Image
A estrela, no seu auge:

Ela fez mais de 60 filmes, mas não se pode dizer que foi uma das grandes de Hollywood.

De fato, a húngara americanizadíssima Zsa Zsa Gabor (nascida Sári Gábor há presumíveis 95 anos) tornou-se muito mais conhecida por seus nove casamentos, fulgurantes aparições noturnas, incontáveis amores tempestuosos e uma coleção de playboys internacionais, como o inefável Porfirio Rubirosa, do que por sua presença nas telas.

Hoje, a bela mulher que virou a cabeça de muitos galãs do cinema e que em geral fazia o tipo loura ingênua e muito, muito sexy, quase sempre em comédias leves, vive uma história de horror.

Image
A atriz, já madura — entre 45 e 60 anos, nunca se sabia –, mas ainda bela

Sua única filha, Constance Francesca Hilton, 65 anos – que ela teve com o bilionário Conrad Hilton, fundador da famosa cadeia de hotéis –, acaba de entrar em juízo para assumir a tutela e a gestão dos bens da mãe, acusando o marido de Zsa Zsa, Frederic Von Anhalt, um ex-massagista com um suposto e contestado título de nobreza alemão, 27 anos mais novo que a ex-estrela, de manter a mãe, inválida, em cárcere privado e sob constante sedação.

Image
Já presa à cama, e irreconhecível, Zsa Zsa recebe a visita do jornalista Larry King, em 2010 (Foto: ABC)

Embora nunca haja chegado ao primeiro time de Hollywood, tal como sucedeu com sua irmã Eva Gabor, Zsa Zsa acumulou muito dinheiro durante a vida, até por certos casamentos que fez, e chegou a ser proprietária de uma imensa e literalmente cinematográfica mansão no bairro de Bel Air, em Los Angeles, que pertencera a Elvis Presley.

O marido, Von Anhalt, acusa a filha de Zsa Zsa de ter problemas psiquiátricos. A filha, que, sendo uma Hilton, é rica, alega que Von Anhalt não permite que visite a mãe, reduzida a uma sombra do que era, sem falar, com uma das pernas amputadas e mal reconhecendo seus interlocutores.

Mãe e filha não pareciam viver às mil maravilhas: anos atrás, Zsa Zsa chegou a processar Constance Florence por suposta fraude em sua assinatura para abiscoitar 2 milhões de dólares. O caso não foi adiante porque Zsa Zsa acabou não querendo depor em juízo, no que muitos interpretaram como sendo um episódio que teve a mão mal-intencionada do marido.

Nenhum dos filmes que Zsa Zsa protagonizou teve final semelhante.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 + 7 =

6 Comentários

diana em 14 de abril de 2012

Final triste, nao merecido, imagino. A filha, tem direito de ve-la e os assistentes sociais de analisarem a situação real, da senhora Zsa Zsa e se os cuidados que necessita estão sendo realizados, para um final de vida digno que qualquer ser humano merece.

Ricardo em 13 de abril de 2012

Não me importaria de, com 95 anos, estar preso a uma cama e irreconhecível. Me importaria, sim, de não conseguir reconhecer as pessoas e ter perdido minha consciência, para Alzheimer, um derrame ou qualquer outra demência. Isso é o triste. Você tem razão, xará. Meus irmãos e eu temos a experiência com nossa mãe, infelizmente. Um abração

bereta em 13 de abril de 2012

Ela, Anita Ekberg, Gina Lollobrigida, Ursula Andress, Sophia Loren e muitas outras não viraram a cabeça só de galãs do cinema não, meu caro Setti. Viraram todas as nossas cabeças... Você tem razão. Vou acrescentar isso ao post, ou seja, lembrar que não foram só os galãs os que tiveram as cabeças viradas... Abração

Vera Scheidemann em 12 de abril de 2012

Tristíssimo ! Vera

Jefff em 11 de abril de 2012

Envelhecer não é triste...o que dá medo são as doenças que acometem os idosos e a dependencia. Confesso que tenho medo disso! Até por experiências próximas a mim, eu também, Jefff.

Ismael em 11 de abril de 2012

A velhice é uma tragédia, especialmente quando brigas por dinheiro tiram a paz merecida dessa fase de nossas vidas. As pessaos deveriam ter apenas uma casa para morar, um plano de saúde e o suficiente pra viver em paz. É o que desejo para mim e para todo mundo.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI