COPA 2014: Patrulham Ronaldo por sentir “vergonha” da bagunça das obras e por defender “baixar o cacete” em vândalos e baderneiros. Mas ele tem razão!

(Foto: Jorge Araujo/Folhapress)

Ronaldo Fenômeno: “Se a CBF for o que de melhor temos, estamos mortos. (…) A culpa não é minha se o Brasil não tem hospital decente” (Foto: Jorge Araujo/Folhapress)

Fiquei uns dias fora e deixei de comentar muita coisa que aconteceu nos últimos dias.

Mas não quero deixar passar a patrulha que se exerceu e ainda se vem exercendo sobre Ronaldo Fenômeno por causa de declarações feitas à Folha de S. Paulo, durante sabatina divulgada na sexta, dia 30, inclusive ou sobretudo por sua defesa de que nos vândalos, em manifestações como as que têm ocorrido contra a Copa do Mundo, “tem que baixar o cacete mesmo”.

O que Ronaldo vem levando de pancada não é brincadeira. Colunistas de jornais, blogueiros, blogueiros chapa-branca, remunerados pelo lulopetismo, gente de todo tipo nas redes sociais…

E, no entanto, o que é que o maior artilheiro da história das Copas do Mundo disse de tão errado?

A questão de “baixar o cacete nos vândalos”? Esta frase, tomada isoladamente, pretende transformar Ronaldo num troglodita.

Mas vamos transcrever a íntegra do que ele disse:

“A partir do momento em que há vândalos no meio disso, mascarados… A segurança pública tem de conter esses vândalos. Parece que as pessoas acordaram [para os problemas do país], mas acordou todo mundo junto. Ninguém sabe como faszer ou por onde ir. A população tem de protestar sem violência. Nos vândalos, mascarados, tem de baixar o cacete mesmo.”

Vejam bem: “a segurança pública tem de conter esses vândalos”.

Ronaldo não defende linchamentos: defende o cumprimento da lei?

O que é que os críticos mal-intencionados queriam? Que Ronaldo defendesse que, após badernaço, queima de veículos, depredação de lojas, destruição de peças do patrimônio público e arremesso de coquetéis molotov contra a Polícia Militar, os vândalos fossem convidados pelo ministro Gilbertinho Carvalho — o “grande interlocutor” do governo Dilma com os “movimentos sociais” — e recebidos com tapete vermelho e tapinhas nas costas no Palácio do Planalto?

Pois Ronaldo tem razão! Brasileiros de bem querem que a Polícia Militar baixe mesmo o sarrafo nos arruaceiros violentos! E que sejam presos e levados à Justiça!

Ronaldo não criticou a Seleção. Mas ironizou o coordenador técnico Carlos Alberto Parreira, autor da monumental bobagem — e um ato de puxa-saquismo estranho para alguém dotado de altivez, como o técnico do tetra — segundo o qual a CBF, sim, a CBF presidida pelo decrépito José Maria Marin, que sucedeu ao enroladíssimo Ricardo Teixeira, é “o Brasil que dá certo”.

Disse o Fenômeno: “Se a CBF for o que de melhor nós temos, estamos mortos”.

Está errado Ronaldo? Qual declaração vocês acham mais correta — a de Parreira ou a de Ronaldo?

Enfim, sobrou muito para o ex-craque quando, mesmo sendo membro do Comitê Organizador da Copa, fez a seguinte declaração para explicar porque afirmara, anteriormente, sentir “vergonha” pela organização do torneio:

“A minha vergonha é pela população que esperava grande legado. Reformas de aeroporto, obras de mobilidade urbana… Os estádios estão aí. Bem ou mal, estarão prontos. [Mas] Apenas 30% do que foi prometido [de obras de infra-estrutura] será entregue. Esta é a minha vergonha”.

O que é que ele disse de errado? Pois não é disso mesmo que milhões de brasileiros estão se queixando? E se Ronaldo faz essas afirmações como integrante do Comitê Organizador — que nada tem a ver com as obras –, melhor ainda, pois fala com mais autoridade, a autoridade de quem viu as coisas de perto.

Ronaldo mesmo desabafou, a uma certa altura do depoimento, dizendo que “faz dois anos que eu venho levando porrada”.

E arrematou:

“Eu não mereço. O meu dinheiro ganhei de forma limpa. Não tenho empreiteira. Não peço favor a nenhum político. A culpa não é minha se o Brasil não tem hospital decente”.

Ronaldo, sabemos todos, não é um santo.

Mas a verdade é que, nesse depoimento, ele só disse verdades.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 1 =

Nenhum comentário

  • Leonardo Saade

    Depois de anunciar seu apoio a Aécio Neves na campanha presidencial, Ronaldo passou ser hostilizado pelas hostes petistas e simpatizantes.

    Mesmo se falar que é contra a pedofilia, contra o trabalho escravo, temas que todo mundo é contra, vai ter militante petista criticando Ronaldo.

    Muitos criticam Ronaldo por ser parte do Comitê Organizador e agora, critica o Governo pelas obras da Copa.

    Gilberto Gil não foi Ministro no Governo petista e também não está criticando?

    O escritor Paulo Coelho, amigo da cúpula petista também não está criticando?

    O patrulhamento petista tem mais a ver com o apoio político de Ronaldo à Aécio que suas opiniões!

    Ronaldo tem toda razão ao dizer que manifestações violentas devem ser punidas! Há uma grande diferença entre manifestantes e vândalos.

    A morte do cinegrafista pelas ações dos Black-blocks ano passado foi a prova de de que a violência dos vândalos podem ser fatal.

    E Ronaldo em nenhum momento se posicionou contra a Copa, mas contra a falta de infra-estrutura do Brasil, por ineficiência do governo federal, fato criticado também pela própria FIFA, e por jornalistas estrangeiros que vão cobrir a Copa.

  • Luiz

    Se ele não tivesse dito aquela besteira de que não se faz Copa com hospitais,estaria bem melhor na fita! Ele tem razão em sentir vergonha como todas pessoas sérias,trabalhadoras,tem!A questão é que está sendo hostilizados por petistas!

  • Vera Scheidemann

    Concordo com você ! O que ocorre é que no Brasil de hoje as pessoas não podem dizer a verdade, especialmente aquela que incomoda o PT.

  • Marcelo Augusto Monteiro Ferraz

    Se é que os têm, os argumentos dos esquerdopatas que criticam a postura de Ronaldo são, no mínimo, pífios.

    Querem o quê?

    Que Ronaldo defenda os Black Blocs e sua união com o PCC?

    Que Ronaldo não defenda um princípio elementar do direito político, o de é reservada ao Estado a prerrogativa do uso da violência em nome da manutenção da ordem pública e da proteção do patrimônio público e de terceiros?

    Que Ronaldo ache que o Hobin Hood face dupla do Planalto está coberto de razão?

  • Sylvio Haas

    Ronaldo falou o que está preso na garganta da maioria dos brasileiros. Este, sim, REPRESENTA o povo dignamente.

  • jair sergio de moraes

    Olha, tirando o fato de não gostar do PT e quere ele fora do governo como todos os que comentam aqui, vou dizer uma coisa, não jornalista, nem blogueiro, nem militante de partido político nenhum, agora que esta atitude do Ronaldo não parece sincera, assim como todas as que ele toma, não parece, desde o começo ele se engajou neste projeto e até bobagens falou, agora que o fracasso e a roubalheira ficaram explicitas ele muda de lado, não é confiável, quer saber, não gosto ficou pior para o Aécio do que para o PT, pessoas conscientes sabem que Ronaldo sempre buscou seus próprios interesses em tudo.

  • O. David Neto

    Olá Ricardo Setti. Você não deve lembrar, mas cerca de um mês atrás, pedi, e você autorizou que eu reproduzisse em meu blog dois posts seus sobre a decadência de Detroit. Queria agradecer e pedir autorização para reproduzir este post seu aqui. Basta dar seu OK por aqui mesmo, na area de comentários. Se quiser visitar meu blog, o endereço é: http://naomedeixesermalinterpretado.blogspot.com.br

    Obrigado

    Com o maior prazer, caro David. Sem dúvida!
    E vou visitar seu blog, sim.
    Vou postar um comentário lá assim que visitá-lo.
    Um grande abraço e… volte sempre!

  • alvaro

    Meu apoio, Ronaldão!

  • Roberto

    Concordo com Ronaldo, mais acho, que o mais decente, é lagar essa camarilha e cuidar de sua vida, que por sinal é bem agitada, quando a esse governo, abandona não tem jeito, pois já nasceu torto, e vai morrer torto, só que gosta de ser internado no Sírio- Libanês, aqui pro ceis hó.

  • gilberto

    Concordo com o que ronaldo diz, mas faltando menos de um mês da copa? tenho minhas duvidas sobre essas declarações.Ronaldo esta preocupado com a copa, eu estou preocupado com o depois da copa.E mais preocupado com a possibilidade do pt ficar mais quatro anos no poder. Setti, seria muito pedir algumas informações sobre asilo em um outro pais?(risos) Abraço.

    Sobre asilo não sei, caro Gilberto. Mas acho que política e futebol aqui se misturaram: a patrulha sobre Ronaldo não ocorreria se ele não tivesse declarado seu apoio à candidatura Aécio Neves a presidente.
    Abração

  • Carla

    Boa Ronaldo..
    Inteligentes argumentos.
    E,como mesmo diz,não tem rabo preso com empreiteiras nem com o governo.

  • Gil Santos

    Qual jogador de futebol não ficaria alegre com a realização de uma copa do mundo em seu país? Nenhum. Isso foi o o que ocorreu com Ronaldo Fenomeno. De expectativa e felicidade pela realização da copa no Brasil, passou para decepção e frustração. Qual brasileiro não esta com vergonha de receber torcedores do mundo todo sem um aeoroporto decente e concluido, com infraestrutura viária, hospitalar, hoteleira. Por isso Ronaldo, não é somente você que se sente envergonhado em mostrar para o mundo a nossa incompetência em concretizar as obras prometidas. Olhe que exportamos para o mundo inteiro nossa mão de obra e tecnologia de nossas construtoras, que tocam obras por todo o planeta. Mas no Brasil frente a corrupção e desvio de dinheiro não foi possível para estas construtoras cumprirem os prazos.

  • Ebaggio

    Há uma inversão de valores no país ultimamente que chega a colocar em dúvidan coisas sagradas.

  • carlos nascimento

    Ricardo,
    Me desculpe, vamos colocar os pingos nos “is” – apud RA – o Ronaldo ao fazer parceria à primeira hora com essa turma, aceitando ser o “garoto ” propaganda, foi esperto ($$$$), saiu cantando loas ao projeto, ele é do meio, sabe muito bem como funcionam as coisas na área, rt, havelange, blater(CATAR), sanchéz, lulla, etc, ele embarcou e aceitou um cargo no COL, não venha agora dizer que ele está frustado, ele está dando uma de esperto.
    Talvez o coração (outra vez) corintiano, esteja saindo em defesa do “fenômeno”, vou lhe refrescar à memória,para refletir sobre essa turma, vc lembra em 2006, quando o (9) dedos chamou o Ronaldo de “gorducho”, ele de pronto o chamou de “bebum”, passado algum tempo, fizeram as pazes e trouxeram o “gorducho” para o Corinthians, pronto, esqueceram tudo, o palco foi montado, tudo virou maravilhas, é assim que essa turma age, tudo gira em torno do presente ($$$) que se quer ganhar, essa questão não é “patrulha”, é de ESPERTEZA.
    abração.

  • roberto

    Parabéns pela atitude corajosa Ronaldo. Isso que acontece aqui na banania me envergonha também. Atraímos a atenção do mundo para a nossa incompetência , desorganização e corrupção endêmicas. Obrigado Nine Fingers, você e’ o responsável !

  • Fernando Pawwlow

    Ronaldo está sendo culpado ,pelo simples fato de não ser hipócrita.O Brasil aprecia muito os eufemismos.

    Abraços do Pawwlow

    Caro Pawwlow, obrigado por seu comentário.
    Aproveitei para ler nota em seu blog a respeito — da qual fica difícil discordar — e forneço, aqui, o link para os demais leitores:
    http://fernandopawwlow.wordpress.com/2014/05/31/notas-31052014/
    Um grande abraço

  • Fernando Pawwlow

    Pedido não atendido. Faço questão de publicar o link para seu blog, como de fato fiz.
    Abraços

  • Fernando Pawwlow

    Caro Setti,obrigado pele gentileza e generosidade.Abraços do Pawwlow

  • Moacir 1

    Setti,
    O Ronaldo sente o mesmo que eu lendo o Le Monde ,a Der Spiegel,o NYT, o Washington Post, o The Guardian,o Finantial Times , a The Economist,o El País,o Expresso e por aí vai!
    Não tem como não se ficar roxo de vergonha.Nem as camisinhas brasileiras estão passando pelo controle de qualidade!E se a gente se pergunta:
    – COMO É QUE PERMITIMOS TUDO ISSO? –
    A coisa fica precisando de sofá e de tarja preta!
    Li dia destes – já nem me lembro onde! – que a Arena Amazônica – aquela que será frequentada pelos fãs do Nacional da 4a divisão cuja média de torcedores por jogo é de 588 gatos pingados! – foi bolada com a forma de uma cesta de palha trançada – beeeem representativa da arte indígena local.Aqui pra nós a cestinha parece muuuuito com o estádio chinês
    Ninho do Pássaro…mas enfim …tudo se copia.
    Em vez de palha os brilhantes arquitetos manauaras resolveram usar AÇO.Beeem,com aquelas tempestades tropicais e aquela humidade toda e coisa e tal o AÇO-PALHA enferrujará adoidado.Ou exigirá uma manutenção especial e caríssima.Mas se dará um jeito.
    O que me chamou a atenção na reportagem ,porém, foi o detalhe desimportante de que as 6.700 toneladas de aço necessárias para trançar a cestinha
    FORAM FUNDIDAS EM PORTUGAL!
    e transportadas através do oceano Atlântico e pelo Rio Negro abaixo.Isto é … até que começou a estação da seca e as águas do rio baixaram não permitindo a navegação dos navios e dos conteiners.
    Daí o aço teve que VOAR! Magina o custo extra e os atrasos no cronograma das obras!!
    No começo do século XX os barões da borracha enviavam de Manaus, suas roupas sujas para serem lavadas e engomadas em Paris.E navios as traziam de volta juntamente com os melhores aço inglês,vidros franceses e mármores italianos para a construção da Ópera que, no meio da selva, abrigaria a civilização e a arte dos maiores cantores,atores e maestros do mundo.
    Ou seja,ao construir seu segundo cartão postal,Manaus fez um círculo histórico de 360 graus : voltou à Belle Époque! O mundo está rindo de nós! Somos a PIADA da vez!
    Como não se encolher diante da megalomania babaneira? Como não se revoltar diante da incompetência petista? Como não abominar um ex-presidente populista que manda o povo que paga imposto e que reelege o Partido dos Trabalhadores há 12 anos ir a pé e descalço pela vida pois metrô é BABAQUICE ? Como engolir tanto primitivismo político?
    FORA PT!

  • Paulo Marcelo Farias Moreira

    Achava que ninguém ia reclamar do Ronaldo, pois Lula disse certa vez:
    Estou convidando vocês para subirem comigo, um dia, e com o Sérgio [Cabral] a favela de Manguinhos, o Alemão, o Pavão-Pavãozinho, para vocês perceberem que nós estamos dizendo para aquele povo: “Nós não vamos mandar para cá a polícia apenas para bater. A polícia vai vir para cá para bater em quem tem que bater, proteger quem tem que proteger”.

  • ricardo

    Parabens ao Ronaldo. Tem de mostrar a podridão destes comunistas. O Brasil precisa de ordem para o progresso e não a desordem destes progressistas.

  • Sergio Costa

    Não sou fã de Ronaldo, sempre achei ele um puxa saco dos poderosos, ao contrário de Romário. Mas dessa vez estou com ele e não abro. Ele só falou verdades e subiu no meu conceito depois dessas declarações.

  • Marcos

    E$$e Ronalldo não engana ninguém!

    A verdade é que ele vai é tirar votos do Aécio com seu “apoio”.

    Um cara que diz que vai votar no Aécio para presidente e no Andrés Sanchez para deputado, porque são seus amigos, não pode ser levado à sério.

  • nadir castro

    Ele devia ficar bem quietinho, não sei como foi escolhido para porta-voz. Imperdoavel sua orgia cercado de travestis e cocaina.

  • sem noção

    Bom dia. Ja comentei isso em outros blogs daqui… Esse sujeito adota uma posição oportunista e todo mundo (ou quase) bate palma… Ele não me engana…Quando era conveniente tudo era perfeito, quando a casa cai, tudo é ruim.. Assim é fácil… Abraços..

  • Bruno Sampaio

    Palmas para Ronaldinho, grande jogador em seu tempo, empresário num dos ambientes mais hostis ao empreendimento do mundo e, sobretudo, por ter COJONES de remar contra a maré petralha!
    Já era fã, fiquei mais ainda!
    E voto no Aécio!

  • Luiz Albino

    Contra a verdade, simplesmente não há argumentos: a situação vexaminosa, sem precedentes em que se encontra o país, que está em evidência às vistas do mundo inteiro, expôem toda a mentira ufanista do lulo-petismo, este mal que deve ser erradicado nas urnas, antes que, de fato, nos tornemos o quintal de Cuba tal qual a Venezuela. De comum, já temos presidentes grosseiros e sem preparo, com delírios de eternizarem sua seita, extinguindo qualquer tipo de modêlo democrático.

  • Ronaldo força

    Ronaldo o Fenômeno tem toda razão. Usaram a sua imagem para valorizar a copa e depois mostram grande incompetência em terminar as obras. Ele deve esta sendo cobrado lá fora e só tem a responsabilizar a ******* petista, a presidente Dilma Roussef e o megalomaníaco do Lula.

  • Michel Vieira

    Sinceramente nem vem ao caso as motivações políticas de Ronaldo. Basta que tenha razão. Como discordar dele? As obras para a Copa estão prontas? Foram feitas com dinheiro privado, conforme Lula nos assegurou? Ele irá nadando para a África, conforme nos prometeu, caso a Copa fosse um malogro? Aliás, onde se alugam jumentos para que os torcedores possam chegar aos locais dos jogos? Ficaremos orgulhosos ou envergonhados com este evento?

    Ao que parece, Ronaldo apenas deixou de fingir que não enxergava. Foi premido pelo ronco das ruas. Melhor dizendo, pelo silêncio das ruas quando o assunto é empolgação com a Copa. A pátria não parece mais ser a de chuteiras. Calça as sandálias da sensatez, na qual chegou por puro desalento – mas este não é quase sempre o caminho para a sensatez?

    Na empolgação do mandato que superava a crise do Mensalão, o lulopetismo acenava com o “legado” da Copa, na forma de melhorias de infraestrutura urbana, sem contar o lucro de vários setores. Já se tem como certo que quanto ao setor de turismo, só vai ter lucro o receptivo. A indústria já prevê prejuízo e os serviços não ganharão como esperavam. A infraestrutura… bem, é “babaquice”, como candidamente nos lembrou Lula.

    Uma das acepções da palavra “legado” vem da Roma antiga: referia-se a um posto militar de alta patente, equivalente a um general que na época comandava uma legião (legatus legionis). Certamente é uma previsão otimista, mas esta Copa talvez nos deixe este tipo de “legado”. Pode ser que os brasileiros estejam colocando um torneio de futebol em seu devido lugar, sem que os grandes problemas e questões na nação fiquem em suspenso até que a bola pare.

    Espaço para anarquia vai sempre haver, mesmo que travestida de civilidade. Mas para isso temos a polícia, com legitimidade para garantir a todos, TODOS, os brasileiros seus direitos. Tanto o de se manifestar, quanto o de não se manifestar. Sem falar nos constitucionais direito à propriedade e o de ir e vir. Ainda que para isso tenha que lançar mão da firmeza e até, vá lá, da violência, mostrando a força das nossas instituições.

    Mas de um jeito ou de outro uma parte substancial da população que não se deixa levar pelo ufanismo e patriotada aproveita agora os holofotes do mundo para selar sua insatisfação. Pode ser que os petistas, que tiram proveito político até dos velórios de suas mães, apontem tal efeito como uma “prova do aumento da consciência crítica das massas” e estaria assim chancelada a “política para a educação” do PT.

    Se tal postura crítica representar o legado, ou seja, o norte, o “general” de nossas ações enquanto cidadãos, é possível afirmar que a Copa valeu. Anda bem.

    Até porque, mesmo depois de nos livrarmos da caxirola – aquele chocalho de capoeira que Carlinhos Brown tentou nos empurrar, outro legado sempre dirá muito destes tempos atuais: os nomes dos elefantes brancos erguidos em desertos futebolísticos, que de tão vexaminosos nem mereceram as tradicionais alcunhas. A eles não foi conferida a honra nem do clássico “Estádio”, tampouco do brasileiríssimo “Campo”. Sobrou-lhes o pretensioso e circense “Arena”.

  • Renato

    Todos que se opõe ao PT são perseguidos. Como a maioria do povo hoje se opõe ao PT, Dilma já baixou um decreto dando poderes a sua turma em detrimento do povo. Assim age o PT!

  • ronaldo

    Baixar o cacete é permitido, desde que, de qualquer forma, o PT seja atingido. Ronaldo não foi elogiado pela elite enquanto se fartava de benesses e defendia o governo. Por favor, essa expressão “lulopetismo” transformou Lula num ser indestrutível, onipotente e onipresente, uma hidra capaz de recriar cabeças porventura cortadas. Trata-se de pavor que acomete a elite nativa. Miserere nostrum.

  • Everton Fernandes

    Não se deve esquecer que as manifestações do ano passado só tomaram proporção em nível nacional, quando a PM do Sr. Alckmin, utilizou de truculência (ele estava em Paris e disse que a passagem não iria baixar e não tinha discussão)e foi amplamente divulgado em toda mídia nacional e internacional.
    Nada justifica a violência, seja de qual lado for.
    Justiça sim, violência não!

  • Everton Fernandes

    Não posso e não vou publicar comentário em que você deixa no ar eventuais “interesses escusos” que VEJA teria neste ou naquele caso. Isso é ofensivo e não é verdade.
    Aliás, sobre VEJA, a revista, você está se dirigindo à pessoa errada.
    Seu diretor é o jornalista Eurípedes Alcântara, e o email dele é veja@abril.com.br

  • Everton Fernandes

    Seu comentário foi deletado por não ter NADA a ver com o post sobre Ronaldo Fenômeno.

  • Everton Fernandes

    Se tivéssemos educação de qualidade, não precisaríamos nos preocupar com essa situação.
    A política, reprime. A EDUCAÇÃO, previne!

  • geodematos

    Concordo plenamente, meu caro Setti. O maior problema dos black blocs não é a depredação nem os atos de vandalismo em si. O mais grave é que eles fazem isso justamente para desmoralizar e inviabilizar as passeatas pacíficas e legais, exclusivamente as que protestam contra os desmandos e a incompetência dos que nos desgovernam. Estes marginais só aparecem nessas horas, certamente orquestrados e remunerados pelo PT. Ronaldo está mais do certo: esses ******* têem mais é que tomar muita porrada na cabeça mesmo, prá ver se criam vergonha na cara e não cometem essa barbaridades á troco de migalhas.

  • Raquel

    Setti, ele tem e não tem razão, este é o problema.

    Pq ele não tem posição, é biruta (de aeroporto) do marketing pessoal. Agora que o desastre está comprovado, ele “tem” vergonha e tá cheio de discurso. Mas, se a população não tivesse aberto os olhos e reagido, e se, o Brazil ganhasse uma Copa “vitoriosa”, seria o Primeiro a fazer selfie com a Dilma e a corja toda.

  • O. David Neto

    Olá ricardo Setti. Queria agradecer por ter autorizado reproduzir este post em meu blog, se quiser ver, o endereço do meu blog é: http://naomedeixesermalinterpretado.blogspot.com.br/
    David

    Fui a seu blog, caro David, e gostei muito. Não precisa agradecer. Disponha sempre.
    Um abraço

  • Paulo Henrique

    Quer dizer que o Ronaldo sentiu vergonha da organização da Copa no Brasil?Hipócrita!
    Isso é fala de quem quer livrar a própria imagem após o evento ter caído em desgraça junto a opinião pública,mas o defendeu descaradamente e se omitiu em casos grosseiros de corrupção .Para que ele aceitou então esse cargo no COL? Só para se promover?
    O Ronaldo é um sério candidato a ter a sua imagem desgastada junto a população,assim como o Pelé. Dizem que os brasileiros não respeitam os seus ídolos,masa esses dois,assim como outros tantos,nada fazem por merecer o apreço da nossa sociedade nas suas condutas fora dos campos.