ampulheta 02

Faltam exatos 357 dias para a presidente Dilma Rousseff encerrar seu mandato.

Para quem aguentou 2.923 dias de Lula, em dois lulalatos, é moleza.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

10 − três =

14 Comentários

maria jose moura em 12 de janeiro de 2014

entao Augusto nunes faltam 357 dias para o nosso povo livre e independente reelegerem a dilma que esta indo bem no governo ou em ampla maioria elegermos o Lula que foi o nosso presidente da inclusao social,moradia popular, enem, prouni, mais trabalho de carteira assinada e temporario, valorizaçao do salario minimo, mais renda para o nosso povo que trabalham como autonomos, mais creches e escolas tecnicas e transporte escolar,o bolsa familia que tao bem faz para as nossas familias, o presidente Lula da inclusao social,do bom desempenho da economia e o brasil sendo avaliado positivamente pelos outros paises e pelos investidores,alta no turismo e assim a ampla maioria do nosso povo satisfeitos com o presidente do povao, se nos que somos em ampla maioria e em pesquisas respondemos que somos satisfeitos com o governo do PT nas pessoas do amado presidente Lula e com a presidenta dilma tambem, a presidenta do programa mais medico para que o nosso povo tenha um digno atendimento medico, entao gostaria de falar que sou de pernambuco e so voto no Lula ou na dilma minha familia que e bastante numerosa fala a mesma lingua e dizem somos mais o Lula e a dilma tambem pois fazem um governo voltado para o crescimento do brasil e um governo para todos mais dao o valor e a atençao para o nosso povo, respeito quem discordar dessa minha democratica e respeitosa opiniao, porem somos democracia e respeitosamente podemos expressar a nossa mais respeitosa e consciente opiniao, sorte e paz a todos nos.

Toninho Malvadeza em 11 de janeiro de 2014

O maior cabo-eleitoral de Dilma nas eleições, acredito ser a vitória da seleção na Copa do mundo. Depois de julho,com a DESCLASSIFICAÇÃO e o que vai restar dos fabulosos estádios para as moscas,ela vai ter que ouvir muita vaia e depois a derrota nas urnas.

Celso Iglesias em 11 de janeiro de 2014

AMÉM! ASSIM ESPERAMOS... E chega de heróis de mentirinha nestepaiz.Z.

Pedro Luiz Moreira Lima em 11 de janeiro de 2014

Joaquim Amancio de Carvalho Filho: Como diria a imensa torcida do Flamengo (minha!) e acredito a maioria das torcidas - "Joaquim tamos contigo e não abrimos!" Dilma Presidenta do Brasil! Abração Pedro Luiz

norton em 11 de janeiro de 2014

DECEPCIONADO(A) COM OS POLÍTICOS? os políticos atuais estão viciados na pior forma de fazer política o prato do dia é a pizza, o interesse é somente individual NÃO DEIXE DE VOTAR, NÃO VOTE EM BRANDO E NEM ANULE SEU VOTO voto de protesto? e daí? aquele(a) que você votou decepcionou? troque, virão novos canditados você vai deixar os outros decidirem por você? você vai continuar somente reclamando? VAMOS FAZER UMA GRANDE LIMPEZA DEMOCRÁTICA, PELO VOTO VAMOS RENOVAR A MAIORIA DOS ATUAIS POLÍTICOS converse com vizinhos, no trabalho, na universidade, etc. vamos começar cedo a conscientização compartilhe no facebook, entre nesta corrente copie o texto e envie por e-mail aos seus amigos AJUDE A MUDAR O BRASIL

Anti CorruPTo em 11 de janeiro de 2014

Desculpe...não é moleza não! Ao final são 3280 dias.

Joaquim Amancio de Carvalho Filho em 10 de janeiro de 2014

Meu caro Ricaro Setti queira você sim ou não Lula do PT com todos os seus erros brilhou sim,nós aguentamos uma Ditadura Militar durante 21 abos e nunca li nenhum comentario da VEJa sobre Aguentar,o povo brasileiro ´´e sábio sabe comparar o que foi a administração do PSDB/PFL e a dministração do PT/PCdoB muito melhor para a grande maioria do povo pobre Honesto e trabalhador,só a Grande Midia não quer enxergar esta realidade..

JT em 10 de janeiro de 2014

As eleições estão aí. Que país queremos para os nossos filhos? Quem vai defender a bandeira da educação? Pensando nisso escrevi as seguintes linhas: * * * Os países com os melhores índices de desenvolvimento humano estão na Europa Setentrional: Dinamarca, Finlândia, Suécia e Noruega. São economias relativamente pequenas perto das grandes potências mundiais como China e Estados Unidos. Mas, por seguirem a ética protestante, tais países valorizam o bem estar social acima das disputas políticas. Nestes países não se discute se o governo é de esquerda ou direita, ou se a presença do Estado deve ser grande ou pequena na sociedade. O Estado, nestes países, tem o tamanho suficiente para não interferir nas liberdades individuais dos cidadãos, mas é capaz de protegê-los do capitalismo selvagem, através da regulação necessária da economia. Lá, os impostos também são altos, mas os serviços públicos são de primeira qualidade. O que estes países possuem em comum, além da ética protestante? O respeito supremo pela educação. Outros países, conhecidos como "tigres asiáticos" evoluíram substancialmente nos últimos 60 anos através de um pacto pela educação, após passarem por verdadeiras catástrofes em sua história. O Japão teve uma das mais humilhantes derrotas que um país pode sofrer numa guerra. Quando os americanos jogaram as bombas nucleares em Hiroshima e Nagasaki, antecipando a rendição das tropas, o Imperador foi obrigado a declarar para o seu povo que não era um semi-deus. A Coreia do Sul, antes da traumática separação com a Coreia do Norte, que havia aderido ao comunismo, era um lugar miserável quando adotou a educação como mote. Hoje você compra carros coreanos e japoneses, mas o seu país ainda não tem uma marca de porte, genuinamente brasileira. Infelizmente o Brasil não segue a ética protestante, pois foi colonizado por um país orientado pela contra-reforma, cuja cultura de exploração foi moldando os costumes que nos mantém atrasados até hoje. Por isso, nunca seremos uma Dinamarca ou Suécia. Então, como o Brasil pode realmente se tornar um país melhor para se viver, sem investir astronomicamente na educação? Será que é preciso acontecer uma guerra por aqui? Todos nós sabemos que uma guerra nunca é a melhor saída. Mas existem batalhas que precisamos travar por nossos filhos e netos. Tratam-se de batalhas culturais com reflexos diretos em nossa política. Chega de votar no menos pior. Chega dessa história do poder pelo poder. Precisamos eleger gente disposta a se sacrificar pela população, e não para servir-se dela. Precisamos de partidos com verdadeiros ideais. A gente precisa chacoalhar os pilares deste país.

What's up? em 10 de janeiro de 2014

12 anos de vida dos brasileiros jogados no lixo, logo logo estaremos como duas gerações de vidas dos cubanos desperdiçados por terem nascidos na ilha prisão e nós na terra onde Sabiás gorjeiam.

Marco Felix em 10 de janeiro de 2014

E sem volta.

Vera Scheidemann em 10 de janeiro de 2014

Ah, Ricardo, você sempre otimista ! Que bom ! Vou me juntar a você nessa contagem. Com certeza vai ser mole... rsrsrs Um abraço ! Vera

Isaias em 10 de janeiro de 2014

Pois é, até hoje foram 1.104 dias que os acionistas da Petrobrás também jamais esquecerão: desvalorização de 48% (64% em dólar)!

Fernando Pawwlow em 10 de janeiro de 2014

Caro Setti,por que não nasci um otimista como você?Sofreria menos. Eu coloco na minha conta o segundo mandato(a ser obtido no Primeiro Turno,cortesia da Mais Ridícula Oposição da História Republicana do Brasil)e mandatos seguintes de integrantes do mesmo elenco(Lula pode voltar). O que estão fazendo com a educação ( com a complacência de oposição que não tem moral para reclamar,pois foi do PSDB a criação de muitos modelos que eliminaram no Brasil a meritocracia)garante longa estada no Poder aos ocupantes atuais. Que,se tocados do Planalto pelas urnas( o que não acredito que vá acontecer),continuarão em Ministérios,autarquias,no conjunto do funcionalismo público,enfim. Lembro que ao fim do mandato de Lula,esta coluna (ou a de Augusto Nunes)também comemorou a contagem regressiva. Comemorariam de novo? Abraços do Pawwlow

Claudio em 10 de janeiro de 2014

O pior é que corremos sério risco dessa ***** ser reeleita.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI