Chegando ao Aeroporto de Ezeiza, em Buenos Aires, junto ao grande fotógrafo e amigo Orlando Brito, para o lançamento da revista CARAS, em novembro de 1993. A cidade foi palco do lançamento por ser argentina a revista original e argentinos da Editora Perfil os sócios da Editora Abril na empreitada da edição brasileira.

Minha presença se explicava pelo fato de que eu colaborara intensamente com os argentinos na montagem da equipe que lançaria a revista, por determinação do Diretor Editorial e Vice-presidente executivo da Abril, Thomaz Souto Corrêa, do qual era então diretor adjunto. Brito, o “fotógrafo do poder” por excelência, fora um dos cerca de 20 nomes que eu levara para a Redação.

O lançamento se daria numa grande noite de gala no dia seguinte, 10 de novembro, no portentoso Teatro Colón, com a presença do então presidente da República da Argentina, Carlos Menen, e do à época governador de São Paulo, Luis Antonio Fleury Filho. A nova Editora Caras fretou dois jatos de carreira da TAM para levar para a festa e trazer de volta ao Brasil uma grande revoada de celebridades.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

9 − cinco =

TWITTER DO SETTI