Cinco admirações (capítulo 1)

 

franklin-delano-roosevelt

Franklin Delano Roosevelt

Franklin Delano Roosevelt (1882-1945), economista e advogado, presidente dos Estados Unidos por quatro mandatos consecutivos, o último interrompido pela morte (1932-1945), esteio da recuperação do país depois da Grande Depressão iniciada em 1929, um dos vencedores da II Guerra Mundial (1939-1945) e, de longe, um dos gigantes do século XX.

barao-do-rio-branco

Barão do Rio Branco

José Maria da Silva Paranhos, o Barão do Rio Branco, diplomata, ex-ministro de Relações Exteriores (1902-1910), consolidador das fronteiras atuais do Brasil e patriota.

zilda-arns

Zilda Arns

Zilda Arns (1934-2010), médica pediatra e sanitarista, fundadora da Pastoral da Criança.

 

fernanda-montenegro

Fernanda Montenegro

Fernanda Montenegro (1929), atriz.

autorretrato-frederico-fellini

Federico Fellini (autorretrato)

Federico Fellini (1920-1993), cineasta italiano.

Veja também: 5 Admirações: Capítulo 2

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × um =

11 Comentários

  • Zinha_09

    Copio vc ! Figuras notáveis!

  • J.B.CRUZ

    CARO SETTI ! MEUS CINCO ÍDOLOS..
    NA POLÍTICA.
    1-)JUSCELINO KUBSTCHEK DE OLIVEIRA–ERNESTO GEISEL–JOHN FITZGERALD KENNEDY–RONALD REEGAN–FERNANDO HENRIQUE CARDOSO..
    NA ARTE..(MÚSICA,CINEMA,)
    2-)JOHN WAYNE–ELVIS PRESLEY–ROBERTO CARLOS–ELIZABETH TAYLOR–JOHN LENNON-.
    3-)NO FUTEBOL..
    1-)PELÉ–GARRINCHA–TOSTÃO–PIAZZA-DIRCEU LOPES-.
    4-)NA LITERATURA: SIR CONAN DOYLE–JORGE AMADO–CARLOS DRUMONND DE ANDRADE–JOEL SILVEIRA–SIDNEY SHELDON–.
    5-)GERAL-
    CASSIUS CLAY (BOXE)–GUSTAVO KÜERTEN(TÊNIS)–NELSON PIQUET(AUTOMOBILISMO)–OSCAR(BARQUETE)–BERNARD RAZZJMANN(VOLEIBOL)….
    ———————————————–
    OBS: ESTES SÃO ÍDOLOS,mas pessoas admiradas, devo ter mais de 1.000—-

    Obrigado por compartilhar sua lista com o blog, caro João Batista.
    Abração

  • SergioD

    Ricardo, com essa lista não há o que discutir.
    Zilda Arns é daquelas criaturas iluminadas a quem a humanidade deve se orgulhar de ter produzido.
    Fernanda Montenegro! O que comentar? Certa vez estive próximo a ela num comício das diretas, em 1984. A timidez não me permitiu solicitar uma foto com ela. Fiquei com a foto dela tirada a distância.
    Frederico Fellini me deu momentos de magia e felicidade, principalmente em Cidade das Mulheres, Oito e Meio e A Doce vida.
    Franklin Delano Roosevelt. Não sei quantos livros já li sobre esse personagem. Além de comandar seu país durante o pior conflito de todos os tempos, foi quem salvou o capitalismo nos EUA com o seu corajoso New Deal, pelo qual foi chamado de comunista, pelos republicanos, e de fascista, pela esquerda. Ao falar dele também se deve citar o organizador do New Deal e responsável pela massiva produção industrial durante a 2a. Guerra, Harry Hopkins, seu maior auxiliar, além de George Marshall, seu comandante militar e articulador do plano de reconstrução da Europa do pós-guerra (um dos cinco five stars, não?). E, por fim, sua mulher, Eleanor, um personagem fascinante pela força moral e luta a favor dos oprimidos.
    Fico pensando se Barak Obama não deveria revisitar FDR para tirar alguns ensinamentos sobre o que fazer na crise atual.
    Sua primeira escolha foi pra lá de feliz. Aguardo os próximos capítulos.
    Grande Abraço e bom fim de semana

  • Marco

    Amigo Setti: Vou ser obrigado a discordar em Relação ao Roosevelt, por ter dado muito destaque a Keynes na esfera intelectual e política, posteriormente imitada, aqui no Brasil, por Getúlio Vargas. E acho q continua ainda em voga no Brasil, já q é o modelo público d maior sucesso nas Universidades Federais.
    Para quem não conhece as soluções Keynesiana, sempre foi de impulso a demanda interna através d uma politica d um superinvestimento expansionista.Sem se preocupar com o desencontro entre oferta e procura, ou com carência de demanda.Foi um verdadeiro achado para os serviços públicos para minimizar o desemprego. Com a crença de q o governo é a causa da elevação ou queda dos níveis de emprego. A Sra. Cut gostou os Barnabés amaram já q mantém elevadas as taxas de salários públicos deficitários. Com influência corporativa no preço do trabalho e ainda permitindo q a força de trabaho seja desviada para empregos imcompatíveis. Tem economistas aqui na Ufrgs, q viajam o mundo todo e dão bolsas de estudos para defender essas teses.
    Abs.

  • Caps

    4 mandatos para FDR… não é muito mandato, não?

    O caso é que ele era popularíssimo em razão do New Deal, a política que tirou os EUA da maior crise da sua história, e duas das reeleições ocorreram durante as trevas da II Guerra Mundial. Quem é que quer mudar o comandante no meio de uma guerra?
    Roosevelt morreu no começo do quarto mandato. Anos depois de seu governo, os EUA aprovaram emenda à Constituição limitando os presidentes a dois mandatos, mesmo que não sejam consecutivos.

  • carlos nascimento

    OK. Excelentes.

    Agora,cada ser humano tem a sua lista de preferidos.

    Ouso postar a minha:

    *Edson Arantes do Nascimento (brasileiro) – o atleta Pelé, gênio do futebol, cidadão do mundo.

    *Alberto Santos Dumont (brasileiro) – O pai da aviação. Injustamente esquecido de sua importância, pelos próprios brasileiros, alguém lembrou do seu gosto por relógios e acabou batizando uma marca com o seu nome, enquanto isso, por aqui……

    * Albert Einsten (alemão) – o pai da relatividade, o gênio que revolucionou a ciência.

    * Winston Leonard Spencer Churcill (inglês) – Premier Inglês, o “cara” que coordenou a estratégia dos Aliados na 2a.grande Guerra, derrotando Hitler, só isso já diz tudo, o mundo seria outro sem essa estratégia.

    * João Paulo II (Polonês) – Tentou revolucionar a Igreja Católica, pena que tenha as forças conservadoras amarraram suas mãos.

    Vou ficar só com esses (5).

    p.s. – Me peçam um dia os 5 piores, tem um brasileiro com lugar cativo, quem adivinha a figura ?

  • Eduardo Rodrigues, Rio

    Prezado Ricardo Setti, não posso concordar com o elogio a Roosevelt, sobretudo no que tange à sua atuação na Grande Depressão, que posso chamar de deplorável. Recomendo-lhe a leitura dos seguintes textos:

    Como Franklin Roosevelt piorou a Depressão
    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=130

    Mais falácias sobre a Grande Depressão
    http://www.mises.org.br/Article.aspx?id=326

    Abraço.

  • veiaco

    Se existe algúem que admiro e até acho que deveria ser santificado em vida esse cara é Nelson Mandela.

  • Gabriel Birkhann

    *
    Escritores que admiro (que li)
    *
    Agatha Christie
    Conan Doyle
    Machado de Assis
    Clarice Lispector
    Paulo Coelho
    Saramago
    Drummond
    Mario Vargas Llosa
    Gabriel Garcia Márquez
    *
    ABRAÇOS

  • Eduardo

    No Brasil muitos artistas famosos se tornam mitos, mas adoram “morder” verbas públicas em troca de apoio político ou em troca de um nao apoio ao adversário e isso ocorre das mais variadas maneiras (Lei Ruanet é uma delas). Se nao me engano, a Fernanda é uma dessas e desde a época do presidente Sarney (quando ele presidiu o Brasil), na qual ela ganhou uma boa verba para editar seu “livro” que teve uma venda assombrasamente pequena (talvez só ela tenha comprado para dar de presente a alguém). Nao estaria em minha lista de admirados.

  • Alaércio Flor

    E onde fica o genio e mulatos com ares de aristrocrata,bisneto de escravos Joaquim Maria Machado de Assis,ou simplesmente Machado de Assis, o esposo da protuguesa Carolina Augusta Xavier de Novaes?????ou Dom Pedro II e até mesmo Lima Barreto???e a minha Mãe ,Dona Maria Ferreira de Abreu,superior a todos anteriormente citados que era a Mãe de muitos????

    Calma, Alaércio. Você não notou que é o Capítulo 1?
    E se eu de repente não admirasse Machado de Assis?
    Teria o direito, não?
    Felizmente, é uma das maiores admirações que tenho em matéria de literatura, disparado.
    Um abraço