Image
O plenário da Assembleia Legislativa do Maranhão: quem manda são os Sarney, e não haverá sequer votação do pedido de impeachment. CPI, então, nem falar (Foto: al.ma.gov.br)

Isso é que é valentia, não é mesmo?

O presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Arnaldo Melo, do glorioso e ínclito PMDB — partido aliado ao lulopetismo no governo federal e na maioria dos Estados –, arquivou o pedido de impeachment contra a governadora Roseana Sarney, do mesmo partido.

O pedido fora protocolado por advogados que atuam na área de direitos humanos, sob o argumento de que a governadora foi omissa no tratamento da crise no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde 62 presos foram assassinados desde o ano passado e onde se deram cenas dantescas e horripilantes, com cadáveres dos mortos sendo decapitados ou esquartejados.

As informações foram publicadas no Diário Oficial da Assembleia nesta quinta-feira.

O deputado Arnaldo Melo considerou o pedido de impeachment “inepto” e “sem condições de ser conhecido” — o que, como resultado prática, fará com que a matéria nem chegue a ser votada pelo plenário, com 42 deputados, quando a Assembleia interromper o recesso, no começo de fevereiro.

O clã Sarney, que domina o Maranhão há 50 anos, não quer correr nenhum tipo de risco, mesmo que a oposição mal cheque a 10 dos 42 deputados estaduais maranhenses. Da decisão do presidente da Assembleia, aliado de Sarney, cabe recurso ao plenário, mas ninguém com dois neurônios funcionando acredita que o arquivamento seja revisto.

O presidente da Assembleia fundamenta o arquivamento em um parecer da Procuradoria-Geral da própria Assembleia e na lei que define os crimes de responsabilidade. Os advogados lamentaram o “arquivamento precoce” e acusaram a Assembleia Legislativa de ser cúmplice dos crimes cometidos em Pedrinhas. “Não investigar e não responsabilizar é ser cúmplice pelas mesmas violações de direitos humanos”.

Como também não haverá intervenção federal no Estado — algo fora de cogitações em ano eleitoral –, nem votação de impeachment e, certamente, nem CPI para apurar a barbárie de Pedrinhas, pode-se dizer que está tudo normal no Maranhão dos Sarney.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

11 − 9 =

Nenhum comentário

paulo lagoa em 20 de janeiro de 2014

Entendo sua indignação, caro Paulo, mas não publico comentários que louvem "soluções" violentas para problemas do nosso país. Abraço

José Fernando em 19 de janeiro de 2014

O que esperavam? O estado do Maranhão ganha em todos os quesitos, temos de parabenizar o clã Sarney. Um filósofo diz que o só povo pode mudar isso. Mas cadê o candidatos, temos sim, porque as grandes mídias não fazem campanha pelo melhor? Gente não existe melhor que o ninguém, eu sempre voto nele e fico feliz, senhores atinem para este candidato, analisem o seu passado, sua moral ilibada, parem de sonhar com o impossível. P.S: Não é só no Maranhão existem outras capitanias hereditárias,(é só procurar).

Solismar em 18 de janeiro de 2014

Vamos dividir o Brasil em vários países; então, o Maranhão será totalmente só deles, sem que eu precise pagar a conta das "lagostas"!

Anti CorruPTo em 18 de janeiro de 2014

Seu comentário preconceituoso e racista foi deletado.

Anti CorruPTo em 18 de janeiro de 2014

Seu comentário absurdo, racista e preconceituoso foi deletado.

marcos veloso em 17 de janeiro de 2014

SALVE,SALVE A DITADURA SARNEYSSISTA CINQUENTENÁRIA,sem leis a acusar,sem votos a o impeachment,sem dores ao caminho da leveandade pura e ofensiva.Somente desta maneira para falar de uma familia unida ao nada a favor de tudo ao largo tempo destruindo um estado lindo como maranhão.O VOTO PODERÁ MUDAR TUDO,PENSEM NO FUTURO.Espero que as gerações dos sarneyssista não possam criar novas cobras para uma dia mutilar um caminho que,será de vitória para quem souber votar consciente para a sensatez.

Aurea em 17 de janeiro de 2014

Acho o cla Sarney detestável mas nao acho que seja caso de impeachment. Eles estao no comando do Estado há 48 anos com a aprovaçao massiva da populaçao. Claro que eu fico tao estarrecida e revoltada com a situaçao quanto qualquer um dos demais leitores mas, infelizente, ela está ocpupando o cargo legalmente e nao foi condenada em nenhum processo.

Luis R N Ferreira em 17 de janeiro de 2014

José Sarney transformou o Maranhão em uma espécie de condado medieval. Uma espécie de Transilvânia onde ele sobrevive à passagem do tempo sugando o sangue dos maranhenses tal e qual um Conde Drácula, o imortal.

Apoc em 17 de janeiro de 2014

Ah se isso tivesse ocorrido nos presídios de São Paulo. A maria do rosário estaria histérica.

Ronaldo Barra em 17 de janeiro de 2014

Caro Ronaldo, entendo sua indignação, mas seu comentário estava repleto de acusações pesadas que só podem ser publicadas com provas. Além do mais, além de críticas continha ofensas e xingamentos, o que não admitimos no blog. Precisei, portanto, deletá-lo. Abraço

jorge em 17 de janeiro de 2014

É caro SETTI,será que esse presidente da assembléia legislativa do Maranhão,vai conseguir evitar que o povo do Maranhão,dê uma lição a essa quadrilha nas urnas. Creio que essa chance é próxima a zero. Grande abraço caro Setti. Outro abração pra você.

gastao em 16 de janeiro de 2014

vera,concordo totalmente

moacir 1 em 16 de janeiro de 2014

Prezado Setti O arquivamento do pedido de impeachment de Roseana Sarney era mais do que esperado.O tal do presidente da Casa do Povo,o prezado deputado Arnaldo Melo é do PMDB,ora bolas!,e mais um tutelado pela FAMIGLIA Sarney. Tenho lido os jornais e blogs maranhenses.Pense numa imprensa amestrada.Para a maioria dos veículos a Capitania Hereditária é assim uma Dinamarca, abaixo da linha do Equador, onde não existe pecado.E ficando rica num ritmo saudita dos anos 70! É difícil entender que jornalistas sejam vassalos submetidos às ordens dos Sarney e produzindo ,em série,matérias a favor de uma gang que há décadas se dedica à delinquência política. Porém ,o jornalista Palmério Dória,salva os brios da Pátria no seu livro Honoráveis Bandidos,no qual Sarney Pai é protagonista. No Maranhão os jirnalistas chapa branca estão escrevendo que o impeachment tinha as covardes digitais de Flávio Dino,que estaria moooorrendo de medo de enfrentar o canditado do clã nas urnas e tentou,portanto,ganhar as próximas eleições no tapetão. Jogam sujos esses maranhenses.Agora,o clã da Praia do Calhau,dessa vez,ficou nervosinho.O estrago político foi grande. Vejamos se o PT terá a cara de pau de continuar apoiando os caudilhos,ou,como tenho lido aqui e ali,vai lançar candidato próprio ao governo do Estado. Abraço

Trovão em 16 de janeiro de 2014

Setti, felizmente na Bahia a ditadura do ***** acm acabou, porque, graças a Deus, elle morreu, mas até hoje, ainda existe pessoas que acreditam que o ***** é o deus, que ***** mas a bahia progredia. Depois da morte da ******, aqueles políticos que eram humilhados, serviam de capacho, para o *****, passaram até para o lado do partido do lulla, como é caso do vice governador e o ministro que cuida das estradas. O mesmo vai acontecer com esses capachos da famiglia do ditador, esses seres subservientes, lambe botas, porque se depender do povo que vende o voto por uma garrafa de pinga, esse ditador nunca morre.

Vera Scheidemann em 16 de janeiro de 2014

Infelizmente, já era um desfecho mais do que esperado. Mas nada dura para sempre e o clã um dia vai passar ! Vera

não erro uma em 16 de janeiro de 2014

- Pior é qeu concordo com oca ra, pode pareer brincaderia, mas concordo.... o caso Coloor é um belo exemplo, ele foi cvaaçdo, sim, caçado, PRIMEIRO, porque tinha OPOSIÇÃO,coisa que o Lula não teve , nem a Dilma.... tinha a midia, o PMDB e muito masi contra, tiodos, visando sos eus interesses, além da unutil UNE, do pilantra petista candidato ao governo do Rio, o que fazia aqulio pelo bem do Brasil, comod ecalrou ao falecido Clodobil, na extinta Mancehte, tinham INTERESSES POR TRÁS... o Dotô, o Ibsen queriam ser presidentes, a achavam qeu caçando o Colloor se tornariam heróis e cosnequentemente seriam eleitos.... MAS, o Ibsen quebroua c ara, foi logo caçado, isso caçado, e o Dotô, .... os peixes comeram...... - SENHRO, DEVE TER A MINAHN DIADE, OU POUCO MENOS, E SABE MUITO BEM QUE, cassação só ocorre se: 1)o processado ( se sechara ser ) não tiver apoio politico, 2) houver interesse em sua cassação, seja pessoal, aprtida´rio, quelquer um tipo... - Obs: O FATO, O QEU FEZ OU DEIXOU DE FAZER É DETALHE, DETLHE QUE NÃO INTERESSA.... pergunto. O COLLOR FEZ COISA QUE MERECIAM A CASSSAÇÃO, PIORES DO QUE O LULA??????????????????????????????????????????????? - - certamente que não. Pergunto novamente: houve algum processo contra o Lula? claro qeu não... ouvi de um deputado idiota qeu UM PROCESSO CONTRA O LUAL DESESTABILIZARIA A PAIS... e o do Collor, quando nos saímso de uma inflação galopante, e coisas mais???????? - Obs: não defendo o Collor, mas NÃO CONCORDEI COM a cretinisse, coma falta de regras, com a alteração até do regimento interno da cãmara, com tudo de erreado qeu foi feito, e da froma com o foi.... sem falr nos cars pintadas, maior imbsute..... sisndciatos ligfados ao PT pegavam crainaçs nas escolas e as levavam para as ruas,a té em outras cidades ou estados, como BraSília.. FUI TESTEMUNHA DE UMC SO QEU PEGARAM CRIANÇAS EM uma cidade do Rio e as elvaram apra Brasília, SEMA DEVIDA EPRMISSÃO DOS PAIS..... e tem cosia pior... - No caso do MaRANHÃO, apenas querem acabar coma candidatura dele ao senado, deve ter gente do PT interessada.... - outro caso, o de Brasilia, a cassação do senador Luiz Estevão.... foi porque interessava ao RORIZ, uam vez que ele ( seandor ) serai ELEITO GOBVERNADOR,de primeira, de barbada....

tiao em 16 de janeiro de 2014

Aqui em São Paulo também é assim.O Geraldo deita e rola.

Marcos em 16 de janeiro de 2014

Caro Setti. Impossível comentar o insidioso comportamento desses corvos da As. Legislativa do pobre Maranhão, sem atentar contra as regras deste civilizado blog. Ao menos, CANALHAS!!!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI