho a lista dos primeiros tomadores de empréstimo dos Banco Brics: Argentina, Venezuela, Cuba, Zimbábue, Sudão, Bolívia, Uganda, Somália, Afeganistão. Um banco destes é uma excelente ideia. Para estes tomadores, claro.

  • GEROLDO ZANON

    A **** esta em todos os lugares

  • Ronaldo força

    O Brasil do PT está vocacionado para apoiar bandidos, tal qual Fidel Castro, Amhajinedad e agora o assassino do Putin. A Rússia hoje é uma ditadura da KGB onde o senhor Putin dirige com mão de ferro, assassinando quem estiver contra ele. Não é a toa que mandou matar uma jornalista opositora e derreteu um político oposicionista através de um elemento radioativo que o queimou visceralmente por dentro. O Putin deseja voltar ao estado de União Soviética e para isso arma separatistas com misseis capazes de derrubar aviões civis como ocorreu recentemente com o avião da Malásia. O pessoal petista não procura mais união com a esquerda, procura unir-se ao mal seja fanáticos islamistas, seja ditadura fascista do Kremlin, seja esquerda fanática de Cuba e Venezuela. O importante é aliar-se ao demônio, onde ele estiver.

  • Ronaldo força

    Outra coisa que deve ser negada de uma vez: não foi Lula que indicou a Dilma Roussef para presidente da República. Quem indicou foi a parte ex-guerrilheira do PT que já tinha José Dirceu como substituto do Lula com o objetivo de dar um golpe e transformar o Brasil numa ditadura comunista sob a inspiração do Fidel Castro. O mensalão(Joaquim Barbosa) interrompeu o plano com José Dirceu, e os stalinistas enfiaram a Dilma Roussef, a menina da Colina, de goela a baixo. O Lula não teve outra alternativa e pintou com as cores de uma gerentona eficiente e preparada.

  • M. Pinheiro

    Parem de criticar e falar mal dos brics. De repente pode dar certo. Tudo vocês criticam, sem conteúdo axiológico. Tem brasileiro masoquista que gosta mesmo de ser quintal americano. Os imperialistas ianques dominam este nosso subcontinente há mais de 100 anos e só vejo miséria e fome. Podem criticar a China.Mas poucos sabem que a China entrou em guerra contra a Inglaterra, que queria forçar esse país asiático comprar ópio proibido pelo governo chinês. China tem um passado limpo. Lá o corrupto é fuzilado. Ela hoje é nossa melhor parceira comercial.

  • M. Pinheiro

    A Índia e a China, países mais populosos da Ásia, despertavam grande atenção por parte da burguesia britânica. Só que, ao passo que o mercado indiano se encontrava aberto ao comércio estrangeiro, a China produtora de seda, porcelana e chá (os britânicos compraram 12.700 toneladas em 1720 e 360 mil toneladas em 1830), itens que alcançavam bons preços no mercado europeu, ao passo que a China não mostrava interesse nos produtos europeus, o que acarretava défices ao comércio britânico.

  • M. Pinheiro

    Apenas um produto, em particular, parecia despertar o interesse dos chineses: o ópio, uma substância entorpecente, altamente víciante, extraída da papoula que causa dependência química em seus usuários, introduzido ilegalmente na China por comerciantes ingleses e norte-americanos. Produzido na Índia, e também em partes do Império Otomano no início do século XIX, os comerciantes britânicos traficavam-no ilegalmente para a China e muitas vezes forçavam os cidadãos a consumir as drogas, provocando dependência química, auferindo grandes lucros e aumentando o volume do comércio em geral.

  • M. Pinheiro

    Entre 1811 e 1821, o volume anual de importação de ópio na China girava em torno de 4.500 pacotes de 15 quilos cada um. Esta quantidade quadruplicou até 1835 e, quatro anos mais tarde, atingiu a quantia de 450 toneladas importadas, ou seja, um grama para cada um dos 450 milhões de habitantes da China na época. Um grama de ópio era o suficiente para provocar dependência química em seus usuários.[carece de fontes]

    A droga chegou a representar a metade das exportações britânicas para a China. O primeiro decreto proibindo o consumo de ópio datou de 1800, mas nunca chegou a ser respeitado.

    Em 1839, a droga ameaçava seriamente não só a estabilidade social e financeira do país, como também a saúde dos soldados. A corrupção grassava na sociedade chinesa. Para chamar a atenção do imperador, um ministro descreveu a situação da seguinte maneira

  • M. Pinheiro

    Majestade, o preço da prata está caindo por causa do pagamento da droga. Em breve, vosso império estará falido. Quanto tempo ainda vamos tolerar este jogo com o diabo? Logo não teremos mais moeda para pagar armas e munição. Pior ainda, não haverá soldados capazes de manejar uma arma porque estarão todos viciados. Cquote2.svg
    — Ministro Chinês

    Em 18 de março de 1839, o imperador lançou um novo decreto, com um forte apelo à população. Através de um panfleto, advertiu do consumo de ópio. As firmas estrangeiras foram cercadas pelos militares chineses, que em poucos dias apreenderam e queimaram, na cidade de Cantão, mais de 20 mil caixas da droga.

  • M. Pinheiro

    Em 1856, oficiais chineses abordaram e revistaram o navio de bandeira britânica, Arrow. Os franceses aliaram-se aos britânicos no ataque militar lançado em 1857.1 As forças aliadas operaram ao redor de Cantão, de onde o vice-rei prosseguia com uma política protecionista. Mais uma vez, a China saiu derrotada e, em 1858, as potências imperialistas ocidentais exigiram que a China aceitasse o Tratado de Tianjin. De acordo com este tratado, onze novos portos chineses seriam abertos ao comércio de ópio com o Ocidente e seria garantida a liberdade de movimento aos traficantes europeus e missionários cristãos. Quando o imperador se recusou a ratificar o acordo, a capital, Pequim, foi ocupada. Após a Convenção de Pequim (1860), o Tratado de Tianjin foi aceito. A China criou um Ministério dos Negócios Estrangeiros, permitiu que se instalassem legações ocidentais na capital e renunciou ao termo “bárbaro”, usado nos documentos chineses para denominar os ocidentais

  • interrogações à distância

    Apesar de um considerável tom anti-Ocidente, é uma iniciativa inteligente e ousada a criação do Banco dos Brics…
    ***
    Sinto muito contradizê-lo uma vez mais, ô caro Setti. Mas sem sombra de dúvida, pelo que ouço dizer:
    « Il faut toujours une longue cuillère pour souper avec le Diable »
    ***
    E se GEORGE SEMPRUN e o VACLAV HAVEL entre tantos outros verdadeiros combatentes democratas não são mais desse mundo nem é preciso consultar o MILAN KUNDERA sobre aquele seu famoso artigo: “Un Occident kidnappé, ou la tragédie de l’Europe centrale” (revista ‘le Débat’ – Nov 1987/France).
    ***
    No mais, uma ressalva àquelas suas constantes notificações: “Não publico em hipótese alguma comentários que defendam, estimulem ou mostrem tolerância com a ruptura da ordem constitucional”.
    ***
    Não discordo! Mas longe de saber qual é o verdadeiro sentimento desses leitores, ouso lembrar-lhe que o “pior cego é aquele que vê e não enxerga.”
    ***
    Horas, desde quando uma democracia digna do nome se permite oferecer hospedagem em uma residência oficial da Presidência da República a um ditador seja ele qual for!? Sem falar que no caso em questão, o cubano GENERAL castro (sentindo-se “em casa”) veio mesmo à receber em jantar o tal de ex-motorista/sindicalista/presidente da Venezuela enquanto a sua oposição é muselada, massacrada, eliminada…
    Enquanto isso, desmoralizados, cabisbaixos, os nossos militares batendo continência!?? Tá danado!
    Cordialmente

  • Jane Araujo

    Essa não acerta uma! Bola fora! Tomara que caia fora para sempre. Ninguém agüenta uma farsa dessas!

  • sebastião alves

    logo vi que voce e a veja anda bem desenformado do que acontece no mundo, nada verdade nem vou perder meu tempo,leia algo sobre:Paul Craig Roberts,e fique bem informado sobre wladmir putin presidente da federação Russia,e aproveite e leia a voz da Russia ou Diario da Russia.abraços.

    Que interessante você se “enformar” lendo apenas veículos censurados pela ditadura de Putin.