Image
A bela mulher do emir (de traje típico e bigode) perde o sapato e recebe as atenções do marido e do Rei da Espanha, Juan Carlos

Foi um sucesso a visita recém-concluída à Espanha do xeque Hamad bin Khalifa Al-Thani, emir do pequeno e bilionário Catar, detentor da maior renda per capita do planeta (75 mil dólares anuais).

Uma vez mais, os acordos assinados entre os dois países e outros detalhes da visita ficaram em segundo plano. A razão: o embasbacamento da imprensa, praticamente sem exceções, diante da bela xequeza Mozah Bint Nasser Al Missned, 50 anos, provavelmente uma das maiores consumidoras do planeta de grifes de luxo, em especial Chanel, Dior e Versace, levemente adaptados aos preceitos muçulmanos – incluindo, por exemplo, em vez dos tradicionais véus com que mulheres muçulmanas cobrem os cabelos, charmosos e caríssimos turbantes combinando com os vestidos.

Durante a visita, a xequeza fez a alegria dos fotógrafos ao tropeçar numa grade protetora de escoamento de água, perder um dos sapatos e ser socorrida, entre outros, pelo próprio Rei Juan Carlos.

Boa parte da mídia fez questão de lembrar que Mozah é socióloga, realiza trabalhos sociais, é “enviada especial” da Unesco para assuntos de educação e se preocupa muito com o tema em seu pequeno país. Mas ela atribui os méritos ao marido: “Sua Alteza me deu liberdade para implantar reformas sociais porque sabe que sou capaz de transformar sua visão em realidade”.

Sua Alteza é considerado progressista no mundo árabe: depois de assumir o poder derrubando o próprio pai, Khalifa bin Hamad al-Thani, por meio de um golpe de Estado em 1995, o emir dinamizou e modernizou a economia do Catar, diversificou os investimentos oriundos da riqueza do petróleo e se declara partidário dos direitos das mulheres muçulmanas: desde 1999, as do Catar podem votar no Parlamento com limitados poderes de uma monarquia absolutista.

A preocupação com os direitos das mulheres, porém, não se estende a determinadas tradições da região. Tanto é que a bela Mozah não é mãe dos 23 filhos do emir: 16 deles são de suas duas outras esposas. Ela, que é a segunda esposa, goza de um status de favorita, porque lhe incumbe acompanhar Sua Alteza nas viagens oficiais.

Image
Mozah e sua coleção de longos assinados — grifes como Dior, Chanel, Versace — e seus acessórios de pérolas e brilhantes verdadeiros

Da mesma forma, as atenções do emir com a modernização parecem não se voltar com muito entusiasmo para a democracia e pelos direitos humanos.

Quanto ao primeiro item, no ano passado, ele decidiu prorrogar por 3 anos os mandatos dos integrantes do Parlamento.

Quanto ao segundo item, temos o seguinte no Catar:

* Sua legislação prevê açoite e apedrejamento

* Sua legislação prevê pena de morte

* Sua legislação prevê castigos corporais severos para crianças

* Relação homossexual é crime e dá cadeia

* Filho de mulher catari com estrangeiro não pode ter a nacionalidade do país

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco + 18 =

14 Comentários

fred em 07 de junho de 2019

eu a conheci pessoalmente há uns meses. Estávamos em um grupo de casais e ela estava em um hotel o Rio, com umas moças. Nenhum de nós sabíamos quem elas eram, mas alguém puxou assunto, elas estava em um sofá próximo ao nosso. Depois que nos despedimos é que, consultando a internet, descobrimos quem era (e as moças eram damas de companhia ou coisa do gênero). Ficamos de cara ! Ela foi muito simpática e deve ser legal alguém como ela conversar com pessoas comuns que não sabem quem ela é. Muito bom. ;-)

Thiago em 22 de setembro de 2013

Sou muito a favor de açoite e apedrejamento para determinados crimes. E quando foi que democracia realmente funcionou?

Lucas em 09 de maio de 2011

Ainda bem que não tem uma igual para os idiotas, Marcos, senão onde é que você ia estar agora, não é?

marcos em 09 de maio de 2011

Gostei da Lei de cadeia para os Homossexuais, esta lei deveria existir no Brasil

Marinho em 06 de maio de 2011

Tô precisando de uma xequeza destas para eu poder descansar um pouco,tenho certeza que nascemos um para o outro,podes crer.

Enio Freitas em 04 de maio de 2011

assessórios? Obrigado pelo seu toque, caro Ênio. Graças a você corrigi essa mancada. Abraços.

Tonho em 04 de maio de 2011

Por que o povo das areias detesta tanto a mulher?Inventaram que foi de uma,a Eva a culpa do homem ser expulso do paraíso.Como se fosse o melhor dos mundos o sujeito ser abestalhado e donzelo por toda a eternidade.Quando não a estão apedrejando,estão extraindo-lhe o clitóris ou escondendo-a por baixo de muito pano e impondo-lhe uma penca de filhos. Que necessidade o cara dono de todas as pedras,plantas,bichos,gente do Catar tem de emprenhar tantas vezes logo a sua favorita,estragando a sua beleza e juventude? Definitivamente,aquele povo não merece ter mulheres.O Ocidente deveria fazer como na antiguidade:ir lá e raptar todas as mulheres,devolvendo as bruacas e deixá-los beijando os camelos na boca.

Marco Antonio Loss em 04 de maio de 2011

Setti: mais belezas do mundo muçulmano, urgente!! Nada tema: somos respeitosos. Principalmente com gente acostumada a mandar em países com legislações e tradições tão.. rígidas, digo na falta de melhor palavra.

Carlos Augusto em 04 de maio de 2011

Caro Ricardo Vc poderia publicar posts com todas as belas do mundo muçulmano, nao? Você está querendo me comprometer com os aiatolás desvairados do Irã, não é? Hahahahaha...

José Geraldo Coelho em 04 de maio de 2011

Cala a bôca Zé Blinder!

Luiz Antonio em 04 de maio de 2011

Os vestidos assinados pelos melhores estilistas, não combinam uma legislação do país que remonta a pré-história. Os direitos humanos no Catar ainda não saiu das cavernas.

Vera Scheidemann em 04 de maio de 2011

Tudo bem que em matéria de direitos humanos deixam TUDO a desejar, mas, vamos combinar, o que nós não faríamos com uma renda per capita dessas, não ? Vera

Paulo Bento Bandarra em 04 de maio de 2011

Gente fina é outra coisa! . Veja o Lula hoje. Parece que ele tem muito a dizer para os brancos ricos de olhos azuis para ficarem cada vez mais ricos. Pena que não tenha nada para dizer para os mais pobres ficarem um pouco menos pobres!!! . Quem acredita que pagam tudo isto para o que ele tem a dizer???

Guiherme Macalossi em 04 de maio de 2011

Algumas das piranhas do Caio Blinder.. eheheheh

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI