O último adversário do Brasil na chave de grupos da Copa de 1982, a Nova Zelândia, não preocupava a equipe, que já vencerá a URSS e a Escócia. Assim, na véspera do jogo foi feito um treino leve, que terminou por volta de nove e meia da noite, com sol ainda no céu de Sevilha. Acompanhei, como parte da cobertura que fazia para VEJA.

O calor brutal do verão obrigava a que os treinos fossem a partir de 19 horas ou, às vezes, até mais tarde. Na foto, quase todos os jogadores já haviam deixado o gramado em Mairena del Alcor e os jornalistas começavam a se dispersar.

A 21 de junho de 1982. (Foto: Pedro Martinelli)

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

17 + 15 =

TWITTER DO SETTI