Juro que não é brincadeira, nem nunca foi, cobrir as atividades da Seleção Brasileira — especialmente se, como eu, o sujeito não é da área. Ou seja, mesmo sabendo quem é quem no time, até o massagista, o jornalista não habituado à área não é conhecido por quem interessa — as fontes: jogadores, comissão técnica e cartolas.

A foto registra um jantar de amigos em 4 de junho de 1982, noite anterior ao embarque da Seleção brasileira para Sevilha, onde começaria a disputar a Copa da Espanha. Após uma semana de trabalho, Alberto Helena Jr. e Carlos Maranhão, de “Placar”, e eu, chefe da pequena equipe de VEJA e encarregado de cobrir a Seleção, confraternizamos no Restaurante Escorial, em Lisboa. O crédito da imagem é da própria revista.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =

TWITTER DO SETTI