Apesar de uma certa choradeira sobre “preconceito e intolerância” durante a campanha eleitoral, foi positivo o pronunciamento de hoje da presidente eleita Dilma Rousseff na reunião do Diretório Nacional do PT, em Brasília.

Ela reconheceu que o PT defendia posições que delicadamente chamou de “ingênuas” no passado — referindo-se, sem citar, a delírios tresvairados como o calote na dívida externa, que Lula tinha com carro-chefe do partido durante anos — e pediu maturidade ao partido para aceitar alianças (leia-se menos sede ao pote).

Mas a presidente pisou na bola ao cutucar, sem o menor fundamento e a menor necessidade, o trabalho realizado durante 8 anos pelo governo FHC — que permitiu a Lula governar com estabilidade econômica e folga de caixa — ao elogiar a “herança bendita” deixada pelo presidente, obviamente uma menção à injustamente denominada “herança maldita” do antecessor de Lula.

A “herança maldita” foi muitas vezes elogiada pela pessoa que é hoje da mais absoluta confiança de Dilma, e cujo papel em seu governo ainda não está definido: o deputado por São Paulo e ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci, o homem que ganhou a confiança dos mercados internos e internacionais para o governo Lula no primeiro mandato, antes de ser abatido pelo caso da violação do sigilo bancário do caseiro Francenildo, no começo de 2006.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + sete =

Nenhum comentário

Mario C Ventura em 22 de junho de 2013

Sobre o pronunciamento da presidente, Uma coisa precisa ser dita. Com relação a por exemplo destinar 100% dos impostos do petróleo para a área de saúde e todos os impostos que são destinados a tantas outras áreas. O grande problema, não é a falta de recursos e sim o desvio dele. Que bom seria Srª Presidenta se os 100% á que a Srª se refere, chegar a ser integralmente usado na saúde! Pena que boa parte dessa, some no ralo da corrupção, ineficiência de gastos e má gerencia dos recursos. Vejo hospitais sem médicos, sem infraestrutura básica e em contrapartida, equipamentos caríssimos e delicados em depósitos a anos sucateado e sem uso! Quanto valia esses equipamentos na época da aquisição e quanto foi pago pelos mesmos? O problema Srª Presidenta, não é falta de recursos e sim a roubalheira dos mesmos e a corrupção que impera nesse nosso Brasil.

elionier em 20 de novembro de 2010

Já pensou se o caso Celso Daniel fosse ligado ao PSDB? Este PT estaria fazendo um carnaval melhor do que o da Bahia. Agora ,eles vão pocessar o promotor pelos falsos qto ao PT. Se eu fosse o promotor, aconselharia que fizessem isto. Qto a Dilma, juro que eu tento dar um votinho de confiança p ela, mas assim fica dificil. P eles o Brasil só começou na era Lula.

Peixoto-P.Prudente/sp em 20 de novembro de 2010

Cara, eu te respeito e admiro. Você publica os comentários daqueles que lhe discordam. Tem uns caras aí (A. Nunes e R. Azevedo) falando com ironia e em tons poucos elegantes, sobre o assunto "os três porquinhos". Eles não publicaram meu comentário contrário aos deles. Eu escreví: Os três porquinhos do PT são muito mais dignos do que estes três Capachos: A. Nunes, R. Azevedo e D. Mainardi. Espero que você publique. Abraço e bom final de semana.

alexandre fernandes em 20 de novembro de 2010

não sou daqueles que jogam tudo que o fhc fez no lixo. a lei de responsabilidade fiscal foi uma conquista e as privatizações também. mas essa afirmação de que por causa do proer o sistema bancário ficou imune da crise 2008-09, eu discordo um pouco. na época eu li que um dos motivos dos bancos brasileiros não terem sido afetados pela crise foi que eles não se internacionalizaram, não se meteram com as operações de subprime, como muitos bancos europeus. e isso não tem nada a ver com o proer. o proer foi um programa de ajuda aos bancos que tiveram dificuldade na transição de uma economia inflacionária para uma estabilizada. pode ter evitado uma crise sistêmica em 1995-96 mas daí a dizer que imunizou o sistema financeiro 13 anos depois, aí não vejo muita lógica abraços e parabéns por aceitar discordâncias. na internet isso infelizmente não é muito comum.

alexandre fernandes em 19 de novembro de 2010

estava lendo o comentário do rodrigo souza e ao responder vc colocou um ponto interessante : o fhc enfrentou uma sucessão de crises mundias. isso é fato. mas uma das crises foi provocada pelo governo dele do primeiro mandato(quando o câmbio era fixo). na literatura estrangeira a crise de 1999, se chama "crise do real". como o brasil tinha um câmbio valorizado artificialmente com o câmbio fixo, por isso que em toda crise mundial o Brasil era considerado a bola da vez. E a crise de 2008-2009 enfrentada pelo lula, simplesmente foi a maior crise mundial desde a grande depressão. eu queria ver o que teria acontecido com o fhc se ele tivesse enfrentado a crise de 2008-09 com o câmbio fixo ! nem gostaria de pensar !!!! E como é que o Lula teria enfrentado a crise de 2008-9 sem o fortalecimento brutal do sistema bancário propiciado pelo Proer, pela privatização dos bancos estaduais podres, pela Lei de Responsabilidade Fiscal e tantos outros instrumentos criados no governo FHC? Acho que precisamos aprender a ver o processo de melhoria do Brasil, que ocorre, apesar de tudo,e continua ocorrendo, como um todo. Abraços

alexandre fernandes em 19 de novembro de 2010

não acho que o fhc deixou uma herança maldita( o itamar franco recebeu uma bem pior) mas também não foi bem assim bendita. em 2002 a inflação estava em 12%, a dívida pública interna líquida na faixa dos 60% do pib, o estado estava sucateado com o funcionalismo público em áreas estratégicas recebendo bem menos do que mereciam, tínhamos uma dívida com o fmi. e para finalizar, se fosse bendita a herança do fhc, o palocci não iria praticar uma política econômica austera em 2003, que inclusive resultou em recessão.

joselito em 19 de novembro de 2010

"...A “herança maldita” foi muitas vezes elogiada pela pessoa que é hoje da mais absoluta confiança de Dilma, e cujo papel em seu governo ainda não está definido: o deputado por São Paulo e ex-ministro da Fazenda Antonio Palocci..." Afinal de contas, o Palocci é do Mal ou é do Bem? Aff, mais consistência, plís. Não se trata de ser do mal ou do bem -- que maneira de ver o mundo, hein, me amigo? --, mas de que Palocci, o homem-chave para o sucesso da política econômica de Lula, elogiou a política econômica de FHC e Pedro Malan.

Wilson Alves em 19 de novembro de 2010

Geeeeente, como vocês estão sensíveis. Dilma apenas fez um elogio ao Governo do Presidente Lula dizendo que recebeu uma herança bendita, se comparada a 2002. Sejam honestos. Ela disse alguma mentira? Disse?! Então me respondam se em 2002: O índice de desemprego era o mesmo ou MAIOR? Nosso comércio exterior era o mesmo ou MENOR? A inflação era a mesma ou MAIOR? O PIB era o mesmo ou MENOR? A taxa Selic era a mesma ou MAIOR? O IDH era o mesmo ou MENOR? O risco Brasil era o mesmo ou MAIOR? O salário mínimo era o mesmo ou MENOR? A quantidade de miseráveis era a mesma ou MAIOR? Nosso reconhecimento como nação soberana era o mesmo ou MENOR? A infelicidade de nosso povo era a mesma ou MAIOR? A transparência nas contas públicas era a mesma ou MENOR? Dilma Rousseff foi bastante educada não citando FHC nem EUA, contudo, deixou claro que pra bom entendedor um pingo é letra.

Anthu em 19 de novembro de 2010

Se a herança maldita foi tão benéfica ao país, o que esperar da herança bendita? Mas não podemos nos esquecer que a bomba relógio do socialismo tosco foi armada, é questão de tempo, vai explodir.

rodrigo souza em 19 de novembro de 2010

Eu não sei o que teria ocorrido com o Lula se ele governasse na época do FHC. O que sei é que o programa de privatizações do FHC não foi lá essas coisas. Vender a metade da Vale por 3 bi não pode ser considerado assim um grande negócio, por ex. Quanto a Lei de Responsabilidade Fiscal considero um grande avanço, que não foi reconhecido pelo PT (errou o PT, e feio!). Também foi muito importante ter salvo o sistema financeiro. O Lehman Brothers é prova disso. A tal da reforma do estado não foi bem sucedida, pois se o estado deixou de gastar com as tais ‘despesas permanentes’, aumentou absurdamente seus gastos financeiros com a rolagem da dívida. A manutenção do Real valorizado entre 96 e 98 também foi terrível para nossa economia. Por causa disso nossos juros foram às alturas e nossas empresas não tinham como competir com as importações (nessa época eu morava em Franca e muitas empresas calçadistas quebraram, por ex.). O que sei é que FHC não aumentou o mercado consumidor no Brasil. O que sei é que o Estado não foi um grande indutor do investimento privado em setores produtivos, nem do crescimento econômico. O que sei é que FHC perdeu a oportunidade de ter sido muito mais do que foi Lula. Setti, acho que até para a atual oposição o FHC foi ruim, pois não deixou boas lembranças. É uma pena. O Brasil seria hoje muito melhor se tivesse tido um grande governo da direita. Quer saber? Acho que o Lula jamais teria se elegido se o FHC tivesse feito um bom governo. Tem lá seus pontos positivos? Sim. Mas as lembranças da recessão, do desemprego, das privatizações a preço de banana e das humilhações com o FMI prevalecem. Mais uma vez, Abraços.

José Carlos Colodette em 19 de novembro de 2010

Fernando Henrique Cardoso, o melhor e mais competente presidente da história do Brasil. Sua estatura é grande demais para ser deixado de lado pelos inimigos. Mesmo quando ele não mais estiver entre nós vai ser um espectro a assustar eternamente a canalha PeTralha, hehehehe...

Ed em 19 de novembro de 2010

Não sei o que a Presidente quer dizer com "herança bendita". Tem pela frente: Copa do Mundo, Olimpídas, etc... E o movimento em obras está em rítmo de tartaruga. Tenho a impresssão que esse governo, vai ser um fiásco. Quanto ao FHC foi o nosso melhor presidente, e esta posição o Lula não consegue tirar dele nunca.

Lacrima em 19 de novembro de 2010

Pelo amor de Deus! Será que vamos ter esses "desabafos" todo mês? Um mandato, se completo, tem longos 48 meses... Essa senhora já não deveria ter cruzado o umbral da menopausa há muito tempo? Tem dó.

Natale em 19 de novembro de 2010

Acho que verdadeira “herança maldita” é o Palocci, um autentico "bode no meio da sala"... Ah! Vamos aguardar mais "caneladas" estão por vir, como por exemplo sobre o "boneco ventrículo".

observadora em 19 de novembro de 2010

Da bebedeira à choradeira o que muda é o radical.

celi em 19 de novembro de 2010

Pura inveja! Nunca vão deixar de falar de FHC.Grande Homem!

