O Solar Impulse foi construído para voar grandes distâncias sem queimar nem uma gota de combustível. O avião, uma das principais atrações do salão aeronáutico de Paris, que aconteceu em junho na França, é o único do mundo capaz de decolar e se manter em voo usando apenas a energia do sol.

A exótica aeronave tem a mesma envergadura de um Airbus A340: 64 metros. Mas, enquanto um A340 carregado pode pesar mais de 300 toneladas e levar mais de 400 passageiros, o Solar Impulse pesa apenas 1,6 tonelada e, em sua cabine, há um único assento para o piloto.

Sob as asas, ficam quatro silenciosos motores elétricos e suas respectivas baterias. Um computador de bordo administra o uso da energia e ajuda no controle do voo. Construído em fibra de carbono, o avião tem 12.000 células fotovoltaicas que captam a energia solar. A potência disponível para os seus motores, entretanto, ainda é de apenas 8 HP – seis vezes menos do que o 14-bis de Santos Dumont, por exemplo, construído em 1906. Mesmo assim, por ser leve e eficiente, o avião solar consegue subir a 8.500 metros de altitude a 70 km/h.

O Solar Impulse foi construído por uma equipe liderada pelo suíço Bertrand Piccard, conhecido por ter dado a primeira volta ao mundo ininterrupta num balão, em 1999. O grupo trabalha, agora, numa versão ainda maior do avião para, em 2013, tentar dar a volta ao mundo sem escalas usando apenas energia solar.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dois × 1 =

3 Comentários

Kitty em 04 de julho de 2011

Ricardo esto é realmente fantástico!!Esta seria a grande chance de sermos menos dependentes do petróleo, grande vilão do meio ambiente e, ao mesmo tempo, o causador de guerras no Oriente Medio. Tomara que seja possível a sua aplicação, embora que eu tenha as minhas dúvidas,por os poderosos interesses que estão por trás do "ouro negro". Mas valeu o comment e a novidade monstrando uma importante aplicação da energia solar. Esperemos poder ver este e muitos outros feitos que,seguramente, estarão por vir!!! Um abração, Kitty

Luiz Pradines em 03 de julho de 2011

Setti, O "Solar Impulse" é símbolo do esforço empreendido pela indústria aeronáutica para diminuir a quantidade de emissões de poluentes. As tecnologias desenvolvidas neste projeto podem vir a ser aplicadas em sistemas auxiliares de geração de energia em aeronaves e outros veículos. Imaginar um avião de passageiros movido apenas a energia solar é ainda um sonho que, desconfio, nunca se tornará realidade. Entretanto, aeronaves pequenas movidas exclusivamente a eletricidade são viáveis com a tecnologia atual. Algumas delas, inclusive, já voam como protótipos. Apesar de representar apenas 3% do total de emissões de CO2 do mundo, a indústria aeronáutica é sujeita a um grau de atenção e restrições desproporcional ao seu real impacto poluidor. Tomara que o exemplo da indústria aeronáutica também seja adotado vigorosamente pelas outras indústrias. Afinal de contas, lembrando o nosso ex-Presidente, todos têm que se preocupar com a poluição pois a Terra é redonda!

Octacilio Cemente em 03 de julho de 2011

iDilma - indecisão, inércia e inaptidão. O all-in-one menos competitivo do mercado governa o Brasil.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI