Primórdios da carreira jornalística, cobertura das eleições presidenciais no Chile para o Jornal da Tarde: Salvador Allende e sua mulher, Hortencia Bussi, logo após a confirmação do candidato das esquerdas como presidente da República pelo Congresso.

Allende não alcançara maioria absoluta e a Constituição requeria sua aprovação pelo Congresso, o que ocorreu após um mês de difíceis negociações com o maior partido, a Democracia Cristã, e a aprovação de um Estatuto de Garantias que blindou direitos fundamentais dos cidadãos.

O novo presidente não comemorou com alarde, lembrando a enorme responsabilidade que tinha pela frente e dizendo de sua disposição de governar para “todos os chilenos”. Pra mim, era hora de voltar para São Paulo após mais de 30 dias de trabalho com um único de folga (o jornal, por absurdos da época, não circulava aos domingos e num sábado, um só, dei um pulinho ao litoral chileno para ver a bela casa do poeta Pablo Neruda em Algarrobo, na região de Valparaiso, a 120 km de Santiago.

(Foto: El Mercurio)

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × 5 =

TWITTER DO SETTI