Image
Eduardo Campos: uma revogação da Lei de Anistia poderia, sim, atingir agentes da repressão que não foram punidos, mas se voltaria também contra os militantes da luta armada beneficiados (Foto: Ernesto Rodrigues/Estadão Conteúdo)

As afirmações do pré-candidato do PSB à Presidência, o ex-governador de Pernambuco Eduardo Campos, contrárias à revogação da Lei da Anistia, de 1979, provocaram diferentes controvérsias — inclusive com alguns apontando incoerências entre uma e outra manifestação.

Para mim, porém, o ponto principal foi o que Campos escreveu a respeito em recente artigo na Folha de S. Paulo, chamando atenção para algo que nunca vi incluído nas discussões a respeito — e que tem a ver com os anistiados que participaram da luta armada, e não com os agentes da repressão, principal objeto da campanha para revogar a lei.

Image
Protesto contra a ditadura e pela revisão da Lei da Anistia realizado em 31 de março em frente à antiga sede do DOI-CODI, em São Paulo, conhecido centro de repressão e tortura (Foto: pstu.org.br)

Escreveu Campos, a certa altura:

“Os que falam em rever a Lei de Anistia permitem, involuntariamente, reabrir possibilidades jurídicas para criminalizar, uma segunda vez e agora na democracia, quem lutou contra a ditadura por meio da luta armada. A eventual revisão da lei colocaria em risco todos [os] que dela se beneficiaram”.

Será que os diferentes grupos políticos empenhados no fim da Lei de Anistia, inclusive muitos dos anistiados, levaram isso em conta?

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quinze + 2 =

Nenhum comentário

Corinthians em 09 de junho de 2014

Não vejo mais uma vez como discordar de nenhuma vírgula aqui colocada tanto pelo gigantesco Setti, quanto para o Mestre Moacir, assim como outros comentários que também são alinhados com o óbvio. A Lei de Anistia foi colocada para ambos os lados. Estamos falando de uma lei que não foi novidade no mundo, e até hoje é um instrumento utilizado para que a transição de uma ditadura horrenda para uma democracia seja feita com foco, e principalmente, da maneira mais pacífica possível. É comum - diria que é um clichê - verificar que aqui nestas paragens a grande maioria coloca aqueles que praticaram a "luta armada" como "os mocinhos" e qualquer um com farda militar como "os vilões" da história. Só que não é bem assim. Os ditos mocinhos cometeram assassinatos, torturas e mutilações de muitos civis inocentes, e também de seus próprios pares. Enquanto que parte dos fardados vilões seguiam ordens mesmo sem concordar com a ditadura que ali estava, a grande maioria dos libertários armados corajosos somente na hora de colocar uma bomba em lugar público e sair correndo tinham como único e exclusivo objetivo implementar uma ditadura comunista de moldes cubano/soviéticos no Brasil. A Lei de Anistia valeu para ambos os lados. Se revogada, tem de ser revogada para ambos os lados também - afinal nenhum dos lados é feito somente de virtudes, enquanto que o outro é feito somente de pecados. Desejar que a lei seja revogada para uns, mas mantida para outros nada mais é do que um pseudo-eufemismo para "aos amigos tudo, menos a lei, aos inimigos nada, somente a lei". É querer sim uma ditadura desde que feita por seus pares. Como já lembrado aqui, a Lei da Anistia já foi questionada inúmeras vezes, e foi sempre na maioria das vezes mantida por grande maioria. Já se foram mais de 50 anos! Já passou da hora do país seguir em frente - ainda mais após 12 anos andando para trás.

João Alves em 09 de junho de 2014

Pelo jeito, os terroristas egoístas de outrora ainda pensam que estão numa via de mão única e, prá falar a verdade, tomara que continuem assim eufóricos e esforçados em rever a Lei da Anistia, crentes de que nada lhes sobrarão. Inocentes ! É claro que Eduardo, sendo neto de Arraes, não quer nem pensar nisso !

Henrique Rosa Rodrigues em 09 de junho de 2014

Não seria mais prudente pensarmos no País que gostaríamos, ter, que educação gostaríamos de ter. Que tipo de violência permitiremos, pois, segurança pública está um caos, desarmaram os cidadãos e esqueceram de desarmar os criminosos. Ou é melhor ficarmos remexendo o passado, será que isso é prudente........

Santana*100 em 09 de junho de 2014

Pedro Luiz Moreira Lima - 07/06/2014 às 22:10 Caro senhor: "O pau que dá em Chico dá também em Francisco"! A Lei de Anistia foi para ambas as partes, sem exceções. Sendo assim, se for revogada terá que ser para todas as partes envolvidas, e não só para quem detinha o Poder. Repito: "O pau que dá em Chico dá também em Francisco"!

AREOBALDO TERUELareo em 08 de junho de 2014

Lamento muito, caro, mas as regras para publicação de comentários no blog, conforme relembrei aos amigos leitores incontáveis vezes, não aceitam textos escritos somente em maiúsculas, em respeito à boa educação, aos leitores e seguindo uma norma internacionalmente praticada na web. Como presumo que você saiba, palavras em maiúsculas significam palavras gritadas, não é mesmo? Confira as regras no link http://goo.gl/u3JHm Obrigado

Pedro Luiz Moreira Lima em 07 de junho de 2014

Setti: Nunca estive em Cuba e gostaria muito de conhecer - ver Cuba com seu olhos não me satisfaz - espero um dia poder ir e ver com meus olhos a Ditadura Assassina conforme diz. Estamos falando de uma Anistia de Uma Ditadura e você desvia o foco para Cuba para fugir do assunto - e pior na mesma tecla do anticomunismo fanático da guerra fria. Aliás nunca o vi condenar a Anistia como de 1979, feita de encomenda para os facínoras de 64. O STF é uma Instituição, seus juízes NÃO! a OAB com a participação da ADNAM - onde meu pai era o Presidente na época - entraram com uma ação contra a Anistia de 1979 - infelizmente com exceção de Lewandosky e Ayres Brito com votos fantásticos condenando a Anistia de 1979, os outros juízes de joelhos e acovardados convalidaram a DITADURA de 21/22 e mesmo 25 anos. Espero que as respostas não sejam do tipo "Ame-o ou Deixei-o" tantas vezes repetidos na Ditadura não seria do seu perfil democrático. Saudações Pedro Luiz

domenico em 07 de junho de 2014

A sanha dos criminosos da esquerda, contra os agentes que coibiram suas más intenções em transformar o Brasil numa infeliz Cuba, é tão grande que esquecem que o feitiço pode virar contra o feiticeiro !

Moacir 1 em 07 de junho de 2014

Caro Pedro, Como afirma o Setti ,aqui você jamais condenou CUBA! Seguinte: vai no arquivo e tecla C-U-B-A! Tem mais! Você sempre defendeu qualquer CRIME realizado à esquerda.Desde que canhotos,a morte, a tortura, a prisão arbitrária, a repressão,o aparelhamento do Estado,a destruição da independência dos 3 poderes ,a reinvenção da Constituição de uma nação, enfim,tudo é legítimo NA ESQUERDA OS FINS JUSTIFICAM OS MEIOS! Só para refrescar sua memória LEIA - por gentileza!! - as dezenas de posts de sua autoria defendendo apaixonadamente CHÁVEZ E SEU HERDEIRO MADURO. * http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/vasto-mundo/venezuela-chavez-faz-uso-obsceno-de-sua-doenca-para-fins-politicos-pronto/ * Todos os problemas que eu previ naquele "debate" - muito pouco CORDIAL da sua parte que iriam acontecer na Venezuela- E QUE VOCÊ RIDICULARIZAVA!! - tais como hiperinflação ,desabastecimento , falência da indústria, escalada da violência,insanidade cambial,eleições fraudadas,repressão a manifestantes,perseguição e prisão de oposicionistas, blackout das mídias ,estão acontecendo multiplicados por mil. Afinal, eu não imaginei JAMAIS! que seu cumpanheiro Maduro fosse capaz de torturar e de matar o seu próprio povo NAS RUAS. Dá uma olhada no Youtube,Pedro, e continue defendendo se tiver estômago. É triste verificar relendo o link aí em cima que eu estava certo e você errado. Porém mais triste ainda é ser confrontado - de novo! - com a sua cegueira ideológica e a falta de caráter e respeito às práticas democráticas desses governantes que você defende de forma idólatra. Em respeito à memoria de seu pai - ele sim um democrata e um exemplo para eztepaiz - Pedro, por favor,fiquemos por aqui. Um bom final de semana

Cristiano em 07 de junho de 2014

Alfredo Sirkis já havia escrito sobre isso, no viés da esquerda armada, em http://www.observatoriodaimprensa.com.br/news/view/_ed793_rever_a_lei_da_anistia_e_um_erro

Antoninho em 07 de junho de 2014

Setti, pela folha corrida da atual presidente, http://blogdojgomes-arquivovip.blogspot.... Se aprovada, a nova lei também irá considerar crime financiar ações ou grupos terroristas (penas de 15 a 30 anos), praticar atentado contra edifícios e outras infraestruturas (penas de oito a 20 anos), incitar o terrorismo (três a oito anos de prisão), dar abrigo a terroristas (penas também de três a oito anos) e, por fim, forma ou associar-se a um grupo terrorista (pena de cinco a 15 anos de prisão).

Moacir 1 em 06 de junho de 2014

Leniéverson - 06/06/2014 às 17:01 Prezado Leniéverson, Eu tinha 9 anos recém completados em março de 1964. Naquele tempo, as notícias eram censuradas nos jornais com tarjas pretas,ou substituídas por receitas de tortas e salgadinhos ou pelos poemas de Olavo Bilac. A minha geração foi silenciada.A trilha sonora da minha juventude foi Cálice! - do Chico.As palavras de ordem eram : Ame-o ou deixe-o. O Brasil que pensava foi exilado.Perdi um primo - um belo dia foi ao curso de arquitetura e sumiu - tive amigos presos e torturados.E os meus neurônios foram insultados e a minha liberdade de expressão foi cerceada dia ,noite e madrugada por 20 anos. Portanto ,eu prezo por demais as diferenças,o contraditório, os underdogs, as minorias,o diálogo,o debate, a temperança,o consenso, a civilidade. Acredito na lei, no Estado de Direito,no Parlamento - do latim PARLARE! - e na democracia Defendo as liberdades todas ,principalmente aquela fundamentada constitucionalmente,que nos garante a expressão! Todos tem o direito de pensar como bem entenderem e de dizer aquilo que pensam. E eu encabeço a lista. É que fiquei calado tempo demais, e hoje tenho mais vida para trás que pela frente.Bla-bla-bla não dá mais para ouvir calado. Não tenho mais tempo para ser politicamente correto... e mentecapto.Meu estoque de paciência secou E então, tenha certeza, vou continuar por aqui - enquanto o Setti me publicar - dando nome aos bois.Chamando ditador de ditador.Torturador de torturador.Repressor de repressor.Corrupto de corrupto.Hipócrita de hipócrita.Populista de populista.Fisiologista de fisiologista.Sem vergonha de sem vergonha.Omisso de omisso e por aí vai. Desde que eu possa provar o que afirmo - viva a internet e o arquivo do blog! - não estarei cometendo os mais comuns dos crimes desta Banânia petista.Quais sejam os de calúnia ,difamação e injúria grave. De resto,exceto os textos em linguagem chula,as acusações sem fundamentos, e as famigeradas maiúsculas ,o moderador AQUI,acredita em diversidade de pensamento e a ela garante espaço. Este é um blog democrata.E de opinião,é claro. Um bom final de semana

Pedro Luiz Moreira Lima em 06 de junho de 2014

Caro Moacir1: A lei da anistia de 1979 - é uma lei da ditadura fascista civil militar feita para livrar assassinos,torturadores, financiadores e finalmente os ditadores. O restante de seu comentário é para provocação de um debate "quente".Tou fora amigo. Em nada tenho que me envergonha ou desdizer de minhas opiniões - continuo convicto delas. Se acha que defendo ditaduras depois de tanto papos amigáveis e não amigáveis - nada posso fazer e nem desejo fazer. Os saudosos de Bolsonaro longe de ser uma refer~encia a você, caso tenha achado. Abraços cordiais sempre Pedro Luiz Nunca vi você criticar a ditadura feroz, assassina e corrupta de Cuba.

Seilon em 06 de junho de 2014

Ele foi perfeito!Não dá pra revogar a lei de anistia só para punir os "inimigos". O direito é uma via de mão dupla. Por isso que eu acho que aqueles que querem revogar a lei de anistia,querem é vingança,não justiça,já que esperam que a sua revogação sirva apenas para punir os "inimigos".

Antoninho em 06 de junho de 2014

Setti, entao tu conseguiu o acesso aos autos do processo de Dilma, naquela época. Para aceitar tao bem a pena. Qualquer pessoa pode ter acesso a esses autos. Eu não aceitei nem deixei de aceitar. A pena da presidente foi reduzida por decisão do Superior Tribunal Militar, durante a ditadura. Então, o que você quer que eu diga?

Leniéverson em 06 de junho de 2014

Moacir e Setti, antes de tudo, não estou aqui fazendo uma defesa ou uma posição contrária a ditadura, mas vivemos em uma democracia. As pessoas que são a favor - que não é necessariamente o meu caso - tem o direito de se manifestar, ainda que o blog em tela não publique.Senão vive-se uma ditadura em sinal trocado.

Moacir 1 em 06 de junho de 2014

Prezado Setti, O Sérgio D tem toda razão quando afirma que seria uma babaquice - para usar a linguagem CO-presidencial - acabar com a Lei da Anistia. E você está correto ao ponderar que aqui estamos hipoteticamente considerando um cenário muito improvável e que em nenhum país civilizado se condenaria 2 vezes alguém por um mesmo crime.Porém... O Brasil está divido entre nós e eles.Em extremos raivosos.Há intolerância nos comentários.Tem muita gente salivando.Sinto um saudosismo verde-oliva malcheiroso no ar.querem até um revival da censura! É ingenuidade se pensar que não aconteceriam "investigações" de ambos os lados.Que novos esqueletos não seriam retirados de velhos armários.Que supostos e inéditos crimes de ex-guerrilheros sem juízo não seriam apontados.Que provas amareladas não seriam retiradas de gavetas empoeiradas.Que,por exemplo, se esqueceria do fato de que quando da Anistia muitos prisioneiros foram libertados sem pagarem na íntegra as suas penas.Até aonde iria o revanchismo e que bem isso faria a nação? Longe de mim defender qualquer Ditadura.E muito menos a bananeira.Sofri sob os tacões daquelas botas.Porém há que se definir neztepaiz claramente as normas do jogo.Chega dessa mania esquerdopata de mudar as regras - de forma oportunista e populista! - depois de iniciada a partida. Não quero esquecer o passado.Ao contrário! É preciso recordar os horrores da ditadura militar neztepaiz exatamente para que jamais qualquer outra possa por aqui criar raízes ,inclusive aquelas bolivarianas mui cumpanheiras aplaudidas no foro de São Paulo por nossos governantes. Mas temos que olhar para frente.Pensar o Brasil daqui a 50 anos. E é nosso DEVER hoje NÃO DEFENDER na maior cara de pau, com a mais absoluta ausência de pudor ,sem a menor vergonha,por poder e enriquecimento ilícito aqueles mesmos e velhos crimes contra os quais lutamos há 50 anos - em trincheiras onde perdemos professores,irmãos,primos e amigos - durante 20 longos anos - sendo cometidos por novos obscenos ditadores Ditador é Ditador ,não fazendo a menor diferença se de esquerda ou direita.Chega de hipocrisia. * http://arte.folha.uol.com.br/especiais/2014/03/23/o-golpe-e-a-ditadura-militar/o-acerto-de-contas.html * Abc

SergioD em 06 de junho de 2014

Ah, sim, como já disse por aqui, seria uma tolice revanchista acabar com a lei da anistia. como já disse, de que adianta punir os supostos torturadores se os responsáveis maiores já não podem ser punidos, pois estão mortos? Levamos muito tempo para encarar esse problema, coisa que nossos vizinhos já resolveram. Agora Inês é morta. Abraços

SergioD em 06 de junho de 2014

Ricardo,até mesmo aqueles que foram processados e presos com base na Lei de Segurança Nacional? Entendo que aqueles que não foram processados nem punidos durante aquele período até poderiam ser processados, mas os outros, como a Presidente Dilma, não. Abraços Estamos raciocinando por hipóteses, não é mesmo, caro Sergio? Não vejo muita perspectiva de se revogar a lei, não. Em tal caso, acho que você tem toda razão. Seria um absurdo, contrário a todos os fundamentos do Direito, recondenar pessoas que já pagaram pena. Um abração

João de Oliveira em 06 de junho de 2014

Sem esquecer que Aloísio Nunes o Gabeira também perderiam a anistia.

Moacir 1 em 06 de junho de 2014

Setti, Queria - além de agradecer ao Balbi pelo link - registrar no blog que a queda de 11 para 7 pontos percentuais no Datafolha já obriga Campos a rever "estratégias" e "alianças",pelo menos em São Paulo * http://politica.estadao.com.br/noticias/geral,psb-paulista-defende-alianca-com-alckmin,1506768 * O discurso carinhoso com Luizinácio e mais distanciado do Senador Aécio nos últimos 30 dias parece que não foi abstraído.Complicado tentar divorciar na marra Luizinácio da sua CriaturA de estimação. Parece que já não convence o eleitorado esta história de cães-didatos urinarem só nos postes enquanto a caravana passa.... Abc

LUIZ FELIPE em 06 de junho de 2014

As regras para publicação de comentários no blog, conforme relembrei aos amigos leitores incontáveis vezes, não aceitam textos escritos somente em maiúsculas, em respeito à boa educação, aos leitores e seguindo uma norma internacionalmente praticada na web. Como presumo que você saiba, palavras em maiúsculas significam palavras gritadas, não é mesmo? Confira as regras no link http://goo.gl/u3JHm Obrigado

ricardo em 06 de junho de 2014

Só o cancelamento da " bolsa ditatura" seria uma boa economia para o Brasil.

João em 06 de junho de 2014

É a pura verdade! "pimenta quando arde nos olhos do vizinho, o algoz fica dando gargalhadas, mas, quando os ventos se voltam contra o próprio, os olhos lacrimejam de dor"...

Marco Balbi em 06 de junho de 2014

http://www.jusbrasil.com.br/topicos/26840334/projeto-de-lei-n-573-11/atualizacoes

Carlos em 06 de junho de 2014

Como grande parte dos ********** de antanho está no poder, eles acham que não serão atingidos. Vide a parcialidade da comissão da verdade que só investiga um lado.

Moacir 1 em 06 de junho de 2014

Pedro, É dose defender a Ditadura Civil Militar Bolivariana da Venezuela que mata ,tortura e prende.E você o faz! É duro defender Cuba quando já a renegaram por matar ,torturar e prender até mesmo comunistas do porte de Saramago e Galeano.E você o faz! É dose defender que os médicos cubanos trabalhem em regime de semi-escravidão .E você o faz! É dose defender Pizzolato ,que fugiu para os braços da grande justiça italiana.E você o faz! É dose defender asilo para o assassino e estuprador do Battisti fugido da fascista justiça italiana .E você o faz ! É dose defender esse concurso de agentes mentirosos petistas.E você o faz! A Lei da Anistia não foi imposta a ferro e fogo.Foi negociada e consensual.Permitiu a volta dos exilados e a redemocratização pacífica do Brasil.E foi reafirmada pelo Supremo Tribunal Federal deste país. Então não nos venha patrulhar e nos dar aqui democráticas lições de moral e cívica e de direitos humanos. Falta- lhe coerência para tanto. Quanto a Campos ,se o Balbi - como sempre - nos deu informações precisas - realmente não merece abraços e muito menos votos. Boa noite

Pedro Luiz Moreira Lima em 05 de junho de 2014

Meu Deus! Entre tantas é mais um motivo de me afastar mais ainda de Eduardo Campos - como diriam os saudosistas - "Bolsonaro neles!"pelo menos são autênticos. Infelizmente não dá pra enviar meus costumeiros e sinceros abraços cordiais - defender uma Lei de Anistia vinda de uma Ditadura Civil Militar Fascista é dose! Pedro Luiz

Marco Balbi em 05 de junho de 2014

Meu amigo Setti! Trata-se de uma falácia do candidato! Os dois projetos de lei que tramitam, um na Câmara de autoria de Luiza Erundina e outro no Senado de autoria de Randolphe Rodrigues pretendem alterar o art 1° da Lei. E que alteração seria esta? Retirar a anistia concedida aos agentes do Estado, mantendo anistiados todos os guerrilheiros, torturadores etc. Revanchismo puro. Sabem que se a lei for revogada todos serão penalizados. O candidato Eduardo Campos concedeu a primeira declaração, foi patrulhado pela mídia, em especial o Josias e daí escreveu o artigo publicado na Folha. Abração! Isso seria o fim da picada. Acompanhei durante um tempo a tramitação do projeto de Erundina mas deixei de fazê-lo com o do senador Randolfe. Vou dar uma olhada a quantas andam os dois. Um abração!

Leniéverson em 05 de junho de 2014

Pois é, Setti, certeiro no raciocínio lógico.

Julio em 05 de junho de 2014

Inclusive com a perda das indenizações!!!

Orlando Rodrigues em 05 de junho de 2014

Sem falar que muitos terroristas que receberam indenizações e a famosa "bolsa ditadura"vão perder a mamata.

Moacir 1 em 05 de junho de 2014

Setti, Bem, o Dirceu e Genoíno - que não são apesar de heróis brasileiros "gente da confiança" do Luizinácio" - seriam enquadrados numa penca de novos crimes.Sem falar naqueles da Dona DilmA e Seus Dois Maridos. Agora , eu o Franklin Martins ,ficaria preocupado. Afinal , sequestro, que eu saiba, é crime hediondo. As esquerdas estão patinando mais que a economia! Acorda PT que a revogação da LEI! da Anistia não vai lhe dar nem mais meio voto! O POVO está olhando é para frente e o prometido e não cumprido por corruptos e ex-guerrilheiros... TÁ PEGANDO! Abc

paulu em 05 de junho de 2014

Seria um colírio para a alma, ver estes delinquentes em cana a começar pela Dilma, outros nem da cadeia sairiam e mais um punhado pagando pelos crimes cometidos na ditadura, nós brasileiros merecemos este presente. Quanto aos militares, fazer o que, o custo é baixo pra ver estes comunistas na cadeia.

geodematos em 05 de junho de 2014

Daria dois dedos da mão (um dedo só não, que eu não quero ficar parecido com o Barba)para ver Dilma, Genoino, Zá Dirceu e toda essa cambada que tentou aplicar um golpe de Estado no Brasil, para implantar à força uma Ditatura Comunista no país, nos moldes de Cuba e da Coreia do Norte, atrás das grades (de preferência na Papuda, que está na moda), pagando pelos crimes de Assalto à mão armada, Assassinato, Sequestro, Tortura, Latrocínio, Homicídio, e o pior de todos: TRAIÇÃO À PÁTRIA. Bolsonaro Nelles!!!!!!!!!!! Aécio Presidente !!!!! Mas é preciso lembrar, para ser justo, que a grande maioria dos que se aventuraram na luta armada e não morreram cumpriram penas de cadeia, a começar pela presidente Dilma.

Renato em 05 de junho de 2014

Só rindo mesmo do comentário do José Almeida...

Payxão em 05 de junho de 2014

Mas eles querem rever somente a parte que cabe aos repressores. E se for aprovada como fica os benefícios que um bocado de gente teve direito, p.x. Ziraldo?

Antoninho em 05 de junho de 2014

Justissimo, fazer a revisao da Lei de Anistia, chega de malandro querer se promover em cima de agentes de Estado, no fim da vida. E se ter um silencio sepucral em relacao aos grupos terroristas ALN,acao popular,CLN,POLOP, Var Palmares e VPR. E o proprio PCdo B. Q defendiam a ditadura do proletariado. Antes a duvida qual o modelo, Rússia, China ou Cuba.Se só tortura for considerado como crime politico, sequestrar, assaltar, atentandos, homicídios, justiciamentos. E acoes guerrilheiras e corrupcao agora.Nao vale, entao...

Valfrido Cânvias em 05 de junho de 2014

Existe neste país um coisa deveras interessante. As leis existem e os crimes em sua gorda maioria estão todos previstos nelas, MAS elas precisam de serem LEMBRADAS para que possam valer de fato neste país. Eduardo Campos APENAS lembrou o que já foi mais do que dito, a lei veio para anistiar os dois lados e não apenas um deles. Derrubando-se a Lei os DOIS LADOS DEVEM SER INVESTIGADOS E QUEM ERROU, punido nos rigores da lei. Indenizações e pensões, A BOLSA DITADURA, PODE E DEVE SER DERRUBADA até que se defina quem realmente é merecedor, pois terrorismo e assassinato é crime e não merece RECOMPENSA DO ESTADO, MAS SIM CADEIA.

André Martins de Andrade Jr. em 05 de junho de 2014

Seria muito conveniente que esse gente que recebeu indenizações devolvesse tudo que receberam.Heitor Cony ia se dar mal....

mairalur em 05 de junho de 2014

Até nos convence de que o Zeca Diabo e o ******* do Araguaia estão na cadeia porque lutaram pelo país. Conta outra, comentarista José Almeida - 16:59. Todo mundo sabe o motivo de a cúpula petralha estar atrás das grades. Mão grande, amigo, mão grande.Na nossa grana e na nossa democracia.

“ Quem cultiva a razão aumenta os seus bens e diminui os seus males. ” Coelho Neto em 05 de junho de 2014

- Acho que o Eduardo Campos não entnedeu o objetivo, não captou... a revisão vias ampenas processar os agentes do estado, os "heróis" para os vermelhos ficaria tudo comoe stá.... NISTIA, PENSÕES, INDENZIAÇÕES.... quem viveu aquela época sabe o que eels fizeram, e tem até alguns que tiveram coragem de expor em erede nacional - videos andam pro aí... falam de sequetros, assassinatos a sangue frio, justiçamento de companehiros, como o jovem que foi a Cuba para treinamento de guerrilha e, quando viu no que queriam tarnformar o Brasil, quis pular fora, foi assassinato friamente ( confissão feita pelo assassino, em entrevista - viedo por aí ), atentados, asaltos e outros

Jose Almeida em 05 de junho de 2014

Mais uma diferença entre quem é contra e quem é a favor essa malfadada lei. Os que querem sua revogação querem justiça, os outros que querem sua manutenção pensam só no próprio umbigo. Se quiserem caçar quem lutou contra a ditadura de novo paciência. Já colocaram o Dirceu e o Genoino na cadeia, absolveram o Gushikem no leito de morte. A caça aos heróis do povo brasileiro já começou. Só os torturadores estão em paz. O campos é uma vergonha à memória do Arraes. Deveria aprender alguma coisa com a prima.

pedrao em 05 de junho de 2014

E será que elles devolveriam a grana que receberam ou estão, indevida e vergonhosamente recebendo, a chamada bolsa-ditadura, distribuída para terroristas e traidores da Democracia porque queriam pela luta armada, implantar a ditadura comunista?

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI