Image
Maquete do futuro estádio do Corinthians: obras  que deveriam começar em abril já foram adiadas para junho

Amigos, a confusão em torno do estádio do Corinthians para a Copa de 2014 já está perto de ter pelo menos um resultado concreto: São Paulo, a maior e mais importante cidade do Brasil, muito provavelmente ficará fora da Copa das Confederações, em 2013.

Num evento hoje na Assembleia Legislativa de São Paulo, o ministro do Esporte, Orlando Silva, defendeu a tese de que, não havendo estádio novo e pronto para a competição — no caso a futura arena do Corinthians, que teoricamente sediará a abertura do Mundial em 2014 –, ela não deve passar pela capital.

“O Brasil deve fazer a Copa das Confederações em quatro ou cinco sedes”, disse Silva. Mesmo ressaltando que a decisão final é da FIFA, Silva opinou: ” Se não tiver estádio pronto, minha posição é de não fazer em São Paulo. Não seria justo com as outras cidades que cumpriram o prazo”.

Desta vez, embora seja paulistano, viva em São Paulo e torça pela cidade e seu progresso e bem-estar, vou concordar com o ilustre ministro do Partido Comunista do Brasil. É claro que São Paulo dispõe, entre outras possibilidades, da futura Arena Palestra, do Palmeiras, e do Morumbi, mas o Morumbi, por motivos até hoje incompreensíveis para o cidadão comum, foi vetado ou descartado pela FIFA e pelo presidente perpétuo da CBF, Ricardo Teixeira.

Além do mais desde o princípio das discussões sobre como seria a Copa de 2014, no Brasil ficou estabelecido que os estádios para a disputa seriam os mesmos da Copa das Confederações, até como um teste para a respectiva cidade hospedeira.

E quando mencionei “confusão” sobre o estádio do Corinthians no começo deste texto quis dizer isto mesmo: o clube, que já anunciara o início das obras no bairro de Itaquera em abril e depois adiou para maio, agora promete o evento para junho. Mas, segundo o próprio diretor de marketing do Corinthians, economista Luís Paulo Rosemberg, ainda não há definição sobre o financiamento.

Parece brincadeira, não?

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três + seis =

7 Comentários

carlos nascimento em 07 de maio de 2011

Enquanto isso, Andrés Sanchez manda bala: "sou amigo da globo, mas são todos gangsters" em reunião do Clube dos 13. Está gravado.

Ricardo -Ribeirão Preto em 07 de maio de 2011

E daí, se nosso Estado não tiver jogos da Copa das Confederações nem da Copa do Mundo? É bom lembrar, que quando o Brasil foi o escolhido para sediar a copa de 2014, o sr. Ricardo Teixeira, afirmou que seria a realizada sem nenhum centavo de dinheiro público. Tudo o que está acontecendo, é para que se invista dinheiro público a fim de se viabilizar o evento. A copa não gera lucros? Então, quem quer lucrar que assuma os riscos dos invetimentos. Se São Paulo ficar de fora, não vou lamentar.

Prof Helena em 07 de maio de 2011

Acho uma discrepância São Paulo ser penalizada porque Ricardo Teixeira resolveu que seu time deve ter um estádio para abertura de Copa. Os outros times vão ficar quietos? Isso é egoísmo demais.

maria mello em 07 de maio de 2011

SE DEPENDESSE DE MIM SÃO PAULO NÃO TERIA PARTICIPAÇÃO ALGUMA NAS OPIMPIADAS.NÓS NÃO PRECISAMOS DISSO.Serão tantas as reclamações que já estou pensando em suspender os jornais nesta época.será o caos.

Quilo em 06 de maio de 2011

Tomara que nenhum estádio seja construído e que a Copa e as Olimpíadas sejam feitas em outro lugar. Não precisamos de elefantes brancos superfaturados.

Alberto Porém Júnior em 06 de maio de 2011

Não. Não é brincadeira e digo que estou muito preocupado também. Quando ocorreu o encontro dos blogueiros com Lula eu perguntei a ele sobre exatamente esta questão e ele disse que ia dar tempo. Tenho minhas dúvidas. Sou sempre otimista como todos devem ser perante a vida, mas esta Copa sei não, cheira muito mal. A tese do vale tudo encima da hora abre buracos negros para corrupção e locupletagens no erário público. A resposta que Lula deu a minha pergunta não me satisfez fiquei muito mais preocupado. Veja e reflita. Não é para ficar preocupado? http://youtu.be/I5QaWv8ZBNI

Dawran Numida em 06 de maio de 2011

Isso já passou da conta. O Corinthians não tem dinheiro para fazer o estádio. Todo mundo deveria saber disso. A iniciativa privada, caso tivesse dinheiro e comprado a ideia, já teria iniciado o projeto há muito tempo. O poder público, se colocar dinheiro nesse projeto terá decretado sua sentença de incompetência e de falta de respeito com recursos públicos. Então, que tomem coragem e larguem de tentar enganar as pessoas. O Morumbi e o Pacaembu já estão prontos. Bastam reformas e pronto. Isso daria tempo de fazer. Ou então, desistam desse sonho megalômano. E que o time pare de se achar o maioral, que pode tudo. Não tem recursos. Nenhum time brasileiro tem. Se o time quiser tocar a obra que a toque no ritmo que seus recursos derem e esqueça da Copa.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI