Com Augusto Nunes, comentei os resultados das eleições presidenciais de 2010, ressaltando o curioso predomínio da presidente eleita Dilma Rousseff (PT) nas regiões Norte e Nordeste e do candidato derrotado José Serra (PSDB) nas regiões Sul, Sudoeste e Centro-Oeste.

Também apontamos como surpresas os resultados na disputa estadual nos quais alguns governadores vencedores não conseguiram impedir a vitória dos candidatos a presidentes dos partidos adversários.

Comentei a infeliz postura de Lula de romper o país entre “nós” e “eles”, mas apontando que isso acaba infelizmente tendo uma representação real nas urnas. “Se quiserem radicalizar, o que não é desejável, tem realmente uma linha divisória no Brasil: ao norte de Brasília, Dilma; abaixo, Serra”, afirmei.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 3 =

TWITTER DO SETTI