O destino não foi generoso com Pedro Ivo Campos. Depois de uma tentativa frustrada e muita luta para se eleger governador de Santa Catarina em 1986 pelo PMDB — o primeiro governador de um partido de oposição no Estado desde o golpe de 1964 –, sobreveio-lhe um câncer que o levaria à morte mais de um ano antes de terminar o mandato.

Tive o prazer de conhecer esse homem gentil e aplicado no trabalho no mesmo evento de marketing político em São Paulo em que encontrei diversas outras figuras políticas, como o ex-governador Gilberto Mestrinho.

Pedro Ivo, militar reformado mas opositor da ditadura pelo velho MDB, fora deputado estadual, prefeito de Joinville e deputado federal. Sonhava desde o inicio da carreira política em governar seu Estado, viu-se preterido nas eleições de 1982 mas finalmente concorreu e se elegeu em 1986, pondo fim a longo período de governos alinhados com o regime.

Tomou posse em março de 1987, dois meses antes do evento da foto, só que não teve sorte: abatido pelo câncer, embora haja resistido durante longo período, acabou morrendo em fevereiro de 1990,13 meses antes de terminar seu mandato.

A foto, do Ariovaldo Santos, é de 27 de maio de 1987.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze − 2 =

TWITTER DO SETTI