A visita ao local onde ficava o campo de concentração de Dachau, na Baviera, surgiu durante uma viagem de trabalho à Alemanha, que fiz como parte de um pequeno grupo de jornalistas. Comentei com o grupo que eu o faria quando estivéssemos num dia de pouca atividade em Munique, uma das cidades que visitaríamos.

Esse dia acabou sendo um sábado, e vários dos jornalistas do grupo decidiram acompanhar-me na visita a Dachau, a curta distância de trem de Munique. Até o guia-intérprete que o governo alemão nos disponibilizou resolveu ir.

Pouco, pouquíssimo resta do horror que foi Dachau. ACRESCENTAR MAIS INFORMAÇÕES AQUI. Diferença com Auschwitz, que fica na Polônia.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro + 13 =

TWITTER DO SETTI