Enquete aponta: nosso blog tem leitores felizes

felicidade

Uma boa notícia: mais da metade dos leitores do blog (1.199 dos leitores que votaram na nossa última enquete) se consideram felizes. 15% (240 votos) se dizem totalmente felizes, e se deram, neste quesito, a nota máxima oferecida pela enquete, 5.

Já 31% (490 votos) e 30% (469 votos) dos leitores se concederam nota 4 (felizes) e 3 (um pouco feliz), respectivamente, na escala.

Para votar na enquete os leitores marcavam sua preferência numa escala que ia de zero (totalmente infeliz) a 5 (totalmente feliz). Do 1.569 votos leitores que participaram, 4% (68 votos) se declararam totalmente infelizes; 6% (95 votos) se acham infelizes, apontando a opção 1, e 13% (207 votos) se acham um pouco infelizes, apontando a opção 2.

Com esse resultado majoritariamente feliz, podemos concluir que nem a crise dos ministérios, nem as mazelas políticas que estampam manchetes todos os dias e nem as muitas mazelas do mundo estão tirando o sono dos nossos leitores.

A nossa nova enquete já está no ar, logo ali à direita. Participe!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 3 =

Nenhum comentário

  • Dr Evil

    Dr Evil votou no muito feliz. Mas para ser honesto tem que esclarecer que nao mora no Brasil.

  • Vernon Luiz de Campos

    Parabéns Ricardo Setti! O teu Blog tem contribuído muito para que eu esteja sempre muito bem informado. Meu voto está nos 15% de priviliegiados muito felizes!
    Um grande abraço!

    Fico feliz de saber que você é muito feliz — e agradeço as referências ao blog.
    Volte sempre!
    Um grande abraço.

  • Elizabeth the Best

    Votei no numero quatro. Mas quando fui à Cinelandia nesta terça, tava me sentindo 5.

  • *Mari Labbate*44milhões

    Sou totalmente feliz, visto que a Felicidade é um estado de espírito que não soçobra, conforme as intempéries. Preocupo-me muito e luto por um País mais justo e democrático e o meu grau de Felicidade acompanha-me, equalizado, como um fator de FORÇA! SETTI, a Felicidade que transmite-nos, corrobora o nosso nível de empatia, pois Felicidade atrai Felicidade. Essa enquete comprova que esse estado de espírito independe do “Ter”. É o “Ser” a Magia-Maior! Continue a brindar-nos com essas maravilhosas seleções do cotidiano! O fato de preocupar-se em conhecer-nos revela que é uma pessoa muito sensível! Uma Alma de Artista! Posso complementar que é uma Alma Italiana de Artista? ABBRACCIO!

    Obrigado por suas palavras invariavelmente generosas, cara Mari.
    Gostaria de ter, mas acho que não tenho alma de artista. Aprecio a arte, mas não passo muito daí. E a alma italiana existe, sim, misturada com a de outros povos.
    Um abração

  • Marco

    Amigo Setti:Acabo de ler em ZH Cultura sobre um artigo de 1922, d Richard P. Bertall, escreveu q a felicidade fosse reconhecida como um, transtorno psiquiátrico,uma disfunção cognitiva, no sentido d uma percepção distorcida da realidade, q poderia ser uma euforia sem contrapartida real. Até d comportamentos maniacos como obesidade e alcoolismo num estado neurobiológico d desinibição.
    Esse diagnóstico seria mais uma forma d “estar” do q ” Ser “. Para uma enquete é muito favorável a pessoa se dizer feliz, pq numa pesquise, aí fica a minha dica, se recusa a dar um nome ao Sofrimento. Ele diz q a família é a parte mais segura de fonte ancestral para o apoio a felicidade. Tbm fala, aí é contra o governo, se perdemos a crítica a sociedade e instituições onde estamos inseridos, não pode ser considerado um desvio epistemológico, mas uma expressão de utilidade q cumpre sua função na engrenagem social. O Nome do Livro é : O Livro negro da psicopatia comtemporânea.
    Abs.

  • Marco

    Amigo Setti: Duas informações, 1 o Nome d Richard é Bentall, e segundo se não me falha a memória o A. Nunes está de níver ?
    Abs.

    Caro Marco, correção anotada. E “sim” para a segunda pergunta. Se minha memória tenebrosa não falha, foi ontem. Abração