Caio Frascino Cassaro em 19 de novembro de 2010

Dados da economia brasileira: 1-Inflação medida pelo IGPM - 12% (anualisada)(só para informação: o IGPM é o índice de reajuste adotado para uma série de contratos, inclusive o aluguel.) 2-Dívida Externa - US$240.000.000.000,00 (aquela que o Forrest Gump de Garanhuns disse que pagou) 3-Dívida Interna - R$ 1.700.000.000.000,00 ( com o detalhe de que foram pagos R$700.000.000.000,00 em juros aos companheiros do mercado financeiro. Como a dívida interna era de R$650.000.000.000,00 ao final do governo FHC e a dívida chegou ao valor acima mencionado, tem-se uma transferência de UM TRILHÃO E SETECENTOS E CINCOENTA BILHÕES DE REAIS para a companheirada dos bancos. Sem dúvida é o maior processo de concentração de renda da história da humanidade.) Gostaria que alguém me respondesse o que há de bendito nessa herança. Para finalizar, ao tal do Pedro das 17:46: 1- Vá fazer um curso de português. Inveja não tem acento e não é consiguir, mas CONSEGUIR. 2- Procure um curso de boas maneiras. Lá voce aprenderá o que é elegância. 3- Frequente uma igreja, adequada à sua orientação religiosa, e informe-se ali sobre o que é a bondade e o que fazer para ser bom. Com essas três atitudes garanto que voce vai CONSEGUIR melhorar na vida.

rodrigo souza em 19 de novembro de 2010

Caro Setti, não considero bom o desempenho de FHC para a economia brasileira. Conseguimos manter a inflação em patamares relativamente baixos? Sim. Mas com um desnecessário custo altíssimo. Vejamos: 1 - crescimento médio anual do PIB abaixo dos 3%. 2 - aumento da carga tributária de 20% para 40% do PIB, aproximadamente. 3 - aumento da relação dívida/PIB de 30% para 60%. 4 - baixa geração de empregos. 5 - pequena distribuição de renda. 6 - necessidade de empréstimo com o FMI. 7 - venda do patrimônio público (por valores mais do que duvidáveis) para facilitar a rolagem da dívida. 8 - risco Brasil acima dos 2.000 pontos. 9 - taxa Selic que chegou a 50 % ao ano. 10 - câmbio fixo artificialmente valorizado por 4 anos. Só esses fatores já são suficientes para considerarmos como pífia a política econômica de FHC. Não vale dizer que a política do Lula também é falha: ela é. Erra principalmente na manuntenção de juros altos (menores do que os da época de FHC, mas ainda os mais altos do mundo) e na questão do câmbio valorizado (mas flutuante). Contudo a equipe do Lula acertou nos pontos: 1 - diminuição da taxa Selic (alta, mas, como dito, muito menor que a de FHC); 2 - manutenção do superávit primário; 3 - políticas sociais (bolsa família); 4 - aumento significativo do salário mínimo; 5 - facilitação do crédito (principalmente o consignado); 6 - estímulo da demanda (por caua dos ítens 1, 3, 4 e 5); 7 - aumento do investimento (PAC, por exemplo); 8 - políticas anticíclicas de combate a crise (diminuição do IPI; aumento de crédito no BB e na CEF; e um discurso otimista de enfrentamento à crise, a tal da marolinha). Essas medidas estimularam o crescimento econômico e a distribuição de renda, gerando o que a Dilma chamou de 'herança bendita'. Teremos problemas no futuro? Parece que sim. Câmbio, desindustrialização relativa, desvalorização das commodities, etc. Mas não creio que dê pra comparar Lula com FHC. Economicamente considero FHC um mau governo. Já Lula avalio como razoável. Minha espectativa é de que Dilma faça um bom governo, rompendo um pouco mais com a ortodoxia. Abraços. Eu queria ver o que teria ocorrido com Lula se tivesse enfrentado a sucessão de crises internacionais que FHC encarou. FHC realizou privatizações extraordinariamente importantes, enxugou um estado gordo e gastador, implantou racionalidade (Lei de Responsabilidade Fiscal, entre muitas outrs coisas), salvou o sistema financeiro e preparoou-o para o futuro com o Proer, começou uma fundamental reforma do estado, abriu a economia, fez o Brasil ser respeitado internacionalmente. Bem, a discussão é longa para um simples comentário. De minha parte, como cidadão, espero que a presidente Dilma faça um bom governo. Abraços

Fernanda em 19 de novembro de 2010

Não sei se foi nesse pronunciamento, mas ela também criticou os EUA...é sempre a mesma coisa...parece até inveja de um país que, embora com muitos defeitos, é democrático e bem sucedido, acima de tudo...um país onde o presidente certamente não fica falando em "heranças malditas" e coisas do gênero...herança maldita, para mim, é a que Lula irá deixar...inflação em alta e irresponsabilidade fiscal, decorrente de um governo desbragadamente gastador...

jose francisco santoro em 19 de novembro de 2010

Como não podem elogiar,o negócio passa a ser desqualificar.Mesquinho,invejoso,complexado,são adjetivos próprios para Lula,Dilma e o PT.

E. Neto em 19 de novembro de 2010

Tem alguém torcendo pro Brasil aqui ?

paulo em 19 de novembro de 2010

ao letrados, quem conhece essa turna desde 64, não precisa perder tempo em escrever coisas coerentes, ou amigavéis. viva a liberdade (democracia) de escrever o que gostamos. ponto final!

Pedro em 19 de novembro de 2010

INVÉJAAAAAAA !!! Jamais consiguirão ser tão elegantes, bons e fazer tanto pelo país.

paulo em 19 de novembro de 2010

fernando henrique de ponta a ponta o melhor do brasil, tão bom que é lembrado até pelos inimigos.

walter em 19 de novembro de 2010

Por que será que estão enrolando o caso da Erenice? Será mais um caso para por embaixo do taPeTe.?

Luiz A Resende em 19 de novembro de 2010

Farsantes são farsantes até que lhes caia a máscara e o discurso mentiroso seja repudiado por quem tem ainda um mínimo de discernimento e o máximo de vergonha na cara.A verdade,segundo Sófocles,é o mais poderoso dos argumentos e,ainda que tarde,sempre acaba prevalecendo.Esse governo de farsantes quando desmascarado será devidamente julgado pela história do Brasil e,nesse tipo de julgamento,não há espaço para demagogos populistas e popularidade não é sinônimo de honestidade.

walter em 19 de novembro de 2010

Esta Dilma não tem jeito mesmo, parece que tem desvio do reto pro cérebro.

Corinthians em 19 de novembro de 2010

Concordo muito com você Setti, e a manutenção desta postura me deixa muito preocupado. Tudo o que o PT faz e diz tem sempre um porém, uma crítica fora de hora, fora de propósito, fora de contexto. Dillma está somente tentando imitar seu mentor, mas sabemos que isso não deve se manter por muito tempo. Ela não tem o mesmo respeito e confiança que o Lulla tem em seus seguidores. Onde vamos parar... me preocupo com estes pronunciamentos pois me parece agir de má-fé. Este tipo de comentário só pode servir para mascarar algo errado...

Luiz R. Souza em 19 de novembro de 2010

Sabe porque os petralhas não conseguem esquecer o FHC. Ninguém consegue esquecer as pessoas que lhes fazem o bem.

clovis marcos em 19 de novembro de 2010

A presidente falava no presente. Daí tirar/ligar/ler outro significado e argumentar sobre, é ver chifre na cabeça de cavalo.Menos Ricardo. []s

peçonhento em 19 de novembro de 2010

A Biblia Sagrada versão Dilma: No princípio Lula criou os céus e a Terra.A terra estava informe e vazia; as trevas cobriam o abismo e o Espírito de Lula pairava sobre as águas... Será que essa gente não consegue viver ser criticar FHC? Não vêem que não foram eles que descobriram o Brasil? Que não foram eles que criaram os céus e a terra? As eleições passaram, eles ganharam, e seria de bom aviltre, que tentassem unir os brasileiros e não jogá-los uns contra os outros!

domingos roberto em 19 de novembro de 2010

Onde está a oposição, parece que se acovardaram e enfiaram a cabeça em um buraco. Acordem e lutem para endireitar esse país antes que os petralhas tomem conta do que resta.

Francisco Armando Fernandes em 19 de novembro de 2010

Esse reconhecimento de que a herança que FHC deixou não é maldita e bendita, deveria ser dita em campanha, mais eles são covardes falam em circuito fechado onde o povo que é enganado por eles não tomam conhecimento, não perdem tempo para ler, alias eles tem que ir ao jogo de futebol, mao baile funk ou tomar umas e outras no buteco da esquina. A cara de pau destes petistas é de fazer corar até o "beiramar"

Urubatan Ponte em 19 de novembro de 2010

É impressionante como essa turma do PT não esquece do Fernando Henrique, embora estejam sempre a agredí-lo, mas no íntimo, eles sabem que tudo começou com O FHC, foi ele quem criou as bases para que hoje a economia esteja nese crescimento todo, e foi o PT que na oposição votou contra a criação do real, a lei de responsabilidade fiscal e tantas outras medidas que ao longo dos anos foram importantes para a solidez da nossa economia, baseada nas pilastras criadas durante o governo do Fenando Henrique Cardoso.

Owl em 19 de novembro de 2010

Vamos para adiante amigos. Vamos ver a herança deixada pelo atual presidente nos próximos 04 anos.

Fatima em 19 de novembro de 2010

Idêntica ao Lula, até no cinismo...

luiz roberto em 19 de novembro de 2010

é vamos ver até onde ela vai !!! acho que nós devemos tomar partido se continuar a acontecer casos de corrupção, escandalos daqui e dali, temos que nos posicionar a ir até brasilia, fazer passeatas pacificas mostrar nossa cara, fazer entender que o tempo de politicos sem nenhum escrupulo ja faz parte do passado, temos que ir progressivamente crescendo em qualidade e honestidade. "em todos os niveis inclusive em nós mesmos"

Ismael em 19 de novembro de 2010

É dor de consciência pelo que ela fez a nossa eterna primeira dama Ruth Cardoso, acrdito que nem durma direito. E a correção da tabela do Imposto de Renda, será esquecimento ou traição eleitoral? Vamos nos mecher senão pagaremos a conta e ela aumentando nossos impostos para gastar com os camaradas!

flavio em 19 de novembro de 2010

e alguem duvida que em 2014 ela vai culpar fhc pela desordem do governo dela?(se chegar ao fim) eles nao tem argumentos para os proprios desmandos. E, o pais calado. a parte rica, entulhada de juros altos. a parte pobre, bebada pelas bolsas. e a classe media espremida sem poder fazer nada.

em 19 de novembro de 2010

OPs....MARIONETE

em 19 de novembro de 2010

Não vou suportar mais 4 anos eles demonizarem o FHC! Nem nisso ela está sendo original...MANIONETE

Seilon em 19 de novembro de 2010

Isso é bom,afinal,ninguém chuta cachorro morto.O PT sabe da importância de FHC para o brasil,e é por isso que eles tentam,de qualquer forma,desqualificá-lo.

Mirian em 19 de novembro de 2010

Caro Setti, eu diria que ainda é muito cedo para falar em herança, muito menos bendita. "O tempo é o senhor da razão."

MANOEL ALCIDES ROCHA em 19 de novembro de 2010

Se ela seguir a esteira de Lula, vai derrapar e cai. Não adianta charadinhas,picuinhas, pois, ela tem um passado telha de vidro. E FHC sabe bater e agora não tem mais o fantasma Lula. Ele funcionou porque temos pelegos políticos e não políticos na essência. cada um mais sujo do que o outro, e nesta eleição cada um querendo se salvar nas urnas. Faltoiu um Carlos Lacerda, um Leonel Brizola, para dar um freio na bobagens de Lula. Isto sim. Ela não tem cacife para atirar em ninguém. Lula surfou por cima da herança bendita das privatizações, do agronegócio, da gasolina alta e dos picaretas. Lula sempre andou debaixo do manto crime de Celso Daniel, cujo secretário particular dele Gilberto Carvalho, acobertou e por isso se tornará sempre um homem forte. Vai ser ministro agora. Toma Brasil!

Carol em 19 de novembro de 2010

Meu Deus!!!!vi o pronunciamento,mas porque continuar falando de Fernando Henrique?Tem algo nisso tudo.Será que é porque se algo der errado,ela vai dizer que foi FHC?Me polpe!!!Onde está a OPOSIÇÃO????Quando Lula era oposição não perdia uma chance para gritar,esbravejar,até quando não era necessário ele fazia oposição.Pelo amor de DEUS oposição,não nos entregue assim de mãos beijadas não.Vá a Luta pelo país.

gaúcha indignada em 19 de novembro de 2010

O discurso é sempre o mesmo. Quem vai pegar uma HERANÇA MALDITA vai ser o partido que assumir depois deles. NÃO ENTENDO ESTES LOUCOS QUE USARAM EM TODOS OS NÍVEIS O QUE O FERNANDO HENRIQUE DETERMINOU NO SEU GOVERNO (Economia, Saúde, Educação, etc...)PARA CONSEGUIR LEVAR O CARA (de pau) adiante. E agora, A COROA vem com o "mesmo papo"... O sanatório é geral...(Augusto Nunes). FORA GENTALHA!!!!!

Paulo Leite em 19 de novembro de 2010

Caro Ricardo Setti, quero parabenizá-lo pela postura adotada em seus textos. Concordo em diversos pontos contigo, discordo em outros, mas é isso que configura uma relação construtiva de respeito e admiração pela intelectualidade. Ao contrário dos unissonos Azeredo e Nunes, o senhor consegue ser coerente e, critica a esquerda quando deve, a preserva quando se faz necessário. Um debate construtivo, que respeita a inteligência do leitor é feito dessa maneira. Há muitos erros no governo Lula e seus seguidores, mas há acertos também. E a oposição somente será forte se compreender este processo e posicionar-se com inteligência e coerência critica, e não com uma gama de adjetivos pejorativos inertes que é a assinatura de articulistas frágeis e extremamente limitados em argumentos, como os citados. Mesmo discordando em alguns momentos, não posso me privar de sua leitura. Parabéns e continue com essa serenidade e criticas úteis...e espero que os demais vejam em teu exemplo um caminho a seguir. Muito obrigado pelo comentário respeitoso e fundamentado, caro Paulo. Discordar é parte do jogo democrático. Não pretendo, ademais, ser dono da verdade, longe disso. Um abração e volte sempre, que será um prazer.

Jorge em 19 de novembro de 2010

Ela não resiste ! Está no DNA. Tem sempre que confrontar. E pede moderação aos cumpanheros. Só ela mesmo! "Wood-face" igual ao "tio" Lula.

Neile em 19 de novembro de 2010

Acho que o problema deles nem psiquiatra resolve. Na verdade ,eles usam essa estratégia porque ela funciona ."Nós descobrimos o Brasil.O Brasil não existia antes de nós.Nós mudamos esse país."Não diria que eles são competentes na arte de enganar porque não enganam a todos .Enganam aos ignorantes e aqueles que ganham com a permanência deles no poder,mas os tucanos não fazem absolutamente nada para desmascará -los.Parecem múmias!

ROSANA em 19 de novembro de 2010

Igualzinha a Lula, nao considera ninguém, começou mal, espero que acabe bem!

Fabricio Dourado em 19 de novembro de 2010

E a oposiçãó já começa a cair no mesmo erro de sempre, isto já seria motivo para todo Tucano aparecer e jogar a verdade na cara destes petralhas, mas o silêncio fazem os 83% de desavisados acreditarem que o Brasil só começou com o "Lulla" mesmo.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI