Vejam a notícia abaixo publicada pela oficial Agência Brasil.

Pergunto: por que médicos de CUBA? Ou, melhor: por que SÓ médicos de Cuba???

A Europa vive uma crise brutal. Há médicos querendo emigrar em vários países, inclusive na Espanha, país muitíssimo mais adiantado do que Cuba, ou em Portugal, para não mencionar outros de idiomas mais distantes do português.

Estarei paranoico se julgar que Cuba tem outros interesses — interesses políticos, ideológicos, doutrinários, estratégicos — ao enviar esse exército de profissionais para cá? Todos devidamente educados sob a feroz ditadura dos irmãos Castro?

Vejam o que aconteceu na Venezuela. Perguntem para conhecidos de lá, ou para amigos que lá estiveram. Pesquisem em fontes imparciais e constatem o papel doutrinador que muitos desses médicos exerceram — em favor do chavismo e do maluco “socialismo do século XXI” — justamente nas comunidades mais carentes e com menos nível de informação.

Muito bom que nosso governo pretenda ter médicos em regiões carentes, uma vez que, embora com número de profissonais suficientes para atender a população, nossos médicos preferem se concentrar em grandes regiões urbanas e relutam trabalhar em localidades sem infraestrutura — justamente as mais carentes dos serviços deles.

Mas pergunto de novo: por que SÓ de Cuba?

Leiam e julguem vocês mesmos — e atenção para “o excelente intercâmbio de ideias” que está ocorrendo entre os dois governos:

Renata Giraldi — Repórter da Agência Brasil

Brasília – Os governos do Brasil e de Cuba, com o apoio da Organização Pan-Americana da Saúde, estão acertando como será a vinda de 6 mil médicos cubanos para trabalharem nas regiões brasileiras mais carentes.

Os detalhes estão em negociação. Os ministros das Relações Exteriores, Antonio Patriota, e o cubano Bruno Eduardo Rodríguez Parrilla, anunciaram hoje (6) a parceria.

Patriota e Rodríguez não informaram como será a concessão de visto – se será definitivo ou provisório. Segundo o chanceler brasileiro, há um déficit de profissionais brasileiros na área de saúde atuando nas áreas carentes do país, daí a articulação com Cuba.

“Estamos nos organizando para receber um número maior de médicos aqui, em vista do déficit de profissionais de medicina no Brasil. Trata-se de uma cooperação que tem grande potencial e à qual atribuímos valor estratégico”, disse ele.

As negociações para o envio dos médicos cubanos para o Brasil foi iniciada pela presidenta Dilma Rousseff, em janeiro de 2012, quando visitou Havana, a capital cubana. Ela defendeu uma iniciativa conjunta para a produção de medicamentos e mencionou a ampliação do envio de médicos cubanos ao Brasil, para apoiar o atendimento no Serviço Único de Saúde (SUS).

“Cuba tem uma proficiência grande na área de medicina, farmacêutica e de biotecnologia. O Brasil está examinando a possibilidade de acolher médicos por intermédio de conversas que envolvem a Organização Pan-Americana de Saúde, e está se pensando em algo em torno de 6 mil ou pouco mais”, destacou Patriota.

Segundo o chanceler brasileiro, as negociações estão em curso, mas a ideia é que os profissionais cubanos atuem nas áreas mais carentes do Brasil. “Ainda estamos finalizando os entendimentos para que eles possam desempenhar sua atividade profissional no Brasil, no sentido de dar atendimento a regiões particularmente carentes no Brasil”, disse.

A visita do chanceler de Cuba ocorre no momento em que o presidente cubano, Raúl Castro, implementa mudanças no país, promovendo a abertura econômica e avanços na área social. Segundo Bruno Rodríguez, a parceria com o Brasil é intensa principalmente nas áreas econômica, social e turística. “Há um excelente intercâmbio de ideias”, disse o cubano.

O comércio entre Brasil e Cuba aumentou mais de sete vezes no período de 2003 a 2012, segundo o Ministério das Relações Exteriores. De 2010 a 2012, as exportações brasileiras para Cuba cresceram 36,9%. No ano passado, o comércio bilateral alcançou o recorde de US$ 661,6 milhões.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

160 Comentários

manoel farias em 12 de setembro de 2013

Sou médico e fico temeroso com os processos éticos profissionais dos colegas médicos que apoiam a vinda de médicos cubanos. os médicos cubanos são muito práticos e tem soluções maravilhosas com as comunidades, coisa que o médico brasileiro era punido se assim fizesse, com o p.e.p. processo ético profissional, principalmente se reclamasse por escrito da falta de equipamentos de órgãos controlados por conselheiros dos CRM´s. já trabalhei com todos os tipos de médicos da Unasul, são médicos maravilhosos. Que há cia comprando cubanos para fugirem a troco de especialização nos EUA : há!!! hoje os livros e acessos ao saber são universais, a não ser em Moscow onde o conhecimento de ponta é novo e ainda não popularizado. Eu aceitaria trabalhar na Venezuela de Maduro, a quem admiro. Pois sou médico por vocação. O susto que os classistas brasileiros tomaram ja esta melhorando nossas faculdades. toda mudança assusta mas esta é para melhor

Luiz Otávio Rosário em 26 de agosto de 2013

Como não sou masoquista, não publico críticas ofensivas. Seja civilizado, deixe xingamentos e qualificações de lado e escreva que aí, sim, publicarei.

Manoel Barreto em 08 de agosto de 2013

José Luiz Tessarolo, concordo com tudo que disse. Esses médicos de Cuba são mais enfermeiros. Não passariam em qualquer teste revalida ou para ingressar em qualquer concurso público. Não dominam a nosso idioma. Faço uma aposta. Não lograria vencer um exame para trabalhar em qualquer Hospital de ponta em São Paulo do nível do Sírio Libanês.Ora, tenho uma amiga médica. Foi estudar nos EUA. Lá para que um estrangeiro exerça a tão sonhada medicina ele tem que cursar mais 3 anos de residência médica porque o curso realizado no Brasil não tem validade.

Manoel Barreto em 08 de agosto de 2013

José Luiz Tessarolo, concordo com tudo que disse. Esses médicos de Cuba são mais enfermeiros. Não passariam em qualquer teste revalida ou para ingressar em qualquer concurso público. Não dominam a nosso idioma. Faço uma aposta. Não lograria vencer um exame para trabalhar em qualquer Hospital de ponta em São Paulo do nível do Sírio Libanês.Ora, tenho uma amiga médica. Foi estudar nos EUA. Lá para que um estrangeiro exerça a tão sonhada medicina ele tem que cursar mais 3 anos de residencial médica porque o curso realizado no Brasil não tem validade.

Jose Antonio em 05 de julho de 2013

Amigos, o problema do nosso saúde é que ninguém se conforma com pouco dinheiro se abrir para os médicos terem mais de dois vínculos ele pegam 10 e não dão assistência a nenhum o juramento que fazem é vou enricar e deixa esse povo que custearam minha faculdade se federem vou monta meu consultório e ganhar meus 60 mil por mês concorrência não tenho pego dois plantão vou quando quiser e pronto não como a Fiat, Chevrolet e volvagem não fizeram mobilização com a vinda de montadoras de outros países, mais parabéns aos nossos médicos por pesarem assim e deixarem o pobre morrerem sem assistência a final eles não precisam deles mesmo não podem pager uma consulta de 200,00 para aumentar o patrimônio deles que estão tão sacrificados.

Ricardo Castro em 01 de julho de 2013

Quanto a esta ideia de guerrilheiros cubanos disfarçados de médicos, esta é a mesma besteira que falavam em 1999, quando o então ministro da saúde José Serra defendia a vinda dos cubanos. Nesse caso eram os petistas que diziam que os médicos seriam na verdade guerrilheiros oposicionistas ao regime. Ou seja, deixem de se levar por estas fofocas idiotas e teorias da conspiração, gente. A fofoca (meme, segundo Richard Dawkins) surgiu em 1999 e sobreviveu até hoje, sofrendo pequenas modificações. Informem-se primeiro e melhor.

Ricardo Castro em 01 de julho de 2013

Não sei de onde vocês tiraram que vão trazer médicos SÓ de Cuba. Não li nem ouvi ninguém do governo falando isto. Eu li que vão trazer médicos de onde a PROPORÇÃO DE MÉDICOS POR HABITANTE FOR SUPERIOR À BRASILEIRA.

douglas ramos esteves em 26 de junho de 2013

Bom dia a todos. Não li todos comentários,mas o pouco que li vi que a maioria são contra a vinda desses médicos cubanos. Ora, ridicula esse idéia e isso com certeza tem algum interesse politico e também não é caso de abertura de novos cursos. Hoje se eu fosse politico com minimo de condição de apresentar um projeto/idéia, iria propor que esses filhinhos de papai na grande maioria que ocupam as vagas nas universidades federais de medicina, os quais estudam de graça. Para prestação de serviço gratuido durante 01(ano) ou no minimo de 06(seis) meses, a rede publica de saúde, seja hospitais ou postos de saúde, devendo ser desiginados para Estados carentes, onde é carente de profissionais médicos, acho que esse idéia deve ser adotada não só para médicos e sim para todos que estudam em universidades federais na area de saúde. Problema facil de se resolver, basta vontade do governo, quem sabe assim, aplicando essa ideia lá fixam suas residencia e começem mais a conhecer nosso Brasil. Deve ainda ser resaltado que esse alunos das federais, constumam gastar mais tempo para se formar, ocupando assim vagas de outros que necessitam, nas republicas que o governo sutenta. ACORDA BRASIL.... Abraço a todos.

Rainsa em 02 de junho de 2013

Mas o que há de imoderado nos meus comentários?? Todos escreveram suas opiniões, uns a favor, outros contra, todos os que se preocuparam escreveram sobre o assunto. Aqui no Brasil só os muito ingenuos acham q tá tudo bem. "Moderar" significa, na linguagem da internet -- juro que não fui eu que inventei --, que alguém vai ler o comentário e depois liberá-lo ou não, conforme as regras do blog ou site onde foi postado. Quem "modera" os comentários em meu blog, Rainsa, sou eu mesmo. Procuro fazer isso em respeito aos leitores. E, naturalmente, nos finais de semana, que procuro dedicar à família e a assuntos pessoais, nem sempre o faço com a devida rapidez. Sem contar que ando com problemas na internet de minha casa. Nada há de errado com seus comentários. Não estou pedindo "moderação" a você. Essa linguagem que todos os sites utilizam para liberar os comentários realmente dá margem a confusão. Um grande abraço e... continue conosco!

Rainsa em 02 de junho de 2013

Já ouvi dizer que se trata de guerrilheiros cubanos disfarçados de médicos.Que essa história de trazer 6000 médicos cubanos está muito estranha, isso está. Gostei dos comentários do Zaratrusta, do Cesar, do Antemar. Tem muitos q ainda não pude ler. O tema é preocupante!!!

Rainsa em 02 de junho de 2013

Trazer médicos cubanos com tantos médicos e futuros médicos brasileiros!! Bastaria o governo pagar um salário compativel digno para eles irem pro interior e não querer rebaixá-los como já fizeram com os profs.do Brasil.

salma nobre de sousa em 24 de maio de 2013

porquer mandar buscar medicos espanhois, eles que fiquem com os problemas deles, quando eles estao nua boa tao gagando pro brasil, e o brasil querendo ajudar os ricos, coitadinhos, dos espanhois, da ate do deles, enquanto brasileiros que estudaram em outros paises, estao a margem do processo, e isso ai brasil ajudem os ricos, estao no caminho certo.

José Luiz Tessarolo em 19 de maio de 2013

"importar" médicos de Cuba é uma atitude incoerente e hipócrita não precisamos de mão de obra estrangeira sou convicto desta afirmação não por xenofobia mas por conhecer a realidade dos jovens no brasil, existem milhares se não milhões de jovens no brasil em cursos pré-vestibular que possuem renda para arcar com os abusivos 3,4,5 ou até 6 mil reais por més que é o custo de uma faculdade medicina porém deixamos nossa juventude estagnada aprendendo matérias do ensino médio, a solução mais logica e viável para nosso país é a construção de novas universidades e permitir que nossos jovens recém saídos do ensino médio não fiquem no marasmo de cursos e provas de vestibular e possam sim se tornarem engenheiros,médicos,advogados etc.. possam ser a mão de obra qualificada que tanto necessitamos em nosso país, é um atroz descaso deixarmos nossos jovens inertes concorrendo em provas de medicina que chegam a índices de 100 alunos por vaga (em faculdades particulares) enquanto o povo brasileiro sofre com a falta de médicos e por sua vez um governo insensato resolve tal problema "importando" médicos de cuba além das divergências linguísticas e culturais (enfatizando as culturais) o notório atraso tecnológico de Cuba é uma forma de piorar o problema já que nossa atual gestão governamental costuma tomar atitudes precipitadas e sem qualquer estudo, com um PIB de 3,3 trilhões de dolares ao ano acho irônico tal atitude talvez até uma sátira aos jovens brasileiros, fica a dica, não precisamos de médicos de cuba e sim de unversidades para formar a nossa juventude que possui um contingente mais que suficiente para atender as necessidades de um gigante como o Brasil. José Luiz Tessarolo, 20 anos, estudante de curso pré-vestibular, futuro médico se o governo sindicalista permitir.

Corinthians em 17 de maio de 2013

Acho interessante ver a verborragia de alguns como o Tiago, que insistem em atacar o autor/revista e não o argumento. Se ele prefere acreditar nos dados oficialistas do governo cubano, uma ditadura, que acredite. Se realmente acha que os cubanos sem máquinas de raios X são capazes de corrigir problemas ósseos, incluindo quebras, que acredite. Isso para não mencionar a questão dos remédios. Eles Não vão atuar em mutirões de saúde falando de prevenção e na tal "medicina básica". Estamos falando de médicos que vão atender pelo SUS, clínica geral. Acho válido continuar a questionar o por que só cubanos ? Só esta questão já é o suficiente para derrubar qualquer argumentação. Por que não médicos sul-africanos ? Ou por que não angolanos ? Ou chineses ? Sou obrigado ainda a reforçar - ao invés de "contratar" escravos de uma ditadura que não terão liberdade nem quando no "nosso país democrático" e nem receberão seus pagamentos diretamente, por que então não iniciamos uma campanha para prover a cidadania brasileira, ou visto permanente, para estes "médicos" assim que comecem a trabalhar no Brasil ? Battisti conseguiu por muito menos. Aposto que é só essa sugestão chegar para o "avançado" regime cubano (onde até papel higiênico falta) que a coisa desanda. Afinal dar liberdade para os escravos não é coisa que comunista goste de fazer.

Tiago em 17 de maio de 2013

Está na hora de acordar. Vcs estão lendo tanto a VEJA que não conseguem analisar uma situação com imparcialidade. Desde quando o Brasil tem "número de profissionais suficientes para atender a população"? Basta fazer uma análise nos dados da OMS para se ter uma noção de superioridade da medicina básica em Cuba. A expectativa de vida no Brasil está em 74 anos e lá em 78, aqui a chance de uma criança morrer antes de completar 5 anos é de 16%, lá é de 6%. Não se discute questões de desenvolvimento social e econômico, o Brasil é infinitamente superior. A questão a ser observada é muito mais séria, a medicina básica! Evitar que crianças morram por verminoses, diarréia, dentre outras doenças causada pela falta de conceitos básicos de higiene e saúde. Por oportuno, levanto outra questão. A reportagem publicada na última edição da revista trouxe um índice de aprovação de médicos cubanos de 5% na prova do Revalida. Qual seria esse índice se a mesma prova fosse aplicada a todos os que estão formando no Brasil, em todas as faculdades, federais e as particulares que o MEC já cansou de ameaçar fechar e por motivos escusos não o faz? Esse ponto a VEJA nem o CFM comentam. O objetivo de trazer esses médicos não é para atuarem com medicina altamente tecnológica, é atuar na medicina básica, evitar desnutrição, diarréia, mortalidade infantil. Isso ninguém vai para o interior fazer, preferem ficar nos grandes centros muitas vezes à sombra dos feudos construídos pelas famílias de médicos. Ademais, se Cuba não está qualificada e não atende, vamos tentar trazer médicos de Portugal, como proposto pelo autor do artigo. Lá o índice de aprovação de Cubanos é de 73%, aqui foi de 10,9% em 2012. Será que avaliamos corretamente ou devemos pedir para Portugal avaliá-los e depois trazemos para o Brasil? Assim estariam vindo da Europa, especialmente para atender aos leitores da VEJA, e como gostaria nosso caro Ricardo Setti.

SergioD em 17 de maio de 2013

Ricardo, só para lembrar, essa discussão sobre a má distribuição de médicos no território brasileiro é antiga. Quando José Serra foi Ministro da Saúde enfrentou o mesmo problema e aventou a hipótese de regularizar a presença de médicos cubanos no Brasil e também sofre críticas ferozes do Conselho Federal de Medicina. Pensou seriamente em abrir nosso mercado para médicos estrangeiros. No fim, a pressão impediu que seu intento seguisse adiante. Em minha humilde opinião, qualquer profissional que venha a se fixar no Brasil tem de passar pelo processo de validação do diploma. Simples assim. Sem essa de aceitar profissionais nos quais não temos a certeza sobre sua capacidade. Abaixo passo link da Folha sobre a discussão de contratação de médicos estrangeiros em outubro de 2000. http://www1.folha.uol.com.br/folha/cotidiano/ult95u12378.shtml

elcio em 16 de maio de 2013

tem mto tempo q varios, donos de faculdades querem abrir novas vagas para medicina, e o Governo nao permite, agora pegam medicos que sao mediocres ,digo isso pq se nao fossem fariam a prova e passariam, e querem trazer para o brasil, se isso acontecer, nao terei mais pq pertencer a qq conselho de medicina, entrarei para o conselho regional do MST que esta mandando nesse povo mediocre que aceita isso.

Vinicius em 15 de maio de 2013

Caro Vinicius, convido-o gentilmente a ler as regras para publicação de comentários no blog, que vedam a veiculação de manifestos, abaixo-assinados e similares neste espaço. Se abro uma exceção, haverá quinhentas outras pessoas querendo o mesmo. O link para as regras, sobre as quais já comentei centenas de vezes aqui, a respeito das quais publiquei HOJE um agradecimento aos leitores que as vêm acatando, estão no link http://goo.gl/u3JHm Abraços

Luana em 15 de maio de 2013

Boa tarde a todos. A verdade é que a lógica por trás da escolha de médicos Cubanos e não de outra qualquer nacionalidade do mundo é simples. Cuba tem os melhores indices nas estatisticas de saúde pública do mundo ( o Brasil só perde para eles em número de Bancos de Leite Materno), este fato é fruto de muito trabalho resultando em uma experiencia incomparavel em saúde da familia e atenção primaria á saúde. A estrucutura e organização do Sistema de Saúde Cubano é invejável,não sendo possivel seu aperfeiçoamento pelos poucos recursos financeiros e tecnológicos dos que o país dispõem. Os médicos Cubanos tem experiência com educação em saúde, base para desenvolvimento da medicina preventiva, medicina esta que pela estrutura e organização da saúde no Brasil é pouco conhecida e nem um pouco praticada. Os médicos Cubanos vão ter salários muito menores do que médicos de outros países e farão um grande trabalho para a melhoria da saúde nas regiões mais carentes do Brasil e ainda vão compartir a experiência de um sistema de saúde diferente do nosso com os médicos Brasileiros. Não existe dúvida que os SUS e a nossa Medicina só poderão colher bons frutos dessa parceria e ainda aperfeiçoar a nossa forma de fazer Saúde Pública e Saúde da família! Como afirmou o CFM em visita a Cuba, os médicos da ilha só teriam um curriculo compatível com os médicos do Brasil caso tivessem a especialização em Medicina Geral Integral do próprio país e todos os médicos que virão ao Brasil possuem esta especialização,todos passaram por uma rigorosa seleção e seguramente passariam em qualquer prova que lhes fosse aplicadas desde que compatível com as habilidades esperadas da função a qual devem exercer ( no caso da grande maioria clinica geral e saúde da família). É preciso analisar fatos e estudar um pouco sobre o que não se conhece para não julgar precipitadamente.

Caledonian em 15 de maio de 2013

René Duarte, medicina cubana é de altíssimo nivel??? Se fosse não deixariam morrer Hugo Chavez no melhor hospital de Cuba.

IZIDRO SIMÕES em 14 de maio de 2013

Como já expliquei centenas de vezes aos amigos do blog, não publicamos comentários escritos apenas em maiúsculas. Favor consultar as regras para publicação de comentários no link http://goo.gl/u3JHm

Venezuelana em 13 de maio de 2013

Coitados dos "setores populares" que terão de ser atendidos por supostos médicos, como preconiza o comentarista das 19:20. Enquanto isso, o puxa-saco de ditadores, o grande Lula, vai se tratar no Sírio, que tem 100% dos médicos com pós-graduação nos odiosos States... Pela lógica dele, pobre pode ser tratado com qualquer um, com diploma ou sem diploma , já que é pobre mesmo...

Geová Elias em 13 de maio de 2013

Querem transforma o Brasil em um CUBÃO por que não trazer cabos eleitoras de lá?!

René Duarte em 13 de maio de 2013

Por que não?? A medicina cubana é de altíssimo nivel e se há a necessidade de mão-de-obra que atenda setores populares e eles estão dispostos a prestar esse serviço que os médicos daqui não fazem...

Wilson Carlos Albino em 13 de maio de 2013

Como os amigos do blog sabem -- a chamada para as regras de publicação de comentários vêm sendo divulgadas por mim centenas de vezes, e têm chamada permanente na home page --, não publico textos que contenham insultos e xingamentos. Crítica, sim, sempre. Insulto, não.

Roberto Santana em 13 de maio de 2013

Segundo Bruno Rodríguez, a parceria com o Brasil é intensa principalmente nas áreas econômica, social e turística. “Há um excelente intercâmbio de ideias( E DE PAPEL HIGIENICO TAMBÉM, JÁ QUE O GRAMMA NÃO AGUENTA MAIS DE SERVIR DE PAPEL HIGIENICO ”, disse o cubano.

freed em 12 de maio de 2013

Quero ver, se o Lula e a Dilma, iriam se tratar com eles.

marcos em 12 de maio de 2013

São benvindos os cubanos pois os nossos médicos não irão para os locais carentes de médicos no interior , eles não precisão de salários astronômicos.

Marco em 12 de maio de 2013

Quando eu estava na residência médica, há uns 4 anos, o meu colega em contou que o filho de um político da cidade dele, Santana do Livramento, tentava, tentava e não conseguia entrar em faculdades de medicina no Brasil. O político então ganhou a eleição para prefeito, pelo PT. No ano seguinte, foi mandado a Cuba para estudar, por um acordo do Governo. Quantos desses existiram no Brasil? Quem os Srs acham que vão ser os "médicos cubanos". Exatamente os filhos e apadrinhados políticos que foram enviados pelo PT para estudar lá 6 anos atrás

mIGUEL pORTELA em 12 de maio de 2013

Prezado MIguel, como já repeti centenas de vezes, as regras para publicação de comentários no blog -- cuja chamada está permanentemente na home page -- impedem que postemos comentários escritos totalmente em maiúsculas. Espero que compreenda e, da próxima vez, coopere conosco e com os demais leitores, uma vez que a leitura de textos em maiúsculas é muito mais difícil -- além de ser, pelas convenções da web no mundo inteiro, uma descortesia.

Luanda em 11 de maio de 2013

Ui que meda!!!

Joel M. em 11 de maio de 2013

Precisei ir a um alérgica. Ele queria me cobrar R$ 200,00 por uma consulta social e iria me atender em, no máximo, 15 min. Faz a conta de quanto ele deve ganhar por mês. Um amigo trabalho numa empresa que fabrica próteses. Eles têm que molhar a mão dos médicos. Já que o salário é baixo nos hospitais públicos, por que eles trabalham lá ? Se a mensalidade de uma faculdade custa R$ 3000,00, quanto vcs acham que eles querem ganhar ? Dizer que os médicos formados aqui são melhores que no exterior é piada !

alvaro h.p. goncalves em 11 de maio de 2013

Esta presidenda é mais demagoga e esperta que o Lula,quer nos transformar em uma republiqueta,tipo Venezuela,com médicos espalhados agindo e manipulando no interior perpetuando o poder com pretexto de atuar na prevençao de saúde.Caso uma proposta absurda como esta seja de alguma forma aprovada,o bolivarianismo infelizmente estará instalado.

fpenin em 09 de maio de 2013

Só para ficar na América do Sul: Chile, Uruguai e principalmente a Argentina, formam bons médicos, sem o viés ideológico que caracteriza a turma cubana. Por que não chamar os nossos vizinhos? Ou melhor ainda: pagar salários dignos e dar CONDIÇÕES dignas de trabalho aos nossos patrícios. Não vão passar: as entidades médicas brasileiras não permitirão que profissionais sem boa formação exerçam a medicina no Brasil. Além disso, a medicina cubana, antes de qualificada, é fruto de propaganda de cunho ideológico. Daqui a pouco, a petralhada vai exigir que estrangeiros, principalmente de Cuba, possam compor as Forças Armadas.É só deixar, que eles tentarão...

Zaratrusta em 09 de maio de 2013

ANTEMAR - 09/05/2013 às 14:09 Interessante sua informação e até justificaria uma atitude humanitária da nossa "governança" na sua proposição da sociedade "Morder essa ISCA". Afinal, nós brasileiros, somos uma excelente população de pessoas de boa-índole e crédula. Entretanto, após 10 anos de convivência com essa caterva, não me parece mais aceitável continuarmos a nos comportar como crianças eternamente crédulas e carentes de um guia, para decidir pelos nossos rumos e destinos, visto que o "legado" de falcatruas, patrulhamento, manipulações, corrupção e ostensivo aparelhamento da máquina do Estado ao estilo dos programas comunistas, com um verdadeiro exército rural nas mãos do MST em parceria com FARCS financiadas por bolivaristas amigos de nossas governanças em nosso cenário rural, podem na realidade indicar que a "leitura" a ser realizada para essa proposta exija que seja feita com a lógica da razão sobre os fatos e não com a do coração. Já lhe passou a hipótese, por exemplo, por puro exercício especulativo, que, mesmo que esses "médicos" sejam efetivamente "médicos" e não terroristas treinados também em medicina, possam estar sendo "importados", não pelas razões sendo divulgadas, mas como também para estruturar uma possível logística de atendimento médico para "revolucionários" (que hoje já dominam vasta área do território do Mato Grosso do Sul como lí em algum lugar recentemente), num "eventual" Plano B de implantação na "marra" de um regime comunista, se utilizando das mesmas técnicas de guerrilha ocorridas no passado? Acho que já passou da hora de começarmos a considerar "quaisquer" hipóteses possíveis, dado o grau de lobotomia-hipnótica-coletiva e visível que se verifica na opinião pública, em relação a fatos altamente relevantes que continuam acontecendo, mas que estão sendo sistematicamente suprimidos da Grande Mídia! Antes de considerar essas hipóteses uma "paranoia" procure se informar mais sobre o que foi colocado. Certamente se surpreenderá ...

cesar em 09 de maio de 2013

Agora se o fazendão é tão bom assim porque estes medicos sairão de lá? Olha, eu vou falar uma coisa: para o PT estar mostrando as unhas assim coisa boa não é. Acho que já conseguiram os meios para fraudar as urnas eletronicas na proxima eleição como fizeram na Venezuela e já não estão nem ai para a opinião publica. Eu se fosse o Joaquim Barbosa deixava eles entrarem com um monte de recurso mesmo, pra deixar pra prender os Ptistas dois meses antes da eleição do ano que vem, só pra F...er o PT mais ainda.

cesar em 09 de maio de 2013

Abram o olho pois na esteira destes virão os Professores Universitarios depois os Engenheiros Civis depois os Arquitetos depois os Agronomos, Administradores, Economistas, Advogados, Psicologos, Enfermeiros, Jornalistas, etc..etc..etc..e tal

ANTEMAR em 09 de maio de 2013

Cuba: situação dramática Dados de 2011 do ONE, o IBGE local, mostram quase 4 mil clínicas fechadas e queda de 10% no número de médicos de Cuba. Daí o interesse em “exportar” 6 mil médicos para o Brasil. Presentes em 70 países, eles geram faturamento US$ 8 bilhões ao ano para a ditadura. 09/05/2013 | 00:00 Médicos explorados O médico cubano Darsi Ferrer, exilado nos EUA desde 2012, após ser preso e torturado por denunciar o precário sistema de saúde em Cuba, disse à coluna que a ditadura paga aos médicos “exportados” 7% do salário conveniado com o país “importador”. Aqui não será diferente. do blog claudio humberto

Teo em 09 de maio de 2013

Ricardo, só uma coisa, eles estão vindo para o Brasil, este Brasil que recebe todos e não tem jeito, faz uma modificação profunda no pensar e agir, conheci um médico que veio para o brasil na década de 90, no início cheio de ideais comunistas, hoje conversando com Ele não quer nem pensar em Fidel e comunismo, acho que será um desserviço ao comunismo Cubano, nestas pequenas cidades terão status e ganharão bom dinheiro. Deixa o Brasil trabalhar na vida deles, a esmagadora maioria daqui a 4 anos estará pensando em como trazer os familiares para cá. Samba, novela, poder beber chope, carne a vontade, celular, games, luz elétrica a vontade, água encanada, internet com todas as informações livres. Estes médicos serão como pintos no lixão, felizes e logo vão esquecer de onde vieram.

Ronaldo Rodrigues em 08 de maio de 2013

O salário do médico de Cuba é bem mais baixo, se comparado com que se ganha na Europa exercendo medicina,creio que o custo é relevante, já a qualidade é inquestionável.

sheila thome em 08 de maio de 2013

Porque não médicos brasileiros!?!

o fantasma de CELSO DANIEL em 08 de maio de 2013

Opo-zzzzzzzzzzzzzzzzzzzzz-ição, acordem!!!!

Zaratrusta em 08 de maio de 2013

É imprescindível que se compreenda AGORA, o que significam no âmbito internacional, declarações aparentemente estapafúrdias com suas aparentes posições ideológicas de representantes do poder mundial em momentos distintos da HISTÓRIA como: . - WINSTON CHURCHILL em artigo publicado no jornal Sunday Herald Ilustrado, datado de 08 de fevereiro de 1920 em que dizia textualmente o seguinte a respeito da consolidação da Revolução Russa de 1917: “Desde os dias do líder dos Illuminati de Weishaupt, aos de Karl Marx, e aos de Trotsky, essa conspiração mundial só tem crescido”… “E agora, finalmente, esta gama de personalidades extraordinárias do submundo das grandes cidades da Europa e América, seguram o povo russo pelos cabelos de suas cabeças e se tornam os mestres indiscutíveis desse enorme império”. . - A declaração de DAVID ROCKEFELLER em 1973 (um dos principais arquitetos e fomentadores da Nova Ordem Mundial), segundo a qual a China já apresentaria um modelo próximo do ideal a ser atingido na implantação da Nova Ordem desde sua consolidação do Comunismo! - “Independentemente de seu preço, a Revolução da China teve um êxito evidente não só na hora de criar uma administração mais eficaz e dedicada, mas também na hora de fomentar uma moral alta e um propósito comum [...] o experimento social efetuado na China sob o mandato do presidente Mao é um dos êxitos mais importantes da história da humanidade.” DAVID ROCKEFELLER (1973) Ou seja...no controle das massas, e com um morticínio calculado em cerca de 65 milhões de chineses... Apontando em síntese que o “modêlo” de Mao “seria um modelo a ser seguido” na obtenção do controle total da sociedade! . - Segundo RICK LACEY, «os planos dos bilderbergers não se limitam ao estabelecimento de uma Nova Ordem Mundial e do controle semi-secreto, entre bastidores, de toda a humanidade. Seus planos incluem o domínio total do planeta, incluída sua atmosfera, oceanos, continentes e todas as criaturas, sejam grandes ou pequenas e já existentes ou por criar». . - SAMUEL BERGER, ex-conselheiro de Segurança Nacional de Bill Clinton, disse recentemente no Instituto Brookings que «a globalização econômica, cultural, tecnológica e política, não é uma escolha. É um fato que já está acontecendo. É uma realidade que avançará inexoravelmente, com ou sem nossa aprovação. É um fato que às vezes ignoramos com o conseguinte perigo para nós». Isso é certo. Como disse uma vez Jim Tucker, «Deus pode ter criado o universo mas, no que diz respeito ao planeta Terra, a mensagem do Clube Bilderberg à Deus é simplesmente esta: "Obrigado, mas a partir de agora nos encarregaremos de nós"». - THOMAS JEFFERSON, um dos pais fundadores da democracia dos Estados Unidos, definia essas aspirações da seguinte maneira: «Certos atos de tirania podem atribuir-se à opinião acidental de um dia; mas toda série de opressões que começaram em um período concreto e que se mantiveram inalteráveis com todos os ministros [presidentes] existentes, demonstram muito claramente que existe um plano sistemático e deliberado para nos reduzir à escravidão.» . Aos CÉTICOS DE PLANTÃO, que conscientemente ou não, acabam por fertilizar o terreno para que essa NOVA ORDEM SE CONSOLIDE, exige-se que se SE INFORMEM ou parem de INDUZIR À CREDULIDADE CEGA seus semelhantes através de sua vaidosa eloquência e proselitismos de “lugar comum” confortáveis em que se encontram, E ADQUIRAM A NECESSÁRIA RESPONSABILIDADE na propagação de suas CONVICÇÕES SE INFORMANDO! Um abraço!

José em 08 de maio de 2013

Precisamos espalhar este vídeo, para lembrar a presidência da república e ministérios, que esqueceram de nos doutrinar para primeiro nos idiotizar, antes de nos dizer que PRETENDEM trazer "médicos" cubanos para suprirem a demanda em nosso país. Creio que devamos espalhar este vídeo, até chegar no CFM e todos os CRMs nacionais, que sabem sobre o objetivo nesta pretensão de trazer "médicos" cubanos para cá, mas que precisam de um apoio populacional para fazermos FIRME OPOSIÇÃO a esta escancarada e covarde tentativa de doutrinação castro-comunista sobre populações mais carentes em vários aspectos, um deles: em informações. https://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=Wip6D6eeCGQ

pierre em 08 de maio de 2013

As zelites petistas ,quando tem uma unha encravada, pega avião, em primeira classe, e vai a São Paulo, no Sírio Libanês se tratar. Tudo pago com cartão corporativo! No Timor Leste, o timorense com unha encravada, ia a pé até a "tenda" do "médico voluntário cubano" onde, ou saía de muletas por extirpação do membro todo, ou saía na horizontal, dentro de um caixão,se houvesse caixão.

Dalberto em 08 de maio de 2013

É mais do que louvável esta contratação,deveria fazer isso em muitas áreas aqui no Brasil, bancos por exemplo que tratam os pequenos correntistas como lixo com suas filas malditas como sempre e outras cositas a mais, se chegar bancos de fora aqui vai ver como muda a coisa, não viram o que aconteceu com as "carroças"..? Não é só meter boca no governo precisa ajudá-lo também, que venham os medicos e nos ajude a mostrar que trabalhar faz bem para saúde, e principamente se a função é cuidar dela..!! Não trabalhar só por dinheiro mas por amor no trabalho tambem é ótimo,deixem o governo trabalhar e parem de sonegar, ai teremos um pouco mais de dinheiro para pagar talvez melhor os nossos medicos, quer dizer aqueles que querem trabalhar é claro, e respeitam o juramento que fizeram de trabalhar onde for necessário indiferente de lugar preferido, essa é minha opinião, acho que este juramento é muito importante, o Brasil é um país maravilhoso e merece muito mais do que só pedradas. Sejam bem vindos medicos cubanos ou de qualquer outro lugar do planeta, a questão aqui é saúde de todos e um atendimento díguino as pessoas, e parem de culpar o governo de tudo,agradeçam a Deus isso sim, quem quiser me criticar que critique, mas na minha opinião nascemos profissionais em qualquer área, apenas nos aperfeçoamos, o dom vem de Deus, não enganem a Deus, se tua função não é essa e nem seu dom, sai fora e deixe quem quiser trabalhar e tem dom para função ir em frente certo...! Um grande abraço a todos,e que venham mais profissionais de todas as áreas, o que é bom tem que ser copiado, joguem o orgulho no inferno, e vamos em frente, que saudade do Sr. Janio Quadros, que éra criticado por trazer modelos de progresso lá de fora, mas enfim os egoístas e invejosos o apedrejavam o tempo todo, esses "pseudos brasileiros genericos" que só pesam neles mesmos, É isso, eu amo meu pais e vou continuar torcendo por ele e pagando 100% de imposto, acredite quem quiser não preciso de muito pra viver só o suficiente, este é o primeiro passo para ajudar sua Pátria não soneguem... Ciao Bellos.

Aldemir Oliveira em 08 de maio de 2013

Existem partidos políticos que tem facilidades para governar. Se mensalao é crime reduzimos o poder do judiciario e pronto. Se falta médicos no país contratamos de Cuba. Sempre as mesmas medidas imediatistas, eleitoreiras???

Zaratrusta em 08 de maio de 2013

Uma análise que não consegue fugir do meu pensamento, sobre esse imbróglio, é o aspecto logístico quantitativo altamente REVELADOR de que não seja um plano com o APARENTE IDEAL sendo divulgado de atender à demanda reprimida efetiva de saúde do país EM NOSSOS 5.564 municípios existentes… . Mas sim uma estratégia altamente eficaz e estudada de infiltração de agentes subversivos altamente treinados que consiga assegurar a transformação do Brasil todo, em uníssono e num só momento, numa CUBA CONTINENTAL através de mais de 6.000 agentes estrategicamente posicionados para que esse “Plano B” de IMPLANTAÇÃO DO COMUNISMO, à semelhança do que ocorreu na Rússia e na China, após o necessário período de INCUBAÇÃO de agentes espalhados por todo os país, conseguiam implantar radicalmente seus regimes. . Os agentes serão distribuídos proporcionalmente à densidade populacional dos municípios, de forma a garantir a subversão total de todos eles simultaneamente, no momento oportuno, de forma que nem mesmo as forças armadas espalhadas pelo país consiga conter o levante! . Meus caros bloguistas comentaristas, em vista desse cenário ameaçador REAL, é IMPOSSÍVEL CONTINUAR CONTEMPORIZANDO COM ESSA CORJA que usa nossos impostos com a firme proposta de nos ESCRAVIZAR A TODOS através de um golpe VISIVELMENTE EM CURSO! . Não existe mais OPOSIÇÃO no país porque esta está ciente que o PROCESSO ESTÁ AVANÇADO e a EXTENSÃO da infiltração está se alastrando e o fantasma que foi colado à imagem do Regime Militar, é o único que está recalcado no subconsciente da população, de tal forma que OS MAIS ESCLARECIDOS SE SETEM IMPEDIDOS DE AVENTAR A HIPÓTESE dos Militares serem convocados novamente para a restauração da moral e de um governo decente como ocorreu em 1964! . ESSA é DEFINITIVAMENTE A LÓGICA GRITANTE DOS MOVIMENTOS QUE ESTÃO EM CURSO! . Esses movimentos não estão ocorrendo nesse exato momento “POR ACASO”! São a nítida resposta dessa quadrilha articulada (com as forças externas, sejam as logísticas Cubanas, como as do poder econômico internacional no curso de seu processo de impor uma Nova Ordem Mundial), às condenações dos caciques do MENSALÃO, e das condições econômicas que já estarem apresentando as consequências da CUBANIZAÇÃO clientelista e insustentável de nossa economia! ESSE É O CENÁRIO REAL, E ESSA É A “LEITURA”QUE PRECISA SER FEITA E COMPREENDIDA PELAS PESSOAS DE BEM E ESCLARECIDAS DO CENÁRIO EM QUE ESTAMOS! . Nossa sorte, (se assim pode se chamar), é o fato que o “ponto mais sensível” de credibilidade e sustentação dessa farsa de “governança” instalada começou a ser questionada simultaneamente por toda a população e pelo país todo, devido à “possibilidade” de terem de “mexer no bolso” do clientelismo “bolsista”, reduzindo-lhes a mordomia devido à falta de recursos pela redução drástica de crescimento do PIB verificada nos últimos 2 anos e sem perspectivas de reversão devido aos investimentos que poderiam fazer a economia crescer, estarem sendo desviados para o clientelismo bolsista consumista (um poço sem fundo)! . Esses fatos ESTÃO PRECIPITANDO claramente o curso dos acontecimentos que estamos assistindo, devido ameaçarem a permanência dessa CATERVA no poder até o momento em que conseguissem as condições para garantir sua perpetuação por terem atingido o a totalidade do APARELHAMENTO de todos os 4 poderes! . Por favor, SE LIGUEM NOS FATOS por trás das aparências sendo divulgadas! Esses é que são relevantes para a sobrevivência da REAL DEMOCRACIA, caso sejam ainda compreendidos A TEMPO, e que as Forças Armadas continuam sendo a nossa única possibilidade de reversão se forem acionadas a tempo através e unicamente DO APOIO POPULAR (espontâneo ou não!) . NÃOA SE ILUDAM! Todas as IRRACIONAIS políticas públicas e novas legislações que nos foram sendo impostas "goela abaixo" nessa última década, foram METICULOSAMENTE PLANEJADAS para criar as condições e, que nos encontramos, seja no ENSINO, na EDUCAÇÃO, na SAÚDE, na SEGURANÇA, ou nos DIREITOS CIVIS! Parem definitivamente de "ACHAR" que seja "coincidência"! COINCIDÊNCIAS NÃO EXISTEM NESTE CENÁRIO! São estratégias amplamente articuladas onde uma pequena minoria economicamente poderosa promove subversivamente a dissociação do tecido social se utilizando de agentes (que compõem a organização "Internacional Socialista"), para a conquista das riquezas de sociedades injustas (como a nossa!) DE ASSALTO através da utilização de uma metodologia de manipulação informativa por meios midiáticos que LITERALMENTE HIPNOTIZA as populações ATUALMENTE! . JÁ PASSOU MUITO DA HORA DE COMEÇARMOS A NOS MEXER MINHA GENTE! SE A RESPOSTA A ESSE ESTADO DE COISAS NÃO COMEÇAR A SER MOBILIZADA AGORA, NÃO RESTARÁ TEMPO DEPOIS QUE AS FORÇAS SOCIAIS COMEÇAREM A SE MOVIMENTAR! ANTENEM-SE! . Confirmem o que estou alertando aqui assistindo ao DOCUMENTÁRIO TODO disponível no YouTube com o título "THRIVE" (Prosperar), para conseguirem entender com que FORÇAS ESTAMOS LIDANDO! . "A INFORMAÇÃO É A ÚNICA COISA QUE O CÉREBRO, NUNCA SE CANSA, NUNCA SE ARREPENDE E NUNCA TEM MÊDO! (Leonardo da Vinci)

joao vitor em 08 de maio de 2013

tinha q vim esses medicos para trata na cadia os mensaloes

mauro muniz peralta em 08 de maio de 2013

com o dinheiro que vão gastar trazendo profissionais que não falam portugues, que muitos vão fugir pedindo asilo político em nosso pais e migrar para os grandes centros, bastava ao "governo" dos"companheiros" aumentar o salario dos medicos, instituir um plano de carreira do SUS, melhorar as condições de atendimento que conseguiria quantos profissionais fossem necessários. Eta governo do PT.

Corinthians em 08 de maio de 2013

Luiz Pereira - 07/05/2013 às 22:35 Grande Luiz, obrigado pela sua colocação. Pior que vejo a argumentação de que os médicos cubanos vão resolver tudo por que não visam o lucro, ao contrário das empresas malvadas, e que hospitais pagos estão com falta de médicos. Fico imaginando que, apesar da notícia, eles não vão vir trabalhar para o SUS, e sim para hospitais pagos - ou ainda criar planos de saúde grátis - sem receber salários nem nada - somente pela boa vontade, essa qualidade inerente somente à genética ou cultura cubana. Isso para não desmontar a tal falácia sobre a qualidade da medicina cubana, que nem equipamentos para exames de imagem possui. A argumentação é tão chula para justificar o acordo somente com Cuba que realmente chego a me sentir muito mal de ser brasileiro. A que ponto chegamos. Por isso refaço a pergunta: Cadê a porcaria da nossa oposição que deveria estar aos berros em todos os noticiários agora, diante e tal calamidade ?

Caio Gabriel em 08 de maio de 2013

Um texto para lá, para alhures; mas para no aqui do cá em que transita; sem perspectiva, mas eo ipso na perspectiva egípcia - ou egipicista -, nem à maneira de Maomé nem à de um racionalista (e isto poderia ser um longamente belo título desconfiado da Obra, do Opus). Eu tenho medo de entrar em consultório médico (ainda mais da chamada medicina tradicional - e "tradicional", que belo nome! Caberia "familiar", "dos-bons-costumes" etc.). Não fico em desvantagem, por uma leitura bem econômica, todavia, em relação a você: leio marcas do medo no seu discurso. Este, seria (muito mais típico, poderemos ver) não da tradição; é o do porvir. Ninguém se sente seguro na medicina tradicional; seria tão "da tradição" assim, portanto? Criticam, alguns menos perspicazes leitores querendo convencer os menos ainda, a vinda de cubanos alegando que é questão ideológica um pathos provocador da "volição lácio-laico-cuba"; "ora porra" -como diria a Vênus de Bernardo Guimarães ao deparar a crica sangrante provocadora dos mênstruos tantos -, que seja, pois. Há verificavelmente atuação acordante com uma ideologia, com um arranjo econômico, por parte da "medicina tradicional" - e talvez o acordo com um capitalismo oficialmente voltado à finitude mortal, confortada com o consumo, na limitação vital (onde estão os egípcios em horas como essas? Onde estaria Moisés, o Outro egípcio freudiano?), talvez essa concordância com as práxis e exigências capitalistas que criem o tal medo, que descreditem sua reclamada tradicionalidade. A postura ideológica pode sim (chamem os empiristas? Até eles poderiam ver e ver até o materialismo em sua empiria?), ela pode afetar o percurso de uma ciência (e, talvez dando outros nomes, Thomas Kuhn, possivelmente o maior filósofo da história da ciência, da ciência, concordaria com isso). Quais outras possibilidades? Aqui, no campo da linguagem, da comunicação, das mídias (dos tranportes) ninguém perde; é outra a "economia das trocas linguísticas" (para usar expressão de Bordieu) - e, nela, quem dá não cede, não debita para creditar, mas só são possíveis somas. Medo de importar intelectualidade não parece o pathos, mas o pharmacos dos que se opõem sem rigor à entrada cubana, e pharmacos devem, como édipo, acabar vagando cegamente pelos desertos. O nome do pharmacos é fraqueza intelectual; os gregos já sabiam que, ele sendo eliminado, os males de toda comunidade vão pro brejo, ou pro deserto. Por isso, não tenham medo de falar nem com nazistas - é o que recomendaria a um bucadinho de gente. Aproveito para lembrar que a USP tem em suas bases importações de (missions de) intelectualidade. E não me venham falar de razão, que no campo da comucação, o lógos só se sustenta levando-nos a um Hegel cheio de necessidades anti-africanas para se ver refletido no (espelho-espelho-meu) da sua História da Razão, ou de sua Razão como História, de sua História da Razão (citando um seu anti-africano livro), mas não só da sua Razão (dele, singular Hegel), mas dessa mesma de que falam inevitavelmente quando colocam algo sobre "razão". Santa burrice, ou melhor, a burrique que vá pras cabeças putas da razão - outra prostituta (Eric Netto) - que as pariram todas cheias de logocentrismo, de sopros vivos em palavras mortas. Tirando as virgulas reboliçadas pela pressa de não perder muito tempo com esta porra, tenho dito (eu? Quem? Talvez algum lugar lógico, racional, ontológico te responda; eu só queria arranjar justificativas para continuar mentindo - sempre o faria? - para vocês, gostosos leitores).

Denise em 08 de maio de 2013

Hoje levei minha mãe de 84 anos ao pronto socorro do IPSEMG ( hospital dos servidores públicos de Minas Gerais) e só tinha UM CLÍNICO para atender mais de 40 pessoas. Este hospital é PAGO. Os servidores pagam todo mês para ter direito ao atendimento do IPSEMGE. A mãe de uma mulher morreu enquanto eu estava lá. Ela teve um ataque cardíaco e não tinha médico no momento para atendê-la. A mulher chamou uma enfermeira que disse que não era ataque cardíaco. Uma hora depois a mulher morreu. Pois bem. Minha mãe com principio de demência teve que esperar 3 horas para ser atendida pelo neurologista, que ninguém sabia onde estava. Só tinha UM NEUROLOGISTA no gigantesco hospital e tinham que chamá-lo pelo rádio, bip, ou sei lá o que mais, para que ele viesse atender minha mãe. PERGUNTO: _ Onde estão os médicos do Brasil? Com certeza a contratação dos 6 mil médicos cubanos vai melhorar bastante a situação da saúde no Brasil. Acho que deveriam contratar uns 100 mil, pois a falta de médicos está um escândalo por aqui.

Sandra Morais em 08 de maio de 2013

Caros Colegas, Porque médicos cubanos?? pq não aproveitar brasileiros que concluiram seus cursos na argentina , espanha , cuba , bolivia e que já trabalham em paises com fronteira com o brasil. Se sacrificaram fora pq o ensino além de ser melhor e mais acessivel finaceiramente devido a moeda ser peso e o peso e bem inferior a nossa moeda. Conheço a qualidade desses cursos fora do brasil e te digo ser de execelente qualidade, melhor até que estas faculdades pagou passou que temos aqui no brasil. Sem falar da necessidade grintante de profissionais médicos no SUS,isto sim seria um aforma justa de atender as diversas nessecidades ( brasileiro formados fora e usuarios doSUS.

Baumann em 07 de maio de 2013

São Paulo tem população de 45.000.000 e aproximadamente 100.000 médicos. Cuba tem população de 12.000.000 e mandou 40.000 médicos à Venezuela e vai mandar mais 6.000 ao Brasil. São Paulo poderia se dar ao luxo de dispensar 46.000 médicos? Que milagre de multiplicação de médicos é este que Cuba consegue realizar?

Luiz Pereira em 07 de maio de 2013

Corinthians, maré mansa? Muito bem colocados, como sempre, os seus pontos de vista. abs

Sandra Morais em 07 de maio de 2013

Caros Colegas, Porque médicos cubanos?? pq não aproveitar brasileiros que concluiram seus cursos na argentina , espnaha , cuba , bolivia e que já trabalham em paises com fronteira com o brasil. Conheço a qualidade desses cursos fora do brasil e te digo ser de execelente qualidade, melhor até que estas faculdades pagou passou que temos aqui no brasil. Sem falar da necessidade grintante de profissionais médicos no SUS,isto sim seria um aforma justa de atender as diversas nessecidades ( brasileiro formados fora e ususarios doSUS.

Gustavo em 07 de maio de 2013

Medicina Cubana realmente foi avançada, ha uns 40 anos! Como que vcs acham que um pais sem dinheiro, com acesso restrito a internet, com carros dos anos 60 vão desenvolver tecnologias de ponta.... Isso é, no mínimo, ingenuidade. Quanto a prova que atualmente é aplicada ela é ridiculamente básica, cobra conceitos que qualquer medico com formação mediana deve saber e tem um grau de dificuldade mt inferior a qualquer concurso nacional de residencia medica. A prova disso é que a grande maioria dos que revalida o diploma por meio de prova não consegue nem ir para a segunda fase de um concurso de residencia medica. Outro ponto é que medicina é algo regionalizado, as doenças que se tem em Cuba são diferentes das que se tem no Brasil ou na África ou nos EUA, é uma epidemiologia diferente, é um perfil de paciente diferente, a legislação em saude é outra!

Passofundense em 07 de maio de 2013

Eles não vêm com a missão de curar, apenas divulgar as belezas do ditadura Castrista. Pobre Brasil nas mãos comunistas!

André em 07 de maio de 2013

Acho que a pergunta correta seria: porque trazer médicos de fora? Porque suspender a avaliação para reconhecimento do diploma médico? Usar da falta de médicos no país não é o real motivo, pois temos muitos médicos, mas mal distribuídos... Muito pela falta de um plano nacional de carreira, pela falta de condições de trabalho e principalmente pela falta de vontade política de investimento em Saúde.

Claudia em 07 de maio de 2013

Já pedi incontáveis vezes aos amigos leitores que não escrevam comentários só em maiúsculas. Veja as regras para publicação de comentários no blog neste link, por favor: http://goo.gl/u3JHm

Zaratrusta em 07 de maio de 2013

Meus caros amigos comentaristas nesse blog, SE LIGUEM! . Vocês realmente ACREDITAM MESMO que 6.000 "Médicos" é que virão de CUBA????? Será que só eu estou "viajando na maionese", ou todos continuam acreditando em Saci Pererê, Papai Noel e Branca de Neve"? . Meus caros, ESSA É A MANOBRA MAIS EVIDENTE DE QUE ESTÃO ARMANDO UMA ESTRATÉGIA PARA IMPLANTAÇÃO DO COMUNISMO NO BRASIL! CARACA! . Será que não dá para ligarem nem um pouquinho o desconfiômetro sobre a rasteira que estão preparando em nossas "Instituições Democráticas" NÃO? . Meu Deus! As EVIDÊNCIAS GRITAM e o pessoal continua discutindo o "sexo de cada sereia" que colocam na mídia, sem ENXERGAR ABSOLUTAMENTR NADA DO QUE ESTÁ DE FATO SE PASSANDO "NO MUNDO REAL"!!! . ACOOOOORDDDDEEEEEMMMMMMMMMMMM! Antes que seja tarde demais! Aí tem dedo do zé, do gege, do lulu, de Washington, enfim,... de TODO MUNDO! . O que entrarão e terão "passe livre" são 6.000 terroristas cubanos para implantar o COMUNISMO ASSASSINO!

Antônio Carlos em 07 de maio de 2013

O Brasil chegou esse ano ao número de 2 médicos a cada mil habitantes. O Rio de Janeiro já tem 3,6 e o DF 4,02. Olha que já estive nos dois estados e nunca vi uma Medicina pública com a qualidade americana e muito menos europeia por lá.

JOSÉ FELICIANO em 07 de maio de 2013

Vejam bem, o canadá, tem 1,8 médicos para cada 1.000 habitantes, o brasil 1,75 médicos para cada habitante, enquanto se fala em melhoria da qualidade dos profissionais médicos, com provas de validação, etc., com facilidade para acesso a residência médica, etc. o governo vem com mais um plano mirabolante de PANIS ET CIRCUM, com a importação de vários colegas médicos escravos cubanos, "ESCRAVOS?", SIM, pois do que eles irão receber aqui no Brasil, esse dinheiro irá para o governo cubano, e uma esmola será passado para eles, por isso quando os atletas cubanos saem para eventos sempre alguém deserta, PARA OS PSEUDOS CUMUNISTAS, HOJE SOCIALISTAS, DO PT(COMUNISTAS DO MENSALÃO), TRABALHAR FORÇADO(POIS SE NÃO IRÃO PRESOS, ATÉ MESMO SE FALAR), E NÃO RECEBER POR ISSO, É TRABALHO ESCRAVO(OU ANÁLOGOS), além disso subverte uma lei, que certo, ou errado a lei é para todos, que diz que todos, ou quase todos os diplomas devem ser validados, NÃO DIGO QUE OS COLEGAS NÃO TENHAM CONHECIMENTO, AO CONTRÁRIO CUBA TEM UMA MEDICINA BASTANTE AVANÇADA, bem como a china, mas nem por isso passamos testiculos de cachorro, cobra e outras coisas que são usadas pela medicina oriental, não que isso não tenha validade, vejam o exemplo da acunpultura. Entretanto, quando se condena sem estudos adequados a 'vacina do sapo", um conhecimento milenar dos nossos indios, e compramos conhecimentos desenvolvidos apartir de outras culturas, É MUITO INTERESSANTE DIZER QUE ESTAMOS DESENVOLVENDO, QUANDO NA REALIDADE TUDO NÃO PASSA DE FANTASIA, COM ALTERA'[CÃO E MAQUIAGEM DE NÚMEROS, redução de índices. Os médicos não se fixam no interior,ou nos estados norte e nordeste, devido as condições profissionais, que são proposta a eles, bem como condições de trabalho, OU ALGUM PTista, ou aliado, vai dizer que com a importação dos médicos cubanos, situações como a que aconteceu no meu estado RN, com falta de fio cirurgico, será resolvido, FALTA DE LEITOS EM UTI?, EQUIPAMENTOS QUEBRADOS, SUCATEADOS SEM CONSERTO?, EQUIPAMENTOS COMPRADOS E NÃO INSTALADOS?, médico cubano resolve????????, talvez politico cubano resolva.Além do mais quem disse que os colegas cubanos chegando ao Brasil serão obrigados a ficar nestas condições???, certamente como o espirito do ser humano e de resistir, e a própria lei de seleção natural, logo ele encontraram uma forma de fugir desta armadilha, por que MÉDICO, que ama ser médico, certamente não trabalhar feliz por muito tempo nas condições do serviço público na maior parte do Brasil.

Gilberto Marotta em 07 de maio de 2013

"Estarei paranoico se julgar que Cuba tem outros interesses — interesses políticos, ideológicos, doutrinários, estratégicos — ao enviar esse exército de profissionais para cá?" Está, sim. E sua paranoia está atrasada pelo menos uns 20 anos, pois a Guerra fria acabou faz tempo, comunista não come criancinha, na 2ª (por enquanto) maior economia do mundo metade das empresas são estatais e o governo é exercido por um partido único comunista, socialismo não é comunismo e os socialistas que bradam por cá já deixaram mais do que claro que querem o poder pela via eleitoral, e só. Quanto a Cuba, é muito simples: tem oferta abundante e da melhor qualidade, é um país irmão e está sofrendo graves e desumanas sanções dos EUA há tempos, levando o povo à miséria (a propósito, essa última afirmação não é minha, é de TODOS os países da ONU menos EUA, Israel e umas duas ou três republiquetas de aluguel, e não é de hoje, tem anos e anos).

Ismael Façanha em 07 de maio de 2013

A medicina cubana é atrasada, vide caso do H.Chávez; junto com os tais médicos cubanos virão também os modernos aparelhos, tomógrafos, etc, que inexistem no interior dos estados brasileiros, inclusive os da região sul? Esses infelizes do planalto são pródigos em factóides de cores ideológicas, pífios, ineptos.

LC em 07 de maio de 2013

Claro que esses médicos cubanos trabalharão ideologicamente suas comunidades doutrinando-as a favor do pensamento marxista ( na melhor hipótese )ou partindo para organizar movimentos de luta com ações práticas ( hipótese pior e bem possível ). Mas quem hj no Brasil impede o PT de pragmaticamente impor seu projeto de poder? Afif Domingos por ex? Parece que todos estão no governo do PT.

luiz em 07 de maio de 2013

Primeiro os médicos, logo eles passarão a contratar militares cubanos, alegando muita criminalidade no país. E estes militares formarão uma milícia petista. Não duvidem disso. PT, PARTIDO DA ÉTICA E DA MORAL. FORA LULA, FORA DILMA, FORA PT.

O ANTIPETRALHA em 07 de maio de 2013

Isto é trabalho escravo e os petralhas passaram de todos os limites éticos. Qual será a condição de trabalho desses médicos? Receberão seu salário em conta bancária própria no Brasil, ou o dinheiro público será enviado à tirania cubana? Nunca imaginei que tivesse de recorrer a esta lei brasileira, mas ela é clara e foi recepcionada pela Constituição Federal: "LEI Nº 3.353, DE 13 DE MAIO DE 1888. Declara extinta a escravidão no Brasil. A Princesa Imperial Regente, em nome de Sua Majestade o Imperador, o Senhor D. Pedro II, faz saber a todos os súditos do Império que a Assembléia Geral decretou e ela sancionou a lei seguinte: Art. 1°: É declarada extincta desde a data desta lei a escravidão no Brazil" O ANTIPETRALHA

joel pinheiro em 07 de maio de 2013

Nada contra cubanos, iranianos, venezuelanos ou raios que os partam, mas importar médicos cubanos, exclusivamente, é o fim da picada. Aqui na Bahia, em Itabuna, a direção de um hospital estadual já foi entregue a um médico cubano. O governo é petista. Logo...

Cristaldo-SP em 07 de maio de 2013

Médicos cubanos estiveram trabalhando na cidade de Angatuba(SP), e segundo informações que tenho, a experiência não foi bem sucedida. Seria importante ouvir o que a população de lá tem a dizer.

Luiz C. em 07 de maio de 2013

Os médicos cubanos são ótimos, segundo o Hugo Chavez...

Nena em 07 de maio de 2013

Mais uma medida para promover a mediocridade no Brasil. Não foram os médicos cubanos aqueles que foram reprovados pelo REVALIDA? Esses senhores instalados em áreas carentes vão ser mesmo é doutrinadores. Traduzindo: vão angariar votos para os demagogos de plantão. Na última eleição na Venezuela ouvi o depoimento(pela tv) de uma funcionária que dizia estar votando na oposição porque não aguentava mais conviver com a massa cubana instalada em todos os postos de trabalho.

Leonardo em 07 de maio de 2013

E a M&$#@ da oposição no Brasil não vai fazer nada???

João Cândido em 07 de maio de 2013

O Conselho Federal de Medicina vai permitir estes médicos atuarem sem uma prova de conhecimento específico? Não é uma obrigação? E depois, se vierem, resolverem desertar? E vai acontecer isto pois qdo tomarem conhecimento como é a vida no mundo capitalista e como era a m..... de suas vidas, vão querer cair fora, os petralhas irão devolve- los como fizeram com os pugilistas? E é pura conversa fiada esta da competência deles pois Cuba não tem dinheiro para ensiná-los nada afora que o índice de morte por câncer em Cuba é muito maior que na Venezuela e foi por isso que o boçal bolivariano morreu.

ALFr em 07 de maio de 2013

Isso é uma *PIADA*! O país não tem déficit de médicos, tem sim uma *distribuição desigual* entre os grandes centros e o interior. E isso é *culpa do próprio Governo*. A carreira de médico de Estado é inexistente; os incentivos para fixar estes profissionais no interior também. E incentivo não é só financeiro, tem q ter *estrutura* digna de trabalho, caso contrário, vira um médico-faz-de-conta q não consegue tratar ninguém e pratica a "ambulancioterapia", simplesmente transferindo os pacientes para os grandes centros. Essa convocação de médicos cubanos faz parte dos *conchavos político-ideológicos PeTistas*, assim como ocorre na República Bolivariana (!?!? LOL) da Venezuela. Nem discuto a qualificação,ou não, destes profissionais; mas a real necessidade desta importação de mão de obra. O contrário é difícil de imaginar, certo? Qualquer outro profissional brasileiro (médico ou não) é tratado com imensas barreiras de acesso em outros países. 

Tadashi Fotógrafo em 07 de maio de 2013

Na minha opinião os médicos estrangeiros podem atuar no Brasil sob 2 condições: 1) Aprendam português. 2) Se aprovados na avaliação do Conselho Federal de Medicina passem por uma reciclagem para atuar no Brasil.

JOSÉ EDILSON DA SILVA em 07 de maio de 2013

creio q nos, brasileiros já temos nossa personalidade formada, por isso acho que cubano nenhum ira muda, pois infelizmente, os medicos brasileiro só querem trabalha nos grandes centros urbanos, e nas clinicas particulares, por isso sou a favor desta vinda desses medicos.

Camilo Castro em 07 de maio de 2013

Duvido que médicos espanhóis queiram fazer o trabalho "sujo". Eu particularmente gostaria muito de ver não 6.000 médicos mas 20.000 médicos cubanos, espanhóis, canadenses etc. no SUS Brasileiro. Assim acabaria a orgia de abusos dos planos de saúde e dos profissionais que visam so o lucro. Por falta de um SUS digno uma consulta medica de baixa qualidade custa metade de um salario mínimo brasileiro. Acho que a grande maioria que comenta aqui não viu um filho ou parente morrer por falta de atendimento. Eu pergunto: Alguem acha que as pessoas que estão sofrendo abandono ou abuso de empresas que lucram, e muito com a saúde no Brasil, se importariam com que o medico que salve a vida do filho fosse cubano?

Salomão Carvalho em 07 de maio de 2013

Só se for para trabalhar de açougueiros nos frigoríficos!

ByeByeBrasil em 07 de maio de 2013

Caro Ricardo Por qual motivo meu comentario nao passou? NAo e' reclamacao, e' so' para saber onde e o que escrevi que estaria fora das normas. Obrigado. Caro ByeByeBrasil, demorou, mas já foram todas aprovadas. Abraços.

roberto matias em 07 de maio de 2013

É evidente que os cubanos mandarão para cá não apenas 6.000 médicos, mas 6.000 militantes. E onda anda a oposição que não diz nada? O conselho Federal de Medicina também vai ficar caladinho?

Mario Arone em 07 de maio de 2013

Concordo plenamente, poderia abrir também para os italianos. Ontem conversando com uma amiga italiana, o índice de suicídio aumenta drasticamente por lá, acredito que fronteiras não podem existir em épocas como essa, apesar da conhecida xenofobia europeia, devemos ser de fato humanos e ter humanidade com o próximo.

Ronaldo Barra em 07 de maio de 2013

Os "médicos cubanos" são agentes de saúde disfarçados de médicos com o objetivo de passar cartilha marxista para a população indefesa. Além de não curar doença nenhuma vão tentar fazer lavagem cerebral para que a canalha do PT fique no poder. Ricardo Setti, Reinaldo Azevedo e Augusto Nunes não vamos dar trégua a estes bandidos. A mulher tá ficando doida, pois desconfia que não está agradando. Vai tentar levar na força. Vai ter resposta!

Izabella em 07 de maio de 2013

No rumo que a coisa já tomou, onde qualquer mentira deslavada vira argumento, daqui a pouco serão importados cubanos para dar aulas de português.

Cavalcanti em 07 de maio de 2013

Na Venezuela, isso é análogo à escravidão. O governo de Cuba envia seus cidadãos formados em medicina e recebe uma grana imensa do governo da Venezuela. Quero ver como é que o governo brasileiro controlado pelo pt vai remunerar os médicos de Cuba, no bolso deles ou do governo de lá? Se for este último caso, fica análogo. Abs, Cti.

Tuco em 07 de maio de 2013

. Seis mil? Será que Cuba formou tantos médicos nestes 50 anos de "revolución"? Vou buscar informações no site "medico.cu"! .

weliton em 07 de maio de 2013

É gente é brincadeira isso porque só cubanos?

Markito-PI em 07 de maio de 2013

Ha uma boa chance, meu caro Setti de grande parte desses 6 mil médicos acharem isso sua redenção. Conseguir fugir do Paraiso para ter um mínimo de liberdade no Brasil. Ao experimentar a sensação, duvido que algum dia queiram voltar.Dá para imaginar a cara desses médicos ao entrar num supermercado, ainda que pequenos, lá pelos confins? Um ponto a refletir é que não haverá petistas suficientes para "vigiar" os doutores, e , ainda que o fizessem, uma propininha de 30"real" calaria sua boca. O adicionalmais interessante é que Tarso Genro , o onanista, não é mais ministro da injustiça, e não poderá prende-los e manda-los de volta, como fez com 2 boxeadores. Há, pois uma esperança.

garcia em 07 de maio de 2013

Acertou em cheio. Vão trazer médicos(?), com lavagem cerebral, para impor àqueles menos favorecidos, a política destruidora da democracia frágil brasileira. Não será imposição do governo paralelo do lulla?

Blog and Roll em 07 de maio de 2013

E assim vai se cumprindo mais uma "profecia" de Olavo de Carvalho. Azar de quem não o quis ouvir, pois ele, sempre mil anos-luz à frente, já está morando há tempos nos EUA.

romulo em 07 de maio de 2013

Lembrando, que obviamente, os senhores políticos de Brasília quando quiserem tratar de unha encravada , entram em um avão ofcial , com destino a algum hospital de ' grife' de São Paulo

Sergio Carneiro em 07 de maio de 2013

Queria acreditar que o Governo pretende com essa "importação" do medicos cubanos apenas ajudar a população mais carente. Queria acreditar.

Republicano em 07 de maio de 2013

Quem pensa que sao essa quadrilha que esta no poder? Querem impor a vinda de 6000 cubanos para nossso territorio. Isso nao pode acontecer. Temos que fazer movimento nacional de protesto. Ir a Justica a quem for de direito para nao deixar que isso ocorra. Precisa o Brasil de ajuda de uma ilha prisao que nao produz nada, nem profissionais em nenhuma aerea, com escecao prostitutas. Isso e doutrinacao a ser posta em andamento com os farrapos humanos que sao os cubanos. Cubanos nao os queremos em solo brasileiro. Nao admitiremos seu ingresso em nossa Patria. Havera problemas. Vamos n os unir e iniciar um movimento.

Corinthians em 07 de maio de 2013

Setti, Você não está errado. Ë isso e até mais. É mais um dos golpes de estado praticados pelo PT. Essa declaração do Patriota é patética pelo simples fato de não se sustentar. Quisesse o Brasil resolver seu déficit de profissionais de medicina realmente, faria o que qualquer país ou empresa minimamente sérios fariam. Abririam as vagas para profissionais de outros países INDEPENDENTEMENTE de sua origem. Simples assim. Bastaria que as vagas fossem abertas com requerimentos bem definidos, como por exemplo: 1) Disponibilidade para trabalhar na área de xxxxxxx por 3 anos 2) Passar no exame revalida 3) Experiência em pediatria de 1 ano 4) Falar Português intermediário (que realmente já é mais do que nossos governantes conseguem). Com isso, não interessa se é chinês, cubano, americano, inglês, javanês. O governo fornecendo infra-estrutura, pagando bem e definindo isso com certeza vai suprir o déficit rapidamente. Agora quando vemos isso (pior - a vergonha parte de uma pessoa que tem o nome "Patriota") é para chorar. É ver não a venezuelização, o bolivarianismo. É ver a "banalização" do país, a "estupidificação" dos nossos governantes e a "idiotização" da população. Cadê a oposição de ***** deste país que não reage ? Ainda preocupados com projetos contra reeleição ?

CLAUDIUS em 07 de maio de 2013

A GovernANTA fica encabeçando as doutrinas petistas. E doutrinas prescidem de prova científica. Daí os méeicos cubanos. Nem precisam saber medicina. Só vão doutrinar mesmo. Os pacientes que se danem com suas moléstias.

maria luiza guião bastos em 07 de maio de 2013

Caro Setti, num jornal televisivo de segunda-feira foi entrevistado um brasileiro que fez Medicina em Cuba. Prestei atenção redobrada e ele disse, vejamos, ele disse....... bom o que ele disse estava visivelmente........ entre aspas! deu para perceber claramente! O discurso estava prontíssimo! Só me é possível postar este comentário pois os abaixo já esclareceram muito! Saudações!

CLAUDIUS em 07 de maio de 2013

" Há um excelente intercambio de idéias", disse o cubano. Entendi tudinho: bolívar de hospício!

CLAUDIUS em 07 de maio de 2013

A medicina praticada no Brasil é de ponta. Igual a dos países mais desenvolvidos. A de Cuba é de ponta, más de baioneta. Já são conhecidos da comunidade médica. -Péssimos profissionais. No interior se oferece até bons salários. Más não há infraestrutura nosocomial. O facultativo não tem como atender os pacientes. Cidades há que sequer têm um aparelho de Raios X. Muitos bons médicos já tentaram e viram a dificuladde em se praticar a medicina nos " grotões".E quando os cubanos se juntarem aos cotistas aí que será uma mortandade!

Felipe em 07 de maio de 2013

Eu acho que se há lugares onde os médicos não querem ir e que precisam de médicos, o governo estaria certo em trazer gente de fora sim, mas como foi dito, pq só de Cuba? Poderiam ser de qualquer lugar desde que comprovassem de alguma forma que estão capacitados para tal.

Bruno Sampaio em 07 de maio de 2013

Aí tem! POrque não médicos espanhóis? Estão em crise, alto desemprego e falam... espanhol, como os Cubanos! Se bem que essa pode ser mais uma idéia brilhante que pode ter o efeito contrário ao planejado, como no desastrado dossiê falso contra Yoani Sanches. Vai que os cubanos chegam aqui falando para quem quiser ouvir tudo de ruim que o regime de Fidel tem a oferecer?

Evandro em 07 de maio de 2013

“Os PTistas querem trazer de volta para o Brasil os filiados políticos dessa quadrilha chamada PT que ganharam bolsa para estudar em Cuba, em 2006. Façam as contas… alguns já se formaram. E mais, foram burros o suficiente para não passar no Revalida e agora serão automaticamente aceitos. Leia: ” ter no mínimo 2 (dois) anos de filiação partidária e apresentar carta de recomendação de instância partidária” http://www.ptsul.com.br/?doc&mostra&14665

Jonathas em 07 de maio de 2013

Se a idéia for trazer médicos exclusivamente de Cuba, é evidente que esse contigente de profissionais também atuará como milícia privilegiada (intelectualmente) do ideário petista-comunista. Infelizmente, a cada dia que passa, o PT vem se encorjando a implementar seus projetos adormecidos, ideológicos, aqueles que as pessoas temiam no passado. Enquanto o PT eleitoreiro domestica os diversos brasileiros, o PT guerrilheiro ataca com os seus planos estruturantes, profundos e fulminadores das liberdades. Artificialmente, mudar a cultura de um país, é roubar-lhe a identidade. O próximo passo é a opressão. Não é ficção, é realidade, esse processo ainda está no início. Podemos revertê-lo? Sim.

Marcia Fernandes em 07 de maio de 2013

Este é o unico pais do mundo que desvaloriza seus cérebros em prol de outros.não é pq o Brasil precise e sim pq o médico cubano custa barato por despreparado e desatualizado. Vao fazer aqui como em Venezuela que ameaçam os médicos que eram contra ao Chávez de serem substituindos por médicos cubanos sem terem sequer título de estudos homologados .Conheci muitos imigrados em Espanha por isso.Agora querem fazer o mesmo com os nossos.Espero que o Conselho Federal de Medicina nao permita isto!

ByeByeBrasil em 07 de maio de 2013

Dou meu fiofo', so' falando assim, se eles forem todos para o interior mesmo. La' onde os ventos nem curvas fazem mais. La' no caixa arrebite, que fica alem do caixa-prego eles ficarao ate' receberem seus documentos. Depois irao desaparecer do mapa sem sair dos limites brasileiros. La' pelos anos 80 e fumaca, ou nas centelhas dos anos 90, o J.R. Silveira levou para um sei-la'-o-que em Niteroi trocentos cubanos e transformou o saudoso Novotel em Niteroi em uma FAVELONA, tinha de tudo pendurado nas janelas e varandas do agonizante projeto, de meias e calcinhas a cuecas e sutians para carregar melancias. Passavam as noites e madrugadas em um referendado congresso alcoolico pelos treileres do Gragoata'. Enchendo a lata com nosso dinheiro. Na hora do "partam" 30% deles nao apareceram para embarque (hehehehehe). Mas nao havia um Tomas Bosta para arresta-los e enfia-los em um aviao do santo xaveco e leva-los de volta para a ilha da fantasia. E por ali ficaram. Imaginem agora. Olho no salario oferecido e quanto vao receber para se mudarem para a nossa casa da mae Dilma, a Joana era avo' dela. Com certeza, nossos recem formados medicos que se dispoem a ir para o interior , vao com uma mao na frente e sem outra atras, pois ja' sabem que comecarao tomando onde nao gostariam, e sobreviverao sabe Deus la' como. Ajuda do governo, so' se forem kumpanheiros e com um objetivo pre-definido. Pobre amada patria, fostes um dia gloria para muitos e hoje es vergonha para muitos mais. Ja' que hoje a esperanca que um dia venceu o medo foi truicidada pelo mesmo, e' o que da' dormir com o inimigo, que mais se pode esperar? Serao passados muitos anos para exirpar este cancer que se metasteseou pelo nosso, outrora, saudoso e etico pais. Nunca antes da Constituicao de 1988 se viu tanta trambicagem neztepaiz, a nao ser no periodo do Imperador Sarney, que Deus o leve.

Aragão em 07 de maio de 2013

A quadrilha que governa o Brasil quer se perpetuar no poder e isso é uma grande estratégica eleitoreira. O pior disso ainda é a doutrina socialista bolivariana que será levada por esses médicos cubanos às classes menos favorecidas por esse interior do Brasil. Precisamos reagir contra esses canalhas, estão a serviço do mal.

Eimar em 07 de maio de 2013

Nao falta acontecer mais nada no pais maravilha,ainda mais agora com o plano de contratar médicos cubanos.Também pergunto:por que so cubanos????????

Lula: Últimos dias em 07 de maio de 2013

Se vingar, o CRM deixar, serão militantes a vender ilusões a pessoas simples, e é preciso ampla propaganda para dizer que são muito atrasados, tem um comentarista agente cubano abaixo. Nao podemos abrir nossas porta para tamanho tumulto. Reação energica!

Ronaldo Barra em 07 de maio de 2013

....desorganização existente. Os médicos não querem ir para o interior. Desculpe R. Setti a notícia me irritou profundamente. Conheço o problema a fundo e por isso feri a concordância, mais pela pressa e irritação. Um abraço.

José Geraldo Coelho em 07 de maio de 2013

Eles virão com o direito a pedir asilo político ao Brasil?

Ronaldo Barra em 07 de maio de 2013

Ricardo Setti, esta é mais uma aberração preparada por este governo inconsequente. O Brasil não precisa de médicos cubanos, precisa sim de uma política de estado que privilegie a assistência médica e dê rumo a total desorganização existe. É uma grande mentira afirmar que os médicos não quere ir para o interior. Dê um salário inicial de 18 mil reais igual ao mordomo de Renan e uma carreira com ascensão e acesso as grandes cidades como ocorre com os juízes e teremos médico em todos os rincões do país. No Brasil não existe uma entidade responsável pela organização da nossa assistência médica que se encontra um caos e falida. O SUS não aguenta mais uma gota d'água que transborda e todos os planos de saúde de norte a sul estão falidos. A ANS veio para destruir o que existia de bom na nossa assistência médica. Outra coisa este governo medíocre não sabe distinguir saúde de assistência médica. Saúde tem a ver com educação, empregos, alimentação, água potável, saneamento, calçados para crianças e proteção para o frio. Um engenheiro e um professor fazem mais para a saúde do que um médico. Médico trata as consequência na medicina assistencial. As nossas emergências estão cheias por conta da ignorância da população que leva crianças com prurido anal e sarna ou por qualquer mancha na pele ou resfriado. Isto por causa de um país onde o ex-presidente é uma analfabeto funcional e governou por 08anos, adicionando-se mais quatro de uma presidente que não liga duas orações e não sabe o que sujeito nem predicado. Os médicos que ficaram cúmplices nos snidicatos, associações e conselhos profissionais agora vão ter de lutar contra esta ignomínia! O Brasil não é a Venezuela, nem um ilhota como Cuba que não tem importância econômica, mas que é cantada em versos e prosas pelos esquerdista de beira de piscina, preguiçosos e que escondem a verdade.

Matheus em 07 de maio de 2013

Seti, porque trazer médicos cubanos? Se enquanto isso os brasileiros que estudam medicina fora do país nao conseguem ser aceitados no país quando voltam? É o caso da minha cunhada que estudou medicina no México em uma universidade reconhecida e credenciada e agora que esta de volta ao Brasil tem que penar para conseguir ejercer a profissao depois de muitos anos de estudo, muito dinheiro e sacrificio?

Luana em 07 de maio de 2013

Espanha e Portugal tem médicos precisando de emprego? Engraçado, quando brasileiro ia pra Portugal, eram caçados iguais a animais pela polícia. (minha prima e o namorado foram caçados como animais em Portugal. A Espanha deporta brasileiros do aeroporto, mas antes os deixam 3 dias sem comer, sem telefonar, sem tomar banho e sendo tratados como cachorro. É assim que eles chamam os brasileiros por lá "cachorros". E chamam até os portugueses de "cachorros", como me contou meu namorado português. Agora você quer que o Brasil abra as portas pra essa gente que nos odeia e nos humilha? Ah, tá. "Essa gente"?

wilson em 06 de maio de 2013

Fidel é tratado por médicos...Espanhóis!!!

Venezuelana em 06 de maio de 2013

Também conhecemos casos de pessoas operadas pelos "médicos" cubanos que ficaram mal, perderam a visão, e daí, vão se queixar com quem, se nem registro nem nada eles tem? No Brasil ,se um médico cometer erro ou negligência, arca com as consequências. Mas os cubanos não, serão iguais aos índios: inimputáveis! Cadê o CRM??!!!!!!

Venezuelana em 06 de maio de 2013

Ricardo, um detalhe: na Venezuela ou na Bolíva, estes médicos chegam SEM o seu respectivo diploma, ou seja, NÃO existe a possibilidade de confirmar se são realmente médicos ou não. E vêm SEM o diploma, porque se o governo cubano fornecesse o diploma, eles poderiam se libertar da escravidão imposta naquela ilha e exercer a profissão livremente em outros países. Patriota, o promotor da NEO-escravidão sul-americana.

Pedro em 06 de maio de 2013

Crime contra o povo brasileiro, oferecer uma medicina de quinta categoria. Se é tão bom porque eles não se tratam lá? O Chávez foi e vejam o que aconteceu com ele, voltou como defunto.

COM SAÚDE NÃO SE BRINCA DONA DILMA. em 06 de maio de 2013

O HUGO CHAVES está xingando os ´´médicus`` cubanos até hoje lá no inferno. Maldita hora em que não optou pelo Sírio Libanes.

Charles A. em 06 de maio de 2013

Sai na agência Brasil, que ninguém vê, e não sai no JN? É hora dos brasileiros acordarem.Isso vai virar uma zona total de narcotraficantes comunistas.Esse governo do pt é golpista.A oposição também,uma vez que se finge de morta para não confrontar os poderosos.Chamem os "direitistas",se bem que meio tortos, Afif, Kassab e Maluf para nos salvar!

COM SAÚDE NÃO SE BRINCA DONA DILMA. em 06 de maio de 2013

Lamento, meu caro, mas neste espaço destinado a comentários não postamos material publicado anteriormente em outro veículo. Como tenho apelado centenas de vezes a leitores que ainda não as conhecem, veja por favor as regras para publicação de comentários no blog no link http://goo.gl/u3JHm

Luiz Oliveira em 06 de maio de 2013

Setti, congratulações por este post. Infelizmente, a maioria das pessoas aqui no Brasil acredita na propaganda esquerdista de que Cuba possui um dos sistemas de saúde mais avançados do mundo. Ao sair do trabalho hoje, estava comentando, com três colegas, justamente a notícia de que o governo brasileiro quer contratar 6.000 médicos cubanos. Os três, um a um, prontamente disseram que Cuba possuía um dos melhores sistemas de saúde no mundo. Isso é o resultado de décadas de doutrinação marxista nas escolas e da propaganda mentirosa das esquerdas. Na verdade, essa tal de excelência da medicina cubana é um mito grotesco, um embuste, como se pode ler neste artigo aqui http://www.academiamedica.com.br/o-mito-da-medicina-cubana/ Este artigo mostra que os médicos cubanos recebem uma formação muito precária. E o que dizer do que ocorreu no Hospital Mazorra, em Cuba, um hospital psiquiátrico onde 26 infelizes pacientes morreram de frio e de fome, por causa do descaso dos médicos e do governo cubano, sem falar no desvio de alimentos do hospital para o mercado negro? As fotos dos pacientes mortos são de cadáveres mirrados, esqueléticos, praticamente só pele e ossos http://www.midiasemmascara.org/mediawatch/noticiasfaltantes/comunismo/10937-hospital-mazzorra-cuba-26-assassinados.html O Brasil não está precisando desses médicos cubanos. Se é que são médicos cubanos. Eu já li sobre essa estória antes. Sempre inventam uma estória convincente. Entre outubro de 2011 e outubro de 2012, foram contabilizados 16.227 novos registros profissionais de médicos em nosso país. Devido ao fato de o crescimento da oferta de médicos no Brasil ter se mantido bem superior ao do crescimento demográfico, em cerca de 10 anos o Brasil terá cerca de 2,75 médicos por 1000 habitantes, uma taxa similar àquela dos britânicos. Enquanto, no Brasil, nos últimos 42 anos a oferta de médicos cresceu 557,7%, a população cresceu 101,8%. Não está faltando médicos no Brasil. Pelo contrário, daqui a uns poucos anos estarão sobrando profissionais. Ver a matéria sobre esse assunto aqui no site Academia Médica http://www.academiamedica.com.br/demografia-medica-nacional-2013/ E para quem quiser saber um pouco mais sobre a verdadeira medicina cubana, que não é aquela da propaganda castrista, por favor leia este artigo do Instituto Von Mises Brasil, intitulado A medicina cubana http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=350 . A fonte deste artigo é o site The Real Cuba http://www.therealcuba.com/Page10.htm . Neste site, são mostradas fotos chocantes sobre o que é o verdadeiro sistema de saúde cubano. Aqui no Brasil a esmagadora maioria da população não sabe o que é a verdadeira Cuba e acredita que lá o sistema de saúde tem padrão de excelência para todos os cubanos. O problema no Brasil não é a escassez de banda larga, mas a abundância de ignorância e desconhecimento das pessoas . E é baseado nessa pletora de desinformação no Brasil que este governo petista quer trazer agentes de inteligência bolivarianos disfarçados de médicos para começarem uma revolução bolivariana no interior de nosso país, com a desculpa de que faltam médicos lá nos grotões. Sem concurso público, sem prestar exames, sem satisfações maiores à sociedade brasileira que, caso tal absurdo se consume, será obrigada a pagar, com o dinheiro de impostos, por uma farsa arquitetada para fazer avançar no Brasil os planos do Foro de São Paulo. Já não basta a Venezuela, que virou Cubazuela. Os Castros querem agora o Brasil. Os irmãos ditadores querem transformar o nosso país em Cubrasil. Sai pra lá! Esse sempre foi o sonho desses ditadores. Um abração Setti!

Luiz Pereira em 06 de maio de 2013

Setti, Médicos cubanos, bons? Isso é uma falácia. Como pode se formar um bom médico na carestia cubana? É mais uma lenda socialista. abs

Paulo Rocha em 06 de maio de 2013

Só não entendo se pq os médicos de Cuba são tão bons pq o Apedeuta não foi se tratar lé como o Chávez?? Eles vão pro Sírio e Libanês e mandam o restolho pra cuidar do povo que eles dizem amar tanto

Leonardo Savassi em 06 de maio de 2013

O texto do link abaixo... Posicionamento contra a "importação" de médicos cubanos. MÉDICOS CUBANOS se formam em cinco anos apenas. MÉDICOS BRASILEIROS levam seis anos com dupla jornada de estudos (manhã e tarde). Os MÉDICOS CUBANOS vêm sendo reprovados ano a ano nas provas de revalidação de diploma (o chamado "Revalida"), pela falta de conteúdo. Em Cuba, após o quinto ano, todos passam a fazer medicina de família na prática. Aqui eles chegarão sem isto. Veja como eles se saem nos exames: http://www.martinoticias.com/content/medicos-cubanos-brasil-mala-calidad-medicina-cubana-/22223.html Além disso, MÉDICOS CUBANOS trabalham com MIL pacientes por equipe e para os MÉDICOS DE FAMÍLIA BRASILEIROS são QUATRO MIL por equipe. Será que eles darão conta? http://leosavassi.wordpress.com/2012/08/20/2-000-por-equipe-eu-dou-conta-entenda/ Já os MÉDICOS BRASILEIROS não querem ir para o interior muito mais por falta de condições de trabalho do que por salários. O governo nunca trabalhou com plano de carreira, apesar de existir uma lei federal de Plano de Carreira em vigor no país. http://portal.saude.gov.br/portal/saude/profissional/visualizar_texto.cfm?idtxt=27182&janela=1 Um plano de carreira, nos moldes do Ministério Público, onde o MÉDICO BRASILEIRO começa no interior pequeno e vai em direção aos grandes centros, a medida que progride na carreira, seria um bom ponto. Com concurso público federal ou estadual. Isso seria o início da real fixação, porque 1) o MÉDICO BRASILEIRO vai com o salário garantido do Estado; 2) Ele tem progressão, para centros maiores, a medida em que evolui na carreira; 3) Ele pode parar em uma cidade do nível populacional que desejar. O MÉDICO BRASILEIRO não fica no interior apenas por salário, mas por necessidade de especialização, falta de emprego para a esposa (que é profissional graduada), falta de escola de qualidade para os filhos, falta de curso de inglês, natação, etc... além de ganhos profissionais, claro. Por isto a ideia da progressão. Há inúmeros casos de MÉDICOS BRASILEIROS que foram para o interior e nunca receberam salários, de prefeitos desonestos que prometem salários e não cumprem e isto é um dos grandes motivos para a não ida de médicos para estes locais. Caíram no “Conto do Prefeito”. O Provab - Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (que de valorização não tem nada, porque valoriza o MÉDICO BRASILEIRO recém formado que vai lá por um ano e vai embora enquanto o MÉDICO BRASILEIRO que já estava na Atenção Básica continua recebendo mal) conseguiu levar 357 MÉDICOS BRASILEIROS ao interior em 2012, e em 2013 isto subiu para 8374 MÉDICOS BRASILEIROS interessados (inscritos no Provab) e 4.392 MÉDICOS BRASILEIROS alocados em municípios. Sabem por que? 1) Dá um bônus para aquele médico fazer a prova de residência (especialização em medicina); 2) Em 2013, dá uma bolsa de R$8.000 que é um salário digno, livre de impostos, e principalmente: GARANTIDO, pois quem paga é o governo federal. O POVO BRASILEIRO não merece um médico de segunda categoria para atender a população distante. "Qualquer médico" nunca é melhor que "nenhum médico". Melhor não tratar do que tratar mal. É inclusive mais perigoso. Porque antes não tratar, do que tratar errado. Medicina MATA! E quem fala isto é um médico. Estamos falando de equivaler cinco anos de MEDICINA em turnos bem menores que os seis anos de medicina em período integral Por fim, provimento de médicos que depois de um ano vão para os grandes centros (Provab + Cubanos) significa criar demandas para o POVO BRASILEIRO que serão interrompidas. Isso é ético? Finalmente, se for para abrir o mercado, eu quero os MÉDICOS GERAIS FAMILIARES PORTUGUESES, que falam Português e são bem formados, com maior equivalência de diploma. Por que especificamente os "Cubanos" que tem equivalência bem menor do diploma e que não são aprovados no REVALIDA por culpa de sua formação insuficiente? Por que não abrir para médicos que falam português?

Vanderlei em 06 de maio de 2013

São tão especialistas que o ditador Fidel fez tratamento com médicos espanhóis. Já o idiota do Chavez preferiu médicos cubanos. Deu no que deu. Está a sete palmos.

Leonardo Savassi em 06 de maio de 2013

Para apimentar a discussão: https://www.facebook.com/photo.php?fbid=403403913109063

SEBASTIAO CAMPOS em 06 de maio de 2013

PRECISAMOS MAIS DE POLÍTICOS HONESTOS DO QUE IMPORTAR MÉDICOS!!!!! POUCA VERGONHA DESSES FPD SEM VERGONHA!!!!! VAMOS ACORDAR POVOOOOOOOOOOOO!!!! O governo da Dilma e seus colaboradores como a Senadora Vanessa Grazziotin, do Amazonas, mostraram a cara!!! NÃO estão interessados em trazer melhorias da saúde para a população!!! Estão interessados apenas em benefícios políticos!!! Pois trarão estes 6.000 médicos de Cuba que em sua grande maioria são que não passaram na prova REVALIDA e que foram estudar fora do país às SUAS CUSTAS, POIS FAZEM PARTE DOS PARTIDOS POLÍTICOS DO PT, PC do B, ENTRE OUTROS e que serão cabos eleitorais diretos E baratos!!!! Vão exercer a medicina ILEGALMENTE, trazendo RISCOS IMINENTES À POPULAÇÃO!!! Pensem bem, por que Dilma e Lula quando souberam que estavam com câncer não foram se tratar em Cuba???? Agora eles querem que vcs sejam tratados por estes profissionais que NÃO CONSEGUEM PASSAR EM UMA PROVA DE REVALIDAÇÃO!!!! QUANTO VALE SUA SAÚDE???? Cobre de seu prefeito médicos especializados, qualificados e que não trarão risco à sua vida!!!! FICA AQUI O ALERTA!!!! VAMOS DIVULGAR!!!! Amanha sairá um ônibus da ESA com médicos e estudantes a sede do CRM. Amanha a partir das 17:00 h ASSEMBLEIA com todos os medicos e estudantes do AM no CRM. Vamos juntos encontramos possíveis ações contra o golpe do governo em querer colocar médicos de outros países para atender o povo carente. O povo precisa receber coisas boas ( médicos qualificados), vamos lutar em defesa do povo humilde!!!!! DIGA NÃO A REVALIDAÇÃO AUTOMÁTICA. Este ônibus foi disponibilizado pelo SIMEAM. Muitos estudantes não dispõe de veículo.

Heitor Mota em 06 de maio de 2013

http://www.youtube.com/watch?v=DHcxX4H-ZeM

Naum Messaka Neya em 06 de maio de 2013

O último que resolveu se tornar o garoto propaganda da espetacular medicina cubana, está apodrecendo num túmulo na Venezuela.

R Junior em 06 de maio de 2013

A coisa e' bem pior do que se possa imaginar! Se o "paraíso" cubano tem 6.000 médicos sobrando, e' sinal de aquela pocilga comunista forma médicos como quem forma padeiros! Logo, os "médicos" cubanos nada mais são do que privilegiados do partido comunista cubanos (os petralhas de lá!). A vinda desses cretinos para o Brasil e' a mais descarada invasão de agentes cubanos, disfarçados de médicos! VERGONHA! E a imprensa covarde e a comprada ficarão caladinhas, nada divulgando sobre essa invasão de agentes comunistas!!! E a oposição, se e' que existe, onde esta'???

Alexander em 06 de maio de 2013

Eu gostaria preguntar a suas senhorias: 1. Por que o Brasil, uma das primeras economias do mundo, tem regiõnes carentes de atenção medica? 2. Suas senhorias acreditan que os medicos da Europa vem para trabalharem nas regiões brasileiras mais carentes? A media brasileria é socanagem. Vocês são socanagem. Todos vocês tem seus medicos privados. Acho que tem que preguntar aos povladores das regiõnes que não tem medicos. Já há centenas e centenas de engenheiros e arquitetos vindos da Espanha trabalhando em diferentes regiões do país. Me diga só uma coisa: por que só cubanos? Porque são trabalhadores escravos, vão onde o regime manda?

interrogações à distância em 06 de maio de 2013

Salut Setti, Totalmente de acordo com o Jorge G - 06/05/2013 às 19:14: "Notícia escandalosa, ultrajante e humilhante". Principalmente quando se sabe que, bem antes de "médicos" esse pessoal CUBANO não passa de AGENTES MILITARES SECRETOS (não dispondo que da mais elementar formação na área da saúde). Até onde pode-se saber,trata-se de um batalhão de 'pequenos enfermeiros formados à mínima' e ferozmente condicionados/treinados à serviço da esquizofrênica causa castrista SOCIALISMO OU MORTE. Como os ditos "progressistas latino-americanos" não se emendam, perigamos ver... Horas, se até prova em contrário a VENEZUELA de hoje passou à ser uma verdadeira extensão de CUBA -resta saber até quando à DEMOCRACIA BRASILEIRA vai também conceder licença à "ser devorada pelas beiradas"... Com mais vagar, espero ainda voltar ao assunto. Obrigada.

zamir anjos em 06 de maio de 2013

Primeiro vem os médicos como aconteceu na Venezuela, depois virá os militares para ensinar como ter controle total sobre a população. Com isto os ditadores da Ilha rodam a sacolinha arrecadam dinheiro e manda os famintos da ilha para amenizar a incompetência deles de alimentar sua população, pode ser que muitos deles acostumados a ganhar 50 dolares por mês, venham se converter em neo liberais aqui no Brasil, tem de ser muito marionete para não se contaminar com as delicias de dinheiro no bolso e mesa farta. Eu acho que o objetivo dos irmãos Castros é desafogar a ilha, eles estão expulsando os dissidentes da ilha ,sempre foi assim. Os caras são demonios tenebrosos.

Sergio Santos em 06 de maio de 2013

São uns traidores da pátria! comunistas sanguinários que venderam o país e agora estão providenciando a entrega do território. O que tenho visto nessa toada é que vamos dançar se cairmos nessa conversa mole de défit médico. vão entregar de bandeja os Brasileiros ao demônio Castro...ai, ai, ai. começa com médicos, depois vem forças policiais, depois professores, depois já era Brasileiros, vamos ter que encarar as metralhadoras dos cubanos com estilingues...

jose em 06 de maio de 2013

que pena que o pt esta acabando com o brasil.

aledfb em 06 de maio de 2013

Por que Cuba não envia médicos para o Haiti que é um vizinho deles e está precisando muito de médicos

Carlos Ramos em 06 de maio de 2013

Está começando a invasão, numa segunda etapa devem vir venezuelanos. Entre os médicos, ou talvez outras profissões, devem vir espiões, militares, etc, etc, etc, Só não ve quem é cego, surdo e mudo. O plano já está em execução.

Augusto em 06 de maio de 2013

“Me engana que eu gosto”. É golpe socialista , com certeza são médicos com função “agentes socialistas” com objetivo doutrinar pessoas simples a se tornarem socialistas

TROUXA em 06 de maio de 2013

medicuzinhos cubanos .... tudo combinando.

glauer em 06 de maio de 2013

SEIS MIL médicos ? Huahuahuahuahuahuahua. De "adondi" serão tirados ? Da cartola do coelho ? Pobres de nossos pobres, que vão receber atenção é de cortadores de cana treinados em primeiros socorros.

ze do matogrosso em 06 de maio de 2013

..de minha parte, os blogueiros Jorge e Jorge G (?) mataram a cobra e mostraram o pau. Mas faltou a fala do ministro da educação, da saúde, do trabalho e outros afetos à matéria. É mais do que sabido que a anta, por só ter um neurônio, deve ser considerada sob suspeição para matérias relevantes. Prá jogar basquete não precisamos dos gringos e para jogar bola dos argentinos. Agora saúde? Vamos importar o FBI, a CIA mais que necessários, pois a bandidagem corre solta. O salame, digo beltrame é o coelho, emmatéria de segurança. E é babado de todo jeito.

Nino (SP) em 06 de maio de 2013

Setti, você não está fora de si. Imagina o trabalho de doutrinação que esses representantes do regime cubano não vão fazer com as populações carentes nos rincões desse Brasil! E pergunto: Cuba pode prescindir de 6 mil "médicos"? Cuba tem 6 mil médicos "sobrando" para exportar ou serão apenas "agentes de saúde" com uma agenda secreta em território brasileiro? Isso soa muito estranho mesmo.

Roberto Monteiro f. em 06 de maio de 2013

Não demora e eles estarão assessorando as nossas forças armadas.

marcelo em 06 de maio de 2013

Enquanto eles apontam o dedo e acusam o imperialismo americano, ficam de quatro para Fidel. Não dá para entender esses bolivarianos...Mas o fato é que é isso mesmo, estão tentando implantar uma "democracia bolivariana" no Brasil. Basta procurar por foro de São Paulo na internet. Isso é crime de lesa pátria.

jancsi em 06 de maio de 2013

Todos salários dos médicos será para os Castros, os infelizes vão morar em alojamentos com direito a U$ 30 por mês para cada médico, sendo que o governo brasileiro vai pagar à Cuba o equivalente a R$ 8.500,00 por médico...

Francisco em 06 de maio de 2013

Enquanto o povo vai ficar com médicos cubanos, Dona Dilma continuará a tratar-se no "Circo" Libanês. E assim, se decreta o fim do SUS. Aliás, tudo o que o Brasil tem de "potencialmente" bom está sendo destruído pelo PT: combate a inflação, educação, saúde... Assustador.

josevar em 06 de maio de 2013

Caro Setti. O estranho seria o governo petralha promover a vinda de médicos da Colômbia, Chile e Estados Unidos entre outros democratas,para atenderem nossas comunidades carentes e que são, sem sombra de dúvidas, seus currais eleitorais.Nessas comunidades é fácil impor o proselitismo petralha e bolivariano e manter a chama da perpetuação no poder.Infelizmente,quase nada se viu estampado na imprensa brasileira,no parlamento ou na AMB, que deveria, por DEVER FUNCIONAL,defender o interesse de seus associados.

Angelo Losguardi em 06 de maio de 2013

“Cuba tem uma proficiência grande na área de medicina, farmacêutica e de biotecnologia." . Isso é uma COMPLETA MENTIRA. Não há recurso algum a medicina cubana, os profissionais são péssimos, o nível de conhecimento dos médicos de lá é equiparado a no máximo ao de enfermeiros aqui. E seus diagnósticos são bizarros, só receitam placebo.

Ronaldo em 06 de maio de 2013

Como será o reconhecimento dos diplomas? O diploma dos Cubanos será aceito no Brasil? E o dos Brasileiros será aceito em Cuba? http://www.iesla.com.br/artigo/o-jeitinho-para-a-nao-revalidacao-de-diplomas/

ANTI-PETRALHAS em 06 de maio de 2013

Não publico comentários escritos em maiúsculas atendendo a uma convenção não escrita, mas aceita em toda a web. Outros blogs também não. Textos assim são muito mais difíceis de ler e, em conversas virtuais, significam que a pessoa está gritando, como você deve saber.

Jorge G em 06 de maio de 2013

Ô Tcheves... Não sei de onde tirou essa conclusão. Cubanos melhores médicos onde? Somente em Cuba, em Angola, na Bolívia, na Nicaragua, Venezuela, claro! A excelência da Medicina de Cuba é igual ao boto cor de rosa. Quem viu jura que existe. Mas concordo: serão baratos! Vamos acabar com essas mistificações e falácias: se derem condições de trabalho e de fixação de residência e remunerarem dignamente, não faltarão médicos brasileiros para atender nosso povo.

Jorge em 06 de maio de 2013

Boa pergunta,Setti.Por que só Cubanos? Até parece que Cuba é uma máquina de fazer médicos. Na Venezuela há milhares deles. São tantos que fica a dúvida: São todos médicos de verdade ou agentes de saúde? Brasileiros formados na Bolívia não podem exercer a profissão aqui no Brasil,dizem que em função do baixo nível de ensino de medicina naquele país. Há décadas os esquerdistas vem propagando que a medicina em Cuba é avançada,coisa e tal.Duvido.Não dá para confiar nos petralhas. Milhares de médicos na Ilha,outros milhares na Venezuela e agora 6 mil para o Brasil. Putsgrilla! Isto é incrível,Silvio,diria o Lombardi. Formar médicos em Cuba é mais ou menos como uma montadora de automóveis. eá vapt vupt. Enquanto isso na Europa, médicos com formação de primeira e experientes com as novas tecnologias da área passam uma fase difícil e não são convidados pelo Governo Brasileiro. Deve ser por causa da afinidade ideológica:Cuba exporta médicos e recebe verbas secretas do BNDES. É a petralhada fã de Chávez e dos Irmãos Castro instalando a recolução Boliviariana no Brasil. VERGONHA...VERGONHA...VERGONHA

daniel em 06 de maio de 2013

sera tem prazo determinado para implantaçao do cumunismo no Brasil? os petralhas estao acelerados toda semana tem uma nova investida essa dos medicos cubanos foi da pesada 6000 agentes doutrinadores de uma so vez ê de lasca.

moacir em 06 de maio de 2013

Setti, A medicina cubana "JÁ FOI" referência em algumas areas, no tempo da falecida União Soviética.Hoje ouve-se falar,em Cuba, de intensificar o "DIAGNÓSTICO CLÍNICO",significando tal expressão na novilíngua castrista que,os prezados doutores cubanos, têm que diagnosticar com as próprias mãos desde uma fratura até uma hemorragia interna - por falta de EQUIPAMENTOS PARA EXAMES DE IMAGEM! A tal saúde de Cuba é uma PIADA. Portugal e Espanha estão com uma juventude qualificadíssima,sem possibilidade de conseguir se colocar no mercado de trabalho.Como assim só médicos cubanos? Outra coisa,existe legislação que define quais os exames e provas aos quais devem se submeter quaisquer profissionais médicos que pretendam exercer a medicina em território nacional.Os cubanos se submeterão à lei ou serão COTISTAS por serem cubanos e amigos do peito de Fidel? Essa escumalha aí pretende é doutrinar as populações carentes do interior do Brasil, quanto a excelência da revolução bolivariana.Por que não é feito concurso público para contratação de médicos a serem colocados nas tais remotas comunidades ? Baseados em que números lullopetistas,essa gente afirma que nossos médicos recusam-se a trabalhar fora dos grandes centros urbanos? Quem fala pelos médicos nesse país? Acho que essa iniciativa é contrária aos interesses do país, dos médicos brasileiros,da Saúde Pública brasileira e acredito que a intenção deva ser questionada seriamente e combatida por toda a sociedade brasileira,que não merece médicos treinados numa ditadurazinha decadente onde os coitados não podem nem ao menos acessar a internet.Pelo amor de Deus, vão agora matar pacientes por falta de competência médica para poder treinar militantes da revolução e apoiadores da causa bolivariana? Vergonha! Abraço

Ricardo Willhelm em 06 de maio de 2013

Noticia lamentavel e revoltante. caso se confirme, pois nem nas piores ditaduras foram tao irresponsaveis. Trata-se de um estelionato na saude, pois e notorio a picardia do delinquente, o engodo e as conhecidas e anunciadas incompetencia e negligencia dos gestores. A arte de fazer politica popular nao tem compromisso com a verdade, tem somente com os sonhos e as fantasias das pessoas ( eleitores) A saude publica e um assunto serio demais para deixarmos nas maos de politicos. E necessario responsabiliza-los para que nao utilizem a saude publica com um meio de conseguir novo cargo politico eleitoreiro. Quaquer medico formado em qualquer pais pode exercer a medicina no Brasil, como em outros paises, desde que seja aprovado em um exame de suficiencia. Portanto sempre esteve aberto o acesso ao exercicio da medicina aqui, e so passar no exame de revalidacao, como ocorre nos outros paises. O numero de medicos por habitantes no Brasil e mais do que suficiente (vide AMB e CFM) o que falta e GESTAO E RESPEITO AOS TRABALHADORES

Tcheves em 06 de maio de 2013

Setti, dois motivos: bom e barato. Os cubanos são melhores na medicina e devem ser mais baratos também. Melhores do que quem? Do que os espanhóis, que têm uma das medicinas mais avançadas do mundo, por exemplo, e cujos médicos estão emigrando por falta de oportunidades em seu país?

W. Freick em 06 de maio de 2013

O absudo nesse goverrno, é que ele não se envergonha de sua sandice patética. Que horror! By by Brazil!

ANTI-PETRALHAS em 06 de maio de 2013

Lamento haver deletado seu interessante e oportuno comentário, mas as regras para a publicação dos comentários no blog vedam textos inteiramente em maiúsculas. Repeti centenas de vezes essa informação aos leitores, as regras estão permanentemente na home page do blog mas, pelo jeito, você não tomou conhecimento delas. Então, por gentileza, acesse o link http://goo.gl/u3JHm

claudio antonio em 06 de maio de 2013

O CRM deveria avaliar esses "medicos." Espanhois e portugueses nao sao bolivarianos nem pertencem a republiquetas ditatorias

Jorge G em 06 de maio de 2013

Notícia escandalosa, ultrajante e humilhante. Escandalosa pela irresponsabilidade do governo em exercer tamanha interferência na vida do povo brasileiro, na área de atuação de milhares de médicos. O que é isso? Quem pensam que são? Ultrajante por ir de encontro à unanimidade das entidades médicas, por desconsiderar os profissionais que estudaram, foram forjados em nosso país (investimento, ora bolas!) e que recebem esta banana institucional, esse danem-se! Recentemente um documento da AMB desmente essa falta de médicos no país. O que há são áreas carentes e, vamos lá: por que? Simples: faltam condições de trabalho; falta remuneração adequada; faltam condições de vida para fixar residência. Então, trazem uns milhares de profissionais cubanos para trabalhar no cercadinho. Dali não saem e serão trabalhadores dóceis e "baratos" - é isso? É isso que o povo merece? Humilhante, porque admite-se que, tudo bem, para áreas carentes podemos oferecer mão de obra baratinha e acreditar que eles bons bastante para atender aquela população. Quem auditará seus resultados. Quem os avaliarão? OS CRMs são contrários, mas chancelarão a atividade deles? Afora essa lenda da medicina cubana. Estamos no século XXI e jamais vi qualquer relevância mundial daquele país. Falam em saúde básica, etc. E não temos gente competente aqui? Falta é política, isso sim! E não venham com conversa mole de que só se olha para o ocidente, EUA, Europa. Querem ver desenvolvimento em cuidados da saúde? vão olhar para a China, para a Coréia. Vão olhar para a Polônia, República Tcheca. Vejam o Chile. Vergonha e revolta!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI