“Coluna do Estadão”: Segundo tempo

Dráusio Barreto, um dos dois promotores designados pelo procurador-geral do Estado, Antonio Ferraz Dal Pozzo, para investigar o enriquecimento rápido do ex-assessor de comunicação do ex-governador Orestes Quércia Carlos Rayel, é o mesmo que atuou no caso Lubeca.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

treze + quatro =