Começa depois de amanhã, dia 21,na pequena cidade de Davos, nos Alpes suíços, mais uma reunião anual do World Economic Forum — o maior encontro, no planeta, de governantes de países ricos, banqueiros, comandantes de empresas gigantescas, grandes economistas, representantes das empresas de análise de riscos e detudo o mais que possa interessar a um país necessitado de investimentos estrangeiro e de bons contatos com os poderosos do mundo.

A reunião irá de 21 a 25 deste janeiro,e o programa é riquíssimo — abordará desde a crise econômica até se faltam ou não líderes à altura dos desafios do mundo, da biomecatrônica a mudanças climáticas, da segurança internacional e do impacto da China no mundo neste século XXI até aquestão islâmica ou à situação e asperspectivas da produção e consumo do petróleo. Haverá palestrantes vencedores de Nobel e executivos poderosos, como os CEOs da General Motors ou da Yahoo!,além de campeões em seusterrenos, como agricultura, tecnologia, terrorismo.

Entre os 2.500 participantes, políticos de peso — a começar pela chanceler alemã Angela Merkel, o presidente da França, François Hollande,o primeiro-ministro da Itália, Matteo Renzi, e o secretário de Estado dos Estados Unidos, o ex-candidato à Presidência John Kerry –, sem contar presidentes de bancos centrais importantes, como os da Europa, do Reino Unido e do Japão.

Image
Em vez de se encontrar com os poderosos do mundo e com investidores que poderiam ser convencidos a vir para o Brasil, Dilma preferiu ir a mais uma posse — a terceira consecutiva — do presidente da Bolívia, Evo Morales © Foto:abc.com.py

Achefe de um governo de de um país do porte do Brasil deveria se interessar por tudo isso, não? Deveria se interessar por apresentar alguma imagem positiva de um país mergulhado em roubalheira, em estagnação econômica e em paralisia política.

O que, entretanto, fará Dilma nesse período? Em vez de comparecer a Davos, ela irá… à Bolívia. Para a terceira posse consecutivo do companheiro bolivariano Evo Morales, aquele mesmo que mandou tropas do Exército ocupar instalações da Petrobras, em 2006, depois “nacionalizadas” na marra, recebendo em troca afagos de “compreensão” do então presidento Lula.

Para não deixar dúvidas de que descartou mesmo Davos, Dilma viaja para a Bolívia no mesmo 21, depois de amanhã, em que se reúnem os poderosos do capitalismo na Suíça, embora vá participar de solenidades em La Paz apenas no dia 22, quarta-feira.

Pensando bem, é até melhor Dilma não ir. O principal representante do Brasil no evento será o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, que a presidente teve que ir buscar entre quadros simpáticos ao PSDB e que trabalhava num alto posto no grupo Bradesco.

Levy tem mais condições de fazer boa figura em Davos do que a atabalhoada e desacreditada Dilma. Que elaaproveite bem sua estada na Bolívia.

(Para conferir o programa completo do Fórum de Davos, clicar aqui).

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

um × cinco =

59 Comentários

Despetralhando em 26 de janeiro de 2015

De figurantes madamA 616 entende, só no primeiro encalhão (ministérios) são 39.

luiz em 24 de janeiro de 2015

Nossa presidnta pediu clemencia para um traficante e no mesmo dia duas crianças também foram fuziladas com bala perdida. Será que ele mandou condolências para a família. Isso é PT. CONSIDEROU O TRAFICANTE COMO HEROI. E os caras pintadas ainda fazem tumulto,por R$ 0,30 Brasil já era.

Pepe em 23 de janeiro de 2015

Bolivia e petrobras: Nâo tirou evo morales nenhuma refinaria. Mudou o contrato: brasil e outros paises como españa , etc timham ganhos de 70% e o novo contrato mudou para 30%. O lucro que mudou. Ainda com lucro menor todos os paises migrarao de contrato. Lucro menor mais bom.(as percentagens sâo aproximadas)

Jorge Sena em 21 de janeiro de 2015

Até quando vamos ter que aturar o péssimo governo da Dilma?

alberto santo andre em 21 de janeiro de 2015

ha de se convir que dilma e uma rota ,em conhecimento e capacidade gerencial,e ficaria hilario que ela fosse la como diz almir sader,pousar de granfina ,sem conexao nenhuma com a realidade brasileira,que todos conhecem la fora ,e muito melhor que a maioria dos brasileiros ,e que o brasil respeitado la fora de lula ,sempre foi uma miragem atraves de pagamentos de propagandas institucionais da petrobras ,banco do brasil e ministerio do turismo ,e que se chegaram a enganar alguns hoje nao engana a mais ninguem.

pacato cidadão em 21 de janeiro de 2015

Setti, me desculpa mas eu não canso de dizer isso; Porque ISSO é o sonho de todo boboca latino americano: -O Brasil sonha um dia ser a Argentina... a Argentina sonha um dia ser a Venezuela... a Venezuela sonha um dia ser Cuba...bem, Cuba sonha um dia descer a Sierra Maestra e invadir os EUA. Embora já desceu há 50 anos e mergulhou Cuba na escuridão da pobreza e da ignorância, depois de 50 mil concidadães fuzilados no 'paredon' de fuzilamento, conforme o próprio Chanceler Cubano Che Guevara confirmou estarrecedor em 1962 em discurso na sede da ONU com a presença de representante de quase 180 países, quero o mundo todo, mais verdadeiro é impossível!

luiz edegard de souza em 21 de janeiro de 2015

Quando vocês vão se conformar com a reeleição de Dilma? Eu não gostaria de viver num país governado por tipos como Aécio e/ou Marina Silva

Murillo em 21 de janeiro de 2015

Tem muita coisa suspeita nessa historia da encampacao da refinaria da Petrobras na Bolivia. Alguem muito graudo levou uma grana preta pra aceitar o esbulho e ainda passar a mao na cabeca do lhama se franja. E com certeza a maroteira passa pelo Banco Espirito Santo, em Portugal, parada estrategica e mal explicada de voos presidenciais petralhas.

Luiz em 21 de janeiro de 2015

Bolívia não é aquele país que roubou nossas refinarias de petróleo e o Brasil não deu um pio?

paolo em 21 de janeiro de 2015

que chato.e agora,quem irá divertir os políticos de verdade na hora do happy-hour?

Marcelo em 20 de janeiro de 2015

Vai que, em ela indo a Davos, a deixem participar do encontro, hipótese da qual não tenho muita certeza. E num segundo momento, de posse de microfone e na tribuna a criatura resolve dar uma aula (no dialeto dilmês) de economia, de política, de administração pública, de diplomacia ou de qualquer outra matéria na qual ela se acha mestra? Não. Melhor que o aerodilma vá sobrevoar as plantações de epadú de nossos vizinhos.

Rafael em 20 de janeiro de 2015

O melhor que ela faz é ficar de fora, vai pedir dialogo com terroristas, falar do bolsa família e forum de SP, nada disto interessa aos investidores, ela só fala besteira e mente! É só ver as promessa da eleição e as atitudes atuais.

Hinderson Miranda em 20 de janeiro de 2015

Acredito que seremos melhor representado em Davos pelo Joaquim Levy a "presidenta" não tem no quadro de corruptos do PT pelo menos um que se salve... por isso enviará do PSDB

Gabriel Pereira em 20 de janeiro de 2015

Ricardo Setti, peço licença para poder fazer meu comentário quanto ao assunto acima. A Dilma, pra variar, vai defender seus interesses particulares, ao lançar mão de Davos para ir à posse do amiguinho Evo Morales. A presidente Defendeu o Hamas no conselho da ONU, nos Estados Unidos, com certeza não fez nada em Brisbane, por onde passa só faz o Brasil passar vexame... E presidente DEVE se interessar por encontros internacionais importantes, como o de Davos. Melhor mesmo é a Dilma ficar de fora do encontro de Davos e enviar o Joaquim Levy.

Despetralhando em 20 de janeiro de 2015

O problema é que entre Davos e Banânia existe a "terrinha", depois daquele porrete homérico, madama 616 está com uma patin.. atrás.

Nadia em 20 de janeiro de 2015

Agora ela ficou com um pouco de vergonha de ter arrasado com a economia do País e ficou na moita. Assim fazem as pessoas que não têm nenhuma responsabilidade com as finanças. Afinal , aconselharam a presidente a ficar com o evo morales e não se sentir constrangida . Que feio!!!!É melhor se esconder mesmo e dar um longo abraço no evo.

Adriano Mattje em 20 de janeiro de 2015

Cara... juro por Deus... esse tema da Petrobras até hj não engulo... certeza o **** **** ganhou algo por baixo dos panos... porque aceitou muuuuuiiitooooo facilmente esse roubo a mão armada da Bolívia... Cara, perder para Bolívia!!?? Bolívia meu??

domingues em 20 de janeiro de 2015

é o fundo do poço, é pau..., é pedra, é o fim do caminho.

Nilson em 20 de janeiro de 2015

Parabéns Dilma, fazer o quê lá em Davos ? Passar vergonha a gente passa juntos por aqui. Dessa você se livrou. É bem melhor fazer sucesso na Bolívia.

Fortuna em 20 de janeiro de 2015

É melhor a governanta ficar com seus semelhantes do que ir a uma reunião onde só pessoas bem informadas, cultas, educadas e de reputação ilibada, em sua maioria, estejam presentes. Já basta o vexame da última visita da "presidentA" em Davos. Brasil está no rol dos países anões, logo não tem lugar entre os poderosos.

Mairalur em 20 de janeiro de 2015

Tomou decisão acertada. Ela iria tecer loas a sua magnífica atuação, aos pobres que tirou da miséria, à economia toda certinha, à abundância de energia, ao crescimento do País. Levy, coitado, ao contrário, terá de convencer a tigrada da grana de que ele botará isto aqui nos eixos, desmanchará as burradas feitas pela madame, arrancará nosso couro para cobrir os buracos que a outra abriu com sua irresponsabilidade e incompetência. Não ia dar certo os dois, juntos, lá.Melhor a dona ficar com o Evo.

Leo em 20 de janeiro de 2015

Não publico em hipótese alguma comentários que defendam, estimulem ou mostrem tolerância com a ruptura da ordem constitucional.

Felipe em 20 de janeiro de 2015

Discordo totalmente de que seria pior a presença dela. Vão ficar escutando o ministro e pensando que e uma arapuca. Quando investirem aqui, troca o ministro e cria imposto enorme para que os estrangeirarmos retirem seu dinheiro. Ninguém cai nessa.

Alberto Faria em 20 de janeiro de 2015

Parabéns ao Ricardo Setti pelo ótimo texto. A roubalheira a que se refere é endêmica e, infelizmente, faz parte da "cultura" nacional. Povo e governo são faces da mesma moeda. Somos um país de sorte mesmo. Gostei da masculinização da palavra "presidenta". Remete-nos a uma palhaçada, via executiva, que nos obriga a falar e escrever "presidenta", como se a língua se curvasse a decretos e pudesse ser normatizada. Somos o país da roubalheira, da vergonha, mesmo. Somos um enorme circo a céu aberto para o mundo todo ver.

NaoAcredito! em 20 de janeiro de 2015

Ô Fulano, por que você não vai ao raio que o parta?

José Carlos em 20 de janeiro de 2015

Uma vergonha a menos... Afinal, Dona Vana só abre a boca quando tem certeza!

GENIGERSON em 20 de janeiro de 2015

As regras para publicação de comentários no blog, conforme relembrei aos amigos leitores incontáveis vezes, não aceitam textos escritos somente em maiúsculas, em respeito à boa educação, aos leitores e seguindo uma norma internacionalmente praticada na web. Como presumo que você saiba, palavras em maiúsculas significam palavras gritadas, não é mesmo? 99% dos leitores escrevem assim, como neste texto, em maiúsculas e minúsculas. Peço que você faça o mesmo das próximas vezes. Confira as regras no link http://goo.gl/u3JHm Obrigado

Dayane em 20 de janeiro de 2015

Engraçado como uma pessoa pode pensar que um colunista não se informa sobre o que escreve. Pois eu acho que foi tudo bem colocado nesta coluna. Perfeito! Infelizmente algumas pessoas ainda acham-se mais inteligentes, informadas que o resto do povo. Mas quer saber de uma coisa? Não é preciso ser muito inteligente pra ver o que está acontecendo em nosso país. Não temos um governo e sim um desgoverno, um descaso com o povo brasileiro. Eu faço parte deste povo, e só vejo deveres e nada de direitos. Vejo uma presidente que não faz nada para ajudar o estado, e sim o que lhe é conveniente. Estamos a esmo.

Eduardo Teixeira em 20 de janeiro de 2015

A Dilma é despreparada para estar em Davos, ela estará onde deveria estar, com os índios da Bolívia. O problema é que ela não é mais uma terrorista comunista, ela é a representantes maior do país (pelo menos do pessoal do bolsa miséria) e o fato de ela preterir Davos indica fortemente o pensamento ideológico deste Governo desastroso. A crise bate à porta do Brasil, EUA cresce, a presidenta deveria estar em Davos para tratar de assuntos de interesse do país. Infelizmente essa figura decorativa que chamam de presidenta ainda é uma hippie comunista da década de 60.

ISRAEL ACHERMAN AMBRÓSIO em 20 de janeiro de 2015

Tem um ditado que diz: "Diga-me com quem andas, que te direi quem és." Essa é a lógica que todos estamos vendo, uma mulher que não tem respeito pelas leis, pelo País, pelo povo.

SILVIO A. KARKLES em 20 de janeiro de 2015

Fique por ai, **********!

Cidadão Quem em 20 de janeiro de 2015

Follow the money...

Ricardo em 20 de janeiro de 2015

Dilma, a nossa presidente mequetrefe!!!!!

Fernanda em 20 de janeiro de 2015

Ela poderia ficar por lá...

Fidalgo em 20 de janeiro de 2015

Deixou a petralhada do MAV irritada hem caro Setti? Está tudo correto, irá onde tem gente do nível dela, além do mais ela não me representa, e ninguém que pertença à facções criminosas não me representa, enfim, praticamente não tenho ninguém que me representa politicamente.

Luis em 20 de janeiro de 2015

Podia ficar lá a vida inteira e sumir no meio das plantações de coca... Desgraça do Inferno!!

Ana Block em 20 de janeiro de 2015

existem períodos que a vergonha nos assola! Estamos nele! Não pelo bolsa família e pela luta de tirar brSileiros da miséria, mas por ver processos que seriam nobres como pano de fundo ou de frente para tanta corrupção e desejos da carne de ficar no poder! Eh diabólico! Um Brasil com educação lamentável, justiça muitas vezes duvidosa, saúde depenada e virtudes no mal caminho! Se compararmos isto a recém notícia que 1% da população do mundo detém 99% dos recursos! Existe uma permissividade que eh colocada pelo poder do capital!

adelu em 20 de janeiro de 2015

-Graças a Deus eles não ficarão sabendo o quanto os neuronios tico e teco entram em conflito quando nossa presid*NTA abre a boca.

Andréas em 20 de janeiro de 2015

Que ela coma uma salada com folhas de coca e não volte mais. Perto dela até o Temer parece competente.

Lauro em 20 de janeiro de 2015

Aos amigos leitores e indignados como eu, quero que conheçam um pouco do projeto de lei, ainda sem número, da poupança solodária. Onde seus ganhos mensais são, parte, propriedade do governo, isso mesmo, você terá que depositar parte do seu salario em uma conta do banco do brasil ou caixa econômica. Este dinheiro poderá ser resgatado em 7 anos, mais eles irão pagar em pequenas parcelas em até 14 anos. Mas quem sou eu para que acreditem neste tipo de coisa, entao pesquisem no google "poupança solidaria", está no site da câmara.

Cliz Monteiro em 20 de janeiro de 2015

Melhor do que nos envergonhar mais uma vez com seu despreparo e arrogância vazia.

Pedro em 20 de janeiro de 2015

Morrem 60 mil vítimas de homicídio por ano no Brasil; outras 50 mil são estupradas e outras 50 mil morrem em acidentes automobilísticos. O país se tornou o maior consumidor mundial de crack e o segundo de cocaína, e o que o PT faz em relação a isso? Se alia a grupos narcotraficantes nos encontros do Foro de São Paulo e desarma a população, contrariando a votação popular do Referendo de 2005, fora os asilos concedidos a terroristas assassinos e a deportação de refugiados para países ditatoriais. Hipocrisia é o governo brasileiro manifestar solidariedade às vítimas do terrorismo quando o próprio pratica TERRORISMO DE ESTADO.

Valeria Duarte em 20 de janeiro de 2015

o último, apaga a luz.....

Elizeu Dionisio em 20 de janeiro de 2015

A COCAÍNA E O CRACK, ESTÃO DIZIMANDO OS JOVENS E FAMÍLIAS AQUI NO BRASIL E ELA SERÁ RECEBIDA COM UM COLAR DE FOLHAS DE COCA, QUE COLOCARAM NO SEU PESCOÇO É OU NÃO É CONTRADITÓRIO, JÁ QUE NO NOSSO PAÍS, GASTA-SE UMA FORTUNA NO COMBATE AO TRÁFICO?

carlos fernando em 20 de janeiro de 2015

Parece que voce não tem nem idéia do que foi a nacionalização da Petrobras na Bolivia e fala de boca cheia da "ocupação militar" das refinarias. Com esses comentários desinformados não ajuda a que as pessoas que se tomam o trabalho de ler sua coluna, tenham a informação correta. Por exemplo vc sabe quanto pagava Brasil pelo gas e em que condições ele vinha? Sabe da historia dos microelementos? Sabe amigo, você é um formador de opinião. Tem a obrigação de informar honestamente. Boa noite. Puxa, obrigado pelo conselho. Eu não tinha jamais pensado nisso. Obrigado por me ensinar.

Jhonnathas em 19 de janeiro de 2015

Muitos erros na grafia! Obrigado pelo toque, caro Jhonnathas. De fato, tinha mesmo. O blog, por sua rapidez, tem esses inconvenientes, mas não apresento como desculpa, não. Já revi o texto e está OK. Mas, tirando isso, você gostou de algo do conteúdo?

cbg em 19 de janeiro de 2015

Agosto? Obrigado pelo toque, cbg. Que agosto, que nada! Estava com a cabeça aonde, quando escrevi. Continue, sempre que puder, apontando erros pra eu poder corrigir. Não tenho o menor pudor em fazer isso, pelo contrário -- sobretudo se contemplado com a atenção dos amigos do blog. Um abração

Brasileiro em 19 de janeiro de 2015

O Evo Morales é aquele que roubou a Petrobras! Ahhhh, isso explica bastante algumas afinidades.

Pais Sério em 19 de janeiro de 2015

Fossemos um pais sério, essa mulher não seria presidente. Fossemos um pais sério, teríamos um presidente a altura de nossa importância como nação. Mas infelizmente, temos um povinho de merda que não lê jornais e não assiste noticiários e é capaz de trocar nosso futuro por um cartão do Bolsa Família.

Ronaldo em 19 de janeiro de 2015

Engraçado é que na materia fala perfeitamente que quem vai sao os 1°Ministros, banqueiros e alguns chefes de estado... Por exemplo "NINGUEM" esta reclamando que o OBAMA nao ira também e sim o secretario de estado... O prloblema, meu caro e ilustrado Ronaldo, é que Obama NÃO PRECISA precisa dos contatos e investimentos de que o Brasil necessita. Deu pra entender? Estou reclamando porque acho que a presidente não está defendendo suficientemente dos interesses do meu país.

Joel em 19 de janeiro de 2015

Acho natural - com Morales estará entre pares - em Davos e ao lado de políticos de cultura e peso - se sente POUCO CONFORTÁVEL.

Lobinho em 19 de janeiro de 2015

Melhor assim. Estamos cansados de ser representados por uma presidente jeca, caipira e cafona.

marco em 19 de janeiro de 2015

Ricardo, Ela vai estar no mundinho dela, ou seja, gente com pensamentos, arcaicos, atrasados, tacanhos, antigos, ditadores, etc, etc,etc

JB Figueiredo em 19 de janeiro de 2015

Teremos um terceiro mandato da Dilma assim como Morales e Maduro fazem tudo para não largar a carniça? O Grande Irmao Luizinacio manipula as marionetes petistas sem precisar aparecer no picadeiro o tempo todo.

Marcelo em 19 de janeiro de 2015

Bom, a camarada tem suas razões em não tentar aparecer neste encontro, afinal os europeus estão bem atentos quanto à presença de simpatizantes desses movimentos mais explosivos. Não fica bem chegar até lá e dar com os burros n'agua. É bem possível que a preferência pelo cocaineiro Morales seja o resultado de desejo pessoal com uma orientação acertada dos nossos exímios diplomatas.

Paulo/Curitiba em 19 de janeiro de 2015

Ricardo, olhe o lado bom da coisa: não vamos passar vergonha em Davos com mais um dos ridículos discursos da presidenta. Deixe ela ficar com o amigo de infância Evo (que está cada dia mais parecido com o Zacarias).....

pedrao em 19 de janeiro de 2015

Que ella deguste um belo pudim de maís vermelho acompanhado daquele chá revigorante dos altiplanos, e que isso provoque-lhe uma constipação intestinal que dure quatro anos! Mas que não fique ella, permanentemente enfezada! É o que desejamos a ella ,de coração!Alem do purgante caseiro!

Rodrigues em 19 de janeiro de 2015

Não é possível que isso seja um protocolo de governo, como pode ser possível, o Brasil numa conjuntura dessas que passa deixar de comparecer em uma conferencia de estadistas dessa magnitude para fazer sala a um mequetrefizinho lantino, desafeto da nossa cidadania, isso é piada, ou essa gestora está querendo mesmo é nos humilhar, como se fossemos culpados do seu passado inglório. Só nos resta pedir socorro aos Céus.

racional em 19 de janeiro de 2015

Coerente com suas raizes comunistas. Afinal, como guerrilheira, ela queria o comunismo e o sonho, para ela, nao acabou!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI