Image
Cesare Battisti: a decisão de manter o terrorista no Brasil desmoraliza o país diante da opinião pública internacional

Tanto fez, que ele acabou conseguindo: na véspera da posse da primeira mulher eleita presidente em 121 anos de República, Lula com seu ego inigualável conseguiu retirar de Dilma Rousseff e voltar para si as atenções do país e de boa parte da opinião pública internacional com a vergonhosa decisão de não extraditar para a Itália o terrorista e assassino Cesare Battisti. Um infeliz roubo de cena.

Trata-se de um atropelo ao Direito Internacional que parte de um absurdo: baseado em quilométrico e palavroso parecer de 65 páginas da Advogacia Geral da União (leia aqui), o governo brasileiro age na suposição de que o terrorista, condenado por quatro assassinatos em seu país, em julgamentos fundados na lei e com direito a plena defesa e em três instâncias diferentes, fosse ser vítima de perseguição política, como se a Itália fosse uma Coreia do Norte, um Irã, uma Venezuela.

“Há fundadas razões para suposição de que o extraditando possa ter agravada sua situação pessoal”, delira a AGU. “A questão exige que se proteja, de modo superlativo possível, a integridade de pessoa eventualmente exposta a perigo, em ambiente supostamente hostil”.

O fato de o primeiro-ministro Silvio Berlusconi comportar-se como um cafajeste abominável não subtrai à Itália o caráter de ser uma das democracias mais livres do planeta. Battisti não seria “vítima de perseguição política” alguma caso fosse extraditado: ele cumpriria, com base na Constituição e nas leis de um Estado democrático, os 30 anos de cadeia a que se viu condenado (na verdade, recebeu prisão perpétua, mas o Brasil não extradita sentenciados a menos que seu país de origem concorde em que cumpra o máximo de tempo de prisão previsto no ordenamento jurídico brasileiro).

Battisti não é um “perseguido político”, como queria seu grande amigo Tarso Genro, atual governador do Rio Grande do Sul e ministro da Justiça de Lula quando o terrorista foi preso, em 2007. Condenado na Itália, teve sua situação reiterada pela França, onde andou foragido, e seu caso passou pelo crivo da Corte Europeia de Direitos Humanos. É um criminoso responsável pela morte de dois comerciantes, um agente de segurança e um policial.

A decisão vergonhosa de mantê-lo no Brasil desmoraliza o país diante da opinião pública internacional e significa uma bofetada no rosto da bela Itália, país amigo do qual descendem mais de 30 milhões de brasileiros, além de arranhar as relações do Brasil com importantíssimos parceiros comerciais, financeiros e culturais — os países da União Europeia, da qual a Itália é membro proeminente.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × um =

107 Comentários

brenno em 16 de dezembro de 2012

veja o que aconteceu, o santinho do nordeste junto com aquwele cara chamado tarso genro da sacanagem, receberam uma boa soma em dinheiro pra da a cidadania pra esse assassino, e como eles poderiam deportar o bandido se receberam uma boa grana por isso, nao tinha como, senao ele abriria a boca e diria, vcs nao podem me mandar embora, eu pagei a vcs pra eu ficar aqui, essa e a verdade

marcos em 22 de março de 2012

brasil nunca vai deixar de ser um pais moor onlless

marcos em 22 de março de 2012

e' nisso que da ,eleger um governo analfabeto povo idiotas

francisco ramos em 16 de outubro de 2011

GENTE: ESPEREM AS PROXIMAS ELEIÇÕES PRESIDENCIAIS. NÃO SEJAM TÃO INFANTIS. LEIAM. INFORMEM-SE

Tadeu Mello em 22 de junho de 2011

Battisti ficou no Brasil e os atletas Cubanos voltaram ao seu país (depois que pediram exílio nos jogos pan americanos realizados no R J). São dois pesos e duas medidas.

frida berenstein em 14 de junho de 2011

O STF precisa mudar sua sigla para ITF - INFERIOR TRIBUNAL FEDERAL. Revelou-se no julgamento de Battisti incapaz de se pautar pelas leis, e covarde para fazer soar a voz da verdadeira e indiscutível justiça.

frida berenstein em 14 de junho de 2011

vejo que não estou sozinha nessa fala.

Gustavo Lima em 09 de junho de 2011

Parabéns ao ex-presidente Lula e aos Ministros do STF que mantiveram Battisti no Brasil. Respeitaram a Constituição cidadã e mantiveram a decisão de um governo soberano.

douglas em 09 de junho de 2011

Não se admirem de Battisti vir a ser presidente do Brasil um dia. Onde andamos...estamos dominados por uma banda podre que terá o poder em suas mãos por vinte anos no mínimo.

Raul em 09 de junho de 2011

Vergonha este governo da repubiqueta. "Le Brésil n'est pas um pays sérieux"

Roberto Campos em 09 de junho de 2011

Seu comentário cafajeste e grosseiro, que certamente denota seu caráter, não será publicado. Peço a gentileza de não aparecer mais no blog.

Cws Multiradio em 08 de junho de 2011

jÁ TEMOS TANTO VAGABUNDO POR AQUI...inclusive o próprio **** ***** ***** ... por que deixar mais um ???/

jonas em 15 de maio de 2011

lembram de ronald bigs. na hora de morrer deu uma banana para o brasil. eta pais que não se respeita.

jonas em 15 de maio de 2011

será que lula pensou que ia mand-lo para o irá, cuba, venezuela ou corea do norte. lembra dos cubanos atletas. não sei o porque de defender um vagabundo. já temos tanto por aqui.

Edriz Ribeiro de Melo em 15 de maio de 2011

Claudemir, só mesmo a força de um jornalista tão conceituado como o amigo, para tratar desse assunto, tão inoperante que o Lula deixou no apagar das luzes de seu governo. Infelizmente a moral das Leis de nosso país fora rasgada e jogada na lata do lixo pelo a mal atitude do presidente Luiz Inacio da Silva o Lula. A Nação Brasileira não pode pagar o preço desta descomposição do Lula. A Itália é um país amigo e parceiro do Brasil, o presidente brincou com coisa séria. Há um tratado a ser respeitado que não deve ser quebrado pela arrogancia politica de quem quer que seja. O Brasil não é uma qualque República, no Brasil existe leis constitucionais para serem cumpridas tanto dentro como fora, este cidadão pelo que me consta é devedor a Lei de seu país, ele é um criminoso sim, então ele tem que pagar suas penas é lá na Itália e não em revelia no Brasil. Queira que o Ministro Gilmar Mendes decida pela honra do Brasil, para que não fiquemos mal com nossos amigos Italianos. Parabens Claudemir...

fatima regina em 04 de fevereiro de 2011

boa claudemir! li seu comentario.LULA TEM MESMO QUE PENSAR NOS BRASILEIROS QUE VIVEM A TRABALHO AQUI!E BRASILEIROS NA ITALIA JA NAO SAO MUITO BEM VINDOS SOMOS CHAMADOS DE EXTRA COMUNITARIOS.é ASSIM QUE O MUNDO ENTRA EM GUERRA COM OUTROS PAISES.ACHO Q SE O BATISTI ENTROU COM IDENTIDADE FALSA NO NOSSO PAIS E JA ASSASINOU PESSOAS AQUI NA ITALIA ELE DEVE CUMPRIR PRIMEIRO COM COM O SEU PAIS DE ORIGEM ITALIA DEPOIS DE PAGAR SEU CRIME NA ITALIA E O DIA QUER FOR SOUTO E TIVER SUA LIBERDADE AI SIM COMO ORDEM E PROGRESSO BRASIL NEGA SUA ENTRADA NO NOSSO TERRITORIO.ISSO TAMBEM E UMA FORMA DE PENA.ASSASINO SIM AQUI NA ITALIA UNO CANAL TELEVISIVEL JA MOSTROU AS FAMILIAS DE UMA DAS VITIMAS QUE ESSE TAL BATISTE ASSASINOU . A FAMILA CHORAVA E FIZERAM UM APELO TELEVISIVEL!para sua extradiçao...e em milano tinha uma faixa escrito BATISTI ASSASINO LULA CUMPLICE !!! AI MOSTRARAM ISSO? O BRASIL SE PREUCUPOU EM MOSTRAR ISSO?O PRESIDENTE LULA AGORA JA E A DILMA OS POLITICOS NAO DIZEM QUE GOSTA DE OUVIR O POVO!PRA TENTAR MUDAR A HISTRIA OU PRA DEFENDER OS DIREITOS DO CIDADAO ! ENTAO MILHARES DE PESSOAS PELO Q ESTOU VENDO NO BRASIL E AQUI NA ITALIA TAMBEM NAO GOSTAM DESSA DECISAO..ISSO QUE é EGOISMO , NAO ESCUTAR A VOZ DO POVO! POR ISSO BRASILEIROS AQUI SO TAO LEVANDO NO..........

fatima regina em 04 de fevereiro de 2011

beijoa todos os brasileiros

fatima regina em 04 de fevereiro de 2011

estou na italia muita gente nao gostou desta aprovaçao do lula deixar batisti no brasil...Batisti ta é gostando de ficar no BRASIL, olhem a expressao do rosto dele!!! brasil sombra e agua fresca.ele tem que responder pelos seus erros na italia... basta batisti!!!cade a frase ordem e progresso deste nosso pais! todos os cidadoes brasileiros querem ele na italia e bem longe do brasil.vem batisti o frio aqui ta bom e na cadeia deve ta melhor ainda sai do brasil..chega de bandidagem

Luiz Antonio em 31 de janeiro de 2011

Há um acordo de extradição entre os dois países. O Sr. Battisti foi condenado na Itália por quatro assassinatos. Entrou em nosso país usando documentos falsos. Se tudo isso não são motivos para mandá-lo de volta para a Itália, então que se desfaça esse acordo de araque.

jonas machado de morais em 16 de janeiro de 2011

Muito deprimente decisão, não bastasse o escandalo dos passaportes dos filhos...mais uma afronta a nós brasileiros!!!

francisco barros martins em 09 de janeiro de 2011

O povo brasileiro é o culpado..

Mikael em 08 de janeiro de 2011

Nunca vi tanta lambança.

nilson em 08 de janeiro de 2011

é muito triste ,o nosso Brasilaceitar um terrorista da mais alta periculosiadade do tipo desse desqualificado italiano, seguramente ele terá emprego no gabinete do governo brasileiro em detrimenos dasociedade brasileira e os miseraveis aposentados e pensionistas desse barsil.

Cidadão em 08 de janeiro de 2011

O caso não é de política externa. É de funcionamento das instituições da República. Lula atentou frontalmente contra a democracia, a independência dos Poderes e do respeito aos tratados internacionais. O covarde esperou o ultimo dia para evitar o desgaste.

Guerra em 08 de janeiro de 2011

Algumas pessoas continuam a afirmar que o STF deixou a decisão da extradição com o Lula. Ontem mesmo, na Globo, ouvi tal afirmação. Puro equívoco. Leiam, como já disse, a ementa do acórdão proferido na Extradição 1085, so site do STF. A decisão diz que o presidente deve cumprir o tratado de extradição mantido com a Itália.

Maria em 08 de janeiro de 2011

A politica externa do lula foi pessima não me surpreendi essa decisão.

Luciano Jorge em 07 de janeiro de 2011

No caso Batisti, pelo visto, o STF não surpreendeu quando dirigiu à Lula a decisão que a ele STF cabia diante da Constituição. Muito ruim para o País, para nós brasileiros decentes, como o foi e continua sendo os inúmeros fatos criminosos em que houve risco de envolvimento do ex-presidente Lula, haja vista os "quarenta ladrões e Ali Babá" citados pelo então Procurador Geral da República, onde nada foi finalizado, e nem será pelo visto. A continuar assim, nossa Justiça vai acabar antes do Brasil. Onde está, na visão do STF, a independência dos Poderes? Não dar valor a isso é não entender que a democracia não se sustenta sem um Judiciário independente e respeitoso às Leis.

Adilton em 06 de janeiro de 2011

Maria, se o Supremo não tiver a decência que mandar esse bandido para cumprir a pena que o espera na Itália, hospede na sua casa, aproveite e hospede os assassinos brasileiros condenados também. Por que discriminar. Pode ficar revesando na sua casa, a do molusco, e a do Genro.

amauri em 06 de janeiro de 2011

O sr LULA é um péssimo e mau exemplo para os brasileiros em relação a politica externa. Vou citar alguns casos, ai todos tirem suas conclusões. Bolivia (Petrobras) não fez nada, simplesmente aceitou tudo que o presidente boliviano quis. Paraguai (Itaipu) Aceitou tudo, não fez nada. Guatemala, deu apoio a um ditador que queria mudar a constituição daquele pais, e mais agravante ainda, deu abrigo e comida na embaixado do Brasil naquele pais, que vergonha. Irã, ter relações com pais que apoio terrorista. Hugo Chaves, dar total apoio a um ditador que esta acabando com o pais. Então vamos tirar as nossas conclucões. Vamos ficar calados para sempre ?

Oiram em 05 de janeiro de 2011

"É esses paísinhos da Europa quer por que quer..." . Bom mesmo é Cuba, Venezuela, Irã. Aliás "quebra de braço" acontece muito nos porôes das prisões políticas da Venezuela, Irã e Cuba. Impressionante!

Nilton Maggioni em 05 de janeiro de 2011

Bem, no país da impunidade, corrupção e de um governo que abriga centenas de ladrões... que outra decisão poderíamos esperar do sr. sapo barbudo?

maria em 05 de janeiro de 2011

A França ficou com Battisti por mais de onze anos e a Itália não fez esse escândalo...Agora porque ele está no Brasil, é questão de honra levar o tal homem para lá, doa em quem doer, senão corta até as relações com o Brasil. O negócio é o seguinte: esses paísinhos da Europa quer por que quer humilhar o Brasil. Nem certeza eles têm que esse tal do Battisti fez aqueles crimes mesmo. Até porque um delator amigo de Battisti recebeu diminuição da pena para contar o que eles "queriam ouvir". Outra coisa, eles julgaram o danado do homem a uma pena de prisão perpétua sem tê-lo presente e sem um julgamento como deve (deveria) ser. Sei não, mas eu acho que esse caso é uma "questão de honra" para a Itália...de qualquer forma os italianos querem mostrar que vencem numa quebra de braço com o Brasil... nem que seja só para mostrar mesmo.

marcilon em 05 de janeiro de 2011

O Brasil está se especializando em receber lixo internacional: Menguelli,Battisti, o ladrao do trem pagador entre muitos outros. Mas a culpa nesse caso, é somente do nosso judiciario. Não existe máxima que decisão judicial não se discute, se cumpre? O STF é última instancia e decidiu pela extradição do terrosrista. Por que transferir para o presidente essa decisão? O presidente levaria todo o seu passsado de perseguição politica, prisão, tortura etc e faria disso como pesos e medidas na sua decisão e, óbviamente, não seria outra sua decisão.

NOGUEIRA em 05 de janeiro de 2011

QUISERA QUE O PRIMEIRO MINISTRO ITALIANO FOSSE MACHÃO MESMO E MOSTRASSE AO GOVERNO BRASILEIRO O QUE SIGNIFICA RESPEITAR UM ACORDO,ARRUMAR UMA BELA ENCRENCA ERA O MOMENTO CERTO, ASSIM ESTE IGNÓBIL NÃO SERIA MAIS NEM PRESIDENTE DO CORINTHIANS QUANTO MAIS DO BRASIL,MAS COMO BRASILEIRO EM GERAL TEM DUAS CARAS,QUANTO QUEREM APOSTAR QUE SE ELE FOR CANDIDATO VAI LEVAR DE LAVADA?ESTES MESMOS QUE AI ESTÃO A LAMURIAR SERÃO OS PRIMEIROS A VOTAR NELE,NAÕ SOMENTE O EX PRESIDENTE IGONANTE, É O BRASIL TODO, DEU PARA ENTENDER?

NOGUEIRA em 05 de janeiro de 2011

LI A MAIORIA DOS COMENTÁRIOS, O QUE SE OBSERVA É QUE MUITOS DIZEM, " EU SABIA ", ESPEROU O TERMINO DAS ELEIÇÕES PARA FAZER MAIS UMA ASNEIRA, ISTO NO TOCANTE AO LULA, MAS A VERDADE É QUE A "INES É MORTA" OU SEJA A DILMA FOI ELEITA, PORTANTO ACHO QUE O POVO BRASILEIRO MEREÇE ESTE CASTIGO, 8 ANOS NÃO DEU PARA ENTENDER OU COMPREENDER QUE ERA UM GOVERNO SEM MORAL?ALOPRADOS POE EXCELENCIA?EU PEQUININHO AQUI PERCEBI TANTO QUE NÃO VOTEI NELA, AGORA ESTOU TRANQUILO E DE CONCIENCIA LIMPA,POSSO ATÉ MORRER EM PAZ,PENSEI EM MEUS FILHOS E NETOS,E VC QUE AGORA VOSSIFERA PENSOU TAMBEM?AGORA AGUENTE FIRME QUE VEM MUTO CHUMBO PELA FRENTE,O PMDB DA EXEMPLOS QUERENDO PEDAÇOS MAIORES DA CARNIÇA.

Brasilino Brasa em 05 de janeiro de 2011

Covardemente ele deixou para o último dia de sua passagem pela presidencia para tomar uma decisão que vai de encontro a toda opinião pública mundial. Lula conseguiu a façanha de nos deixar na berlinda do planeta em matéria justiça. Ele já tinha conseguido isso na época da CPI do mensalão, não sem a ajuda do congresso nacional e mesmo do STF com seus "habeas corpus preventivos". O qual o acusado manda a quem quiser para onde quiser, em cadeia nacional e internacional com o aval do STF, só de sacanagem. Também quando resolveu deportar atletas de volta a Cuba e dar razão a "justiça" cubana quando lhe foi pedida ajuda para salvar a vida do ativista cubano. Também por defender Ahmadinejad. Como diz o ditado que quem não faz na entrada faz na saída. Este andou fazendo ao longo do percurso. A passagem do PT é realmente um ensinamento. O que podem quando usam e abusam da propaganda, aprenderam bem com a Globo, a empresa que mais atacam e fazer de "bode espiatório". Um dos maiores arrochos fiscais de que se tem notícia diluído pelas políticas sociais e a contrainformação pesada do PT.

Mércia em 05 de janeiro de 2011

Eu tenho horror, nojo, repugnância, aversão ao molusco e sua desocupada esposa! Que casal!!!

Carlos Alberto em 05 de janeiro de 2011

Só falta agora a dona Dilma conceder pensão vitalícia e indenização ao "cumpanheiro", pois, afinal, ele foi competente (derrubou comprovadamente quatro) ao "lutar contra a ditadura italiana" (que ditadura?). Preparem-se: vem mais aumento de imposto para sustentar mais um fascínora!

Francisco Lorde Junior em 04 de janeiro de 2011

Será que a Dona Marisa tem coragem de ir tirar umas férias na Italia? Esta foi a mais vergonhosa decisão de um Presidente do Brasil em toda sua história. Nunca antes na nossa história hove tão grande e grave e desonrosa decisão.

Guerra em 04 de janeiro de 2011

A Veja tem afirmado que o STF deixou a palavra final sobre a extradição com o Lula. Coisa nenhuma. Vejam o derradeiro parágrafo da suma relativa ao processo de extradição n° 1085. A Corte afirma que o presidente "deve" cumprir o tratado que mantém com a Itália. Vamos ver como é que o Supremo sairá dessa.

L.Candeia em 04 de janeiro de 2011

A "decisão" de Lula é nada menos que deplorável. Não foi por cabeça própria, com certeza. Com toda sua (de Lula) falta de caráter, não haveria de tomar tão infeliz resolução para o caso, pois sabe que o mundo civilizado posiciona-se contrariamente ao seu "ato soberano", como disse o microdiplomata finalmente ex chefe do Itamarati, Sr. C.Amorim. Um último ato perfeitamente compatível com a sua (de Lula) "grandeza"...

PAULO em 03 de janeiro de 2011

Fica aqui uma pergunta: E se algum parente das vitimas desse assasino vier ao Brasil e executar uma vendeta, ao ser preso e condenado, tal pessoa poderá alegar que está sendo perseguido aqui e pedir asilo politico em outro país, como se comportarão os petralhas?

Rodrigo em 03 de janeiro de 2011

Algumas pessoas acreditaram que José Eduardo Cardozo fosse diferente de outros petistas. kkkkkkkkkk. Petista é sempre petista.

Rodrigo em 03 de janeiro de 2011

Não foi diferente quando da assinatura da MP que liberou o plantio de transgênicos no Brasil, lembra? Para fugir da polêmica, viajou e transferiu o pepino para o vice, José Alencar. Lula é um frouxo.

Jota em 03 de janeiro de 2011

Lula deixou para publicar sua decisão no último dia e saiu correndo para São Bernardo do Campo para fugir aos questionamentos e explicações: para mim isso só tem um nome: "covardia" ou "falta de coragem". Se fosse corajoso teria decidido antes e enfrentado as consequências.

Pedro Luiz Moreira Lima em 03 de janeiro de 2011

Caro Battisti, A maioria do povo brasileiro o recebera de bar;os abertos. Seja benvindo

Luis Neto em 03 de janeiro de 2011

Ricardo, peço licença ao seu espaço para pedir desculpas a Itália e ao povo italiano por mais uma falta de respeito deste (des)governo com as instituições de direito.

Marco em 03 de janeiro de 2011

Caro R. Setti & Equipe: Essa inversão de poderes para criar mal-estar na civilização.É apenas uma noção de justiça pervertida de pensar sou justo mas na verdade estou vingado. O resto é vocabulário cínico de doentes socias fatigados de sofrer pelo fanatismo, sectarismo e totalitarismo do copo vazio de suas existência ! Abs.

claudemir em 03 de janeiro de 2011

uma vergonha e um grande problema para nos brasileiros que vivem na italia a trabalho,pois os italianos ja nos olham mal,poxa lula deveria pensar nos brasileiros que estao do outro lado tbm,pois esse cara ai é um terrorista e nao um politico è um assassino,nos brasileiros ja estamos de ja até com dificuldade para arrumar trabalho devido a decisao do nosso ex-presidente ke apoia assassino estou respondendo por os 681brasileiros que vivem a firenze italia que é a favor do governo italiano e nos envergonhamos com a decisao do lula,isso ninguem esperava ,mas o lula foi muito esperto nè toma essa decisao depois da vitoria de dilma, se nao o resultado nao seria agradavel né??,por favor vamos ajudar a nossa integra soberania carater de cidadao brasileiro e nao vamos deixar terrorristas em nosso pais,a italia ja estao falando de atè começar deportar brasileiros para tras!!gente isso è absurdo nao vamos ficar parado nao fora do brasil assassino,cesare tem ke voltar para o seu pais de origem e pagar por ke fez??popis ele nao é politico nao e sim um assasssino!!! somos contra a decisao de lula a cesare battisti,vergonha,pensem em todos os descendentes de italiano ke estao esperando a cidadania italiana e vao ter complicaçoes em seus direitos devido os conflitos diplomaticos,fazemos revoluòao gente pelo orkut,facebook,emails,sites,propagandas,links e etc...xau a todos e forte abraço!!

Regina Mara em 03 de janeiro de 2011

Andre - 01/01/2011 às 10:15 É imprescindível a checagem da procedência da bebida que foi servida a você na passagem do ano!!!

Caio Frascino Cassaro em 02 de janeiro de 2011

Prezado Ricardo: Essa decisão do EX (que alívio!) presidente fecha com chave de ouro aquela que foi, sem a menor sombra de dúvida, a pior política externa de nossa história. Nunca na história "destepaizzzzzz" viu-se tamanha incompetência, tamanho amadorismo e, consequentemente, tantas derrotas de nossa diplomacia. Perdemos TODOS, eu disse TODOS, os pleitos internacionais aos quais nos dedicamos nos últimos oito anos. Da indicação do Brasil ao conselho de segurança, passando pelo apoio ao Egípcio queimador de livros à vaga aberta na UNESCO (em detrimento do brasileiro que disputava o cargo) terminando com o delírio de imaginar que o sujeito mais mesquinho, medíocre, iletrado e sem caráter que jamais ocupou a Presidência da República pudesse vir a ser Secretário Geral da ONU, enfim, qualquer demanda que o Itamarati, na figura pusilânime do Chanceler Celso Amorim tenha abraçado terminou sempre em derrota e, pior em desgaste para a imagem do país. Hoje o Brasil está indelevelmente ligado a facínoras internacionais como os irmãos Castro, Mahmoud Ahmadinejad e o Presidente do Sudão (esqueci o nome da figura), a bufões do porte de um Hugo "Porque non te Callas?" Chaves, Evo "Joelhada no Baixo Ventre" Morales ou Fernando "Cuidado Lolitas" Lugo e a movimentos "pacifistas" como as FARC e o HAMAS. Poque não dar asilo a um assassino, condenado em todas as instâncias na Itália, que é um país no qual as instituições funcionam de forma exemplar, legando à nossa civilização, entre outras coisas , o Dirito Romano, que é a base de todas as nossas leis? Porque não abrigar um sujeito que foi condenado pela própria corte de apelação européia? Essa decisão é um tapa na cara de todos nós, descendentes de italianos, cujos antepassados atravessaram o oceano e ajudaram a construir este país e em particular o estado de São Paulo, que não por acaso é a locomotiva que impulsiona o Brasil adiante. Mas, temos de convir, é extremamente coerente com tudo o que o governo(?) de Luis Inácio fez ao longo de todo o mandato.

Gustavo em 02 de janeiro de 2011

É verdade, a Itália é um pequeno país, de pouca relevância, em um pequeno território prestes a se dissolver. De território menor do que alguns estados brasileiros, está duas posições na frente do Brasil em termos economicos no atual panorama da economia global. Mas enfim, a questão nem é essa, a questão é que ao seu Battisti nem os "companheiros" lhes restaram, acusando-o dos crimes aos que fora condenado. Temos de encarar o fato de que há no mínimo a coerência quando pensamos que isso poderia estar acontecendo com um de nossos "ex-guerrilheiros", ou seja, "você condenaria alguém por fazer aquilo que os seus possivelmente já fizeram?" hummm Vendo como são as coisas por aí, aqui, ou acolá, só se nos oferecerem uma "delação premiada", daí companheiro, boa sorte, até logo, pois quando a casa cai, salve-se quem puder. Resumindo, se os "companheiros" de Battisti não estão a defendê-lo, muito pelo contrário, o acusam em troca de panos quentes aos seus próprios crimes, o que tem o Brasil a ver com a coisa. Quanto aos italos-brasileiros, ao menos os que têm direito ao reconhecimento da cidadania, o que não é o caso direto do Lula, visto que só a conseguiu pelas vias matrimoniais e em um tempo determinado pela sua posição de poder (disso ele gosta muiiito, Lula ama o poder como poucos), estamos abandonados pelo estado italiano, em filas quilométricas que em alguns casos já dura quase um década e inúmeras dificuldades e barreiras impostas para dificultar o reconhecimento de nosso direito. Não nos manifestamos a favor da extradição por simples capricho, pois a nós seria bem mais fácil criticar a Itália pela figura de seu lider, e pelo descaso no atendimento e reconhecimento de nossos direitos, mas porque o fato já foi julgado em todas as instâncias, e os únicos "companheiros" que restaram ao Battisti foram os de cá. Isso me leva a uma questão, qual a carta que Battisti tem na manga, ou o nosso governo é tão humanista assim? Ah, lembrando que é aquele mesmo governo que se apressou a mandar o esportista cubano de volta aos braços da tão suave "companhia do companheiro" Castro. Somos ou não somos um país maravilhoso? Fazemos excusos conchavos políticos para eleições, com Collors, Barbalhos, Severinos, etc.., mas só para fins de aquisição de poder, e defesa dos interreses políticos ("lobby empresarial") brasileiros, mas para agenda comum, e reformas extremamente necessárias não dá quórum, cada um que acompanhe a sua legenda ("PARTrocínio"). E para terminar da única forma que me resta, pois é com ironias e hipocrisias que somos tratados, só posso dizer... É isso mesmo, queremos a continuidade da farça do eu mudei tudo sozinho, eu não queria a moratória, eu queria o saneamento da contas e o equacionamento das dívidas, eu tive a visão de um futuro melhor, eu sou o Sásá Mutema que deu certo, porque não sou nada ignorante como me faço parecer, mas como o Sásá, eu aaaaamo o poder, mas sorte a nossa, e principalmente a minha, que não assumi depois do Collor, afinal, pelo menos Deus sabe o que faz. Abraços! E salve os Battisti, "companheiros em extinção"!!

José Américo C Medeiros em 02 de janeiro de 2011

Ele já foi, já era, a não ser que a Presidente Dilma se deixe ser subjugada. Restou essa decisão infeliz provocada por um ego descomunal, e uma sequência de complexos que não consegue superar. Que vista o pijama, e que a Dilma tenha a sensatez de reverter esse malfeito.

Jair em 02 de janeiro de 2011

Covardia. Apenas covardia, nada mais. Mas é o que se esperava. Nunca antes na história deste país tivemos um presidente tão covarde e hipócrita. Agora, como ex-presidente, não precisa justificar sua decisão de defender um assassino. Vai estar de férias, vai isso ou aquilo... sempre a zombar da gente.

luisa em 02 de janeiro de 2011

LULA ENTREGUE BATISTI, QUERO CAMINHAR AQUI NA ITALIA COM A CABECA ERGUIDA . NESSE MOMENTO TENHO VERGONHA DE SER BRASILEIRA

luisa em 02 de janeiro de 2011

moro na italia, tenho vergonha de ser brasileira nesse momento.LULA, NAO SEJA RIDICULADO NO MUNDO INTEIRO E ENTREGUE ESSE ASSASSINO ENQUANTO E TEMPO, ANTES QUE A ITALIA RECORRA A CORTE DE AJA E VOCE TENHA QUE DEVOLVER E FAZER A VERGONHA DOS BRASILEIROS A NIVEL MUNDIAL. TOMA VERGONHA NA CARA

Herança maldita « Como Assim!? em 02 de janeiro de 2011

[...] O presidente Lula encerra o mandato com uma decisão vergonhosa — a de não extraditar o terrorista e assassino Cesare Battisti para a Itália, como mandaria a legislação, o bom senso, o sentimento de justiça e as relações com um país amigo (leia post). [...]

gaúcha indignada em 02 de janeiro de 2011

Vamos a luta governo italiano, lei, contrato - pelo menos antigamente) é para ser cumprida. Estou morrendo de vergonha de ser brasileira e ter assistido o Luis da Silva exterminar com todas as instituições democráticas do país. FORA DITADOR! FORA GENTALHA!

vania em 02 de janeiro de 2011

Esta decisao do presidente,é vergonhosa...termina o seu mandato com uma decisão que confirma a imagem negativa do Brasil.,(ele que tinha que fechar com chave de ouro).... de acolhedor de criminosos... É uma decisão incompreensível já que o terrorista Cesare Battisti foi militante de uma organização terrorista e assassinou 4 pessoas,por milagre a quinta vítima se salvou, mas se encontra em uma cadeira de rodas.... Foi legal e democraticamente julgado, e condenado à prisão perpétua.O nosso país tem muitos problemas,e o nosso governo tem que se preocupar em soluciona-los...

Marcos Pereira em 01 de janeiro de 2011

lula sempre foi um irresponsável. Desde o golpe do dedo mínimo, notabilizou-se pelos desvios éticos, jurídicos e morais. Apenas acumulou mais uma besteira em sua história carregada de desatinos. Na verdade este embusteiro de araque, não estudou em escolas oficiais - duvido até que tenha terminado a 4ªserie primária - mas, foi habilmente treinado e testado na ideologia radical de esquerda. Daí não ser surpresa que tenha tomado decisões sempre tendo como base afinidades ideológicas, indenpendente de obediência ou mesmo coerência com o estado de direito. Felizmente hoje é seu último dia de "expediente". Já vai tarde.

Yvonne Magrini em 01 de janeiro de 2011

Sugeriria ao governo italiano retirar a cidadania de Marisa Letícia e prole.

Derek em 01 de janeiro de 2011

Fantástico o trecho abaixo publicado às 12:36 por Veritas. Expõe com clareza o pensamento do Apedeuta, encerrando aí uma advertência para que não se tente uma forçada de barra por parte da descendência italiana na imprensa paulistana. Que coisa, não? Quanta brutalidade! Quanto desconhecimento! Quanta ignonímia! Não tentem os descendentes de italianos, muito comuns na mídia paulistana, tentar forçar uma barra e fazer de conta que a itália é uma nação relevante, que deve ser ouvida ou que mereça nossa atenção.

Adalberto em 01 de janeiro de 2011

Esqueci de falar tambem da infelicidade do comentario do LULA, sobre a crise Financeira mundial mas que neste Sr. que eu espero fique longe da midia, causou tanta satisfação, é algo muito pequeno prá quem se acha acima de tudo o pior é que o pobre e ignorante vai no embalo destas frazes que não somam nada nem para os Brasileiros e nem para o resto do mundo.

Adalberto em 01 de janeiro de 2011

Eu me sinto leigo no conhecimento profundo do que acontece neste caso em seus detalhes, mas acredito que este cidadão deveria ter sido entregue as autoridades Italianas, assim como não deveriam ter mandado os cubanos embora deste nosso pais, vejo nas declarações de LULA uma outra forma de ditadura e de uma arrogancia vista no tempo dos Militares, fala muito e se acha Deus eu acredito que mais cedo ou mais tarde ele vai ter uma grande lição e acabara baixando a bola, hoje é muito dificil ouvir o que ele fala só ele tem razão e sabe de tudo, espero que a Dilma seja melhor que ele principalmente não tenha essa arrogancia desnecessaria.

José em 01 de janeiro de 2011

Excelente texto o do Ricardo. Não menos excelente o comentário de Fernando Maciel Rodrigues, abaixo, sobre o homem que hoje deixa a Presidência da República. Só a ignorância (falta de conhecimento) pode conferir ao apedeuta (como o qualifica Reinaldo Azevedo) mais de 80% de aprovação. Sabe que as pessoas aprovam ou reprovam um governo pelo bolso. E, como mostrou Ricardo, Lula nada mais fez que dar seguimento, na área econômica e nas políticas sociais, ao iniciou e fez FHC (primeiro como ministro de Itamar Franco e, depois, como presidente por dois mandatos). Com a esperteza de avocar para si todos os resultados obtidos, nas áreas econômica e social, por ter pêgo a "casa" arrumada. Seu último ato não causou nenhuma surpresa. Sabia-se que faria isso. Apenas deixou para o último momento como forma de, mais uma vez, sentir o prazer de ter voltadas para si as luzes. Isso (e só isso) é que alimenta seu ego. Ele vai. Deixa o pior dos legados morais. Mas, o pior, é que corremos o risco de vê-lo voltar. Estou convicto (e espero estar errado) que vão (os da própria situação) tentar, de todas as formas, inviabilizar o governo de Dilma para que, daqui a quatro anos, retorne o "salvador da pátria". Um ano de muito trabalho e paz para todos.

Luís Castro em 01 de janeiro de 2011

A Itália em mais de 30 anos nunca conseguiu resolver esse problema , baixou a bola perante a França que nem uma justificação lhes deu para não extraditar o Batistti , países como Portugal que tiveram um problema semelhante nos anos 80 , portanto já depois disso , resolveram o problema de vez com uma amnistia em 1996 decretada pelo então presidente Mário Soares , porque a Itália já não fez o mesmo , já lá vão mais de trinta anos , agora o Brasil é que é o culpado se a Itália não consegue resolver os seus imbróglios políticos internos , quem tem que resolver os problemas da Itália são os italianos não os brasileiros. Você fala de uma maneira que dá a entender que por haver descendentes de italianos no Brasil , agora o Brasil teria que se curvar perante o que a Itália quisesse , ora isso seria subjugar o Brasil a um tratamento colonial por parte da Itália e a Itália nem foi o país colonizador sequer do Brasil. Qual o interesse em ír buscar o número de supostos 30 milhões de descendentes , esse número diga-se nem tem qualquer rigor estatístico , qualquer dia por essa ordem o Brasil só teria italo-descendentes , aliás nem-se deve misturar esse assunto na discussão , agora por haver italo-descendentes no Brasil , o Brasil não poderia ter uma relação adulta com a Itália e defender os seus interesses e os seus pontos de vista mesmo que divergentes , ora essa , você com este artigo a meu ver caí no erro de misturar coisas que não devem ser misturadas , porque países por mais proximidade que tenham há sempre alturas em que têm interesses divergentes. Ao Brasil por isso nunca interessará que algum país calhe de usar esse argumento , seja Portugal , Itália ou outro para mudar uma posição do Brasil que passe a ser benéfica em relação aos interesses desses países.

Fernando Maciel Rodrigues em 01 de janeiro de 2011

Prezado Ricardo: Todos sabíamos que no final, o presidente "mais aprovado" deste país mostraria sua face perversa. Personalidade pervertida, desequilibrada, vingativa, dissimulada, egoísta, afeita às maldades de todo naipe. Raivoso, orientado por marqueteiros insatisfeitos e incompetentes, lançou cortina preta no noticiário sobre seus descendentes diretos. Que exemplo! Incapaz de raciocinar sobre consequências de seus atos, produz desaforos, gestos desrespeitosos, acintosos mesmo, e debochados, sem olhar a quem atinge. Não se cansa de verborreia ofensiva aos antecessores. Reclama de herança maldita recebida. Bela herança legada à sucessora. Sua arrogância e soberba o levarão ao exílio moral, ético, humilde, silencioso, discreto dos homens de bem. Seus "amigos", subservientes seguidores, bajuladores oportunistas, serão os responsáveis pela sua desdita. Imagine que esse cidadão pretende saír pelo mundo dando "palestras", sempre com intérprete, por que monoglota desletrado não aprende novo idioma e pode esquecer o pátrio. Triste fim do policarpo quaresma (com minúscula mesmo)! Como a arte imita a vida, e vice-versa, macunaíma ainda vai fazer alguns estragos. Que Deus abençoe nosso Brasil!

Fernando Azevedo em 01 de janeiro de 2011

Lula pode fazer qualquer coisa, o pig não tem cacife para falar do Lula. O que o Lula faz, o povo brasileiro aprova. Fora pig.

Barba em 01 de janeiro de 2011

Essas e outras decisões tomadas de afogadilho é que dá a certeza aos países desenvolvidos e, aos brasileiros que pensam, a certeza de que o Brasil não é um país sério!!! Ô que pena!!!

Luiz Antonio em 01 de janeiro de 2011

O título poderia ser complementado por -" CRÔNICA DE UMA CANALHICE ANUNCIADA "

ubermenscky em 01 de janeiro de 2011

Vamos falar claramente aqui: a opinião da itália não importa em nada. A itália é um pequeno país em decadência, com tendência clara à desintegração por fatores demográficos. Não tentem os descendentes de italianos, muito comuns na mídia paulistana, tentar forçar uma barra e fazer de conta que a itália é uma nação relevante, que deve ser ouvida ou que mereça nossa atenção. É um pequenino país europeu que não entendeu ainda que o mundo mudou.

Reginaldo Gadelha em 01 de janeiro de 2011

Errata: Quis dizer que o Governo Italiano deveria cassar a cidadania da mulher dio lulla, do lulla, de seus filhos e de seus parentes diretos. Quem sabe ele consiga cidadanioa Iraniana, Venezuelana ou Boliviana.

veritas em 01 de janeiro de 2011

Vamos falar claramente aqui: a opinião da itália não importa em nada. A itália é um pequeno país em decadência, com tendência clara à desintegração por fatores demográficos. Não tentem os descendentes de italianos, muito comuns na mídia paulistana, tentar forçar uma barra e fazer de conta que a itália é uma nação relevante, que deve ser ouvida ou que mereça nossa atenção. É um pequenino país europeu que não entendeu ainda que o mundo mudou.

osmar costa em 01 de janeiro de 2011

André, você também... é o cara. Que mentalidade! Uma mãe passa nove mêses sofrendo e nasce isso!Putisgrili!!!

Reginaldo Gadelha em 01 de janeiro de 2011

Pessoalmente não acredito que o terrorista Batisti consiga ficar no Brasil, "muita água ainda vai rolar" por conta do recurso que o Governo Italiano impetrará junto ao STF, que não é possível endosse a decisão tresloucada do idiota lulla e de seu chanceler. Não nos esqueçamos que ainda há a Côrte Internacional de Haia que poderá condenar o Brasil, desmoralizando-nos ainda mais frente a comunidade internacional. Os italianos deveriam cassar a cidadania Italiana da mulher do lulla, do lulla, de seus filhos, e de seus Boliviana.

carlos em 01 de janeiro de 2011

A Nação Italiana de São Paulo,devem está indgnada com o ex.presidente,pois sua atitude no apagar das luzes reflete sue graú de enganador.Manter em nosso País este assassino confesso e constrangedor,daqui a dois anos a colonia Italiana vai da A RESPOSTA NAS URNAS.

osmar costa em 01 de janeiro de 2011

Lula tem plena consciência do que está fazendo. Acontece que Lula vive ensimesmado, lula se basta; tome êle as mais estapafurdias decisões, as mais berrantes atidudes, tudo que êle faz é o que vale. É o dono da sabedoria. Nos meus setenta e três anos de idade, nunca ví um sujeito tão mesquinho. Porém, teve a sorte de nascer no Brasil, um paíz maravilhoso, mas governado por um bando que se apossou do poder e são,com total apoio da nossa ridícula oposição, a nata do que não presta. Na posse de hoje, minha TV estará em completo descanso. Vou ler as cartas de São Paulo e fazer minhas meditações para me tornar uma pessôa melhor em 2011.Feliz Ano Novo à todas as pessôas de bem.

Paulo Boccato em 01 de janeiro de 2011

Caro Paulo, Não publico seu comentário, como solicitado, mas informo a você que não escrevi o tal artigo. Não é verdade. Portanto, não posso enviá-lo. Um grande abraço.

Egmont em 01 de janeiro de 2011

Portador das cidadanias brasileira e italiana, tenho dois sentimentos: como italiano, me sinto afrontado; como brasileiro, envergonhado.

flavia em 01 de janeiro de 2011

André...é...realmente hoje eu vi na televisao (record) muitos pobres em alagoas com comida na mesa e moradia....tem gente que desde 1978 mora em presidio desativado, e as vitimas dos ultimos alagamentos moram em acampamento, acho que vc precisa se informar melhor sobre o país que vc mora...rsss

waldemar rego junior em 01 de janeiro de 2011

cara ...cala boca cara... vc nao sabe o que está falando... quando nao sabemos o que estamos falando devemos calar a boca...quando uma pessoa está em guerra ela retalia como é retaliado ..fica calado e nao fale o que vc nao sabe..fica quetin no seu cantin

carlos nascimento em 01 de janeiro de 2011

O molusco e o megalonanico se merecem, as páginas da história registrarão essa era como a maior "mediocridade" de todos os tempos, são avis que fazem qualquer coisa para permanecer alguns segundos em evidência, não importa o custo, precisamos de imediato, envidar esforços no sentido de começarmos à limpar a SUJEIRA deixada em vários locais, fizeram estragos em nossa imagem Institucional no exterior, um desastre atrás do outro,bem, mãos à obra, vamos LIMPAR A SUJEIRA.

Brasileiro de Luto em 01 de janeiro de 2011

PELO MENOS NOS LIVRAMOS DO TARSO, DO VANUCI, DO LULA E OUTROS... - - ESSA MESMA CAMBADA QUER REVER A LEI DA ANISTIA E ACEITAM A FAJUTAGEM DA OEA (punicão e indenizações) - - JUSTIÇA, TRIBUINAIS, ISSO NADA VALE PARA O LULA OU QUALQUER PETISTA.... - - A POLÍTICA EXTERNA FOI ATÉ O FINAL A MESMA COISA... DEFESA DE BANDIDOS,CRIMINOSOS. E esse chanceler de bolso (também nos livranmos dele)... NUNCA ANTES NESTEPAIZ TIVENMOS UM CHANCELAR COMO ESSE CARA, NEM UM PRESISDENBTE IGUAL AO ... COMO FIZERAM M.... - - " A existência do elemento servil é a maior das abominações. " [ Rui Barbosa ] - - " Medo, venalidade, paixão partidária, respeito pessoal, subserviência, espírito conservador, interpretação restritiva, razão de estado, interesse supremo, como quer te chames, prevaricação judiciária, não escaparás ao ferrete de Pilatos! O bom ladrão salvou-se. Mas não há salvação para o juiz covarde." [ Rui Barbosa ] - -

Paulo Boccato em 01 de janeiro de 2011

RICARDO...PUBLIQUEI NO VFACEBOOK DE UMA DAS VITIMAS DE BATISTI SEU ARTIGO ! PER CARITA, VI CHIEDO UNA CORTESIA PRÁ DE NECESSARIA NESTE MOMENTO EM QUE STMAOS TODOS NÓS, HOMEMS E MULHERES DE BEM DO BRASIL, DA ITALIA E DO MUNDO ENVERGONHADISSIMOS COM A BRUTTA FIGURA DO SR. LULA...EU LHE PÇEO QUE DÊ VOZ AS VITIMAS E ENTREVISTE ALBERTO TORREGIANI CONDEANADO POR BATTISTI A UMA CADEIRA DE RODAS QUANDO ESTE , FRIAMENTE, LHE DISPAROU NA ESPINHA APÓS TER ASSASSINADO O SEU PAI QUANDO BATTISTI ASSATLOU A PEQUENA JOALHERIA DE BAIRRO EM MILAO LA NO FINAL DO ANOS 70 ! SETTI...NOSSA VERGONHA E NOSSA DIVIDA TEM A MISURA CONTINENTAL DO BRASIL ! ABRAÇÃO PAULO BOCCATO Olá, Paulo Boccato. Obrigado pela sugestão. Ricardo Setti está em férias. A partir do dia 17, ele vai responder a comentários como o seu. Um grande abraço, Domitila Becker

carioquice em 01 de janeiro de 2011

Vergonha, é o que sinto. triste ter um governo que não me representava e outro que também não me representará. Dilma vai ter que ser esforçar´pois, não nsou mulher subserviente, portanto, ela não me representa nem às mulheres verdadeiramente livres.

Nina em 01 de janeiro de 2011

Graças a Deus , lula acabou! Como descendente de italianos, com familiares ainda morando lá, peço desculpas ao povo Italiano.

Rafael em 01 de janeiro de 2011

Vergonha total!!!! Mas os petralhas não sabem o que é isso

antonio cicuto d'ambrosio em 01 de janeiro de 2011

Aos olhos da História o Brasil se coloca como a Terra da Impunidade: "Bandidos e assassinos, vinde a nós, aqui gozareis de liberdade!" E a Itália se coloca como o país que, depois de alguma manifestação de indignação, recolhe-se à insignificância de seu corrupto "Ministero degli Affari Esteri". Ruim para o Brasil, ruim para a Itália, afinal fez-se justiça: ambos os países mereciam! Viva!

jorge em 01 de janeiro de 2011

É meu caro Setti,imparcial como vc é, imagino que deve ter escrito para as duas situações,e nas duas situações acredito tambem que metendo o pau no lula, se extradita pau e se não extradita pau tambem,o lula não é jurista culpe a (AGU),vejo que agradar viuvas é dificil rsrsrsrsr

Rodnei em 01 de janeiro de 2011

É realmente uma situação vergonhosa para nós brasileiros!!Lembro do caso dos boxeadores cubanos qua pediram axilo político, na época do Pan, e foram prontamente devolvidos para a "democrática" Cuba do Seu Fidel!!

Francisco Campos em 01 de janeiro de 2011

E ainda há quem considere Lula o melhor presidente da história do Brasil... Realmente, nunca antes na história deste país, tivemos alguém tão perigoso no poder. Mas a História há de fazer justiça...

jose em 01 de janeiro de 2011

Será que os italianos nao vao anular o cidadania que foi concedida a Dna. Marisa?

PauloReis em 01 de janeiro de 2011

Temos que acordar para a realidade, de que somos governados por COMUNISTAS; então ja se esperava esta atitude ditatorial do Lula.

Rosa Maria Pacini em 01 de janeiro de 2011

Essa decisão foi deixada para a última hora por covardia pura do Lula, tenho certeza, mas ele que ambiciona ser reconhecido como um grande estadista acabou de mostrar ao mundo que não passa de um petista irresponsável. Um governante que por um lado ignora os sofrimentos de presos políticos de Cuba, equiparando-os aos criminosos comuns, por outro, não tem o menor pudor em acolher e manter, em território brasileiro, um criminoso comum que, por ser amigo do Tarso Genro é considerado "preso político". Um estadista que se preze tem sabedoria e o Lula demonstrou ao longo dos últimos 8 anos que para ele e seus aliados o que vale mesmo é a esperteza e até mesmo a safadeza.Sempre faz prevalecer o princípio de "dois pesos, duas medidas" em suas decisões e ações. O governo italiano está certíssimo em fazer represália ao governo brasileiro. Mas deveria, na verdade, mirar diretamente Lula e seus descendentes, já que seus filhos reivindicaram cidadania italiana. Eu não sei se eles a obtiveram ou não, mas seria ótimo se a Itália passasse a considerar toda a corja "Lula da Silva", bem como todos os "amiguinhos do Cesare Battisti, personae non gratae ao povo italiano, de modo a serem impedidos de entrarem nesse pais, com ou sem a confirmação desta decisão pelo STF; afinal, o desrespeito flagrante à Itália já está evidenciado.

josevar em 01 de janeiro de 2011

O Brasil que presta inicia 2011 com a fece rubra de vergonha. A decisão de lula mostra bem o caráter desse cidadão que por longos oito anos (des)governou o pais.Perseguidos foram e são os dois pugilista entregues aos irmãos Castro, que acreditaram que o Brasil os acolheria.Enganaram-se, pois, a decisão não estava nas mãos de quem presta.Porém,grande parcela de culpa deve ser creditada ao SUPREMO, que devido a pequenez de muitos dos misnistros que lá estão, DECIDIU não ser SUPREMO.

pericles em 01 de janeiro de 2011

Que maneira de desejar feliz ano novo à Itália e à União Européia!

acc em 01 de janeiro de 2011

Eu pergunto: como um preseidente desse nível, que na minha modesta opinião só tem feito besteira durante os 8 anos de governo sai com tanta aceitaçã? Só deve ter uma explicaçã:foi sua propaganda pesada para enganar os menos instruidos.

gaúcha indignada em 01 de janeiro de 2011

"Elles" não respeitam relações internacionais, contratos, decisões judiciais, enfim um risco para o estado democrático. O governo italiano deve cancelar, imediatamente, a cidadania obtida pela Marisa Letícia da Silva.

João Carlos em 01 de janeiro de 2011

“Há fundadas razões para suposição de que o extraditando possa ter agravada sua situação pessoal. “A questão exige que se proteja, de modo superlativo possível, a integridade de pessoa eventualmente exposta a perigo, em ambiente supostamente hostil”. No caso dos dois cubanos prontamente devolvidos pelo governo brasileiro, e com prazer, a pedido de Fidel Castro, usou-se o mesmo critério? Cuba não é um ambiente "supostamente" hostil? Alguém sabe como está a integridade dessas pessoas hoje?

christiane figueiredo vidal em 01 de janeiro de 2011

O ex-presidente da república do Brasil, está dando um tapa na cara de várias pessoas, situações, países e sobretudo o eleitorado brasileiro há muito tempo. Mas eu espero, que ao contrário do povo brasileiro, que ri e aplaude este tapa na cara, a Itália exija justiça e que seja cumprido o acordo assinado pelo Brasil, mas como o sr Lula se sente dono deste país, não seu representante eleito, ele sentiu-se no direito de tomar a decisão que quiser com relação a este caso. Espero, de coração, que a presidente eleita tenha mais decoro, apesar que o que se mostra agora é que ela será submissa a ele. Que minha previsões estejam erradas.

jorge em 01 de janeiro de 2011

Mas o que esperar de um presidente energúmeno e intoxicado pela ideologia esquerdista anti-americana? O lula é incorrigível, por não ter alter-ego, faz o que lhe dá na telha! São políticos desse tipo que trazem tensões no planeta. Vamos ver o que dirá a sua "criatura" sobre o caso!

josemariodeoliveira em 01 de janeiro de 2011

O desconhecimento ou descompromisso do eleitor sobre as questões ideológicas continua sendo a base da popularidade de Lula. Sua decisão sobre o criminoso italiano tem ranço socialista que impregna este governo. Fosse o criminoso taxado de direita e Lula já o teria devolvido à Itália. Como elegemos e reelegemos um governo de esquerda não poderíamos esperar outra coisa.

Paulo Bento Bandarra em 01 de janeiro de 2011

Uma decisão esdrúxula e desrespeitosa contra um pais amigo e democrático! Com a afirmação absurda de que ele correria perigo suposto e não apontado, por um país em que presos são degolados e mortos para abrir espaço nas penitenciaria, se decide que o mesmo fique impune e livre. Nem aqui, um suposto "sistema carcerário melhor"! Depois não é a AGU que deve opinar nestes aspétos, mas o STF que já tinha analisado isto e se manifestado. Não pode o STJ ser substituído por uma decisão monocrática de um membro da AGU!

cosme herval em 01 de janeiro de 2011

Caro Ricardo. Com esse ato, o pequeno homem, não só na estatura, como nas decisões, conseguio fechar com chave de ouro seu governo desastrado, principalmente na política externa, já foi tarde, e nem deveria ter entrado. um grande abraço, e um feliz ano novo, e que você prossiga nos brindando com seus belos e lúcidos artigos ao longo de 2011. Olá, Cosme. Obrigado por sua visita e seus simpáticos votos. Ricardo Setti está em férias e uma equipe do site de VEJA está moderando os comentários. A partir do dia 17, ele vai responder a comentários como o seu. Um grande abraço

Andre em 01 de janeiro de 2011

Lula, o nosso querido Presidente, foi o maior estadista que o mundo até hoje teve, eu diria que depois de Cristo o mundo não teve outro que possa iguala lo. Mesmo com Dilma no comando dessa nação tenho plena certeza que Lula continuará comandando os destinos desta nação que logo estará no topo das nações desenvolvidas, superando em breve os EEUU, China, Alemanha e outros. Vivaaaaaaaaaaaa Lula, nunca antes na historia dessa nação houve um cara que fizesse oque V Excia que por este povo sofrido, pois agora os pobres tem comida na mesa, educação e saúde, parabens!!!!!!!! Como disse muito sabiamente o Obama, voce é o cara!

Telma em 01 de janeiro de 2011

Olá Ricardo Primeiro, Feliz Ano Novo! Com a proximidade do ocaso,o EX não conseguiu segurar a máscara. E, se não estiver enganada, em virtude de sua grande modéstia e de acreditar que agrada, vai continuar espalhando seu agora incontido fel desmesuradamente. Bom para acelerar a velocidade da máxima que diz: Ninguém engana tantos por tanto tempo. The time is over!

Perola em 01 de janeiro de 2011

Pela TV a cabo sempre vejo filmes em que malfeitores de todo tipo,assassinos e ladrões fogem "para o Brasil",mais especificamente "o Rio de Janeiro".Dificilmente fogem para outro país.Essa é a imagem que temos lá fora:de um país-refúgio dos "contra a lei".Essa decisão sobre Battisti sacramenta essa imagem.Nota ZERO para governo.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI