Cercado por acusações, já preso e algemado no passado pela Polícia Federal, senador Jader Barbalho (PMDB), aliado de Lula e Dilma, fracassa ao tentar fazer do filho sucessor. Vitória do governador tucano Simão Jatene no Pará

(Fotos: Governo do Pará/Divulgação de campanha)

O governador Simão Jatene (PSDB), virtualmente reeleito, barrou as pretensões de Helder Barbalho (PMDB) de ser o substituto do pai como chefão político no Pará (Fotos: Governo do Pará/Divulgação de campanha)

O governador tucano do Pará, Simão Jatene, está praticamente reeleito, uma vez que tem 52,73% dos votos contra o filho e herdeiro presuntivo do cacique Jader Barbalho (PMDB), Helder Barbalho, com 47,27% dos votos — já apurados quase 80% das urnas.

Atingido por uma metralha de acusações há anos, Jader tentou passar o cetro ao filho, Helder, 35 anos, prefeito de Ananindeua, cidade de quase meio milhão de habitantes na região metropolitana de Belém.

O filho é derrotado depois de o Supremo Tribunal Federal ter decidido, no começo do mês, abrir ação penal contra o senador Jader Barbalho por crimes contra o sistema financeiro, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha.

O processo tramita em segredo de Justiça e por isso não é possível ter acesso a detalhes. Jader responde a outras cinco ações criminais no STF. O senador chegou a renunciar ao mandato e à Presidência do Senado em 2001, na esteira de denúncias de que teria desviado verbas liberadas pela Superintendência de Desenvolvimento da Amazônia (Sudam).

O ex-senador Jader Barbalho algemado e cercado por policiais federais, após ser preso por ordem da Justiça Federal do Tocantins, em 2002

O ex-senador Jader Barbalho algemado e cercado por policiais federais, após ser preso por ordem da Justiça Federal do Tocantins, em 2002

Quatro meses depois de deixar o Congresso para não evitar ter seu mandato cassado, Jader teve a prisão decretada pela Justiça Federal do Tocantins. Preso por agentes federais em Belém, chegou algemado a Palmas, no Tocantins, mas foi liberado após passar 13 horas na cadeia.

O senador conseguiu se eleger novamente senador em 2010 e, com sua posse em 2011, os inquéritos e processos a que respondia foram encaminhados para o Supremo Tribunal Federal, já que, como parlamentar, passou a ter foro privilegiado, segundo a Constituição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × cinco =

13 Comentários

  • carlos nascimento

    Viva a DEMOCRACIA, vitória do bom senso, o Brasil ainda tem jeito.

  • "Zelite Branca"

    Quando esse tipo de justiça terrena acontece, eu até chego a ter esperanças de que Banânia ainda pode ter conserto! Parabéns aos paraenses com juízo e discernimento! Agora, vamos torcer para o mesmo acontecer em relação à governANTA e sua turma!

  • carlos nascimento

    Ricardo,
    Olhando o mapa eleitoral do País tudo fica esclarecido, a divisão educacional fez toda a diferença, o assistencialismo dos bolsas qualquer coisa turvam o livre arbítrio, a vitória é de PIRRO, espero que a OPOSIÇÃO cumpra doravante o seu legítimo papel, pois 50% do País deixou claro, é hora de limpar esse LIXO.
    Fico aqui pensando, os mineiros abandonaram as suas raízes, não consigo entender a derrota de Aécio em MG, alguém pode me explicar ?
    A vida segue, perdemos a batalha, continuaremos em busca do resgate da dignidade.

  • Helena

    Ricardo… o segundo turno é sempre no horário de verão. Por que só dessa vez a apuração das urnas, que já não são confiáveis, foi dessa forma, às escuras? Não acha estranho?

  • Robinson

    Helena às 20:54 O Ricardo eu não sei, mas eu que já não confiava nessas urnas acusadas de fraude por diversos países, depois de hoje eu passo a ter certeza que elas são fraudulentas.

  • Glaucia

    Fiquei triste com o resultado dessa eleição , vamos ver nosso País cada vez mais pobre, miserável, seguido de inúmeras impunidades, o verdadeiro trabalhador não pode ter nada, pois os ladrões que tomam conta de tudo LEVA, TE MATA e pronto, mais uma vez nada acontece é a saúde, nem é preciso dizer nada, educação entäo, está fora de moda, que governo do inferno é esse do PT, que nada faz é nada sabe, bando de **********, falo isso pois conheço os fundadores do PT, e mais morei perto do LULA, ********* nunca trabalhou, ele é a família estão milionários , agora eu digo de onde veio essa riqueza, do ex. Presidente dos Pobres…

  • Berta Reel

    Mais de 30 milhões não votaram!!!!!!!!!! Lavaram as mãos para depois reclamar que tem gente corrupta no governo e que o povo não sabe votar. ” ESTARRECEDOR, NÃO É MESMO?”

  • Berta Reel

    Agora ela vai se apropriar dos projetos da Marina e do Aécio e depois vai patentear para o PT. ESTARRECEDOR, NÃO É MESMO?

  • Paulo

    TENHO VERGONHA DE SER MINEIRO!!!! Os brasileiros que perderam a eleição produzem 80% da riqueza (PIB) nacional. Venceu o populismo assistencialista que drena recursos (impostos) de quem trabalha honestamente para o bolso e a ‘bolsa’ dos corruptos. Desisto do Brasil…!!!!

  • Ronaldo força

    O governo Dilma perdeu na maioria dos estados como : São Paulo, Parana´, Goiás, DF, Rio Grande do Sul,Pará Etc. O fato é que ocorreu a vitória pelo voto dos ligados ao bolsa família e apaniguados. Estes tenderão a crescer o que é um descompasso com o desenvolvimento e aumento da riqueza do nosso povo. O projeto do governo Dilma/Lula vai deixar o Brasil menor e mais pobre. Não se pode deixar de afirmar que foi a vitória em cima de uma campanha com dinheiro ******* da Petrobras e em cima da miséria da bolsa família. O Brasil vai acordar menor e triste, pois que a Dilma venceu em cima de mentiras e desconstrução do seu adversário. Ela deverá ficar cara a cara com o seu acusador, o doleiro Youssef, e não sabemos com terminará o mandato ou se terminará.

  • Antonio

    Concordo com a Glaucia. Mas o mais triste, são os mineiros que o “traíram”, deixando que fosse derrotado em seu estado natal com uma diferença de mais de 1 milhão de votos (uma vergonha que poderia ter sido revertido aqui em Minas).
    São Paulo honrou com o seu compromisso e deu mais de 15 milhões de votos (uma diferença de mais de 7 milhões), apesar de que o Aécio Neves fez corpo mole para dois paulistas em 2006 e 2010.
    Este é o meu desabafo.

  • Homem Bomba

    No exato momento que a presidNTA dillm*** começou a grunhir na TV, fui para o *** ****, espero ansiosamente pelo IMPEACHMENT dessa maldita dillm***, sinto o mais profundo nôjo desse EX-adivogado do malldito pt vullgo tofolli grunhir asneiras sobre o debate político, felliz é aquelle que pode ir embora dessa republiqueta de bananas vullgo brasill, certo estava o SAUDOSO Generall francês Charlles de Gaulle, quando há décadas decllarou com extrema felicidade que o brasill não é um país sério!!!!
    P.S.:tenho vergonha de ser brasilleiro, esse é meu úlltimo comentário, Setti, obrigado pella publlicação dos anteriores, seguramente não volltarei a incomodá-llo, tenho inveja de quem pode ir para o aeroporto de GUARULLHOS, adeus!!!!

  • Enio

    Dor de cotovelo crônica!