Carlos Alberto, o capitão do tri, perde a compostura e investe contra Tostão

Carlos Alberto e Tostão: briga sobre pensão para os jogadores campeões mundiais de futebol

Amigos, Carlos Alberto Torres, o capitão do tricampeonato da seleção brasileira de futebol de 1970 e que depois de sua brilhante, mas indisciplinada e tumultuada carreira de jogador de futebol, nunca mais acertou em coisa alguma, está brigando com o ex-craque Tostão, hoje comentarista de futebol de primeira linha.

Brigando é palavra branda para rotular o que se passa: Carlos Alberto perdeu a compostura e está ofendendo Tostão simplesmente por não aceitar sua opinião a respeito de uma questão: devem ou não os jogadores campeões mundiais de futebol receber, por isso, uma aposentadoria dos cofres públicos?

Carlos Alberto é presidente de honra de uma associação que cuida dos interesses dos jogadores de futebol que foram campeões mundiais e que, agora, esperam que o governo federal cumpra promessa feita durante o lulalato sobre concessão de aposentadorias aos ex-craques.

Tostão, cuja correção pessoal é legendária, já disse publicamente que abrirá mão de qualquer aposentadoria com dinheiro público, embora reconheça que as particularidades da curta carreira de um atleta profissional a tornem merecedora de algum tipo específico de amparo de parte da Previdência.

Carlos Alberto, como nos tempos em que, ao ir perdendo a categoria, foi se tornando um jogador cada vez mais violento, não teve dúvida em soltar os cachorros em cima de Tostão.

Veja algumas belezas que disse sobre o velho companheiro da gloriosa campanha de 1970:

* “É um demagogo”

* “Não sei nem se é ele que escreve aquela coluna lá no jornal”.

* “Esse filho da p… deveria falar algum tipo de verdade” (sic).

Ninguém sabe de onde Carlos Alberto foi buscar a ideia de que Tostão faltou com a verdade.

O craque apenas expressou seu ponto de vista – e ponto para ele por isso.

E disse:

“Entendo que o governo não pode pegar dinheiro e distribuir assim. E os campeões de outros esportes, as outras classes? Um artista que elevou o nome do Brasil também poderia pedir esse benefício.”

Quem você acha que tem razão nessa discussão?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

7 + dezoito =

151 Comentários

  • Noah Shuster

    Concordo com o Tostao, o futebol ja deu tudo a eles. O Estado nao tem nada com isso. Eu como contribuinte nao concordo com essa regalia.

  • Leandro

    Parece que o Carlos Alberto está mais para o Gerson do comercial de cigarros do que para presidente de honra da citada associação. Lamentável a falta de caráter deste cidadão.

  • Marco

    Amigo Setti: O q acho incrível q C.A. Torres como jogador, foi o melhor lateral q vi jogar e tbm uma grande liderança. Depois se virou contra todo mundo propositalmente com más razões e indelicadeza. Essas aposentadorias, por se achar um fato de alguém ser um ” Grande Homem “, acho q não pode se concluir q seja mesmo. Tenho muita moderação com isso. Pq no fim a maneira de indagar essas razões, pode despertar agressividade nessas relações ou repugnância estúpidadez, de se questionar como recurso uma natureza tirânica.
    Abs.

  • patricia m.

    Setti, e você ainda pergunta quem tem razão? Ok, entendo que foi uma pergunta retórica… Então o camarada ganha milhões e milhões de dólares no futebol europeu, torra tudo com carros, prostitutas e drogas, e depois nós contribuintes temos que pagar a conta porque ele supostamente nos ganhou um campeonato? Ora faça-me o favor! E eu que nem sou fã de futebol tenho que pagar as contas do vagabundo? Faça-me o favor! Joga futebol quem quer, ninguém obriga o sujeito a jogar futebol não. Que ganhe o dinheiro no próprio futebol e saiba admnistrá-lo, como faz o Fofômeno, ou que estude, como fez o Sócrates… Eu não tenho nada com isso!

  • Vera Scheidemann

    Que feio, Carlos Alberto ! Não há
    mais nada a dizer…
    Vera

  • Marco

    Amigo Setti: Carlos Alberto Torres me lembrou um notável zagueiro chamado Marinho Pérez, monstro além de ser inteligentíssimo, uma pena q não vingou como treinador. No Inter com Figueroa formou a melhor dupla de zaga da história do Clube, depois na posição foram Mauro Galvão e Gamarra.
    Abs.

  • Mauro Pereira

    Caro Ricardo Setti.
    O governo companheiro dos companheiros, torrou vários bilhões de reais em imorais indenizações e aposentadorias milionárias financiadas pela Bolsa-Ditadura. Por que não, então, estender esse benefício aos esportistas que com seus feitos e conquistas divulgaram o nome do Brasil mundo a fora?
    Os campeões de 70 trouxeram alegria e orgulho ao País. Têm o meu aplauso. Os bolsistas de 67 cobriram de dor e luto várias famílias brasileiras. Só lhes dou o meu desprezo.
    Quanto ao Tostão, é um direito dele aceitar, ou não, algum tipo de benefício.

  • Merece aposentadoria quem tem plano de aposentadoria. Ponto final.
    Tostão está errado em dizer que alguém merece amparo específico da Previdência.
    E Carlos Alberto Torres está errado em achar que eu pago impostos para sustentá-lo. Nem de futebol eu gosto.

  • J.Alves

    Cada um usa o argumento que tem! Veja que o Tostão,somos sabedores de a muito,é alguém preparado,esclarecido,usa o argumento e convence.O outro só tem a ignorância e a usa para denegrir e não convencer.Me lembra o nosso Macunaima o herói sem nenhum caráter quando fala do Ex Pres Fernando hen rique Cardoso.Parecem os dois em diálogos.Um argumenta e outra agride!

  • nena

    Mais uma consequência da inconsequência do lullato: arrancar dinheiro público e instigar brigas.
    Fico com o Tostão, que já demonstrou muito mais bom senso e dignidade do que Carlos Alberto. Os jogadores de futebol, mais do que outras categorias, ganharam muito dinheiro como tais, e se não souberam fazê-lo durar é problema deles. A demagogia é que os faz coitadinhos, o que não são. Se o tempo de carreira é curto, que invistam numa outra carreira, como fez o Tostão, Sócrates e outros tantos.
    Vendo assim como veem os socialistas progresistas, bandido em fim de carreira também vai merecer uma bolsa-não-sei-o-que.

  • Rafael

    Surreal essa aposentadoria, me digam com sinceridade qual relevante serviço ao país prestou um camarada que passou a vida a chutar bolas?NENHUM, esse pedido é um disparete, um escárnio com a população brasileira já por demais onerada.

  • Alex

    Tostão, é claro, tanto na forma como no conteúdo. Por mais que admire os jogadores que foram campeões e reconheça que alguns possam estar em dificuldades financeiras, não há o que justifique o priviégio. Faria mais sentido a CBF, entidade, lembremos, privada ajudar aqueles que a serviram.

    Independente do mérito da questão, o Tostão não ofendeu ninguém, ao contrário da postura do Carlos Alberto.

    O quarto gol contra a Itália, ainda que uma pintura, não dá a ele direito de atacar como atacou o Tostão.

  • Carlos Augusto

    Tostao 10 x 0. Como esta difícil ser correto neztepaiz.

  • bereta

    Caro Setti,peço licença para não comentar sobre quem tem ou nao razão: agressor ou agredido. Quem não tem educação, isso nós já sabemos. Faço algumas perguntas: convocados para a seleção são obrigados a ir? Deixariam de ser craques se não atendessem ao chamamento? Afinal,deixar de jogar pelo país não é uma questão de crime de guerra! Quando atendem ao chamado, sabem muito bem que benesses de toda monta lhes serão distribuidas. Quem colore o campeonato com as cores de uma verdadeira guerra são os comentaristas. Jogadores precisam tem inteligência para entender isso. Amor ao time é coisa do meu tempo de criança. É passado. Está certo que naquele tempo os jogadores ganhavam bem menos que hoje. Mas a própria condição de jogador de futebol é volição do interessado. Ninguém é obrigado a fazer o que não quer faze, exceto em regimes autoritários. Então, querer que os cofres públicos lhes propiciem renda para o resto de seus dias só por terem jogado para a seleção ou na seleção é muito estranho ou bastante cômodo. Carreira de jogador de futebol é curtíssima. Mais uma razão para que situações iguais sejam discutidas em rodas apropriadas. Ninguém quer Manés Garrincha como tivemos o nosso. Previsão é exercício diário. Ou outros jogadores correrão o mesmo risco que Carlos Alberto. Há que se cantar na primavera, mas é preciso guardar para o inverno. Afinal nem todos os jogadores são tão craques como aquela cigarra da outra fábula.

  • Magela

    Setti, o Carlos Alberto disse de onde veio, o Tostão também.
    Esse tipo de gente me dá uma preguiça, já não bastam os do PT?
    Um abraço.

  • maria cristina

    Só se a ajuda saísse do bolso dos políticos,que são os que mais ganham quando os brasileiros esquecem seus problemas com as vitorias no esporte…
    Eles que paguem,já que não conseguem resolver nem a falta de esgoto!

  • Tuco

    .

    Todo o povo brasileiro tem de ser indenizado por
    suportar o PT no governo, por prazo indeterminado.

    .

  • Douglas Correa

    Obviamente Tostão .
    Carlos Alberto é uma pessoa extremamente frustrada que não se conforma em não receber a atenção “que ele julga” lhe seja devida. O fato de serem campeões não da direito de receber dinheiro publico.
    E os campeões de viver sem renda , emprego , saude , segurança que são milhares na populaçao brasileira ?

  • Marcelo Meireles

    Tostão está certo. Ele foi cracaço de bola, e é cracaço como comentarista e cidadão.

    Carlos Alberto foi craque de bola e só. Acumulou encrencas por onde passou como jogador e como técnico. Ganhou o Brasileirão de 83 com o Flamengo, mas com aquele time, né… até eu.

    Tostão é um caso raro de alguém que renunciou à fama no auge dela, pra que isso não atrapalhasse sua nova carreira.

    O grande momento de brilho futebolístico de Carlos Alberto, é uma obra prima do “jogo sem bola” de Tostão. Confira o lance do quarto gol contra a Itália. Além de roubar a bola lá na defesa, iniciando a jogada, Tostão deu um pique pro ataque, e qdo Pelé ajeitou a bola pro último passe, Tostão “puxou” 2 marcadores italianos pro meio da área, deixando o espaço abertíssimo pra o chute fulminante de Carlos Alberto. Um golaço, uma jogada armada por quem não tinha a bola nos pés.

    Esse lance por si só resume a brutal diferença mental entre Tostão e Carlos Alberto.

    Será que na sua luta pela “justiça do mérito esportivo”, Carlos Alberto toparia incluir em seus pleitos uma ajuda governamental ao tetracampeão Müller, que se declarou falido recentemente ?

    Duvido.

    Caro Marcelo, poderia assinar cada uma de suas palavras. Obrigado por seu comentário.
    Abraço

  • Carlos Eduardo

    É claro que o Tostão esta certo. Esta é a atitude e comportamento do verdadeiro cidadão. Carlos Alberto não passa de mais um aproveitador do dinheiro público, isto é, nosso dinheiro, criado na esteira do presidente apedeuta.

  • Jotavê

    Se fosse para pagar aposentadoria a alguém, pagaria a jogadores que fizeram suas carreiras em times menores e que realmente podem passar por maus bocados depois de encerrar a carreira. E também a artistas como Wilza Carla, que terminou a vida dependendo da caridade de familiares. Jamais a jogadores muito bem sucedidos como Carlos Alberto Torres, que tiveram todas as condições de economizar dinheiro e, pelos mais variados motivos, não o fizeram.

  • Marco

    Alguém tem dúvida de q lado está a razão?
    Temos uma casta de anistiados, recebendo pensões milionárias, e agora teremos uma “casta de campeões”?

  • Wagner F. Moreira

    Ricardo
    Compartilho com o Sr. Tostão em número e gênero, mas veja bem, depois que o Lula deu aos terroristas agora qualquer Zé Mané vai querer.
    Culpa deste governo Corrupto
    abraços

  • patricia m.

    Jotave, ok, por caridade humana fiquei com dó da Wilza Carla, mas me explica, POR QUE EU DEVERIA SUSTENTA-LA? Meu, ela que pagasse suas contribuições ao INSS e depois retirasse a sua pensãozinha como fazem zilhões de brasileiros honestos. Por que diabos a Wilza Carla ou o Carlos Alberto são MELHORES que os brasileiros normais? TODOS SÃO IGUAIS PERANTE A LEI, eles não tem que ter privilégio nenhum.

  • Reynaldo-BH

    Tenho a sorte de ter Tostão como vizinho de condomínio. Reservado, simpático, quase um ermitão. Da boa família dos ermitões. Caminha pelas ruas do condomínio, cuida de plantas e está sempre fugindo dos holofotes. Tem um nível cultural que certamente é o maior de todos os jogadores de futebol do Brasil, em todos os tempos. Leitor ávido. Conhecedor de futebol, política, psicologia e da VIDA. Sem um deslize como cidadão. Menos ainda como jogador. Cronista que recusou ser estrela de TV (seria facilmente) para não perder a liberdade que tanto preza. Os textos de Tostão sempre nos trazem alguma surpresa agradável.
    Por outro lado, as palavras de Carlos Alberto sempre nos remetem ao pior do rancor, da inveja e da esperteza que ele julga ser malandragem.
    É o perfeito malandro-agulha. Se acha sem nunca ter sido. O destempero irracional de Carlos Alberto demonstra: escolheu o lugar errado, que tem frequentado com frequência; usou palavras à altura da cultura que possui; atacou quem está encima do mesmo, pois embaixo quase não há ninguém…
    Que deixe o Tostão em paz! Como sempre – repito, SEMPRE! – Tostão não empunha bandeiras nem defende causas! Mas, como SEMPRE expõe o que pensa e como vê a vida.
    PARABÉNS TOSTÃO! Continuo leitor fiel.
    PS: Informação ao Carlos Alberto. Não precisa ter a mínima dúvida de quem é o autor dos textos do Tostão. Assim como não tenho nenhuma acerca das imbecilidades que li como sendo suas…

  • Luiz

    Carlos Alberto sempre foi e e um MEDIOCRE, aproveitador em se casar com a atriz, se nao, ate hoje estava a ver navios pois onde tentou seguir outra carreora naufragou tristemente. Hoje provavelmente vive as custas da tal associacao.

  • Marcia Freitas

    Tostão tem razão.Infelismente ser correto e honesto é crime no nosso paíz.Todo mundo quer uma boquinha.O que deveria ser feito é criar um fundo,com o dinheiro arrecadado dos jogos de futebol que não é pouco e esse fundo beneficiar jogadores ou eles mesmo fazerem uma previdencia privada.O povo já paga muito tributo e não é justo arcar com mais esse.

  • carlos nascimento

    Em primeiro plano devemos separar os fatos, em segundo plano, devemos separar os enfoques das divergências, da forma colocada, é óbvio que C.Alberto está errado e o Tostão correto.
    O jornalista aqui contribui também para colocar gasolina no fogo, penso eu, tomando partido, sem antes pesar as circunstâncias de cada reação.
    Claro que a linguagem do Capitão do Tri é abusiva, destemperada, fruto da personalidade e dos possiveis problemas que possa estar vivenciando atualmente, nada que se justifique. Penso também, que Tostão – prá mim um gênio do futebol – não avaliou corretamente o pleito que a Associação está reinvidicando, há vários jogadores que projetaram nosso País, trouxeram divisas economicas com a conquista, porém, estão hoje em situação falimentar, passando NECESSIDADES FINANCEIRAS, ECONOMICAS e de SAÚDE, o Estado, a CBF, os Clubes, nada fizeram, nem se esforçam em fazer para dignificar esses heróis brasileiros.
    Sendo assim, o cidadão Eduardo Gonçalves, por ter tido condições diferenciadas, não precisa desse bônus, entretanto, vários outros, colegas seus, SIM, estão necessitando, portanto, é JUSTO fazermos alguma coisa.
    Aqui vai um pedido: Capitão, o caminho é o bom senso, explique melhor sua proposta. Tostão, avalie o mérito, não julgue à todos com o mesmo rigor, existem companheiros seus em situação FALIMENTAR.
    Por último, somos um País esquisito, em todos as Sociedades desenvolvidas, os seus heróis são orientados e recebem apoio, nunca esmola, por aqui ficamos a discutir se é justo ou não darmos dignidade aos mesmos. Eta País dificil.

  • Franco

    É apenas mais um querendo mamar nas múltiplas tetas da Previdência. Péssimo exemplo de um ídolo. Recebia passe de Tostão e agora quer cebecear a bola cruzada por Lula. Caiu da seleção brasileira para a seleção dos caçadores de mamata da era da mediocridade. Lamentável.

    Parabéns para o Tostão, mas descordo dele sobre um regime especial de amparo aos atletas profissionais. Eles sabiam que a carreira seria curta quando fizeram suas escolhas e têm condições de trabalhar em outras atividades.

  • Rodrigo

    Tostão está certo. Carlos Alberto jogou demais, mas como disse Romário de Pelé: “calado, é um poeta”.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Amigos:
    Tostão foi um grande craque,comportamento dentro de campo ESPETACULAR, fora de campo discreto.Como cronista EXCELENTE sempre na defesa do futebol arte e não do futebol brucutu.
    O Capitão Carlos Alberto,forma com Djalma Santos e Leandro os maiores laterais direitos do futebol mundial,um outro craque como Tostão.
    Os jogadores da Seleção de 70,tinham o DIREITO LIOUIDO E CERTO da exploração da imagem e não receberam.Anos lutam pelos seus direitos e por intermédio liminares aqui e ali, não recebem o que é JUSTO e DIREITO POR LEI.
    A grande maioria dos carques de 70, se encontram doentes,dificuldades financeiras e até vivendo de favores – outros morreram sem ver um dinheiro de esforço e suor a que tinham direito.
    O Capitão Carlos Alberto formou uma associação na defesa desse direito – fez muito bem! Nínguem deve abrir mão do seu direito!
    Carlos Alberto esta nessa luta a anos, sabe das dificuldades dos seus companheiros de 70, a cada nova liminar e novo adiamento, sente na pele as angustias e cobranças daqueles que necessitam.
    Não é DINHEIRO PUBLICO é dinheiro dos JOGADORES POR LEI E NÃO PAGOS – dinheiro publico é dos impostos que pagamos, de um financiamento para uma obra publica… e é este dinheiro que devemos cobrar seu verdadeira destino.DINHEIRO DE EXPLORAÇÃO DE IMAGEM não é Publico e sim dos craques de 1970.
    Tostão seria nobre se dissesse que abriria a mão do seu direito, em favor dos companheiros, em sua maioria em dificuldades. Não o fez, foi MESQUINHO,AGINDO COM PROFUNDO MAU CARATER, COM PROFUNDA MALDADE para EGOISTICAMENTE se passar por BOM MOÇO na defesa do dinheiro publico – MENTIRA! pertence por LEI,DIREITO e FATO aos craques de 1970, inclusive Tostão.
    O desbafo de Carlos Alberto é um desabafo JUSTO, DOLORIDO e INDIGNADO contra um companheiro que jamais poderia imaginar – UM COMPORTAMENTO TÂO BAIXO,EGOISTA apenas para aparecer como BOM MOÇO para a sociedade a custa dos sofirmentos de seus companheiros.
    Minha solidariedade ao Carlos Alberto e a todos os jogadores de 1970 que tanta alegria me deram – quanto a Tostão – minha repugnancia total pelo seu comportamento do qual já dei as minhas denominações.

  • Paulista indignado

    Depois da bolsa ditadura, caso do repugnante battisti, erenice, dirceu, palloci, passaporte, cartão corporativo, etc, todos vão querer uma boquinha. Como sempre, apedeuta fazendo a média com nosso suado dinheiro.
    TOSTÃO é UM HOMEM HONRADO. Parabéns.

  • Jose Roberto

    Ricardo, é só mais um a querer mamar nas tetas do (des) governo. Sugiro para o cidadão (sic) as palavras do Rei (da Espanha) : Por não te calas ?

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Perdão:
    O direito a imagem ainda é uma luta dos craques de 70 e não pagos.
    Um aposentadoria aos nossos ídolos que por força de tantas ocorrências tragicas e hoje doentes,abandonados. O Estado ajudá-los? SIM! não abalará em nada, nada, nada o erário publico – ver qualquer ídolo de infancia, adolecencia estar amparado, só me deixará feliz, uma retribuição por meus gritos de É CAMPEÃO!
    Quanto ao Tostão, minha total repugnancia por um gesto de falso moralismo, egoista para se apresentar como bom moço.
    Capita Carlos Alberto e a todos os craques de todos os tempos do futebol brasileiro meu carinho,solidariedade e respeito – ampara-los é uma ato de grandeza de qualquer Estado Justo e Humano.

  • tô trabalhando há 30.

    Tá na hora de tirar o “Gerson” da lei da vantagem em tudo e colocar em seu lugar, com honras e pedidos de desculpas ao genial meia, “Carlos Alberto Torres”. O capititicão.

  • tô trabalhando há 30.

    Durante o período em que C. Alberto jogava, estive na escola.
    Quando já não jogava mais, mas era marido de atriz, trocava noites de festas por trabalho para sobreviver.
    Enquanto ele recebia alegremente o fusca-Maluf, sacrificava minha família para poder completar os estudos.
    Quando ele tentava ser técnico, passava noites acordado pensando no fim do mês.
    Quer ser justo, capita, tente sair do ostracismo nos defendendo, àqueles que apaixonadamente torceram por você e pela seleção.

  • tô trabalhando há 30.

    Sinal do Brasil algum tempo para cá: o sujeito que decidiu estudar, trabalhar, ganhar a vida com seu suor e seu conhecimento e, por este prosaico motivo, ser brutalmente esfolado por impostos indecentes, é apedrejado e achincalhado por quem ajudou a ter relevância.

  • paulo

    O que faz a falta de cultura! De um lado, um semi-analfabeto, que não se preparou para o futuro, achando que as glorias obtidas com o futebol seriam “ad eternum”. Do outro, uma pessoa, muito mais esclarecida, que buscou na cultura os meios necessários para levar adiante a vida, após o futebol. Igualzinho ao que ocorreu com o Lula em relação ao FHC. A história se repete! A ignorância obscurece a mente das pessoas e, por isso, agridem, usando argumentos desprovidos de qualquer sentido. E só podem fazer isso mesmo, porque falta-lhes conhecimentos mínimos para debater a altura com aqueles mais providos de inteligência! São ridículos!

  • João Augusto

    Tostão, durante o tempo em que jogou futebol, foi genial e está na lista dos melhores que vi jogar, e que não foram poucos. Carlos Alberto, o grande capitão do Tri, também está entre os grandes craques, embora um nível abaixo de Tostão. A diferença entre ambos é que Tostão era genial dentro de campo e continuou fora dele. Após ter encerrado a prematuramente a carreira de atleta de futebol, formou-se e exerceu a medicina durante 10 anos, quando retornou ao futebol, desta vez como cronista esportivo. A propósito, tem um texto de altíssima qualidade.
    Já, Carlos Alberto, depois que parou de jogar futebol, fez o que? Respondo: Continuou faturando da imagem de ex-atleta, sem nada a acrescentar. Que pena!
    Sabe qual será a vingança de Tostão? Por ser uma pessoa fina e educada, sequer vai se dar ao trabalho de responder ao “Capita”.

  • patricia m.

    Pedro Luiz Moreira Lima, se você se sente tão tocado, doa uma parte do seu salário a eles, convença outras pessoas a fazerem o mesmo e tal. Olha aqui, eu nem era nascida em 1970, eu nao gritei nada de “eh campeão”, eu não tenho que pagar aposentadoria especial nenhuma para nenhum jogador de futebol.

  • patricia m.

    Pedro Luiz Moreira Lima, outra curiosidade: quem garantiu direitos de imagem aos caras? Foram os clubes? Foi a Fifa? Foi o empresário deles? Foi o Estado Brasileiro? Porque se foi, é dinheiro público sim, já que Estado nenhum se sustenta por outro meio a não ser a sugação de impostos daqueles que tentam ganhar a vida honestamente.

  • patricia m.

    Para variar, foi o demagogo do Lula que prometeu mundos e fundos aos jogadores de futebol. Que coisa mais ridicula, esse país! Isso não pode passar na Câmara nem no Senado de jeito nenhum, isso é anti-constitucional.

  • Francisco

    O Tostão tem toda razão! Chega de pouca vergonha! Só mesmo aquele mentecapto do lula seria capaz de sugerir tamanha safadeza. Carlos Alberto, chega!!!
    Malandro, safado e fdp é você. Deixe em paz um cidadão de moral ilibada que se chama TOSTÃO.

  • Pardale Flight

    Também acho que o Tostão poderia abrir mão de sua parte em benefício dos colegas, já que parece não precisar. Contudo, acho que ele não fez por mal, apenas quis ficar fora dessa história de receber benefício do Governo. Acredito que a linguagem do Carlos Alberto foi exagerada e desnecessária, mas é o que ele pode fazer, já que não tem cultura. Só uma perguntinha: E os milhões de brasileiros que contribuíram para a construção deste país e recebem salário mínimo de aposentadoria? Alguém se lembra deles? Estou com o Tostão.

  • roberto

    Se vingar a idéia da aposentadoria dos atletas ( coisa do demagogo lulla),mais uma vez quem vai pagar a conta somos nós que pagamos nossa “previdência” e vemos a mesma sendo usada demagógicamente como “assistência”.

  • Leonardo Arrais

    Tostão está com a razão. O seu ex-companheiro de futebol está de gozação com a nossa cara !!!! Malandro este “capitão do tri” !!! Se estes canalhas querem dinheiro, que vão trabalhar em outros ramos. Eu não pedi para serem campeões de nada. Estou de saco cheio disso tudo neste país; trabalho, trabalho, trabalho; pago impostos, e mais impostos, e impostos e não vejo retorno de nada, nada, nada e vem esses safados querendo dinheiro. Se foram campeões, e querem o direito adquirido de receber uma concessão, que peçam a bilionária CBF para dar dinheiro a voçês.

  • alberto santo andre

    SE O BRASIL TIVESSE PELO MENOS METADE DA POPULACAO COM O PERFIL HONESTO E TRABALHADOR DE TOSTAO, E SUA INTELIGENCIA, ALEM DE CONSEGUIRMOS SER MUITO MAIS VEZES CAMPEOES DO MUNDO EM FUTEBOL, SERIAMOS CAMPEOES EM EDUCACAO E SAUDE E NAO AMARGARIAMOS A OCTAGESIMA QUINTA POSICAO EM EDUCACAO,PROXIMO AOS PAISES AFRICANOS.

  • Hortulina Paiva Dias

    Coitado do Carlos Alberto, continua um brucutu.Quanto ao Tostão:Dez pra ele.

  • carlos carvalho

    Todos reclamam e ficam indignados quando essas regalias são recebidas pela classe politica mas assim que veem a chance d’uma boquinha , ficam a favor.
    O INSS devia ser extinto e a aposentadoria seria privatizada. O tesouro pagaria pensões maximas de 2.000 reais, inclusive aos novos funcionarios publicos. A contribuição previdenciaria seria 5% da empresa e do empregado. Resolveria o rombo de 80 bilhões por ano e a previsão de ruina do estado para o futuro.

  • José Cláudio

    Claro que é o Tostão que tem razão. É o caso de perguntar para o Carlos Alberto, onde ele enfiou o dinheiro que ganhou no Cosmos dos EUA? Ora, não dá para ficar sustentando gente que só pensa no presente e que acha que o futuro a deus pertence.

  • Já vi Carlos Alberto ofender Zagalo (na TV), ofender um arbitro de futebol… será patologia?

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Cara Patricia;
    Falei com meu coração, infelizmente minha renda mal dá para ser meu próprio mecenas – como gostaria de ser um Eiki numa hora dessas.
    Uma pena não termos um João Saldanha conosco, nossos ex atletas junto com o Capitão Carlos Alberto, não estariam desprotegidos.
    Minha defesa não tem nada haver com politica e partidos e sim em solidariedade a antigos ídolos e muito deles doentes e miseráveis a viverem o restante de suas vidas com dignidade.
    Quanto ao POVO BRASILEIRO faço parte dele! dentro que posso fazer, faço! não sou um Eiki Batista, um desses meninos aí craques em computadores, meninos de maiores fortunas do mundo para poder fazer mais.
    Solidariedade, Respeito são as unicas armas que tenho em sonhar e lutar por um mundo Justo e Fraterno.
    Um grande abraço
    Pedro Luiz

  • manuel marques

    … Tostão tem razão. Esses jogadores (da seleção) já são tao bem pagos, que é uma vergonha tomarem mais dinheiro dos nossos impostos para cobrirem a gastança desenfreada e o descontrole financeiro deles, nos tempos das vacas gordas. Tem gente que adora uma boquinha. Em tempos de PT então, eles vão conseguir sim. É uma vergonha.

  • Anonimo

    Um é um vagabundo, um oportunista, um semi-analfabeto violento, quase um ladrão, quase um político governista.
    O outro é um calmo, tranquilo e consciente defensor e fiscal da constitucional destinação do dinheiro público advindo dos impostos pagos por todos os brasileiros.
    Quem é quem?
    É necessário dar-se algum trabalho para responder?
    Até o analfabeto acima já sabe a resposta… trabalho

  • Guina

    Pedro Luiz Moreira Lima (18:50). Seu comentário é, no mínimo desonesto. Como pode concordar com as grosserias do Carlos Alberto? Como pode você usar os adjetivos que usou sobre o Tostão? Só uma pessoa que não o conhece é capaz de escrever o que você escreveu. Além do mais, o que ele teria a ganhar, se fosse verdade o que você disse a respeito dele? Bom moço, sim: desde quando se tornou famoso no futebol, é assim que o conhecemos!

  • Evandro Oliveira de Medeiros

    CARLOS ALBERTO, PROCURE UM NOVO EMPREGO PARA VOÇE E PARE DE ENCHER A CARA NO BOTEQUIM DA ESQUINA.
    GANHAR DE GRAÇA É UMA “graça”

  • Pedro Reseck

    Tostão . Coitado do capitão do tri … Lamentavel .. Mas tenho certeza que o Tostão ira perdoa-lo ..

  • Jorge Vendramini

    O Tostao esta certo. O pessoal do futebol ganhou muito dinheiro jogando bola e a maioria deles colocou tudo que ganharam fora em coisas que nao deveriam ter gastado e agora querem o dinheiro da populacao realmente o Tostao esta certissimo.

  • beto fiorucci

    TE

  • Anonimo

    Se eu soubesse que o preço seria sustentar esses vagabundos, esses pernas-de-pau, teria torcido pro Uruguai, prá Argentina, prá Itália, com prazer…
    Era só o que me faltava: financiar pensão vitalícia…pro Zagalo, pro Carlos Alberto!
    INCONSTITUCIONAL, ESSA “LEI”!

  • beto fiorucci

    Estou com Vc Tostão, pois vc pode abrir mão desta aposentadoria, pois tem pago religiosamente a contribuição ao INSS para sua aposentadoria como medico que é e merece receber por isso, ja que como jogador vc nunca pagou a contribuição e o Carlos Alberto T. também não e outros jodores tb Não, então o mercido pela aposentadoria de estes craque da bola e sonegadores do INSS e de 1 (um) salario minimo no máximo, como todo o povo brasileiro recebe, pois todos somos campeões em levar dibre destes governos e politicos corruptos.
    Se vinga Brasil

  • Anonimo

    Tem um CARIOCA aí embaixo defendendo o Carlos Alberto e metendo o pau no Tostão. Quer que o GOVERNO passe a nossa grana pros jogadores.
    Mas perguntem ao CARIOCA FUTEBOL-MANÍACO se ele aceita que a sede da CBF saia do Rio e vá para a capital federal, Brasília…
    A resposta, tipicamente CARIOCA, será: claro que não! A CBF não é órgão público! É organização privada! Daqui ela não sai! Querem esvaziar o Rio ! Os royalties do petróleo são nossos! O Cabral vai chorar!

  • Alexandre

    É o Tostão tem toda a razão, se abrir exceções corre o risco de abrir para todos.
    A opinião dele tem base lógica, não entendo a exacerbação do Carlos Alberto.Além da falta de educação.

  • Calache

    O “capita” deveria pedir de volta o dinheiro (e não foi pouco) que a mulherada levou dele…

  • josé carlos pereira

    Ninguem tem culpa pelos jogadores botarem fora o que ganharan de grana.
    Se Carlos Alberto quer moleza…vai sentar numa mãe dágua!

  • Rocha

    Ok, retificando: essa briga resulta de mais uma atividade provocadora de cizânia, da lavra daquele indivíduo que foi chefe do executivo brasileiro até o ano passado, sujeito reconhecidamente iletrado, por sinal. A exemplo de um dos personagens presentes na história em quadrinhos do Asterix & Obelix “A Cizânia”, o ex-presidente demonstra ter prazer em semear cizânias, sempre buscando alguma vantagem pessoal. As pessoas que tiveram, por quaisquer motivos, a oportunidade de estar em contato com o indivíduo em questão, conhecem bem o assunto.

  • Rogério Guevara

    Em 1970, quem chegava à seleção já tinha condições de fazer uma boa poupança para a aposentadoria. Os salários já eram bons e dava sim para comprar imóveis (o investimento mais banal) e/ou fazer outros investimentos. Quem não poupou foi porque pensou ter atingido o “deslumbramento da chegança”. Esse negócio de dar uma aposentadoria para os campeões do México é, mais do que um desaforo para milhões de “canarinhos” famintos, uma obscenidade de um governo calhorda. Só está passando dificuldades entre os que estiveram no México quem foi irresponsável e jogou todo o dinheiro ganho no ralo e no rego das marias chuteiras. Vâo explorar outros!!

  • jairo

    A iniciativa primava da deu de tudo aos craque de 1970 (copa do mundo) quem se deu bem está até hoje na vida boa, agora, quem quer fazer valer uma crise de bebedeira de seu LULA pode fazer valer essa idiotice. Eles já fizeram de tudo na vida, não tiveram complacência na gastança hoje estão sem dinheiro, nem todos, é claro.Sou totalmente contra esse procedente do capitão do tri. O tostão está completamente correto, se todos políticos tivesse o pensamento do nosso tostão esse país era outro.

  • Arnaldo Nogueira Neto

    Prezado Ricardo,

    Esse Carlos Alberto não passa de um malandro,que procura se sustentar com as benesses que o futebol sempre proporcionou. É um mau-caráter e não merece ser socorrido com dinheiro de “aposentadoria”. Vai trabalhar, vagabundo. Tostão é um homem honrado e trabalhador.

  • tarcisio de alvarenga barbosa

    A cronica do Dr. tostao foi irretocavel. Alias, todas sao perfeitas. Imagino se fosse jornalista.Ressaltou que para os necessitados fizessem algo.Um dos maiores jogador do mundo e a maior inteligencia do mundo do futebol. confira por favor

  • Setti, desculpe-me a ignorância, mas se os jogadores de 70 não pagavam imposto de renda e não contribuíam para o INSS por que eles teriam direito a aposentadoria?
    Eu pergunto porque sempre paguei I.R e contribui com o INSS tendo descontos salariais pelo limite máximo permitido por lei e posso afirmar que apesar disso, minha aposentadoria mais parece “ajuda de custo”.
    É preciso ter consciência e reconhecer que quem constrói este país são os trabalhadores anônimos, que, além de todos os encargos diretos e indiretos que pagam aos governos federal, estadual e municipal, se quiserem viajar e usufruir de alguns privilégios têm que pagar do próprio bolso.
    Muitos desse jogadores tiveram oportunidades excelentes e não souberam aproveitá-las, este é que é a verdade.
    Por tudo isso louvo a atitude corretíssima do Tostão, uma pessoa digna, correta e, sobretudo, consciente de que essa “aposentadoria” prometida pelo irresponsável Lula, vai ser paga pelos trabalhadores que já são explorados demais neste país.
    Carlos Alberto precisa acordar para a realidade e reivindicar seus direitos junto á CBF, não junto ao governo brasileiro, onerando ainda mais este povo que já é um dos mais explorados do mundo.

  • tarcisio de alvarenga barbosa

    Dr tostao para carlos alberto, por favor, sem resposta.O primeiro campeao em tudo o outro chutou bola, mais o que

  • Marinho

    Esta é diferença entre um homem culto e uma besta que além de não saber administrar o que ganhou,tampouco sabe votar. Este é o Brasil em que vivemos.

  • Guga

    Já chega de bancar a turma que bajula o PT…. como o Ziraldo, o Zé Dirceu…..
    por ter ficado 30 dias preso o LULA também recebe uma grana vitalícia……isso é roubo…acorda povão!!!!

  • carlos

    ver esse cara falar do Sr. Tostão, dá dó..(dele)

  • A. Silva

    Assino embaixo de tudo que disse a Rosa Maria Pacini. No meu entendimento conceder estas aposentadorias sem que tenha havido a contrapartida da contribuição prévia é estelionato. Quem devia pagar por isso seria o curupira que prometeu dar o que não podia.

  • P.Fuentes

    Alíássssssss, nada de nada… o governo quer gastar dinheiro público… o CAT…. é mais um que deseja mamar nas …. do governo…

  • Marco

    Amigo Setti: Esse assunto está repercutindo muito aqui no RS, alguns dirigentes daqui são a favor de uma criação de uma Legislação trabalhista esportiva. Eles alegam q o jogador cobra como artista e depois vão reclamar na Justiça como trabalhador comum. Isso quebrou muitos clubes e federações q tinham arbitros como funcionários.
    Abs.

  • Fernando Rodrigues.

    Parabéns DR TOSTÂO pela sua ombridade,pois só ignorantes como este Carlos Alberto que acha que jogador de “bola” como ele é heroi nacional tem direito de receber do suor do povo Brasileiro,O sr é Dr e ele é oque? Um zero a esquerda da sociedade,vai trabalhar Carlos Alberto seu perna de pau….

  • Marcos Antônio

    Há! Agora já sei de onde saiu o comentário “Ele (Carlos a)não vale um tostão”. rsrsrs. Valeu Tostão.

  • Reynaldo-BH

    Ao Setti e aos comentaristas que gostam do mestre Tostão. Segue um texto em jornal de BH (O TEMPO) onde assina coluna. E vejam a clareza de argumentos, a colocação elegante de opiniões e uma sensibilidade humana rara nos dias de hoje. Segue o link.
    http://www.otempo.com.br/otempo/colunas/?IdColunaEdicao=15609,OTE

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Caros Guina e Anonimo:
    Discordar é apenas discordar nada além disso,não vejo nenhuma desonestidade em minha opinião e muito menos em todos aqui,todos colocam a visão do assunto abordado pelo Setti,não me sinto ofendido pela sua colocação – no calor do debate apenas usou um termo errado.
    Anonimo:gostaria que a CBF tivesse uma administração digna e correta, nada além.Seu lugar físico? Rio,Sampa,Minas… pouco importa para mim, o importante seria uma administração séria e nesse sentido – longe muito longe infelizmente.
    Monstros do futebo que tive o privilégio de ver jogar:Garrincha,Gerson,Pelé,Nilton Santos,Zico,Rivelino,Djalma Santos,Leandro,Carlos Alberto,Ademir da Guia,Zito,Andrade,Zé Carlos,Paulo Cesar,Junior,Dirceu Lopes,Tostão,Julinho Botelho,Reinaldo do Atletico,Romario… parar por aqui.
    Quantos desses hoje desfrutam situação boa,maravilhosa? Rivelino – que saiba uma vida normal,Gerson ( maior meio de campo do futebol mundial)- vida normal e correndo atrás do para sobreviver,Nilton Santos – acometido de uma doença grave – vive em dificuldades,Paulo Cesar Caju – perdeu tudo em razão de drogas(nínguem é livre dessa praga)e Ademir da Guia?Dirceu?Reinaldo?
    Garrincha uma alegria e uma tragédia – a luta fantastica da talvez maior cantora da MPB Elza Soares(mulher linda,forte – difícil definir um SER HUMANO tão nobre como ela) e nosso Nilton Santos que nunca abandonou seu velho camarada.
    Ao ver caido qualquer ser humano é uma dor profunda, quanto mais é aquele que nos encheu de alegria e orgulho de uma vitória.
    Amparar ex jogadores que por vários motivos – cairam no abandono e miséria, amparar grandes artistas que nos fizeram rir,chorar – não é gasto do dinheiro publico – é sim a retribuição da sociedade por intermédio do Estado para aqueles que contribuiram com nosso risos,sonhos…nossos sentimentos.
    Cultura e Eduacação não saõ sinônimos de grandeza de sentimentos.Sem sentimentos a Cultura e Educação em nada contribuem para a SOCIEDADE.
    Prefiro como voces dizem – a falta de educação,cultura do Capita Carlos Alberto – do que a Cultura e Educação do “bom mocismo” hipócruta do Tostão e escrevo isso com tristeza – pois sou fã clube de suas cronicas esporivas,fui fã clube do seu futebol,fã clube de sua luta para participar da Copa de 70,fã clube na persistencia que teve para se formar médico – é duro e difícil para mim chamá-lo de hipocrita,oportunista e egoista.
    A resposta do capitão Carlos Alberto, foi justa e correta uma reação indignada de um campanheiro que jamis poderia esperar ter tal atitude.
    Abraços a todos.

  • Jeremias-no-deserto

    É a eterna luta entre o bom e o mau caratismo. Tostão ficará notabilizado na história do futebol brasileiro não sómente pelo seu talento como atleta de futebol, mas também pela sua cultura, seu trato fácil, pela modéstia e sobretudo pelo seu excelente caráter.Tenho certeza que ele sabe muito bem que é isso o que importa na vida de qualquer um.Tostão, valeu cara!

  • Sergio

    Esse carlosalberto estava tão bem no Kazaquistão…

  • Anonimo

    É…O tal de CARIOCA, afinal era CARIOCA mesmo…
    E ÚNICO, pois é o único carioca do mundo que “diz” (falar é fácil) não se importar que a sede da CBF saia do Rio (E AINDA EM ÉPOCA DE COPA DO MUNDO !!
    quáquáquá…cascata de carioca?…será possível? rsrs
    E é ÚNICO, de novo…o único, aqui nesse blog, a defender a mamata do vagabundão perna-de-pau beque da roça, que quer por que quer se locupletar às custas dos impostos dos brasileiros, tal qual um político governista (PT + PMDB)

  • Ilson de Pádua

    Prezado Ricardo,
    É lógico que o TOSTÃO tem toda razão. Como sempre querem mamar nas tetas grande da viúva. Eles já receberam na época da conquista da mesma forma que os jogador de 1994 e 2002 também. O Carlos Alberto é um grosso e analfabeto e deveria respeitar as opiniões do Dr. Tostão.!
    Abs,
    Ilson de Pádua

  • Tião bento, rj

    O grande capitão está apenas exercendo seu direito de pensar e mandar. É obvio. Quem é que aguenta hoje conviver com pessos decentes e honestas? me diga? estas pessoas dão no saco. Mentir e enganar ,surrupiar e roubar, sorrir depois, e de frente para a camera afirmar que não fui eu e não sei de de nada é o mote. Responsabilidade é só para que paga paga por isso, os contribuintes, e são são tantos que não custa nada ao grande capitão querer meter a mão no nosso bolso, natural, é a lei da oferta, já que a procura se tornou obrigatória para esta gente. Nem bico de pelicano serve de referência para os tempos bicudos ao qual vivemos.

  • walter

    Prezado Carlos Alberto, voce não entendeu a mensagem do Tostão, que deemonstrou preocupação com todo um povo e não com o seu próprio umbigo, com o simbolismo do seu gesto poderá ensinar muita gente a se preocupar com os demais e se forem te seguir nunca seremos uma nação.

  • Durval

    A culpa é do Corinthians…

  • Neli Faria

    Tostão tem razão!Pq tenho que sustentar ex-jogador de futebol?Dinheiro do contribuinte é para as causas públicas.pisou na bola,carlos alberto.Viva Tostão,marcou um gol de Placa…E viva o Santos F C tricampeão!

  • M.A.S.

    Claro que é o grande Tostão que tem razão.Carlos Alberto é mais um que quer viver às custas do governo com nosso dnheiro.Aí todos os artistas(Roberto Carlos,Wanderleia,Erasmo Carlos,Pixinguinha,Vicente Celestino,Mussum,Zacarias etc,etc,etc,etc,etc,……..terão direito também.

  • LIMA

    O TOSTÃO É O FHC DO EPISÓDIO, JÁ O CAPITÃO DE 70 É O LULA DA QUESTÃO. FHC. É MUITO, MAS MUITO MELHOR, DO QUE O APRECIADOR DE CACHAÇA. CHEGA!!

  • Luiz Ackel

    O Tostão, que a meu ver um cara correto, tem toda a razão!

  • joao

    Pedro Luiz: 14:58 – O que é isso? Falou, falou e não disse para que veio,com esse relativismo de emoção com razão misturado num caldo macunaímico de apologia a ignorância, aí é demais. Claro que o Tostão tem razão sob todos os aspectos moral e cultural. Vai que essa moda pega…

  • Mauricio

    Eu também estou aposentado e fui um funcionário exemplar e mereço também a retribuição do País com uma contribuição extra por serviços relevantes.
    (eu e mais todos os brasileiros)

  • sato

    O Tostão é um cara corretíssimo e inteligente …. já o outro tenho minhas dúvidas.

    O super saqueado cofres públicos não tem nada que sustentar a aposentadoria de ex-jogadores que ganharam
    o suficiente para fazer o pé de meia, mas não fizeram
    por pura incompetência.

  • Renato

    Tudo está no seu lugar o grande capitão com sua fina ignorância o nosso Tusta com sua descomunal elegância.Nada há para se estranhar.

  • Teófilo Larêdo

    Caro Tostão, infelizmente, os que estão errado é que acham que estão certo.

  • Ricardo M. Lima

    Acho que quem tem direito a aposentadoria do INSS é aquele que pagou.Se o jogador de futebol pagou tem direito como qualquer cidadão.Não é justo é que , quem nunca contribuiu querer agora ter direitos especiais.

  • Waldemir

    Se o Tostão quer abrir mão do tal direito, qual o problema? Ele tem o direito de pensar e agir da forma que considera mais justa.

  • josé carlos

    Pô Carlos Alberto, cadê todo o dinheiro que os jogadores ganharam. Porque não fizeram aposentadoria privada, gastaram tudo em farra e querem agora que o povo pague o seu conforto. Tem muito medalhista que ganhavam pouco e merecem muito mais do que vocês. Ah, e baixa a bola em relação ao tostão, ele tem moral para dizer o que disse.

  • Horlando-Halergia

    Isso é velho, muito velho!
    Alguém não aceitar opinião de outro, seja lá quem é o outro, seja lá qual é o argumento, seja lá qual é o motivo. Já viram fiéis da igreja A aceitarem fiéis da igreja B? Já viram torcedores do Clube X aceitarem torcedores do Clube Y?
    Se a coisa foi assim mesmo, lamento o comportamento do “capita” da maravilhosa Seleção de 70. Prefiro continuar na memória com o belíssimo desempenho de todos eles (Carlos Alberto e Tostão, inclusos) pois aquilo sim foi felicidade!
    No mais… Tolerância, caldo galinha e educação não fazem mal a ninguém, muito pelo contrário!

  • J.B.CRUZ

    Reevidicações de CARLOS ALBERTO TORRES á parte,TOSTÃO está certo!!O CARÁTER é que diferncia as PESSOAS!!

  • Vascaino

    Os dois foram excelentes jogadores. Fora dos campos (Carlos Alberto está certo) o Tostão teve mais sorte. A “sorte” dos que planejam o futuro e se aplicam no trabalho. Foi médico e professor competente. Ele voltou ao futebol como comentarista e é muito bom também. Nessa controvérsia em que os dois se envolveram, o Tostão está certo. Carlos Alberto, alem de não ter razão, foi muito grosso. Demagógica mesmo foi a proposta do Lula que prometeu a recompensa absurda. MAS dizer que a correção pessoal do Tostão é legendária, é esquecer a história. O golpe contra o Vasco aconteceu há muito tempo, o Tostão ficou anos e anos sem falar de futebol, fez muita análise, e talvez tenha esquecido da sua participação na lambança. Eu não.

  • evandro luiz

    ISTO E BEM COISA DE SE CRIAR INTRIGAS,CRIAR DIVISOES,ENFRAQUECER,PARA SAIR BEM NA FOTO COMO AQUELE QUE QUIZ DOAR,MAS HOUVE CIZANIAS.MAIS UMA DAS MILHARES DE BABAQUICES DO SR.BEBUM INACIO,ELE NAO PERDE A CHANCE DE IMITAR O SILVIO SANTOS,DETALHE,O DO S.S. E DELE,QUANTO AO CAPITA,E UM BIXU MAU-EDUCADO,PREPOTENTE,BRIGAO QUE DEVE SER DESPREZADO POR QUEM ELE SE INDISPOR,LULA DA UMA DAS TUAS PENSOES PRO CAPITA E DA CARINHO PRA ELE,TA RAIVOSINHO,BAIXA BOLINHA PARA FALAR DO PROFISSIONAL TOSTAO,VALEU.

  • Cesar Antonio

    Jogadores de futebol ganham muito dinheiro, se não aplicaram corretamente, não somos nós os contribuintes que teremos que arcar com isso. Além de ser uma Demagogia do Apedeuta, isso não tem nenhum cabimento. Concordo totalmente com o Tostão. Além do mais, acho que o Carlos Alberto não precisa deste dinehrio.

  • chagas

    Um jogador ,normal, ganha hoje uns 100.000,00 por mês, os da seleção muito mais, já a maioria(nós) que ganha 545,00 p/mês teria que trabalhar quase dezesseis anos, para ter esse cem mil que os nossos jogadores ganha no mês. A posição do Tostão esta correta. 0 contribuinte não tem que dar aposentadoria especial a jogadores que ganharam uma grana preta e não soube poupar, sabendo da escolha que fez, os gastos e outras condutas…Sr Carlos Alberto, se voce tem 35 anos ou mais de contribuição procure o (inps) INSS, encaixando dentro dos requisitos, creio, que será atendido, aí sua aposentadoria será de forma justas. Respeite o Tostão, ele, apenas está querendo clarear sua mente tão obscura, em aproveitar de um ato irresponsável do lula em dar indenização a jogadores que ganharam uma copa. Ah… Carlos Alberto poupe o povo dessa trapalhada, faça algo coerente para 190 milhões(povo), talvez, quem sabe voce acerte

  • carlos roberto de carvalho

    Sem a menor sombra de dúvidas que nossos heróis ,jogadores de futebol, campeões de 5 copas mundiais, que tantas e alegrias e respeito trouxeram ao nosso tão sofrido país, marcado com por maus exemplos de corrupções desmandos e impunidade, que envergonham nós pobres mortais que carregamos através de nosso trabalho árdio do dia a dia esta nação, merecem receber uma pensão digna por tudo que já contribuiram, entretanto, os recursos destinados para tal poderia partir da contribuição mensal dos jogadores mais jovens, que estão na ativa e que ganham verdadeiras fortunas para apresentarem um futebol mediocre e que não estão contribuido em nada para o nosso futebol, e sim para sí proprios . Que tal pensar um pouco no futuro, e formar um fundo de pensão para esta categoria, e deixar a previdencia social oficial para nós demais pobres mortais hein?

  • Antonio Augusto Carvalho

    Esses ex-craques, quando bem de vida, esbajaram o que tinham e o que ainda iriam ganhar. Muitos deles padecem hoje de um estilo de vida incompatível. Problema deles, não meu! Sou contra qualquer benefício especial para qualquer tipo de categoria!

  • aninimis

    É mais uma demosntração de honestidade até surgir a oportunidade. Um jogador que desfilou pelo mundo recebeu rios de dinheiro não tem que receber aposentadoria especial. Se disser que ele tinha de ter jogado por 35 anos como um trabalhador comum estaria cheio de explicações para mostrar que não é possivel.

  • Anonimo

    Esses caras, esses pernas-de-pau, querem ter um mensalinho às nossas custas, prá torrarem tudo de novo:
    com cachaça, piranhas e travecos!

  • Jango

    Onde faltam argumentos, sobram ofensas – é o dito popular. Ninguém jogou de graça em 70, acho que ninguém nunca. Se a questão é dinheiro, o que fizeram com o que ganharam ? Não é da nossa conta, portanto, nada a acrescentar.

  • José

    Quem tem que dr pensão para jogador de futebol é a CBF, não a previdência oficial!
    Enquanto eles estão jogando futebol e ganhando rios de dinheiro, o resto dos brasileiros estão trabalhando, estudando e se preparando para passar 35 anos pagando para receber uma minguada aposentadoria, quando não puder mais trabalhar. Sem essa que campeão mundial de futebol tem direito a benefícios e privilegios. Vão trabalhar!!!

  • Fernando

    Escreveu tb q Tostao tem sorte é medico! pra ser medico tem q estidar e trabalhar nao ter sorte. sorte tem vagabundo q recebe dinheiro sem fazer nada ao menos contribuir com impostos. Esse Carlos Alberto mancha a historia do futebol que aqui entre nos deveriamos estar preocupados com outras coisas ja q o Brasil nao tem saude segurança educaçao …

  • Barlima

    Ricardo Setti: vi todos os josgos do Brasil na copa do México em 1970 e afirmo, sem medo de errar, que duas coisas foram definitivas para o triunfo do Brasil, que são: primeiro, tudo que se fazia dava certo e segunto, peremptóriamente, foi Tostão quem decidiu. É só ver o empate contra o Urugiai e o segundo gol. É só ver o gol contra a Inglaterra e, finalmente é so ver sua participação tática contra a Itália. Quanto ao homem, não há referência que o desabone. Portanto, creio que Carlos Alberto está falando sem pensar.

  • Dawran Numida

    Receber aposentadoria, só se tivessem contribuído com a aposentadoria. Ponto. Benesses com a Previdência não é uma boa coisa. Previdência não é benesse, é repartição atualmente: quem trabalha paga para quem se aposenta. O que fazer com os ex-jogadores que não pagaram a Previdência ou com os Clubes? Que os clubes sejam cobrados como quaisquer cidadãos. E os jogadores, é de sentir-se, mas que procurem ver o quanto faltaria para poder aposentar e paguem o que falta. Outra forma é cobrar por uso de imagem, por entrevistas, fazerem propaganda etc. A saída tem de ser pelo lado privado e não pelo público. a associação citada deveria cuidar disso e não ficar atrás de benefícios dos cidadãos.

  • Silvio

    Tostão acertou duas vezes.Primeiro em não ocultar sua opinião e segundo porque seus argumentos estão corretos.Quanto ao Carlos Alberto, nada melhor poder-se-ia esperar do velho capitão. Cada um dá o que tem!

  • tonazzi

    Muito whisky

  • romildo de paula leite

    logico tostao.

  • Marcelo M Porto Ferreira/SP

    carlos alberto vc tá de BRINCANAGEM , vai trabalhar que vc ganha dinheiro, tanta gente neste país que trabalhou e trabalha até hoje e não recebe nada de ajuda ou aposentadoria e vc querendo moleza., tostão PARABÉNS

  • Sérgio Vilas Bôas

    Não obstante o real valorizado, o Tostão é de ouro

  • ANDRE

    Minha opinião é que jogador nenhum deve receber
    aposentadoria paga pelos cofres públicos, e di-
    go mais: nenhum politico deveria receber aposen-
    tadoria paga pelos cofres públicos, deveria se
    limitar a pagar um plano de aposentadoria ou re-colher no mínimo 35 anos e 53 de idade, o joga-
    dor o mesmo

  • Nilson

    O sujeito torrou tudo o que ganhou, não soube administrar suas economias e agora quer que o contribuinte pague a conta de sua irresponsabilidade? Vá trabalhar como os demais trabalhadores pagadores de impostos.

  • Dudu

    Carlos Alberta, vc deveria ser mais autenco,sincero com seus colegas, principalmmente com tostão que um verdadeiro crque na seleção. vc foi um grande conversador e muito papo furado, vai trabalhar ganhar dineiro fico rico e pare de encher o saco de tostão.

  • Humberto de Souza Abreu

    Tostão tem uma postura que o Carlos Alberto Torres desconhece-pode ser chamada de carater, ética, respeito ao dinheiro do contribuinte…..
    Quem acompanha o futebol brasileiro , conhece um pouquinho de história vai se lembrar que o Carlos Alberto , em 1969 , dizia que Pelé e Tostão não podiam jogar juntos. Vieram as eliminatórias Pelé e Tostão arrebentaram e calaram as bocas de muitos. Mas não pensem que o “capita” defendia o futebol , em uma postura de compadrio defendia seu coleguinha de clube Toninho Guerreiro , que fazia muitos gols porque jogava desmarcado-precisava de dois ou três para marcar o Rei.
    Por que não te calas , Carlos Alberto ?
    Humberto Abreu
    Timóteo-MG

  • paulo

    Vou ser a favor o dia em que esse despreparado achar a Jules Rimet que nem bem chegou foi roubada. Tá sem grana capitão, bem feito, quem mandou não estudar, ou pelo menos enganar como técnico na unica coisa que soube fazer na vida. Vai cobrar do teu cumpanhero Lula por essa promessa de politico, que ele te de um emprego. E se não fosse Tostão no jogo contra a Inglaterra, vc não faria aquele golzinho final contra a Italia.

  • juquinha

    Foram jogadores muito diferentes e pessoas mais diferentes ainda. Sou atleticano de coração mas admiro a integridade moral deste cruzeirense – o que não é comum num jogador de futebol!

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Amigo Humberto:
    Sou de opinião contraria de todos aqui,concordo com a posição do Capita Carlos Alberto.
    Carlos Alberto era jogador assim como Tostão,quem escalou Tostão e Pelé foi o grande João Saldanha, o João Sem Medo.
    Demitido Saldanha, a seleção teve como técnico o Zagalo que com sua “zagalice” achou que Pelé e Tostão não podiam jogar juntos.Calos Alberto nada tinha haver com isso.Detalhe: Toninho centro avante do Santos era um cracaço!jogava ao lado de Pelé e mesmo junto com o Rei, se destacava.
    Saldanha chegou a convocá-lo e como TITULAR mas uma grave contusão o tirou da Copa – amigo Humbero,Saldanha não tinha a menor simpatia pelos centro avantes rompedores – Toninho era um cracaço.
    Abração.

  • Alex

    Em paragens civilizadas, artistas, atletas e qualquer trabalhador de qualquer profissão trabalha e paga impostos. No Brasil virou moda artista, e agora ex-jogador de futebol, quererem viver pendurados nas tetas do estado e pesarem no bolso dos Barnabés desdentados.
    Se escolheu ser jogador de futebol, Carlos Alberto correu os riscos mas também se habilitou como possível beneficiário de todas as possibilidades que o sucesso na profissão oferece, assim, também, como em todas as outras. Se não soube conduzir sua carreira e administrar suas conquistas não tenho nada com isso e não me sinto na obrigação, como pagador de impostos, de sustentá-lo.
    Vá trabalhar, vagabundo! O Brasil já tem parasitas de sobra.

  • Humberto de Souza Abreu

    Pedro Luiz,
    Obrigado pelo amigo, aqui no Brasil quando discordamos de alguém logo partimos para o pessoal. Como você vê ,sou cruzeirense “roxo”, tive o prazer de conhecer pessoalmente o Saldanha. O cara era mais “fera” que as feras que escalou.Tenho uma memória privilegiada e posso lhe garantir que o Carlos Alberto , antes das eliminatórias (em 1969) deu a declaração a que me referi. Vc está certo ao dizer que o Zagallo pensava assim tb , pois logo que assumiu a seleção convocou o Roberto , centroavante do Botafogo , e o Dario Peito Aço , e disse que o Tostão seria reserva do Pelé. Como o Tostão tinha sido o artilheiro das eliminatórias , jogando um bolão ao lado do Pelé , o Zagallo não teve peito de tirá-lo do time. O Toninho Guerreiro era bom de bola , mas craque nunca foi.
    Prazer em conhecê-lo,
    Humberto

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Grande Humberto:
    Morei 17 anos em BH e lá torcia pelo Cruzeiro e como carioca Mengo – hoje apenas doente antes em estado de coma – por causa de afilhados em BH hoje torço mais pelo Galo.
    Voce ter conhecido o João sem medo é uma coisa para se comentar com orgulho mesmo!vi o Saldanha por diversas vezes na esquina da Miguel Lemos em Copacabana, junto com ele uma turma da pesada de botafoguenses,nessa época éramos fregueses de cadernos,ficava mais afastado ouvindo os papos – ficava intimidado em participar – talvez pensassem que devia ser algum agente do DOI ou dedo duro – difícil era muito garoto – deviam perguntar “quem é esse chato?”
    Tostão foi extra classe, Toninho Guerreiro um baita jogador(Saldanha queria leva´-lo) se arrebentou num jogo perto das eliminatórias e devido a essa contusão,acho que acabou sua carreira.Realmente desconhecia o lobby do Carlos Alberto pelo Toninho Guerreiro no entanto duvido que Zagalo iria tirar o Tostão por causa do Capita – Zagalo e sua zagalice são conhecidas – tadinho do meu Mengo – foi treinador e tive que enguli-lo!ossos de torcedor.
    Quanto oa Roberto do Botafogo, minha unica discordancia do Saldanha,nunca foi um centro avante rompedor – terrivel lembrar seus gols contra meu Mengo – Gerson lá detrás – passe de 70m – Roberto na corrida e gol!DURO AMIGO,DURO RELEMBRAR.Quanto ao Dario – um rompedor e verdade seja dita – impossivel não gostar como pessoa.
    Um grande abraço e espero que possamos nos encontrar para um bom papo.
    As irmãs Batistas,Wilza Carla,Garrincha,Fausto – tantas pessoas do meio artistico, do esporte por motivos diversos perderam tudo,nunca iria julgar aqueles que me fizeram rir,chorar e ter paixão.A luta do Capita Carlos Alberto sou totalmente solidário, não sei qual a melhor solução, ao menos uma foi apresentada.
    Tostão lutou para ser o que é hoje, acho suas opiniões fantasticas – em relação ao pitaco que deu sobre a solução de ajuda aos ex companheiros,não foi legal deu margens a opiniões de puro preconceito fossem descavadas – lembrando a Enciclopédia do futebol Nilton Santos,internado pela caridade de amantes do futebol.
    Tostão nesse ponto fez uma coisa que jamais o vi fazer em campo – pisar na bola.
    Desculpa ter sido longo.
    Um abração Humberto e quando chegar Mengo e Cruzeiro vai dar MENGOOOO!
    Pedro Luiz – quem sabe um bom chopp por aí?

  • Humberto de Souza Abreu

    Pedro Luiz,
    Minha família é do Estado do Rio -São Fidélis e Pádua- morei muitos anos em Niterói-de 70 a 82- era rato do Caio Martins , era Botafoguense , como meu pai , mas na família tinha muitos vascaínos(credo!!) , tricolores , flamenguistas, só meu pai era alvinegro. Tomei birra do Botafogo por causa do ridículo Russão. Ser botafoguense era bom porque a maioria da crônica esportiva era alvinegra. Tive o prazer de ver o grande time do Flamengo comandado pelo Zico – craque de bola , HOMEM . quando o escrete rubronegro jogava no Caio Martins eu tinha dois prazeres , ver o Timaço e xingar bem de pertinho o burrão do Nunes . Nunca gostei de centroavante rompedor.
    Valeu cara !!!

  • ANTONIO

    ESSE CARLOS ALBERTO É UM ASQUEROSO E MEDÍOCRE.

    CORINGÃO SAUDAÇÕES

  • DR DRAUZIO

    ESTE CARLOS ALBERTO QUE TOME VERGONHA NA CARA E VÁ TRABALHAR… NINGUEM TEM CULPA SE, NO TEMPO DAS VACAS GORDAS, NÃO FEZ UMA POUPANÇA PARA VELHICE, COMO TODOS NÓS, SIMPLES MORTAIS FAZEMOS.
    IMAGINE SE A MODA PEGA E TODOS QUE PARTICIPARAM DE ALGUM ESPORTE(ATÉ PALITINHO) REINVINDICAR UMA APOSENTADORIA, COMO É QUE FICA NOSSA JÁ COMBALIDA PREVIDÊNCIA.

  • luiz mahtuk

    Antes de se analisar o que foi dito, vamos analisar primeiro quem disse…A partir daí, sabemos aonde se encontra o equilibrio e a razão!

  • José Paulo

    O Tostão está certíssimo, e de parabéns pela atitude. Quanto ao outro, é apenas mais um que quer mamar nas tetas. Ora, vá…

  • ricardo

    sempre torci pro cruzeiro e nesse assunto pode entrar os preconceitos contra jogadores estrangeiros no brasil,como o montillo.porque jogadores ruins que nunca ganharam uma libertadores na vida como roberto carlos teriam a moral de falar que foi vítima de racismo?ele nem é negro!como só tivesse racismo na rússia,não no resto da europa…a torcida se manifesta sim,vão tachar de racistas agora?por isso que corintiano e flamenguista tem fama de bandido…as pessoas não olha pra o que vc é , mas pra que vc admira

  • PEDRO JADER

    É mesmo digno de dó esse C.Alberto. Foi um bom lateral direito. Porém estava, com certeza, ao lado de Félix, Brito e Everaldo(sem desmerê-los), entre os menos bons daquele, que o mundo inteiro canta como o melhor “onze” de todos os tempos.
    Na verdade não fosse seu estilo pessoal de “gargantar”, nem capitão teria sido.
    Alí tínhamos capitães natos, sem falar de Pelé, Gérson e Piazza eram exemplos máximos de capitães, porém Zagallo sempre teve “receio” de quem falasse alto.
    Pelé foi o maior de todos, inegável. Porém naquela copa quem redesenhou para o mundo um novo estilo de jogar bola, foi sem dúvida, o Dr. Eduardo.
    Quanto à aposentadoria e outros favores, cada tem o que merece, ou mereceu.Mamar nessas tetas já tão sugadas..não,não e não.

    C. Alberto, recolha-te aos anais de tua ignorância e cala-te a boca, besta.

  • felipe

    Pena que Carlos Alberto Torres se apequenou nesse episodio da ‘mesada” pra ex-campeões mundiais. Desrespeitou Tostão, um ídolo MUITO maior que ele, chamando-o até mesmo de “filho da p…”.

    Tudo isso porque Tostão foi o único a defender o interesse do povo brasileiro, se posicionando contra essa vergonha.

    Apesar da necessidade de saber separar as coisas, depois dessa desonra fica difícil assistir algo com o Carlos Alberto Torres e não me sentir enojado.

    Tostão foi INFINITAMENTE melhor que Carlos Alberto dentro de campo e, principalmente, fora dele.

  • jorge Petroski

    A principio não sou contra esta aposentadoria, mas vejo o outro lado, já contribui com 27 anos para inss, estou com diabetes, neuropatia, artrose nos pés e mãos, bico de papagaio na lombar e cervical. Sinto dores terrives quando faço esforço fisíco, com laudo de ortopedista, reumatologista e endrocrinologista não consiguo encosto no inss. Aí meu amigo é injusto…

  • claudio

    acho q sao pontos de vista diferentes….mas cada um tem sua razao….ate concordo com tostao….soh acho q a pessoa q se propoe a fazer um blog nao pode tomar partido em relação ao q publica….

  • djalma antonangelo

    o carlos alberto sempre foi meio vagabundo, por isso um dinheirinho a mais seria bom.

  • Erasmo D.Figueirêdo

    Acho que só pode ter direito a receber aposentadoria dos cofres públicos aqueles contribuiram durante anos de sua vida ( 35 anos para os homens). Não sou contra a que se ajude quem está necessitado, independente se foi jogador de futebol ou outra categoria qualquer. Porém as coisas têm que ser justas. Que se arrume então algumas outra forma de se ajudar estes atletas mas não com o dinheiro dos que contribuiram a vida toda , em sua maioria ganhando baixos salários para ter um “minguada” aposentadoria no final da vida. Portanto concordo com o TOSTÃO no que se refere a não aceitar este tipo de benefício. Merecem sim , aqueles que com suor e sacrifício ajudaram a construir este país , muitas vezes colocando em risco suas próprias vidas para levar o sustento aos seus familiares. Quando o Sr. Carlos Alberto diz que “eles” fizeram pelo Brasil , eu gostaria de saber ao que ele está se referindo . Pois comer , beber , viajar pelo mundo para jogar bola não deve ser o caso.
    Abraços.
    Erasmo Dias de Figueirêdo

  • Welder V C Medeiros

    Aí está a diferença entre um eterno craque e um ex-craque.
    Enquanto aquele se mantém sóbrio, coerente e ético, mesmo que isso lhe prejudique, este mostra que se deixou embriagar pela fama fácil, desperdiçou as oportunidades que a vida lhe ofereceu e agora atribui ao Estado a obrigação de locupletá-lo.

  • Andrea

    Lamentavel estes comentários todos. Pais sem memória e pais sem futuro, Carlos Lberto Torres eleito duas vezes o melhor zagueiro do mundo. Se pagamos aos exilados políticos, aos ex presidentes, porque nao aos que levaram alegrias aos brasileiros nosso pais érea ete hipócrita e totalmente sem memória. Na concordo com a opinião dos que usam de palavras grossiraspar atacar O nosso eterno e reconhecido mundialmente capita. A ele todo meu respeito

  • helio ribeiro mulullo

    nos trabalhamos para ter um misero salario quando aposentarmos,esses passearam e brincaram com a bola,receberam bichos,salarios e muitos beneficios,tiveram tudo do bom e do melhor,agora passam a receber do INSS onde nunca pagaram,Tostão esta com a razão,a area politica muito suja gastam dinheiro publico sem pensar no futuro. VERGONHOSO…

  • Dario Gomes de Azevedo

    O problema é que este Carlos Alberto depois do futebol não acertou em nada na vida (péssimo técnico etc) e o Tostão foi ótimo médico e ótimo comentarista e colunista de jornal) o Tostão vê o lado da justiça e o Carlos Alberto do bolso dele.

  • josé geraldo das neves

    eu sei que muitos jogadores de futebol não tem as mesmas oportunidades , ou sorte , ou inteligencia de saber investir quando esta no algi de sua carreia, tambem acho que se contribui para o inss em sua carreira se esta de acordo com os contribuintes normais porque não ter direito a uma aposentadoria não por ter sido campeões de copa do mundo para isto a cbf e que tem de premiar as delegações de qualqueer espote.

  • Guirds

    Agora que morreu virou santo. Safado.

  • Um cidadão comum que paga previdência social na fonte ao se aposentar já tem seu salário aviltado por uma alquimia governamental ao se aposentar. Depois sua aposentadoria vai se defasando até virar óbulo, esmola. Agora o Capita quer porque quer investir contra o craque Tostão que encerrou sua carreira prematuramente e foi estudar medicina para se virar sem as benesses que Carlos Alberto quer para os campeões. Tostão expressou sua opinião que bate com a da maioria da população. Boleiros ganham muito, muito dinheiro nos dias de hoje. Os da década de setenta também ganhavam. Carlos Alberto foi uma unanimidade como jogador e capitão da seleção. Depois de pendurar as chuteiras, foi outra conversa. boleiros ganham milhões. alguns não dão um prego torto a familiares mais próximos. São generosos com as tais Marias Chuteiras. Depois, querem aposentadoria especial em detrimento ao contribuinte comum.

    Caro Sidnei, obrigado por sua visita e por seu comentário.
    O site ainda está sendo montado e portanto repleto de “buracos”, então peço que não repare na casa desarrumada.
    Também ainda não comecei, como pretendo, a escrever com alguma regularidade nele (com chamadas no Twitter), mas vou fazê-lo em breve.
    E espero ter você como leitor.
    Um abraço