Image
Chico Anysio: um gênio que se achava esquecido, mas que é inesquecível (Foto: Oscar Cabral)

Não posso dizer que conheci o Chico Anysio, morto hoje no Rio, aos 80 anos. Até porque minha área de atuação no jornalismo não incluiu incursões importantes na seara das artes e espetáculos.

Mas, na trajetória de jornalistas com longas carreiras, é difícil não topar com celebridades, de uma forma ou de outra. Certa vez, já há alguns bons anos, numa viagem profissional, coube-me sentar-me a seu lado durante um voo São Paulo-Buenos Aires.

E conversamos durante as quase três horas de duração da viagem.

Chico Anysio, sem qualquer surpresa para mim, exalava uma grande, avassaladora frustração.

Ganhava muito bem, tinha uma vida magnífica, havia se casado com várias mulheres espetaculares, que lhe deram uma penca de filhos, que ele adorava. Entretanto, se sentia desvalorizado pela Globo, onde trabalhava há décadas, achava que o novo humor feito pela emissora e por outros profissionais pouco levavam em conta seu enorme legado – e por aí vai. Eu já sabia mais ou menos como ele se sentia por haver lido várias de suas entrevistas.

Agora, que o grande humorista morreu, tudo o que li a seu respeito e o que ouvi dele naquela viagem me fez concluir que Chico, que enfrentou com bravura problemas sérios de saúde e sofreu um calvário de entra-e-sai de hospitais e UTIs nos últimos tempos, morreu mesmo é de amargura.

Ele podia ter suas razões, claro. Inclusive sobre a patrulha implacável que sofreu por ter-se casado, a certa altura da vida, com a ex-ministra da Economia de Collor, Zélia Cardoso de Mello.

O que me entristece é que não parecia lembrar-se mais do quanto foi respeitado por colegas, por críticos, pelo público – e, sobretudo, amado pelas multidões de brasileiros que divertiram na TV e em seus impagáveis shows.

Chico era brilhante. Escrevia roteiros brilhantes, sozinho ou com colaboradores. Sempre foi um vulcão de ideias e de criatividade – ninguém inventa mais de duzentos personagens marcantes sem ser um gênio.

Era um grande comediante e, para quem não sabe, também um grande ator no sentido amplo da palavra. Tinha um domínio de palco como poucos showmen de qualquer parte do mundo. Publicou livros divertidíssimos, que se tornaram best-sellers.

Ele se achava esquecido, mas se enganou, até porque, na TV, no cinema ou nos palcos, é inesquecível.

Morreu de amargura, e não precisava — nem merecia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + dezoito =

118 Comentários

MMN em 19 de maio de 2018

CHICO ANISIO!!! SEM MAIS DELONGAS!!! SIMPLESMENTE UM GENIO!!!!

Edson Nunes em 16 de janeiro de 2015

Realmente, quem matou Chico foi a Globo, gênio puro, mentor de 99,99% desses supostos comediantes que andam por ai.Globo, você alijou um gênio e dá oxigênio para esse lixo de ZORRA TOTAL, onde como sempre, os melhores são os que menos aparecem(Nelson Freitas). Bom mesmo são o gordinho e o magrinho(aquela dupla ridícula),ou ou traveco a e a lixeira(outra dupla do seu diretor simplismente ridiculo) não é mesmo? Chega, vou chorar, quando gostaria de rir, volte CHICO.

Jujuba Salgada em 28 de novembro de 2014

Trabalho com tv,cinema e publicidade a 34 anos e posso dizer com toda certeza que Chico era um gênio mesmo .Das vezes que estive com ele percebia seu dominio ao seu redor pra coisa toda engrenar como ele havia planejado.Todos os trabalhos que participou gerou empregos e fez boas crias surgirem para o mercado .Hoje ainda podemos ver estas crias que orientou para o sucesso ou para uma carreira que lhe daria o pão .O senhor Francisco foi o gênio da comedia na tv e um gigantesco artista brasileiro .

Ronaldo força em 28 de novembro de 2014

Chico Anísio era um gênio do humorismo reconhecido por todos brasileiros. Não precisava ser reconhecido pela Globo, o que lhe incomodava. Aproveito para solicitar ao ilustre colunista que volte ao assunto da censura na web, primeiro por que precisamos saber da sua ilustre posição e segundo por achar que não só a sua coluna, porém as demais deixarão de ser frequentadas quando exigirem nome completo, endereço, cpf e RG dos cidadão que reverberam muitas vezes sem provas as notícias dos diletos jornalista. Inclusive, na sua enquete lemos: .."Em relação ao escândalo de roubalheira pela PF na Petrobras para alimentar o caixa de partidos da base do governo você acha que:..." Ora com esta notícia o assinante ou frequentador deduz e afirma :1) que existe roubo na Petrobras; 2) Que os representantes dos partidos da base governista são ladrões do dinheiro público; 3) que o Lula é o ****** maior 4) que Dilma é cúmplice da quadrilha e por ser beneficiada merece o impeachment e que este governo é um governo de gatunos. Se o jornalista traz estas notícias nas entrelinhas o que o comentarista vai dizer. E se o disser com a identificação deverá ser processado pelos ladrões violentamente. Pois que ladrão só tem medo da justiça e mesmo assim quando está na cadeia feito José Dirceu, Genoino e Delúbio. Veja grande Ricardo Setti como uma notícia não influencia um cidadão cumpridor dos seus deveres e pagador dos seus impostos usados por falcatruas por este governo. Tenho dito! Outra coisa, parece que os comentários estão sofrendo uma política diferente, pois não aparece na tela e só ao ser aceito é que se publica.

Pualo Henrique em 27 de novembro de 2014

Na verdade, o Chico foi muito sacaneado na globo. Perseguição covarde feita em uma época que um veículo de televisão comandado por tecnocratinhas pós-modernos acreditam que um veículo é tão grande a ponto de prescindir do talento. Pobre gente, acreditaram na própria mentira ! Não é por acaso que depois que o Boni foi demitido, a globo virou o lixo que é e que só não faliu por generosas verbas de publicidade do governo federal e de diversos estaduais. Tão bom quanto a saída do PT do poder federal ,seria a globo perder de vez a hegemonia da tv no Brasil. Seriam tempos mais inteligentes por aqui !

Antonio R. Melo Jr. em 26 de novembro de 2014

Tem um canal de TV a cabo que passa coisas antigas. Às vezes me deparo coma "Escolinha do Professor Raimundo" e, inevitavelmente, acabo parando para assistir e dar belas gargalhadas. É um humor que agrada a todos e não agride a nossa inteligência. Os programas humorísticos atuais são um lixo, ou melhor, nem vou dizer o que realmente são porque o Setti vai trocar a palavra por 5 asteríscos. Na real, são uma m****.

Patton em 26 de novembro de 2014

Outro igual a ele, sô se Deus nos mandar ele de volta.

Marcos em 26 de novembro de 2014

Chico Anysio, "Monstro Sagrado" da arte cômica brasileira! Como faz falta!!!

João em 26 de novembro de 2014

Gênio!!! Só se for gênio brasileiro. Respeito o talento que foi Chico Anysio,mas, de Gênio não tinha nada; para mim, gênio é aquele que se preocupa e acompanha a evolução da humanidade; é aquele que não vive impregnado em um egoísmo recalcado e doente ao ponto de levá-lo à morte.

Marcos F em 25 de novembro de 2014

Os grandes humoristas são muito mais insubstituíveis que os atores de drama. Chico Anísio está no topo da minha lista junto com Golias (outro tipo de humor). O humor do Chico não era nato (podia ser). Era fruto de muito trabalho, bem estruturado, muito profissional, e prolífico demais. Eu cresci vendo seu humor (o Quem-quém!), o único que comparava com o de seu ídolo, o Pitigrilli, outro também esquecido e até proibido. Consegui recomprar a coleção inteira do Pitigrilli (o Chico como seguidor - segundo a Wikipedia), e hoje tento encontrá-lo nas alegoria do filho Bruno Mazzeo, que já está fazendo bonito. A TV Viva ainda nos dá a alegria de revê-lo.

JB Figueiredo em 25 de novembro de 2014

Poderia ser pior.Ele escapou de viver no Brasil atual onde o irmao dele ja teve a casa e a familia assaltados e espancados varias vezes.

jotace em 28 de março de 2013

Chico não tinha mágoa da Globo. Afinal recebeu pela emissora até a sua morte. Isso que é respeito de uma empresa por um funcionário do nível do Chico. Ele apenas não gostava do tipo do humor que a Globo passou a investir. Mas tuo na vida evolui. Até chico tentou sem sucessi ser roteirista em hollywodi, tendo que voltar ao Brasil. Talvez sim isso o tenha deixado depressivo. Que Deus o tenha!!!

João em 01 de janeiro de 2013

Ele morreu de velhice e envolvido em um profundo egoismo...

CRISTINA BENEVIDES em 01 de janeiro de 2013

Eu achava ele desvalorizado pelo Rede Globo, sim. E muito. Uma pena. Entretanto a Globo supervalorizou e supervaloriza Renato Aragão e Fausto Silva, uns acabados, enjoados e sem nenhum carisma e graça. Renato nasceu com a b...para a lua. Péssimo humorista. Só tinha graça os Trapalhões quando tinha Mussum e Zacarias, morreram acabou o quarteto e Renato Aragão foi fazer carreira solo em um programa só dele. Comecei assistir um dia, e nunca mais. Fausto Silva dar angústia no telespectador, inquietação. Quando entrevista uma pessoa, no meio do raciocínio do entrevistado ele corta para dar a opinião dele e tem umas piadas sem graçaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa. Horríveis. Rede Globo de merdas e agora ainda vem o saco do BBB.

Geraldo de Freitas em 29 de dezembro de 2012

Isso prova que as pessoas, por mais geniais que sejam, como é o caso do Chico Anysio, estão sujeitas a essas crises.

moacir em 28 de dezembro de 2012

Prezado Setti, Se você puder conversar com os familiares e amigos mais próximos de Chico Anysio,descobrirá que a frustação, a desesperança, o desamparo que ele lhe passou durante aquela viagem tinham outro nome: DEPRESSÃO.Ele a assumiu publicamente numa entrevista. Alguns homens,muito principalmente os brilhantes, se atiram e se entregam ao trabalho para evitar ter que encarar o vazio interior.Ao envelhecerem a perda e/ou o encolhimento da atividade profissional e do sucesso lhes são por demais estressantes e dolorosos.A inatividade arrasa de vez a auto-estima.Ao diminuir o ritmo os deprimidos se descobrem indefesos diante dos seus infernos cerebrais. A depressão é terrível por não ter razão de ser. São inúmeros os casos de homens bem sucedidos e poderosos que foram deprimidos crônicos.No momento recordo-me,por exemplo, de Churchill que costumava chamar a sua depressão de BLACK DOG. Como você comenta em seu post Chico teve tudo:cérebro,sucesso profissional,fama,dinheiro,mulheres,filhos.Só que seu cerébro era programado para não ser feliz.É tudo uma questão de transtorno e desequilíbrio dos neuro-transmissores,da química cerebral. É terrível pensar que alguém tão triste tenha nos trazido tanta graça,tanto riso.Paradoxal. Me consola pensar que,bem ou mal,Chico viveu e que já perto da morte ele afirmou que não tinha medo dela...TINHA PENA.

Jõ Brandão em 29 de março de 2012

O Grande Pecado do Chico foi não ter pulado fora enquanto teve tempo. E ter-se amarrado a contratos longos, infelizmente tudo é uma questão de escolhas. Seu contrato com a globo na verdade foi o que o matou. Ao assiná-lo selou o seu destino, pois o contrato encerrar-se-ia este ano. Era um pássaro belo, de canto livre, preso a uma gaiola de ouro. Quando descobriu que sua maior riqueza era a liberdade, não teve mais forças, pois o tempo é Senhor de tudo.

Geraldo Lima em 28 de março de 2012

Desculpe caro jornalista, mas é muito estranho tudo isso. Se foi de sofrimento psicológico que Chico morreu, o nome é um só - vaidade. Isso me faz duvidar do conceito de sua condição de gênio. Nenhum artista popular é gênio. O povo nunca entende o gênio. Chico como Dercy Gonçalves eram insaciáveis por aplauso e reconhecimento. Essa é uma condição humana muito pobre. Quem sabe o valor do que faz, não precisa de ser incensado. Admiro a brilhante carreira do Chico Anysio, mas as homenagens póstumas seriam suficientes para alimentar sua imensa vaidade.

Jorge G em 27 de março de 2012

Afrontou a nação por ter casado com Zélia? Que bobagem estúpida! No máximo diria que seu gosto já fora melhor...

eduardo em 27 de março de 2012

"afrontou a Nação, ao casar-se com Zélia Cardoso de Mello". Meu Deus!Esse pessoal não pensa.

Mari Labbate *44 Milhões* em 26 de março de 2012

Querido Setti: Chico Anysio afrontou a Nação, ao casar-se com a Zélia Cardoso de Mello. Foi um "tapa-na-cara" de todos! Lembro-me bem! Acertou, plenamente: ele "morreu de amargura", porque assim escolheu, após ter feito tanto sucesso. Como negou-se a aceitar a evolução da Arte Humorística na Televisão, brigou com o Mundo e desencarnou machucado. Péssima escolha! Está desequilibrado, com certeza, no Plano Espiritual. Que bela sensibilidade, hein, querido irmão! ADORO! Chega a ler a alma das pessoas! De madrugada, às vezes, irmãos desencarnados procuram-me, para ajudá-los a encontrar o Caminho da Luz. É muito desgastante, porém maravilhoso poder auxiliar irmãos, no outro lado da Vida. Só não atendo comunistas, pois desequilibram o meu Plexo Solar! Abbraccio...

Darci em 26 de março de 2012

Prezado Setti, O Chico (pessoa publica) é um daqueles (poucos) que continuará vivo por muito tempo na memória do povo brasileiro! O Chico (cidadão)estava sofrendo muito com a sua enfermidade. Precisava descansar.... Que descanse em paz!!! Abraço Ele foi tão genial quanto foi o Chaplin....

Reg Prata em 26 de março de 2012

Faltava terem feito uma homenagem a ele ANTES de ele morrer... :'(

Alexandre Souto em 26 de março de 2012

Marco das 16:22hs. Se os humoristas fizessem graça de graça ninguém pagaria por isso. Talvez esse seja o motivo da seriedade fora dos palcos.

ZULEIKA AMARAL em 26 de março de 2012

RICARDO:sou eu,outra vez.Parabéns pelo seu blog, que acabo de ler,e foi o melhor e mais sincero dos muitos que li.O Brasil chorou,e chora,pelo CHICO: do que você escreveu,eu já sabia,mais ou menos,por jornais e revistas,já que ele não escondia suas mágoas autênticas.E a GLOBO não percebia o tesouro que tinha,enquanto seus útimos humorísticos são, simplesmente,inassistíveis de tão ridículos!Eu, porém,assistia a sua "ESCOLINHA" todos os dias e dava muitas risadas com o nosso GÊNIO:aliás,o canal VIVA trouxe muitas belas lembranças de outros tempos globais,o que não é bom para a REDE! Também,acho uma injustiça da vida alguém como o CHICO ter sofrido tanto,enquanto pessoas NÃO RECO- MENDÁVEIS vivem bem à nossa custa,e com saúde;isto não é JUSTO!!!Mas,cadê a JUSTIÇA neste país que eu adoro,vendo o seu sofrimento sem nada poder fazer??Sei que você,também,se revolta como qualquer BRASILEIRO DO BEM:mas,tudo há de passar...e breve!!!Obrigada,RICARDO,pelo espaço concedido e aceite o meu abraço,carinhosamente, Zuleika

Marco em 26 de março de 2012

Amigo Setti: Não sei se é imprensão minha, mas toda vez q conheci um humorista, fora do palco, em aeroportos ou restaurantes, sempre achei pessoas sérias demais. Por isso acho q tu tem razão. Abs.

Jefff em 26 de março de 2012

Excelente post!

isaura em 26 de março de 2012

Acho um exagero falar que a Globo esqueceu o Chico,ele quiz que suas cinzas fossem levadas metade para o Projac e a outra pra sua cidase natal,porque...................?????????? Me faça a especial gentileza de ler de novo o post, que parece que você leu correndo demais. Não dei minha opinião sobre Chico e a Globo, registrei o que ELE me disse.

celeraman+ em 26 de março de 2012

Quem assistiu a animação "Up, Altas Aventuras", da Pixar, na versão dublada para o português, pode se emocionar com a voz do grande Chico Anysio dando vida ao "Seu" Fredricksen, Carl Fredricksen, um vendedor de balões de 78 anos que finalmente realiza o sonho de uma vida inteira partindo em uma grande aventura depois de prender milhares de balões à sua casa e voar para as florestas da América do Sul. . Obrigado, Chico!

regina santana em 25 de março de 2012

eu tambem tenhoessa certeza nos privaram do talento de Chico, pra nos empurrar goela abaixo porcarias como os bbb da vida

FAM em 25 de março de 2012

Só quem esqueceu o Chico foi a Globo, o povo que o assitiu, não. Chico foi o maior crítico político- social deste país.O professor Raimundo, será eterno.Seu gesto,(E o salário oh!) também, principalmente,pelos professores da Escola Pública deste país.Saudades de você,PROFESSOR!!!

vera em 25 de março de 2012

É incrível que ele tenha se sentido assim. Ms, imagino que é coisa de genios...

Aurea em 25 de março de 2012

Chico Anisio, o I M O R T A L. Aquêle que deixou seu nome escrito na cabeça dos brasileiros. Que sua familia aceite minhas con- dolências e DEUS o aceite de braços abertos.

Ewerton em 25 de março de 2012

É indiscutível o valor do Chico. Tal amargura era perceptível em suas falas a partir de certo momento da TV brasileira, creio, iniciado há uns 20 anos, com a TV Pirata, mas, concordando com o texto, talvez, fosse desnecessária, pois, nunca questionaram sua genialidade e valor. Sinceramente, nem gosto do humor dos Cassetas e assemelhados, mas, os espaços estão aí para serem ocupados e, efetivamente, o foram por um outro tipo de humor e pela chegada de outros comediantes, alguns, claramente, inspirados pelo velho Chico. Não creio seja esquecido, sequer, pelos mais jovens, minha filha é exemplo, que cresceram, se deliciando com a Escolinha. Ana passou-me uma msg, dizendo-se "bolada" com sua morte. Será eterno e sua obra será revista na TV por muitos anos. É imortal. E, até, os imortais podem cometer erros de avaliação. Não foi desprezado ou preterido. Apenas, vieram outros, galgando sua trilha. É assim com ele ou qualquer outro, gênio ou não. Alguém ocupa o espaço aberto por nossa falta.

Eduardo em 25 de março de 2012

A parada física da vida de Chico anysio aconteceu,pois nesta faixa etária realmente as coisas acontecem e está de certa forma previsto.A diferença é o que o ser humano deixa para o seu próximo em contribuição social e nisso o Sr.Chico foi um privilegiado,porquanto nos deixou o legado do bom humor,algo difícil de mantermos hoje em dia.

bereta em 25 de março de 2012

Dia desses li uma frase interessante. Mágoas guardadas no coração ocupam o lugar da alegria. Deus o tenha, Chico Anísio.

Cleia em 25 de março de 2012

Pelo que não foi reconhecido na globo, pra eu não importe, pois os grodes e generosos levam a vida nesse mundo, Criticados por uns e amados por muitos, mesmo que ele não saiba. Eu cresci vem as faces que Chico vai nos deixar com boas lembrança. Seu nome será eternizo. Seu trabalho nunca esquecido, que Deus o tenha, e sua alma repousa pra voltar mais forte e realizar maiores feitos. Cleia.

J. Aysson Rosas em 25 de março de 2012

Um ser humano brilhante, inteligentíssimo, inigualável e, sobretudo, generoso. Chico Anísio tanto resgatou o talento e auto-estima dos artistas antigos, com a Escolinha do Prof. Raimundo, como também sempre lançou muitos artistas novos durante toda sua vida e carreira. Sem dúvida, fará muita falta! Insubstituível!Grande!! Vai com Deus!!

lucio em 25 de março de 2012

o universo de luto!!!grande chico!!saudades!!enquanto nos ultimos tempo este genio agonizava por uma chance de mostrar seu talento.....as emissoras nos castigam com Rafinha Bastos,Panico na tv,CQC,Zorra Total,Danilo Gentilli.......pobres jovens...ficarao carentes de um humor inteligente e de qualidade!!!

Marcelo Taveiros em 25 de março de 2012

O Brasil não perde apenas o maior talento da TV. Perde o mais criativo crítico da bandalheira, tb conhecida como política, da terra brasílis. Aprendi com Chico a ter interesse por política, embora não haja nada que nos dë mais motivo para chorar que tal tema. A coragem e independëncia de Chico, há tempos deviam incomodar a Globo (sempre do lado do poder, inclusive na Ditadura civil-militar, que ajudou implantar). Acabo de assistí-lo, falando com Lula, na pele da personagem Salomé. Termina a ligação referindo-se a ele como "o cara"... de pau. Ele, "amado meste", e mais de noventa e cinco porcento das ratazanas que habitam o Senado e o Congresso. A Globo nos privou por um longo perído, de um Leonardo Da Vinci nascido em Maranguape. A TV fica mais pobre e cada vez mais burra. A vida seguirá sem Chico e a Globo tb. Feliz com que o arrecada e o NADA que acrescenta a cada débil BBB.

Malu-Rio em 24 de março de 2012

Caro Setti, Seu post é imperdível e diz respeito a maior das fraquezas humanos que acometem,em geral, as pessoas que se destacam. A amargura de não experimentar durante toda a vida aquela sensação absoluta de aprovação e extâse passageiros. Chico foi genial e devemos repetir isso para nossos filhos e netos, lutar pela memória do país. Como Michel Jackson, Elvis, e tantos outros artistas perseguir a repetição daquele momento mágico afetou sua saúde enchendo de mágoa seu coração. As homenagens de hoje encheram o coração dos brasileiros de felicidade, provando que o que ficou para nós de Chico Anysio foi Chico Anysio. Sem mágoas ou amarguras. Só o gênio da sociologia do humor brasileiro, a nossa cara, o nosso coração. O lado humano se foi...hoje é um mito, mais um de nossos mitos, graças a Deus!

Camillo em 24 de março de 2012

Grande Chico,tive a honra de conhecê-lo quando esteve de visita à cidade de Marco-CE, nas empresas do deputado Rogério Aguiar, para conhecer de perto a linha de produção de sofás e gravar um comercial pra Jacaúna Decorações. Vai com Deus, grande mestre.

Sergio Santana em 24 de março de 2012

A safra de humorista que existe no momento é uma piada.CHICO ANISIO foi o cara. Se a globo colocar no ar uma série de programas como chico total com certeza dará mais audiência que o programa de humor exibido aos sábados atualmente. E, a nova geração terá oportunidade de ver, talvez o melhor humorista de todos os tempos.

inez em 24 de março de 2012

Chico foi um gênio mas agora que ele se foi os mais hipócritas são os críticos e jormalistas. Na década de 90 todos falavam maravilhas do "novo" humor com a programas da regina casé e luiz fernando guimarães decretando a decadência do humor dele. na época que a escolinha passava a crítica caia matando. fala sério, a crítica não deve ser levado a sério neste país.

Isadora em 24 de março de 2012

A atitude de Chico Anísio de pedir em testamento que parte de suas cinzas sejam levadas para Maranguape/CE e parte deixada no Projac, não me parece ser uma atitude de alguém que morreu magoado com a Globo, ao contrário, parece a atitude de alguém que nutria um profundo respeito, gratidão e amor. De alguém que quer ficar enternamente nos lugares mais importantes de sua vida. É tão irônico isso não é Ricardo Setti??? Alguém magoado e triste com o desprezo da empresa, pedir para que suas cinzas sejam deixadas la. É para se pensar.

fernanda em 24 de março de 2012

meus pesames a familia.Que DEUS conforte cada um de seus familiares e que de muita força para seguir a vida da qui em diante

Maria Lucia Paladino em 24 de março de 2012

Chico Anisio foi o critico politico-social mais inteligênte da era da televisão. Dificilmente surgira outro com o alcance de seus 'recados'.

elenise aparecida ferreira em 24 de março de 2012

Com certeza ,só agora depois de sua morte este artista extraordinário é valorizado pela rede globo. Não acham que é um pouco tarde demais? Um humorista do gabarito dele todos esses anos sem um programa seu , de acordo com seu talento e sua categoria categoria profissional.Que tristeza para o humor e a classe artística do Brasil. Eu era sua fã.Obrigada ,CHICO ANISIO ,por me fazer rir durante muitos anos.Vai em paz!

Josenildo Honorato em 24 de março de 2012

Chico, o publico nunca te esqueceu, quem te abandonou foi a mafia: ( GLOBO ).

alan carlos macedo de melo em 24 de março de 2012

quando eu soube da morte de chico anysio eu tristemente eu pensei comigo "com tanto comediante bobo,sem graça,ridiculo pra deixar este mundo,tinha que ser logo chico anysio". o ceu nesta hora esta em festa emquanto o brasil esta triste e orfao. vai com deus grande mestre chico anysio.

Sandra em 24 de março de 2012

A memória humana é curta para o que é bom e enorme para o que é ruim. Paramos na crítica negativa, no erro, na tristeza, na dor...esquecendo de que tudo isso é posto à nossa frente para que os superemos. Os degraus desta escada de superação são justamente as lembranças daquilo que temos de melhor e que, na maioria das vezes, nos esquecemos de valorizar. Chico era um gênio, mas era humano. E como tal também sucumbiu à tristeza de não se sentir tão valorizado ou reconhecido como deveria.Esse a meu ver, é o grande mal da humanidade. É onde todos nos perdemos em algum momento da vida. Mas como você mesmo disse Chico não merecia isso e nem precisava. E nenhum outro ser humano merece e nem precisa sentir-se assim.

Vicente Lino em 24 de março de 2012

A Globo jamais terá a humildade - ou a grandeza - de reconhecer que Chico Anisio foi e sempre será maior do que ela. Bobagem de quem tem o desrespeito de nos apresentar o "big brother"

Corinthians em 24 de março de 2012

Esteja com Deus Chico. Sentiremos saudades de você de de sua arte.

nena em 24 de março de 2012

Bela homenagem: http://charges.uol.com.br/2012/03/24/cotidiano-confusao-na-portaria/

fatiane viera em 24 de março de 2012

Nos perdemos um grande homorista eu conheço ele desde pequena e me acarrancou bastante RISADAS...De mim e da minha familia...Que Deus de um bom descanço pra ele....

Oscar Bessa em 24 de março de 2012

Chico, o Pai do humor brasileiro,o mais inteligente,versátil e inigualável, contudo, é muito difícil manter a fama eternamente e portanto sujeito aos sofrimentos de todo homem comum, abandono ,desvalorização o que não ofuscou a sua luz e Eternidade no coração de todos os brasileiros e principalmente no dos Cearenses.

Heitor em 24 de março de 2012

Chico Anísio morreu e nasceu a falta de classe dos artistas atuais, pelegos de verbas da presidenta.

ione villanova em 24 de março de 2012

CHICO TENHO CERTESA QUE VOCE IRA ILUMINAR MAIS AINDO O CEU FIQUE COM DEUS

Fabio Chemin em 24 de março de 2012

Muito interessante. Embora tenha lido ou assistido poucas coisas com relação a esse sentimento do Chico, no meu entender sempre ficou muito claro esse estado de amargura pelo qual passou e acredito ter passado até seu último suspiro. Talvez tenha havido sim, uma omissão ou descaso por parte da Globo, no que era notório. Não tenho nada para que possa julgar. Todos nós o admiravamos. Talvez êle não tenha sentido esse mesmo afeto por parte da emissora. Nos deixou um enorme legado. Também nos deixou orfãos.

Michel em 24 de março de 2012

O mundo perde um Gênio, um Artista de verdade. Acredito que a frustração de Chico, seja similar à dos craques do futebol dos anos 70 ao ver os pernas de pau de hoje em dia ganhando muito mais do que talvez realmente mereçam. Talvez, seja similar à frustração dos compositores e cantores dos anos 60, 70 e 80, que hojem estão esquecidos, sucumbidos pelo pseu popular, que de popular não tem nada, mas sim muito duplo sentido, vulgaridade e apelação. O que a nossas gerações de 90, 2000 em diante, fizeram de novo? Poucas raridades...imagino a frustração de vocês com mais de 50 anos devem sentir ao ver a nossa arte "moderna, antenada, popular". Realmente é de sofrer, é de dar pena...Se Chico fosse americano, ou Europeu, ah, talvez a frustração fosse menor, talvez as coisas fossem um pouco diferentes. Abraços. Michel Jacareí SP

Erbênia Alves de Alecrim em 24 de março de 2012

c

antonino em 24 de março de 2012

O Brasil perde o humor....

evandro em 24 de março de 2012

Há décadas assisti show dele no teatro ginástico no Rio. As pessoas peiam (imploravam?) para ele dar um tempo para que pudessem parar de rir. A final, na saída, os olhos marejados das pessoas que choravam de tanto rir.

Varlice em 24 de março de 2012

Entrevista de Chico Anysio no programa Ensaio de Fernando Faro da TV Cultura: http://tvcultura.cmais.com.br/chicoanysio/chico-anysio-ensaio. Futebol, música, infância, educação, livros, pensamentos, personagens - de tudo um pouco. Só não falou das mulheres, dos filhos e da pintura, mas falou da timidez e da sua pouca alegria. Iniciou a carreira de ator criando o professor Raimundo para o rádio - eu não sabia. E foi o professor também que o introduziu ao programa televisivo. Coerentemente, foi esta mesma personagem a última a aparecer na telinha. Fechou o ciclo, comme il faut. Terminada a entrevista a sensação é a de que se poderia ficar mais umas cinco horas ouvindo-o falar. Descanse em paz.

Marcia Garcez em 24 de março de 2012

Perdeu a TV brasileira ...um dos poucos artistas que fizeram humor sem usar um único palavrão...sem ser apelativo ou fazer humor negro sem graça e sem sentido,sem dúvida deixar um vazio entre o passado e o futuro...

JPinto em 24 de março de 2012

Morreu porque todos morrem um dia. Se fumou, se bebeu, apenas uma desculpa. "nada é para sempre". Vivemos um mundo de ilusões passageiras: fama, sucesso, dinheiro, bens materiais. Tudo será devolvido no momento da partida. Jerry Lewis é uma grande referência no mundo da comédia e vive preso à suas limitações do corpo, doente e esquecido. O tempo apaga tudo. Quando esta geração que assitiu a programs do Chico se for, Chico Anysio será apenas um nome, como é Oscarito,Grante Otello, e tantos que se foram, basta lembrar a Escolinha do Professor Raimundo, onde todos os alunos já tinha partido, e agora foi-se também o Professor Raimundo, "E o salário O...".

Cezar Montenegro em 24 de março de 2012

A Vida de todos nós passa por momentos bons e maus, o importante é saber vivencia-los. Chico como Mortal também passou por isso, e, soube como ninguem mostrar ao Povo a Alegria do Humor sem Palavrões.

Nara em 24 de março de 2012

Concordo plenamente. Vc explanou exatamente o que eu, minha família e muitos amigos pensamos sobre a maravilhoso CHICO e seus últimos momentos nesta vida.

gilmar em 24 de março de 2012

não acredito que li isso, achei que aqui tinha melhor conteudo pra se ler

chagas em 24 de março de 2012

Vi apenas um show do chico no Palácio das Artes em BH. É evidente a falta humor que os artista atuais levam a televisão, eles não conseguem prender atenção do telespectador como o Golias, Costinha ,Chico Anísio e outros que já partiram. Hoje agente ri do cotidiano do dia dia nas ruas... A televisão realmente coloca as pessoas na geladeira...

Wagner Bottino em 24 de março de 2012

Não teve lógica a globo tirar ele!! concordo com o erro da globo... deprimente, mas globo é isso...

Domingos J Arrais em 24 de março de 2012

O Chico Anysio, foi sem duvida o maior humorista comediante de todos os tempos, onde em todo o mundo jamais, surgira outro!.Muito importante para nossa geraçao, onde ajudou amenizar todos o sofrimento e as nossas frustraçao ao entretar o famigerado regime imposto nas decas de 60 e 70, onde nao tinha sequer o direito de falar quem eramos.Valeu chico. o que e mais impostante para o homem e quando ele se muda para o outro lado, e ter a certeza da missao cumprida. .. dom arrais..

Fernanda em 24 de março de 2012

Não concordo com o texto, o Chico morreu de problemas decorrentes do cigarro e pela idade, já estava sofrendo há vários anos e senão tivesse dinheiro para se tratar teria morrido há mais tempo, ele não era uma pessoa amarga, era um homem trabalhador, talentoso e que o humor brasileiro perdeu, no entanto todos nós um dia iremos morrer.

Claudio Lessa em 24 de março de 2012

Caro Setti, tive a honra de conviver profissionalmente com Chico Anysio em dois momentos distintos de minha carreira de jornalista e gostaria de compartilhá-los com você e seus leitores: numa, ainda em Brasília (onde trabalhava para a Radiobras), fui escalado para cobrir como repórter um evento no Palácio da Alvorada em que Chico, caracterizado como Salomé, iria fazer gargalhar os ministros de João Batista, além do próprio presidente. Só na hora é que descobri que "cobrir o evento", neste caso, significava "apresentar" o show de Chico, improvisando uma fala (que ele mesmo sugeriu e me fez ensaiar) a respeito de uma convidada que estava ali mas que, por algum motivo, tinha desaparecido... (e aí, abriam-se as cortinas e surgia Salomé, ao telefone, numa sequência de piadas impagáveis diante daqueles mesmos que eram os protagonistas das gozações). Na outra, já em Washington, como correspondente da CBS TeleNotícias, cobri um festival de cinema latino americano promovido por Cesar Gaviria (secretário geral da OEA na época) que trazia um filme brasileiro estrelado por Chico Anysio e Sonia Braga, entre outros. Além da entrevista gravada (que pode ser vista no YouTube - http://www.youtube.com/watch?v=1tYGjy8vKP8) batemos um longo papo em que ele resgatou, para mim, muitas das memórias do meu tempo de criança e de sua amizade com meu pai, o cantor Abílio Lessa, contemporâneo dele no rádio e nos primórdios da tevê brasileira. Fica, sem dúvida, a tristeza da perda física do inigualável Chico Anysio -- mas a certeza de que ele está num plano bem menos turbulento, depois de todas as dificuldades pelas quais passou, sobretudo no final de sua existência terrena. Prezado Claudio, Muito obrigado por compartilhar com os amigos do blog essas duas excelentes passagens. Até o Figueiredo era capaz de rir com o Chico, não? E obrigado por visitar o blog, é uma honra para mim. Volte mais vezes! E receba um abração do Setti

Leo em 23 de março de 2012

Chico teve uma vida intensa. Quantos grandes artistas morrem no ostracismo, largados nas raias do esquecimento. Oitenta anos profícuos, bem vividos, de talento insuperável. Acho que entendi seu contexto, Ricardo: as "amarguras" do Chico parecem ser injustas para com seu público e para com o reconhecimento nacional - e quiçá internacional - que teve em sua imensa trajetória. Afinal, nenhuma dúvida existe de que Chico Anysio faz parte do patrimônio nacional que o tempo não apagará.

lea em 23 de março de 2012

Texto brilhante, uma abordagem que não vi até agora nesse mar de elogios merecidos ao humorista. Mas realmente nos últimos anos, Chico passou a destilar uma amargura incompreensivel, um desgosto por não ter mais espaço na TV, como se ainda tivesse condições para isso, saúde para levar um programa. Mesmo assim teve chances na Globo que tanto criticava, lembro dele atuando na novela Caminho da Indias em cadeira de rodas, do quadro Salomé no Fantástico sem fôlego para dizer o texto. Lembro das entrevistas criticando colegas, programas e demais profissionais do ramo num ressentimento inexplicável contra um meio que lhe deu tudo: fama, dinheiro, reconhecimento, uma multidão de fãs. Talvez senilidade, mas como bem diz o post, uma amargura desnecessária. Obrigado, cara Lea. Um abraço

Walter em 23 de março de 2012

O Jô Soares, ainda atônito com a notícia, resumiu ao vivo, com perfeição o que a perda de Chico significa: "Dizem que ninguém é insubstituível. Mas o Chico Anysio é". Valeu, Chico, por compartilhar conosco tanto talento, tanta alegria. Obrigado.

Gilton em 23 de março de 2012

Discordo quanto a amargura. Chico Anísio morreu por causa do cigarro que lhe causou uma doença pulmonar Se Chico Anísio nunca tivesse fumado na sua vida, hoje estaria entre nós e olha que eu também já fui fumante. Ele mesmo em vida disse que seu único arrependimento era ter fumado na vida. O fato é que perdemos Chico Anísio e hoje é um dia muito triste

Caio Frascino Cassaro em 23 de março de 2012

Prezado Ricardo: O sujeito era um gênio. Morasse nos USA seria homenageado toda semana, com presença garantida na mídia. É complicado tecer juízo de valor a respeito das dores alheias, mas eu entendo o que você quer dizer. Tanta amargura era desnecessária, pois ele era amado e reverenciado por todos nós, seu público, que reconhecíamos nele um gigante da raça. Certamente fará muita falta. Que descanse em paz. Um abraço

Chanceler Frydrich em 23 de março de 2012

É...A "poderosa" sempre foi um problema para os GRANDES ARTISTAS....Concordo plenamente com sua coluna...Assim como ele...inúmeros grantes atores são colocados de lado, esquecidos ou abandonados sendo que...um dia..foram os que mais "arrecadaram audiên$$ia"(desculpe o português)...Sempre "podade"...não podia colocar suas geniais idéias em execução...enfim, avante Chico...Faça o que sempre fez de melhor...faça rir o Céu, pois aqui...já estamos com saudades!!!

Patricia Farah em 23 de março de 2012

Concordo com o Roberto. Que pena para o nosso Brasil, que pena pra nossa cultura que foi empobrecendo com o passar dos anos, que pena para o humor brasileiro. Chico. A gente e você, tinha tudo a ver.

Luiz Pereira em 23 de março de 2012

Setti, boa noite, Assisti a alguns shows do Chico, no Teatro da Lagoa. Numa ocasião, tinha uma namorada que sofria de riso frouxo - ria de se esborrachar! Começa o show, e Chico logo de cara começa coma corda toda. A platéia ria solta. E minha namorada mais ainda. E alto. Mesmo nos intervalos em que ele parava para criar um certo suspense e finalizar a piada ela não conseguia parar. Ela ria tão alto que as pessoas se revezavam, olhando para o palco e para nós - para nós, de espanto! Até que a dada altura o Chico começa a procurar quem estava rindo tão desbragadamente - estávamos no meio da platéia. Quando nos localizou - localizou-a - fez uma proposta: "Ô Loura, vem todo dia, entrada liberada. Sua risada vale uma claque inteirinha". Como se ele precisasse... abs Hahahaha, grande história, Luiz. Obrigado por compartilhar com os amigos do blog. Abraços

rafinha em 23 de março de 2012

grande mestre do humor verdadeiro, olha que não sou de rir por qualquer coisa mas o chico era extraordinário não tinha como não gargalhar dos seus personagens.

Gustavo em 23 de março de 2012

Ricardo, eu discordo: Chico morreu de velho, como todos nós morreremos, se Deus quiser. Aqueles com menos sorte morrem de outras coisas muito piores. A Globo, por mais talentoso que ele tenha sido, não passa de uma maquina de fazer dinheiro. Naturalmente, aos 70 anos ele já não dava tanto lucro quanto aos 50 ou 60. Chico será sempre inesquecível, como todos os grandes artistas. Frustrações, todos sofremos. Afinal, os artistas também sao humanos. E não sao muitos os artistas com a sorte que Chico teve. Muitos ficam pelo caminho.

gilvana mariano em 23 de março de 2012

hoje com certeza o humor ficou orfão.é um grande perda insubstituivel.vá chico sei a onde você estiver, com serteza está sendo uma grande espetáculo com a sua chegada! enquanto aqui ficamos mais pobres e triste com a sua ausência. obrigado por tudo...vá com deus.

Angelo Losguardi em 23 de março de 2012

É, tô ficando velho. Daqui um tempo todas as referências vivas desse mundo serão de pessoas que vieram depois de mim...

Vanessa em 23 de março de 2012

Perdemos uma refêrencia do bom humor brasileiro. Que você descanse em paz, Chico!

maria elita em 23 de março de 2012

infelizmente, é assim no mundo, mas aqui no Brasil pior ainda! o swer humano vale pelo que é no momen to, e não pela sua bagagem do que foi, fez, e fará, no auje as pompas, apareceu um mais novo na aréa o esquecimento! "Mas para o povo Brasileiro em geral sou segura, que ele será o eterno, inigualavél Chico Anisio, unico, insubistituìvel!

Alexandre em 23 de março de 2012

Morreu foi de cigarro,a amargura a nada!

Marcelo Da Viá em 23 de março de 2012

Sem dúvida foi um gênio brasileiro, abs

Roberto em 23 de março de 2012

Em tempos de tanta mediocridade, incompetência, e vulgaridade no humor brasileiro, quando para se fazer rir parece imprescindível apelar, humilhar, vulgarizar, a perda de Chico parece ainda mais devastadoramente irreparável. Salvo raríssimas excessões, teremos que nos contentar com a baixaria, o desrespeito, a apelação, a pornografia e principalmente a falta de inteligência do humor nacional.

lilian em 23 de março de 2012

sinto muito por sua morte uma pessoa alegre e extrovertida que coloca o sorrisos no rosto das pessoas triste, como vai fazer falta

Sandra em 23 de março de 2012

É lamentevel!Uma empresa que não sabe o valor de um gênio. Cara Sandra, Como outros leitores, você acabou tomando meu texto como uma crítica à Globo. Não é. Há razões para se criticar a Globo e, sempre que for o caso, eu o farei sem qualquer problema. Mas no caso do Chico Anysio não tenho ideia sobre se ele tinha ou não razão em suas queixas em relação à emissora. Fiz um comentário sobre a amargura pessoal dele, que, por sinal, não me pareceu ter origem apenas em sua relação com a emissora. Um abração

Queiroz em 23 de março de 2012

A idade do brasileiro, pra morrer. é 75 anos (aqueles que se cuidan) viveu bastante. que Deus o tenha.

Teresinha em 23 de março de 2012

A vida sendo breve o mais importante é a obra que deixa. Nisso o Chico Anyzio ficou sem a dimensão da sua importância na arte do riso e das críticas que tão sabiamente conseguia inserir nos seus textos cômicos. Só deixa boas lembranças e lições de um ser humano que cumpriu sua missão: rir.

maria amelia costa ebersol em 23 de março de 2012

QUERIDO CHICO, SEMPRE ASSISTI TEUS PROGRAMAS E O QUE DIZER DE VOCE HOJE ,100 PALAVRAS VIVERAS SEMPRE NO CORACAO DOS BRASILEIROS .SEDENDOS POR ALEGRIA OBRIGADO CHICO POR VOCE TER EXISTIDO AQUI FICA O CARINHO DA FAMILIA EBERSOL DE FLORIANOPULIS.

jorge batista alves em 23 de março de 2012

chico anisio se resume em humor inteligente, descontraido,divertido e acima de tudo digno, sem apelação. descance em paz mestre.

Luiza Canto em 23 de março de 2012

Não concordo com isso, acabo de ver no Youtube um vídeo feito há pouco onde ele diz da maratona de entradas e saídas de hospitais e de como ficou emocionado com os fãs que rezaram por ele, causa da sua melhora...procure ver...

Cibele Faria em 23 de março de 2012

Hoje o Chico Anysio partiu, foi alegrar os anjos. Foi colorir os céus, deixando aqui uma nuvem cinza-chumbo sem graça

iris em 23 de março de 2012

voce foi ao encontro de deus nao merecia ficar aqui sofrendo em uma cama de hospital logo voce que era alegria fazia todo mundo ri voce era o rei do humor va em paz com a certeza que compriu sua missao aqui na terra que foi nos fazer ri ri ri ri muito va em paz.

Roberto Miranda em 23 de março de 2012

Descance em paz grande Chico Anysio. Um dia qualquer nos encontraremos no "NOSSO LAR". Siga em Paz.....

Fernanda em 23 de março de 2012

Por gentileza, vamos respeitar esse momento da família e de partida do Chico. O que vem ao caso se ele morreu amargurado? Ele sabia que era amado pelo Brasil, claro devia ter as suas mágoas, mas não a ponto de não saber o quanto ele era o favorito.

Alba Maria Cavalcante Bezerra em 23 de março de 2012

Parabéns pela reportagem corajosa; seria bom que provocasse uma reflexão do tipo: dinheiro tem valor, sim, mas é um valor relativo.Para ser feliz é preciso muito mais, inclusive ser considerado "humano", nas interações do dia a dia. Alba

pedro em 23 de março de 2012

Como ele não ficaria amargurado depois de tantos anos na geladeira e ainda ser jogado no Zorra Total já no final da vida?

Renato Schnider em 23 de março de 2012

É difícil dizer o que era, mas de amargura conforme a nota acima não foi, pois quando ficou doente uma vez, foi embora do Brasil, dizendo que istgo aqui era terra de ninguém e que não voltaria mais aqui. Voltou e quase ninguém mais lhe valorizou... Pagou pelo que fez...

marina silva em 23 de março de 2012

O Chico teve uma tremenda falta de sorte em ter nascido num país miseravel etica e moralmente como o nosso,se tivesse nascido na Europa seguramente seria RECONHECIDO COMO GENIO!!

Silvana Dantas (@silvanadantas) em 23 de março de 2012

Texto brilhante!! Concordo com suas palavras. Para mim, Chico Anysio foi o maior humorista desse país. Humor inteligente, nada parecido com essas bobagens de hoje em dia intituladas de "humor", que mais parece palhaços.

vera machado em 23 de março de 2012

Concordo e acrescento.. conheci o Chico nos porgramas de radio quando ele AZAMBUJA fazia um humor magnifico. lembro que trabalava no comercio e a loja - suncionarios e clientes - paravam pra ouvir a piada do dia.. Genio, Mestre.. vai deixar saudades.. Agora o céu está em festa!! Descanse em paz!

Fiodor Dantas em 23 de março de 2012

A Globo isolou Chico devido a sua posição política contraria ao PT. A turma do Dirceu reclamou, exigiu e foi atendida. Pior sorte teve Bussunda, que todos sabem o que aconteceu...

Izzy em 23 de março de 2012

Chico Anysio se vai,depois de tanta vida vivida intensamente e de talento personificado em seus tantos e eternos personagens.Ele agora faz parte de um sleto de grupos de estrelas que tornam o céu mais grandioso e alegre.

alexandre em 23 de março de 2012

acho que chico menosprezou nos, admiradores... pra nos, nao precisava ele estar no ar como era no inicio de sua carreira na Globo.So em saber que ele existia, ja era de bom tamanho. cresci vendo esse cara, e agora vai ficar um tremendo vazio mesmo tendo ficado esse legado de personagens.ele como pessoa era demais...nunca ouvi um comentario negativo sobre o chico. que descance em paz. O ceu ta em festa e nos aqui estamos triste com a sua falta...

Junior em 23 de março de 2012

Chico sempre será lembrado como um dos melhores comediantes do Brasil. Sinto-me honrado em morar no estado de onde ele surgiu.

Adriana em 23 de março de 2012

Triste.

http://dazedingalway.blogspot.com/ em 23 de março de 2012

Mesmo se isso fosse uma tese sua eu acreditaria. O quero dizer é que ter ouvido isso dele não nos deixa dúvidas. Lamentável. Ele já deixa saudades...

Noéllio em 23 de março de 2012

Caro Setti, As agradáveis reflexões e seu depoimento pessoal sobre o extraordinário Chico Anysio prestam justo tributo a um de nossos mais talentosos artistas em todos os tempos. Contudo, como insistia outro de nossos escassos "gigantes" (o adorável maestro Tom Jobim), sucesso no Brasil é ofensa pessoal.

Caio Ottoni em 23 de março de 2012

Amargura ....

carlos nascimento. em 23 de março de 2012

Chico Anysio partiu, para ir ao encontro do seleto mundo dos gênios, irá se encontrar com Airton Senna, Garrincha, Nelson Rodrigues, entre outros, o REI do humor nos deixa um enorme legado, sua obra contribuiu em várias frentes, gerou alegria, esperança, resistência às injustiças, era um brado retumbante em forma de arte. Chegou aos 80 anos, viveu intensamente, não creio que tenha desistido de continuar lutando, apenas não soube se adaptar as transformações que o tempo impõe, poderia estar mais presente na TV, vejamos o caso do Jô Soares, que se adaptou ao programa de entrevistas, mantendo-se em sintonia com as mudanças que obrigatoriamente ocorrem no meio. Agora é hora de rendermos nossas homenagens a esse GÊNIO. O Brasil tinha 3 REIS: Pelé, Roberto Carlos e Chico Anysio, acabamos de ficar órfãos de um, só nos restam 2. CHICO ANYSIO, vá e descanse em paz, OBRIGADO.

Brasil 2022 em 23 de março de 2012

Ele morreu...agora, por que fumou por 60 anos! Acho que queria viver mais. RIP. O Chico é uma face importante da cultura e do brasileiro. Acho que estão bem.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI