Coluna “Galeria”, de Nirlando Beirão: Estilo

O séquito de imitadores do presidente Fernando Collor em Brasília está correndo o sério risco de ficar subitamente fora de moda.

Basta a crise deixar tempo para o presidente ficar sabendo que no Primeiro Mundo o grande chique do momento, em matéria de relógio, deixou de ser o suíço Breitling.

O dernier cri é exibir no pulso um Burberry.

Produzido na Suíça pela mesma grife inglesa das famosíssimas capas de chuva que povoam o guarda-roupa de Yves Montand.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =