Image
Franklin Delano Roosevelt

Franklin Delano Roosevelt (1882-1945), economista e advogado, presidente dos Estados Unidos por quatro mandatos consecutivos, o último interrompido pela morte (1932-1945), esteio da recuperação do país depois da Grande Depressão iniciada em 1929, um dos vencedores da II Guerra Mundial (1939-1945) e, de longe, um dos gigantes do século XX.

Image
Barão do Rio Branco

José Maria da Silva Paranhos, o Barão do Rio Branco, diplomata, ex-ministro de Relações Exteriores (1902-1910), consolidador das fronteiras atuais do Brasil e patriota.

Image
Zilda Arns

Zilda Arns (1934-2010), médica pediatra e sanitarista, fundadora da Pastoral da Criança.

 

Image
Fernanda Montenegro

Fernanda Montenegro (1929), atriz.

Image
Federico Fellini (autorretrato)

Federico Fellini (1920-1993), cineasta italiano.

Veja também: 5 Admirações: Capítulo 2

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 × 5 =

11 Comentários

Alaércio Flor em 02 de setembro de 2011

E onde fica o genio e mulatos com ares de aristrocrata,bisneto de escravos Joaquim Maria Machado de Assis,ou simplesmente Machado de Assis, o esposo da protuguesa Carolina Augusta Xavier de Novaes?????ou Dom Pedro II e até mesmo Lima Barreto???e a minha Mãe ,Dona Maria Ferreira de Abreu,superior a todos anteriormente citados que era a Mãe de muitos???? Calma, Alaércio. Você não notou que é o Capítulo 1? E se eu de repente não admirasse Machado de Assis? Teria o direito, não? Felizmente, é uma das maiores admirações que tenho em matéria de literatura, disparado. Um abraço

Eduardo em 25 de agosto de 2011

No Brasil muitos artistas famosos se tornam mitos, mas adoram "morder" verbas públicas em troca de apoio político ou em troca de um nao apoio ao adversário e isso ocorre das mais variadas maneiras (Lei Ruanet é uma delas). Se nao me engano, a Fernanda é uma dessas e desde a época do presidente Sarney (quando ele presidiu o Brasil), na qual ela ganhou uma boa verba para editar seu "livro" que teve uma venda assombrasamente pequena (talvez só ela tenha comprado para dar de presente a alguém). Nao estaria em minha lista de admirados.

Gabriel Birkhann em 21 de agosto de 2011

* Escritores que admiro (que li) * Agatha Christie Conan Doyle Machado de Assis Clarice Lispector Paulo Coelho Saramago Drummond Mario Vargas Llosa Gabriel Garcia Márquez * ABRAÇOS

veiaco em 21 de agosto de 2011

Se existe algúem que admiro e até acho que deveria ser santificado em vida esse cara é Nelson Mandela.

Eduardo Rodrigues, Rio em 21 de agosto de 2011

Prezado Ricardo Setti, não posso concordar com o elogio a Roosevelt, sobretudo no que tange à sua atuação na Grande Depressão, que posso chamar de deplorável. Recomendo-lhe a leitura dos seguintes textos: Como Franklin Roosevelt piorou a Depressão http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=130 Mais falácias sobre a Grande Depressão http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=326 Abraço.

carlos nascimento em 20 de agosto de 2011

OK. Excelentes. Agora,cada ser humano tem a sua lista de preferidos. Ouso postar a minha: *Edson Arantes do Nascimento (brasileiro) - o atleta Pelé, gênio do futebol, cidadão do mundo. *Alberto Santos Dumont (brasileiro) - O pai da aviação. Injustamente esquecido de sua importância, pelos próprios brasileiros, alguém lembrou do seu gosto por relógios e acabou batizando uma marca com o seu nome, enquanto isso, por aqui...... * Albert Einsten (alemão) - o pai da relatividade, o gênio que revolucionou a ciência. * Winston Leonard Spencer Churcill (inglês) - Premier Inglês, o "cara" que coordenou a estratégia dos Aliados na 2a.grande Guerra, derrotando Hitler, só isso já diz tudo, o mundo seria outro sem essa estratégia. * João Paulo II (Polonês) - Tentou revolucionar a Igreja Católica, pena que tenha as forças conservadoras amarraram suas mãos. Vou ficar só com esses (5). p.s. - Me peçam um dia os 5 piores, tem um brasileiro com lugar cativo, quem adivinha a figura ?

Caps em 20 de agosto de 2011

4 mandatos para FDR... não é muito mandato, não? O caso é que ele era popularíssimo em razão do New Deal, a política que tirou os EUA da maior crise da sua história, e duas das reeleições ocorreram durante as trevas da II Guerra Mundial. Quem é que quer mudar o comandante no meio de uma guerra? Roosevelt morreu no começo do quarto mandato. Anos depois de seu governo, os EUA aprovaram emenda à Constituição limitando os presidentes a dois mandatos, mesmo que não sejam consecutivos.

Marco em 20 de agosto de 2011

Amigo Setti: Vou ser obrigado a discordar em Relação ao Roosevelt, por ter dado muito destaque a Keynes na esfera intelectual e política, posteriormente imitada, aqui no Brasil, por Getúlio Vargas. E acho q continua ainda em voga no Brasil, já q é o modelo público d maior sucesso nas Universidades Federais. Para quem não conhece as soluções Keynesiana, sempre foi de impulso a demanda interna através d uma politica d um superinvestimento expansionista.Sem se preocupar com o desencontro entre oferta e procura, ou com carência de demanda.Foi um verdadeiro achado para os serviços públicos para minimizar o desemprego. Com a crença de q o governo é a causa da elevação ou queda dos níveis de emprego. A Sra. Cut gostou os Barnabés amaram já q mantém elevadas as taxas de salários públicos deficitários. Com influência corporativa no preço do trabalho e ainda permitindo q a força de trabaho seja desviada para empregos imcompatíveis. Tem economistas aqui na Ufrgs, q viajam o mundo todo e dão bolsas de estudos para defender essas teses. Abs.

SergioD em 20 de agosto de 2011

Ricardo, com essa lista não há o que discutir. Zilda Arns é daquelas criaturas iluminadas a quem a humanidade deve se orgulhar de ter produzido. Fernanda Montenegro! O que comentar? Certa vez estive próximo a ela num comício das diretas, em 1984. A timidez não me permitiu solicitar uma foto com ela. Fiquei com a foto dela tirada a distância. Frederico Fellini me deu momentos de magia e felicidade, principalmente em Cidade das Mulheres, Oito e Meio e A Doce vida. Franklin Delano Roosevelt. Não sei quantos livros já li sobre esse personagem. Além de comandar seu país durante o pior conflito de todos os tempos, foi quem salvou o capitalismo nos EUA com o seu corajoso New Deal, pelo qual foi chamado de comunista, pelos republicanos, e de fascista, pela esquerda. Ao falar dele também se deve citar o organizador do New Deal e responsável pela massiva produção industrial durante a 2a. Guerra, Harry Hopkins, seu maior auxiliar, além de George Marshall, seu comandante militar e articulador do plano de reconstrução da Europa do pós-guerra (um dos cinco five stars, não?). E, por fim, sua mulher, Eleanor, um personagem fascinante pela força moral e luta a favor dos oprimidos. Fico pensando se Barak Obama não deveria revisitar FDR para tirar alguns ensinamentos sobre o que fazer na crise atual. Sua primeira escolha foi pra lá de feliz. Aguardo os próximos capítulos. Grande Abraço e bom fim de semana

J.B.CRUZ em 19 de agosto de 2011

CARO SETTI ! MEUS CINCO ÍDOLOS.. NA POLÍTICA. 1-)JUSCELINO KUBSTCHEK DE OLIVEIRA--ERNESTO GEISEL--JOHN FITZGERALD KENNEDY--RONALD REEGAN--FERNANDO HENRIQUE CARDOSO.. NA ARTE..(MÚSICA,CINEMA,) 2-)JOHN WAYNE--ELVIS PRESLEY--ROBERTO CARLOS--ELIZABETH TAYLOR--JOHN LENNON-. 3-)NO FUTEBOL.. 1-)PELÉ--GARRINCHA--TOSTÃO--PIAZZA-DIRCEU LOPES-. 4-)NA LITERATURA: SIR CONAN DOYLE--JORGE AMADO--CARLOS DRUMONND DE ANDRADE--JOEL SILVEIRA--SIDNEY SHELDON--. 5-)GERAL- CASSIUS CLAY (BOXE)--GUSTAVO KÜERTEN(TÊNIS)--NELSON PIQUET(AUTOMOBILISMO)--OSCAR(BARQUETE)--BERNARD RAZZJMANN(VOLEIBOL).... ----------------------------------------------- OBS: ESTES SÃO ÍDOLOS,mas pessoas admiradas, devo ter mais de 1.000---- Obrigado por compartilhar sua lista com o blog, caro João Batista. Abração

Zinha_09 em 19 de agosto de 2011

Copio vc ! Figuras notáveis!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI