Image
Enquanto a Espanha sofre fuga de capitais, a Suíça emite papéis de sua dívida pública a juros negativos (Ilustração:tudosis.es)

Duas faces de uma mesma crise financeira: a Espanha — e a velha e inevitável Suíça.

Provavelmente os amigos do blog já leram ou viram que, na Espanha, o baque da crise da dívida pública aparece em números claríssimos nos dados sobre a balança de pagamentos divulgados pelo Banco de España (o Banco Central), segundo os quais o primeiro trimestre do ano registrou uma saída recorde de capitais do país de 97,090 bilhões de euros (242,7 bilhões de reais).

Só em março, 66,2 bilhões bateram asas diante da descrença na solvência espanhola. Os números, brutais para um país lutando para permanecer à tona, são os piores desde que o Banco de España começou a contabilizá-los na forma atual.

Só para comparar: no mesmo período de 2011, ingressaram na Espanha capitais no valor de 20,887 bilhões de euros (52,2 bilhões de reais).

A Espanha vem emitindo títulos para financiar sua dívida pública a taxas superiores a 6% ao ano — sufocantes, intoleráveis para um país europeu. Mesmo assim, para papéis de prazo relativamente curto (três anos). A Alemanha, país mais rico da Europa, se financia a taxas próximas de 0%.

Agora, a Suíça:

A enorme procura do franco suíço, tradicional moeda forte, como reserva para enfrentar esses tempos bicudos levou a Suíça a emitir dívida pública desde o ano passado – e, acreditem, a juros negativos!

Sim, a Suíça, que consegue ganhar dinheiro com praticamente tudo, conseguiu a extraordinária proeza de receber dinheiro por emitir dívida.

Esta semana, o BC suíço colocou no mercado títulos no valor de 688 milhões de francos (1,43 bilhão de reais) a juros negativos de 0,6% ao ano – ou seja, além de conseguir recursos com os papéis, receberá por eles, de seus portadores, 4,2 milhões de francos (8,75 milhões de reais) por ano.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =

Nenhum comentário

carlos nascimento em 02 de junho de 2012

Caro Ricardo, Qual foi o receituário que fez a Espanha despencar nesse precipício ? Será que por aqui não estamos cavando a mesma sepultura? Atualmente observo que Mantega o nosso "levantador de pib", semanalmente, lança pacotes mágicos, vc deve estar lembrado das velhas práticas, quando todo mês jorravam os planos mirabolantes, Cruzado I, Cruzado II, Bresser I, Bresser II, Verão I, Verão II, até a chegada de Itamar/Fernando Henrique, que sanearam a coisa. Eis que a era da mediocridade nos faz retroagir, tempos difíceis retornam, agora teremos os fatídicos Planos, mantega 1,2,3,4,5...... Oxalá o Senhor nos proteja, o País está parando. abraços Carlos Nascimento.

Think tank em 02 de junho de 2012

Enquanto o Japão, a Alemanha, e a Suiça pagam ZERO ou juros negativos, o Brasil onde os ****rápios propalam estar no auge, obrigam os brasileiros a compensar com MEGA juros de 8,5% aos investidores que torcem o nariz para comprar as letras, notas, e títulos do tesouro tupiniquim. Tudo para sustentar a gastança e a corrupção impune.

Osvaldo Aires em 02 de junho de 2012

off topic Eu estava querendo postar esse longo trabalho cientifico que estou fazendo e para minha surpresa o ze do matogrosso - 01/06/2012 às 21:14 entrou no assunto. Neste texto falo da psicopatia e do passado do Ratinho com Ratão e de sua admiração em promover bandidos - só sendo outro: - PSICOPATAS - COMO RECONHECÊ-LOS E, SE PREVENIR? http://cinenegocioseimoveis.blogspot.com.br/2012/05/psicopatas-reconhece-los-e-se-previnir.html Abraço a Todos Osvaldo Aires

Kitty em 02 de junho de 2012

Caro Ricardo, se não bastasse os nossos problemas locais, e olhe que não são poucos, uma diversificação de malfeitos para ninguém botar defeito! Desde os mensaleiros que junto a o seu chefe,roubaram uma enorme quantia de dinheiro público, bate agora um medo com a aproximação do julgamento do mensalão;o insólito bate-boca de Lula-Mendes; a posição ambígua de Nelson Jobim; o pastelão em que se transformou a CPI do Cachoeiragate; as manobras políticas que lembram praticas anti-democráticas contra a imprensa livre e séria, que seriam usadas como cortina de fumaça para encobrir o mensalão, só para nomear algumas entre tantas outras, temos ainda os problemas econômicos que afligem os nossos caros países Espanha e Itália,que lendo o jornal de hoje, continuam as más noticias sobre a nada confortável situação da euro-zona. Mas, há um terceiro país que goza de bons ventos no meio da crise, a minha cara Suíça! a terra da minha mãe. Pois é caro amigo,a bela Suíça, que consegue ganhar dinheiro com praticamente tudo, conseguiu a proeza de receber dinheiro por emitir dívida e assim estar numa situação vantajosa com respeito aos outros países, que estão batalhando para sair desse impasse e encontra o caminho do tão sonhado crescimento. Parabéns, caro Ricardo, um post excelente, aliás, como todos! Um abraço carinhoso da sua fã Kitty

ze do matogrosso em 01 de junho de 2012

..guardada as proporções e a galhofa, é o mesmo que o SBT com a dupla lula/ratinho, tentar segurar ibope contra a globo, que contra ataca com gabriela...ou não.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI