Image
Ronaldo Fenômeno: muitíssimo bem sucedido depois de triunfar nos gramados, suas múltiplas atividades podem envolver sérios conflitos de interesse (Foto: Paulo Whitaker /Reuters)

Amigas e amigos, recomendo fortemente uma das melhores reportagens sobre a situação, hoje, de Ronaldo Fenômeno como empresário, membro do Comitê Organizador da Copa do Mundo e comentarista contratado da Rede Globo, seu dinheiro, seus planos e os possíveis e sérios conflitos de interesse que envolvem suas múltiplas atividades por ser, hoje, a mais influente figura do futebol brasileiro.

A reportagem é de Giancarlo Lepiani, do site de VEJA.

E as duas perguntas complicadas para Ronaldo responder, que não são as únicas, estão lá e são as seguintes:

1. Ele usará o microfone mais poderoso do país para criticar seus próprios parceiros comerciais, como Neymar, seu contratado na empresa de marketing 9nine?

2. Caso o Mundial do Brasil em 2014 seja um fiasco, ele será capaz de afirmar, ao vivo, na tela da Globo, que o Comitê Organizador que ele próprio integra — sendo hoje o interlocutor preferencial da Fifa — fracassou?

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

19 − sete =

13 Comentários

edelcion em 11 de abril de 2013

Da forma como essa copa no Brasil foi tramada por Lula, para dar estadio para curintianos; Ronaldo, Sanches... cada nome.. essa copa será um fiasco anunciado e o povo será penalizado com penurias e descredito perante o Mundo.

jose catunda em 11 de abril de 2013

Quem assiste futebol pela Globo,já ouviu alguma crítica dos comentaristas e narradores.? Estão sempre em cima do muro.Principalmente o Galvão Bueno em relação a Seleção.Então,o que esperar do Ronaldo?

J.B.CRUZ em 10 de abril de 2013

Ronaldo Fenômeno é mais um dos inúmeros testas-de-ferro de graúdos anônimos que abundam o PAÍS, onde se vê claramente a imcompetência para gerir cargos de grande responsabilidades...

Flavio Santos em 10 de abril de 2013

Ricardo, diante das declarações do Romário, fica a pergunta: quando os dois vão bater de frente? Romário é bastante contundente nas suas declarações em relação ao Marin e outros dirigentes. Está certíssimo. Até quando serão diplomáticos um em relação ao outro? Ronaldo vai entrar no balaio de gatos? Abraço.

gilmar em 10 de abril de 2013

Tenho 52 anos e nunca vi a Globo permitir criticas de seus comentaristas em jogos, corridas ou eventos.Duvido e duvido muito que algo vá mudar no se modus operandus, esta emissora já deixou claro varias vezes que quem manda é ela, deixaram o Ronaldo falar que vai fazer mas dai acontecer... vão ser outros quinhento

Camilo Castro em 09 de abril de 2013

Caro Setti: No meu comentário não fiz menção ao grupo abril. Não tive nenhum animo de ofender ou colocar duvidas sobre a veja, médio que leio periodicamente quando me encontro no brasil. Abraço, obrigado por permitir o debate neste espaço. Caro Camilo, eu não "permito" o debate neste espaço. É uma obrigação mínima de quem tem, diante dos leitores, o titular de um blog. Um grande abraço

Camilo Castro em 09 de abril de 2013

Caro Setti: Todos os dias me faço a mesma pergunta. Só que no lugar do Ronaldo coloco a imprensa monopolista. Será que a imprensa monopolista utiliza seus inúmeros meios para criticar seus parceiros comerciais e quem os financiam?. Abraço. Monopólio, como o nome diz, é o controle de uma atividade por UMA instituição. Não sei do que você fala ao mencionar a "imprensa monopolista" no Brasil. VEJA não tem "parceiros comerciais". VEJA tem anunciantes e absoluta independência editorial. Frequentemente, desde 1968, publica, sim, notícias que desagradam a anunciantes reais ou potenciais, como fazem todos os veículos sérios de imprensa do mundo.

Gilberto em 09 de abril de 2013

Lula, mensalão, Andrés Sanches, Kia Joorabchian, MSI, "lavagem de dinheiro", Rede Globo, "espanholização do futebol brasileiro", Ronaldo "Fenômeno de marketing", Comitê Organizador da Copa, FIFA... Parece que além do desejo de poder, eles têm algo em comum ($$$$), não importam os meios.

Titus Petronius em 08 de abril de 2013

Não sou do tipo que odeia a Globo. Agora, acho que quem mais faltou com a ética nesse caso foi a própria Globo, que contratou Ronaldo como comentarista, mesmo sabendo que haveria conflito de interesses. Ronaldo erra, claro, mas a Globo erra mais ainda.

@miltonbsg em 08 de abril de 2013

Estas perguntas vão ficar sem respostas, como sempre acontece.

JT em 08 de abril de 2013

Tudo oque o Ronaldo Fenômeno de Marketing fala é tão espontâneo quanto uma bula de remédio aprovada pela ANVISA.

Marcello Castellani em 08 de abril de 2013

Duvido. Os interesses por trás da questão amordaçarão Ronalducho. Ele está com o rabo preso. Não tem jeito.

Arilson Sartorato em 08 de abril de 2013

Acredito que para a Rede Globo, que sempre fica em cima do muro,não mostra a verdade a população, um rabo preso a mais não vai fazer diferença.

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI