Dilma diz que caso Pimentel nada tem a ver com seu governo. Ué, com o governo de quem, então? De Obama?

A presidente durante o café da manhã com jornalistas: caso Pimentel tem a ver com que governo, então? (Foto: Roberto Stuckert Filho / PR)

Num café da manhã com jornalistas, hoje, em Brasília, a presidente Dilma Rousseff disse, entre outras coisas, que as revelações sobre atividades de consultoria de Fernando Pimentel nada têm a ver com seu governo.

(Leia no site de VEJA).

Pimentel, amigo de Dilma há mais de 40 anos — fizeram juntos política estudantil — parece-me que é, segundo todas as informações disponíveis até o momento em que escrevo este post, Ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior do governo Dilma.

Podem confirmar aqui, no site do Ministério.

Em sendo assim, o “caso Pimentel” tem a ver com que governo? O Obama? De Cristina Kirchner? De Sarkozy?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =

34 Comentários

  • Tuco

    .

    Posso arriscar?
    Tem a ver com o
    governo do Kadafi!


    .

  • Reynaldo-BH

    Dilma está chegando perto da verdade. Em um exercício de lógica cartesiana, começa com uma afirmação e daí – espero – deriva para a conclusão.
    Pimentel é ministro de Dilma? Sim, é.
    Pimentel é acusado do mesmo malfeito de Palocci? Sim.
    Pimentel representa o Governo Dilma em eventos internacionais? De novo, sim.
    Pimentel comanda uma pasta com notória importância na economia de um país? Afirmativo.
    Então entendo que Dilma não avaliou ser ou não Pimentel auxiliar direto. Nem ela mesma – com a dificuldade de produzir uma frase com início, meio e fim – conseguiria formular tamanha asneira, tão grande sandice.
    O que Dilma quis dizer (há sempre que se interpretar o que a presidanta fala!) esta relacionado diz respeito a Governo.
    Nisto ela acertou! Que Governo?
    Como pode Pimentel (ou qualquer outro) ser problema ou solução de algo que é inexistente?
    Não existe Governo Dilma. Logo, não existem problemas nesta área.
    Quando Dilma cala, é uma sábia.
    Quando fala, um espanto.
    E quando quer pensar, um desastre.
    Fiquemos no campo da ficção. Pimentel nada tem a ver com algo que jamais existiu.
    Enfim, algo real.

  • Mari Labbate *44 Milhões*

    Após o Golpe de Estado Eleitoral, configura-se o Golpe de Estado, agora em pleno governo… A Ditadora Dilulla envia o seguinte recado aos eleitores conscientes do Sul do Brasil: Vocês vão ter que engolir-me!!! Até quando seremos chamados de COVARDES? Resta-nos REZAR…

  • G. Carvalho

    Mostrei essa declaração esdrúxula a Charles Silver, destacado psiquiatra, cujo passatempo é interpretar discursos políticos. De acordo com os meus manuais, ponderou, pode ser, por exemplo, um caso complicado em que a pessoa confunde o falso com o verdadeiro, incapaz, momentaneamente ou não, de distinguir um do outro. Em português, chama-se delírio e em inglês, delusion, comportamento, vale notar, frequentemente passageiro. Funcionamento precário de sinapse pode gerar essas situações, afirmou-me Silver, que se recusa a fazer diagnósticos sem conhecer muito bem os pacientes. Será, pensei eu, que não se trata de algo muito mais simples, decorrente da mania que tem a Nomenklatura da esquerda nominal de reinventar a história, com o propósito de disfarçar a sua inépcia gritante? Não se evitaria um problema desse tamanho, adotando-se o requisito da folha corrida na polícia estadual e federal? Uma investigação anterior à nomeação não teria revelado a existência de uma inovação extraordinária, baseada em consultoria e palestras invisíveis e inaudíveis? Não seria isso suficiente para aprofundar a investigação, que agora corre por conta da imprensa, felizmente livre, do País?

  • Vera Scheidemann

    Para dar uma declaração dessas é preciso ser
    muito cara de pau ! Puxa vida !
    Vera

  • jorge dias

    Lavagem de dinheiro comprovada naquele pais imprialista do Obama dava uma cana certa.
    Aqui na nossa monarquia da rainha Dilma, vira fofoca da oposiçaõ e não se fala mais nisso.
    Aos amigos do rei , tudo, aos inimigos, a lei. E vamos comemorar a copa e a olimpíada.

  • Rere

    Diz respeito ao governo de quem, então, cara pálida?

  • carlos nascimento

    Ricardo,

    Tenho uma grande curiosidade, se Nelson Rodrigues ainda estivesse vivo, o que será que ele iria achar desse brilhante “neurônio”.
    Vc arriscaria um palpite ?
    Carlos Nascimento.

    Amigo Carlos,

    Não tenho talento suficiente para isso…

    Abração!

  • José Figueredo

    Dilma nos estapeia,cospe e escarra em nossas caras e recebe de prêmio uma aprovação por um governo assim um tantinho devagar,quase parando,na real.Na virtual transcende todas as dimensões conhecidas no mundo cibernético.Feijão e arroz virtual não enche a barriga.

  • Roberto souza

    Elementar meu caro Setti.
    Tem haver com governo Lula em seu 3º mandato, afinal ele é quem manda, nomeia, demite etc.
    Quem mandou elegermos um fantoche?

  • marco

    Já q vc colocou o link, dei uma olhada no site do tal Ministério, e prestei atenção ao organograma: como tem gente pendurada!!!!

  • gessy

    Respondo apenas por meu modesto espaço aqui.

    Não tem o menor cabimento abrigar críticas ou insinuações sobre VEJA.

    Suas observações e críticas em relação à revista devem ser dirigidas a seu diretor de Redação, pelo e-mail veja@abril.com.br

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Setti:
    Em relação ao Pimentel – não se escondeu,deu explicações aceitas ou não.Do outro lado o silencio completo,as acusações contidas no livro Privataria Tucana.
    Quem deve ser TAMBEM cobrado hoje é o Serra,FHC e cia – as notas pífias de FHC,do PSDB e o lancônico “Lixo” de Serra – é o suficiente?
    Para mim não.

  • José Geraldo Coelho

    Dimas Pimentel. O bom ladrão perdoado pela Dillma.
    Setti: roubar, no PT, é qualidade. Bom curriculo.
    Quem sabe ele será útil par angariar fundos de campanha para a petralhada governar a sua cidade e seu estado2

  • selminha

    Meu Deus, a vigarice de Dilma clama aos céus! Ela fala os maiores absurdos, e ainda é tão admirada pela população, como mostra a última pesquisa (se dá mesmo para acreditar em pesquisas). Será que só eu e mais meia-dúzia de gatos pingados é que enxergamos a realidade? Onde é que estão vendendo tantos óculos cor-de-rosa para o povo? Quando finalmente abrirem os olhos (ou tirarem os óculos), os brasileiros vão sentir o tamanho da queda.E que não reclamem!

  • Corinthians

    Pedro Luiz Moreira Lima – 17/12/2011 às 0:24
    Fico impressionado com sua seletividade.
    O livro já está sendo desmascarado. O autor está sendo processado (para variar) já que só acusa e não coloca prova nenhuma (a não ser alguns documentos públicos que não provam nada). O PT está há 9 anos no poder, investigou, revirou as privatizações e nada foi encontrado – muito pelo contrário, o que foi encontrado é a tática petista de falsificação de documentos, assinaturas e apoios (está de fora da lista das falsificações comentadas de aloprados, Furnas, planilha da Erenice, etc., mas lembro-me perfeitamente bem na campanha a tal “manifestação dos intelectuais” onde colocaram a Ruth Rocha como apoiadora de Dillma, mais uma farsa).
    Aliás quando houve alguma investigação de alardeadas corrupções do PSDB, o PT foi o primeiro a inocentar – casos do Banestado (onde impediu até a convocação de Maluf) e Mensalão que investigou a compra de votos para a reeleição.
    Agora dizer que, no caso Pimentel ele não se escondeu e deu explicações aceitas ou não para mim trata-se de, para não dizer mais, inocência. Acho que é o instinto de querer acreditar falando mais alto que os fatos.
    Hoje Pimentel não responde as questões, que continuam, por que mais uma vez um ministro de estado, e agora petista, mente. Mentiu sobre as palestras – disse que fez e não fez, mentiu sobre a consultoria para a companhia de bebidas – não foi contratado, e agora se recusa a explicar mais. Não tem nenhuma nota fiscal, nem contrato, nem nada confirmando que ele fora realmente contratado.

    P.S. Achei interessante o seu também em maiúsculo – trata-se da tática de nivelar todos por baixo, no parâmetro petista – só que faltam provas e acusações plausíveis para isso realmente ocorrer não é mesmo ?
    Mas para criminosos profissionais, um proicesso a mais, um a menos não é nada. Não é à toa que trabalha para Edir Macedo…

  • Cil

    Quer que qualquer um que cometeu um crime, desde que seja na sua vida privada, pode ser ministro ou ministeriável? Eitá… ella tenta, mas sempre revela seu pensamento… ou a falta dele.

  • bruno

    Esta mulher calada é uma poetisa……

  • Ailton

    Hoje não quero criticar, nem alogiar, quero apenas falar!
    Existe uma uma pessoa que tenho na mais alta conta, essa pessoa é você, grande amigo e jortnalista Ricardo Setti, homem de uma grande dignidade e honradez, uma das poucas pessoas que faço o possível e impossivel para conhecer pessoalmente.

    A te, grande jornalista e amigo, só uma ordem ou frase: Amigo, seja feliz e tenha um ano novo repleto de realizações, quero que desfrute de muita felicidade, principalmente junto aos que te amamm!

    Abraços a te e a todos os familiares.

    Ricardo Setti, aceite um grande abraço e feliz Ano Novo, meu amigo, memso que o abraço seja desse petista inveterado e sem jeito.

    Ailton de oliveira Ferreira

    Caro Ailton,
    Nosso sistema ainda oscila e perdi a resposta que lhe havia escrito.
    Escrevo de novo, em linhas gerais.
    A vida me concedeu a graça de conviver em paz e alegria com os que pensam diferente de mim.
    Acho uma coisa tristíssima, e horrível, quem, antes de decidir se uma pessoa é boa ou não para ser sua amiga, investiga qual é sua ideologia.
    Não discrimino ninguém em razão do que pensa.
    Não é por aí que seleciono minhas amizades.
    Então, é claro que aceito com prazer seus bons votos e seu abraço, que retribuo com toda a sinceridade, extensivo a sua família e a todos que você preza.
    Tudo de bom e volte sempre!

  • Luiz Pereira

    Setti, boa noite,

    Sabe por que é difícil as coisas avançarem nesse país?
    Porque, entre outras coiss, tem BEÒCIO À BEÇA achando que existe diferença e a corrução do governo tucano terminado em 2002 e o do PT que está por aí desde então até hj.
    A única diferença é o modus operandi. A corrupão é uma ação governamental orquestrada pelo PT como maneira de preservar o poder.
    Existem leitores que tentam – é patético – justificar essa desbragada sistemática corruptora e corrupta petista espargindo argumentos que tentam justificar tais atos comparando-os com os de governos passados.
    Mas, o PT não teria vindo para mudar tudo? Lula – o pai do Lulinha Fenomeno, um traficante de influência sem par – não é o chefe do partido que não rouba nem deixa roubar?
    Conversa! Nunca houve tanta corrupção nese aís. E aí vem um Amaury Ribeiro Jr, acusado de falsificar dossies, lança um pastiche que os desesperados compram (cada otário que gaste seu dinheiro como queira) visando ser um ato de desagravo a esse governo corrupto. Não é. E mais um recado: isso aqui não é Argentina. Ninguém vai calar a imprensa. Que é livre para combater ou apoiar governos – vide Record e Carta Capital.
    abs

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Amigo Corintiano:
    Quando coloco maiúscula é que não sei negritar,nunca no sentido de brigar é como NEGRITAR,expliquei ao Setti e a você agora.
    Quanto ao autro do livro e mesmo o livro – espero mesmo que haja processos dos acusados e as contrar provas do acusador.
    Pela grande imprensa o silencio é ainda completo e mesmop dos acusados.
    Enquanto permancer assim – existe alguma duvida para voce da culpabilidade do Pimemntel?sei que não.Quanto a mim não existe nenhuma duvida da culpabilidade de Serra&cia e FHC&cia.
    A TV GLOBO,a TV BANDEIRANTES,a TV SBT fazem silencio completo sobre o livro.A TV RECORD dando dando a notícia e entrevistanto os acusados e o acusador – a Liberdade de Imprensa deve ser seletiviva?outras sim! Record não!Livros contrra Lula sim!Livros contra PSDB não!
    Lamento amigo,infelizmente não vejop diferençã entre Marinhos,Edires,Silvios Santos e o dono da Bandeirantes – tudo Famíglias Mafiosas.
    Feliz Natal e própero ano novo para voce
    Pedro Luiz

  • Observador100

    Pois é meu caro Setti, são situações como esta que nos levam a conclusão de que “madame” é mais uma da turma. Não se engane nunca meu caro, com alguns “pitacos” de bom senso.
    abraço

  • duduvieira10

    ,,,Elmentar meu prezado RS,,, “diz-me com quem andas e te direi quem tu és. Sabendo com quem ti ocupas, sei o que podes vir a ser” (goethe)

  • zeroscheffer

    Será impressão minha ou a Erenice Guerra (à Ética) anda com ciúmes? Presidente, nada de Guerra mas, também, nada de PIMENTel (no PT dos outros é refresco).

  • Jefff

    E a turba de fanáticos contra os fatos cada vez aumenta mais. Isso que é audiencia “qualificada”.

  • Rodrigo

    Se perguntada, ela vai dizer que tem a ver com o governo FHC.

  • Corinthians

    Pedro Luiz Moreira Lima – 18/12/2011 às 23:57
    Caro Pedro,
    Mas é justamente isso que impressiona. Os fatos não são matéria de acreditar ou nao. Nem a política deveria ser – assim fosse, um bom administrador não teria feito faculdade, mas sim seminário.
    A Record, como contratante e grande apoiadora deste governo, está fazendo o que acha que deve fazer – eu graças a Deus não dou audiência para a Record. Quanto ao enriquecimento de Pimentel, se ;e lícito ou não, não tenho certeza nem informações suficientes para dizer se ele é culpado ou não. Isso deve ser feito por um poder democrátio, o judiciário, que tem a capacidade de julgar alguém com base nos argumentos e provas de acusação e defesa.
    Agora que o ministro mentiu, e mentir para a imprensa é mentir para o povo brasileiro, mentiu. Não deu as palestras, nem foi contratado pela empresa de refrigerantes. Isso é fato, não é matéria de crença ou ideologia ou seja lá o que for.
    Quanto ao livro do jornalista araponga, acho que o mínimo aceitável é que, já que se faz um lobby tão “reforçado” para colocá-lo em pauta, os acusadores e aqueles que vivem pedindo “respostas” coloquem claramente o que acham que ocorreu – tráfico de influência ? enriquecimento ilícito ? direcionamento de licitações ? – e quais as provas. Seria menos desonesto do que ficar clamando por “justiça” só com base no título do livro – mas também pode ser a jogada de marketing político – além de vender mais livros para os mais inocentes fortalece o PT, já que sabem que o mesmo vai sair de circulação assim que a justiça atender os processos.
    Agora deixa eu dizer o por que acho que ninguém (nem a Record) faz isso e por que o que deveria ser matéria de jornal virou um livro – não tem provas, nem indícios – são só acusações… vazias… como o dossie Cayman, a lista de Furnas, o dossiê dos Vedoin, a planilha de gastos da Erenice…

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Grande Corintiano( falar em Corinthians,depois da lavagem do Barcelona – formar jogadores e não brucutus.)
    Li o livro do Amuary Ribeiro jr,não sendo especialista na área e mesmo assim fiquei de boca aberta do início ao final.
    Dinheiro que via pra lá e vem para cá,volta outra vez,e vem outra vez para cá,empresas nas Ilhas Virgens se toranam sócia de empresas não tão Virgens aqui – e em cada capítulo enxurrada de documentos comprovando.
    Não sou um auditor fiscal e nem técnico judiciario para saber se os documentos são falsos ou não.É a imprensa que com os dados deveria investigar sê falsos ou não.Os acusados a mesma coisa.
    Agora o SILENCIO(negrito) da imprensa e dos acusados – é que reforçam a minha crença no livro A Privataria Tucana de Ameury Ribeiro jr – como SILENCIAR em acusações tão sérias?
    Grande abraço
    Pedro Luiz
    PS – as redes de TV no Brasil para mim tudo gente boa – como em todas as Mafias.

  • Corinthians

    Pedro Luiz Moreira Lima – 20/12/2011 às 15:24
    Eu até senti um pouco pelo Santos e pelo Neymar – entraram com salto alto… Neymar ainda precisa crescer e aprender a jogar pelo time (aliás a grande imensa maioria dos jogadores aqui precisa aprender isso) para poder então competir com Messi.
    Mas voltando ao assunto – já houveram notas dizendo que será feito o que é possível neste caso – processar o autor e que as acusações são falsas.
    Os documentos não são falsos – qualquer um pode verificar os documentos nos cartórios, nos bancos… são documentos públicos afinal. O problema é que a documentação não prova nada. Aliás prova que as empresas foram abertas de acordo com a lei e pagando impostos, ouq ue as movimentações financeiras foram dentro da lei – aliás dentro da lei que Lulla usou para elogiar o sistema bancário brasileiro com “policiamento” do BC.
    A coisa é tão fraca que nem matéria vira realmente – a matéria é o lançamento/vendas do livro, e não o que está contido ali. O que me espanta é mesmo o SILÊNCIO do acusador perante a negação das acusações. Para quem gosta de comparar – o PT principalmente que investe no nivelamento por baixo – segue a diferença:
    Pallocci – acusaram de enriquecimento ilícito e tráfico de influência, e claro ele negou. Aí mostraram que ele tem apartamento incompatível com seus ganhos, e questionaram suas consultorias e clientes – e ele não respondeu.
    Lupi – acusaram de enriquecimento ilicito, corrupção e tráfico de influência, e ele claro negou, disse no congresso que não conhecia o dono da ONG… aí veio um vídeo e mostrou que ele estava mentindo
    Orlando Silva – acusaram de corrupção passiva, e ele claro negou, até disse com razão de que o grande acusador é um criminoso. O problema é que aí comprovaram que o criminoso era recebido sem precisar marcar audiência no ministério. O criminoso é do mesmo partido do ministro. O ministro então acabou por responsabilizar Agnelo Queiroz pelo esquema.
    Arruda – acusaram de enriquecimento ilícito e corrupção, e claro ele negou… também disse que o grande acusador é criminoso, só que aí vieram os vídeos… esse pelo menos ficou preso por um tempo
    Serra – acusam de enriquecimento ilícito, tráfico de influência e corrupção. Ele nega e diz que o grande acusador é um criminoso. Aí vemos que não há provas e que o criminoso é praticamente um funcionário do partido oposto, tendo participado do comitê de campanha da Dillma… e os acusadores ficam quietos. Viu a diferença ?

  • Corinthians

    Recomendo a leitura deste artigo de Merval Pereira no Globo (link é para o blog do Reinaldo Azevedo que reproduz o artigo) que reproduz com um texto bem melhor que o meu o por que o livro é nada mais que a tática petista para campanhas sendo aplicada:
    http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo/geral/o-livro-vendido-de-ficcao-vendido-como-nao-ficcao/

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Grande Corinthians:
    Em relação ao futebol concordancia absoluta – precisamos dos v elhos e craques “cabeças de área” – Zito,Pintinho,Andrade,da sel de 70(deu branco) – e o fim dos Chicões,Dungas…
    Quanto ao livro,decumentos e acusações – somente o tempo dirá – ou uma CPI, ou a MP enfim alguma coisa deve acontecer para o bem ou mal dos acusados ou acusador.
    Um grande abraço
    Pedro Luiz.
    PS – minha grande esperança é meu Mengo voltar ao velho toque de bola – de Zico,Andrade,Leandro,Junior,Adílio…

  • Corinthians

    Pedro Luiz Moreira Lima
    Acho que outros iguais Zico, Sócrates, Pelé não devem aparecer tão cedo. Os tempos são outros, não pelas regras ou maneira de jogar, mas hoje falta o espírito de equipe.
    Quanto ao livro, eu acho que CPI, depois de 9 anos de governo petista sem nada aparecer, não deve ocorrer. Quanto ao MP, tem realmente que processar (como o fez várias vezes – mas não conseguiu levar os processos adiante por falta nem de provas, mas de indícios). É notório que FHC por exemplo viaja de avião de carreira como qualquer outro – o que seria meio impensável para qualquer um que tenha desviado “bilhões” de reais.
    Mas nem é isso meu ponto. É que existe uma cobrança pelo silêncio dao PSDB/Serra/FHC – mesmo com as notas emitidas – mas o fato é que para responder acusações, elas precisam ser feitas às claras. Nem a Record ou Carta Capital fizeram matérias a respeito das acusações, foram sobre o livro e o autor.
    Para cobrar respostas, as perguntas trem que ser feitas às claras – como o foi para o Pallocci, Lupi, Orlando Silva, Arruda, etc. etc.

  • Pedro Luiz Moreira Lima

    Não vou chamá-lo de Corinthians – Coritiano é mais justo!
    Amigão,o melhor é tudo ser respondido abertamente. O Congresso é o lugar ideal, na Justiça alguem decide que deve correr”sob sigilo de justiça” e aí ficaremos a ver navios.
    Somos cidadãos todos nós estamos cansados de “Cidadão acima de qualquer suspeita” e são esses em todos os partidos,de togas,grandes,medio e pequenos empresarios,padres,pastores,donos de jornais,de radios,de televisão…que ao serem apanhados ou acusados – se escondem ou fingem uma pretença HONRA.
    Apoio a CPI e serei um dos que farei pressão para que não termine num acordão e nós cidadãos com cara de bobos.
    Um grande abraço
    Pedro Luiz

  • Corinthians

    Pedro Luiz Moreira Lima
    Concordo com tudo o que você disse… só fica faltando a acusação às claras mesmo.