Fim de treino leve da Seleção antes da partida contra a Nova Zelândia pela Copa da Espanha: o Brasil estava invicto e enfrentaria um adversário muito fraco.

Pude comprovar o semi-amadorismo da equipe adversária após o jogo, em Sevilha: os jovens jogadores neozelandeses, à saída do Estádio Benito Villamarín (do Betis), correram atrás do ônibus da delegação… para pedir autógrafos!

Registrei isso no texto que fiz na semana para VEJA. Que me lembre, nenhum colega testemunhou a cena.

Na foto, quem olhar com cuidado verá, um pouco à esquerda do meio, o zagueiro Edinho falando com alguns jornalistas. Bem à direita, o atacante Serginho faz o mesmo a uma emissora de rádio.

Dia 21 de junho de 1982. (Foto: Pedro Martinelli)

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

12 − 8 =

TWITTER DO SETTI