Amigos, depois de assistir às várias partidas realizadas até agora pela Copa América, este torcedor, como os demais dezenas de milhões de brasileiros, tem direito a palpites, não?

Aqui vão dois:

1. Se continuar jogando o que jogou ontem à noite contra a Argentina — que, somados os valores de seus jogadores, deve ser o time mais caro do mundo –, a Colômbia é séria candidata ao título.

2. A questão só não é tão antiga quanto o penteado do técnico argentino, mas Messi novamente deixa a impressão de que consegue ser o supercraque que é no Barcelona, onde brilha intensamente, porque tem a fabulosa dupla Xavi e Iniesta orquestrando o jogo.

Já Pelé, que continua e até onde a vista alcança continuará único e inigualável, fazia chover jogasse com quem fosse.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × cinco =

8 Comentários

SergioD em 08 de julho de 2011

Ricardo, concordo em gênero, número e grau. Certamente o colega de BLOG Santos não viu Pelé jogar ao vivo, no estádio. Acompanhar lances esparsos apresentados pela TV hoje não é o suficiente para conferir a genialidade do Rei. Mais que jogar individualmente, Pelé tinha uma leitura do jogo que poucos jogadores tinham. Talvez só Gérson e Tostão conseguissem entender o que se passava em campo com a clareza que Pelé entendia. Que pena não termos mais tantos craques quanto aqueles, capazes de modificar uma partida sem precisar da orientação dos "professores". Grande Abraço e bom fim de semana a todos.

sinisorsa em 08 de julho de 2011

vixi, escrevi seu nome di modu erradu! Faiz favô i corriji meu comentaríu, seu mossu.

sinisorsa em 08 de julho de 2011

Na mosca, Sett! Messi,sozinho, não faz verão. Ou será que o que ele faz é meio-corpo? Na dúvida, sou mais Iniesta.

Jose Roberto em 07 de julho de 2011

Chefe , deveria comentar o jogo das meninas. Deixe esses pernas de pau para lá. E como a charge : Tem camisa da Marta, Erika e Cia Bela.

Santos em 07 de julho de 2011

Desculpe mas não concordo que Pelé jogava sozinho. Pelos videos que assisti esse Pelé sempre teve excelentes jogadores a sua volta. Não podemos esquecer o grande Garrincha. Não podemos esquecer a qualidade da seleção de 70 que só tinha craques. Sem eles Pelé jamais seria o que dizem que foi. Sou fanático por futebol, não por jogador A, B ou C. Futebol é um esporte coletivo e não de um homem só. Tá na hora de parar de valorizar este ou aquele nome. O que deve levar-se em conta é o conjunto de profissionais que juntos, cada um dando o melhor de sí, contribuem para que seu time conquiste um ou nais campeonatos.

Marco em 07 de julho de 2011

Amigo Setti: Sei q tu fica brabo quando digo q o teu espaço é influente, vou aproveitar para fazer outro apelo, mudem o horário de boate dos jogos as 10:00,principalmente no Inverno. Vi o 1 tempo e foi um grande pastelão a seleção argentina. Seu técnico está mais para Gardelon ! Abs.

roberto em 07 de julho de 2011

Essa copa america é tão inutil que só passa o joguinho do brasil na tv aberta. Quanto ao esperado por todos, como um bom desempenho de jogadores com Messi, Pato, Neymar etc.. Isso se deve a um pequeno fato, a escalação das equipes, pois não adianta tirar um craque de um time onde ele joga num esquema certinho e organizado e e coloca-lo no meio de várias estrelas que querem brilhar pro patrocinador. Não funciona. Enquanto o patrocinador escalar as equipes com o aval dos presidentes de confederaçoes vamos ver esse futebol mediocre.

Geraldo em 07 de julho de 2011

Caro Setti, Concordo com você nas duas afirmações, mas coloque também o Maradona nessa lista, atrás de Pelé, sem dúvida, mas claramente fazia acontecer. Que gol da Erika, hein? Geraldo

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI