Confira o currículo e a produção intelectual da nova ministra do Supremo, Rosa Weber

Rosa Maria: 164ª integrante do Supremo, e a terceira mulher (Foto: Conjur)

Amigos do blog, não acho compreensível que a presidente Dilma Rousseff haja demorado quase três meses para escolher a substituta da ministra Ellen Gracie no Supremo Tribunal Federal.

De todo modo, a decisão pelo nome da atual ministra do Tribunal Superior do Trabalho Rosa Maria Weber Candiota da Rosa, como se sabe, foi tomada ontem por Dilma, em reunião com o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo. A indicação foi publicada hoje, terça-feira, 8, no Diário Oficial da União, após o que a magistrada será submetida a uma sabatina pela Comissão de Constituição e Justiça do Senado. Se aprovada, como sempre acontece, seu nome será submetido ao plenário do Senado.

Teria contado pontos na indicação da ministra, gaúcha de nascimento, a opinião do ex-deputado gaúcho Carlos Araújo, ex-marido da presidente e pai de sua filha, Paula.

Entre 164 integrantes do Supremo designados desde o início da República, em 1889, a futura ministra será a terceira mulher a ocupar um dos onze postos da Corte. A primeira, nomeada pelo presidente Fernando Henrique Cardoso, foi Ellen Gracie Northfleet, no ano 2000. A segunda, a ministra Cármen Lúcia Antunes Rocha, pelo então presidente Lula,  em 2006.

Confira o currículo da nova ministra aqui.

E, neste outro link, sua produção intelectual.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

14 Comentários

  • Malur

    Tem um bonito nome, parece ser uma mulher bonita para sua idade. Vejamos se será classuda como a ex-ministra Ellen.

  • Natal

    Setti, achei fraquinho, principalmente se comparado com a de Gilmar Mendes, por exemplo. Não consta seus cursos de pós-graduação, possui ela mestrado, doutorado? A produção intelectual também é pequena, embora seja maior que a de Dia Toffoli, que aliás tem um currículo mais pobre que o meu que não sou candidato a nada!

  • Marco

    Amigo Setti: Nem vou perder meu tempo analisando a biografia dessa Sra. O q contou para essa decisão, foi a excitação da mente dos fabricantes d utopia e o golpe da “Constitucionalidade” d 1988. Essa Sra. deve adorar questões exóticas d clásulas pétreas,garantias super “onerosas” d salários e previdência e outros formalismos q brigam com a lógica cívil. Já sei o seu discurso deve ser 70 % “Direitos ” , 20% ” Garantias “,5 % ” Fiscalização” , 5% “Controles”, 3% “Usuários”, 2 % ” Eficiência e Produtividade “.
    Abs.

  • Eduardo

    Currículo brilhante! Secundado então pelo ex- dela e da filha, chegamos à perfeição auricular!

  • Kleyner Arley

    Tembém deveríamos analisar o currículo dos membros do Legislativo e Executivo. Sei que isso não garante lisura e competência, mas ajuda.

  • Think tank

    No paraíso viciado nas regras do compadrio, só os muuuuuito ingênuos acreditam em competência, mérito, currículo, probidade, dignidade, moral exacerbada, e escambau.
    Também que diferença faria faria a nação caso tivesse levado 5 anos para escolher algum membro do STF? Estes já nos enrolam por 6 anos o MENSALÃO-2005!

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Seja benvinda juiza Rosa Maria Weber Candiota da Rosa, um novo AR e uma nova Esperança.

  • Corinthians

    É… o Brasil, incluindo o STF, cada vez pior…
    Alguém aí quer apostar qual será o voto dela no caso do mensalão ?

  • Santos

    A escolha é digna da “ERA DA MEDIOCRIDADE”. Não podia ser de forma diferente a indicação desta senhora, amiga do ex da presidente. Estou aguardando a profecia do Noblat – “aposto que ela vai votar pela absolvição dos mensaleiros”. Alguém aí duvida?

  • Leila alves

    Bom em principio é bom aguardar,manda o manual de boas maneiras,mas ter sido indicada pelo ex da presidenta,já não recomenda…O ex presidente também não deverá gostar..Loura de olhos claros….Aguardemos,diria Honório de Lemos…But!

  • Tuco

    .

    Eu, um inveterado crédulo nas
    pessoas, desejo que a doutora
    Rosa da Rosa exerça um trabalho
    sereno e justo – com boa sorte.


    .

  • Alexandre

    Se permitimos o pessoal votar para as eleições, por que não?

  • Alexandre

    Epa!!!
    comentário no lugar errado, ai ai ai

  • mané brasileiro

    Setti
    O QI venceu!