Erenice é símbolo da pequenez a que Lula reduziu a Casa Civil

O “pedido de demissão” de Erenice Guerra, imersa no escândalo de tráfico de influências no coração do poder, parece estabelecer um padrão em matéria de chefes da Casa Civil do governo Lula: até sua chegada ao poder, ocupantes desse fundamental cargo na administração pública ali chegavam por seu currículo. Com Lula, dois deles – Erenice e, antes, José Dirceu – deixaram o posto com um prontuário.

O “Sai daí, Zé!” proferido contra Dirceu pelo então deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) no curso da CPI do Mensalão [não perca o vídeo curtinho logo em seguida] seria o ponto de inflexão que levaria o braço direito de Lula a afastar-se do cargo, perder o mandato de deputado e ser privado dos direitos políticos. As trampolinagens da família da especialista em dossiês Erenice, por ora, a afastaram do cargo-chave em qualquer governo.

Tão chave que quase sem exceção vinham sendo ocupados, ao longo da história da República por figuras que Nelson Rodrigues classificaria, com maiúscula inicial, de Grandes Homens – concorde-se ou não com o que eles pensavam. Muito, muito diferentes dos Dirceus e Erenices com que Lula apequenou a Casa Civil.

O chefe da Casa Civil é quase um primeiro-ministro, num regime presidencialista, com a diferença de não ser eleito, como ocorre nos regimes parlamentaristas.

Veja só o que dizem somente os três primeiros itens dos dez que prevêem, em lei, o que compete à Casa Civil fazer:

“I – assistência e assessoramento direto e imediato ao presidente da República no desempenho de suas atribuições, em especial nos assuntos relacionados com a coordenação e na integração das ações do governo;

II – verificação prévia da constitucionalidade e legalidade dos atos presidenciais;

III – avaliação e monitoramento da ação governamental e dos órgãos e entidades da Administração Pública Federal, em especial das metas e programas prioritários definidos pelo presidente da República”.

É o item II que levou vários presidentes a pinçarem juristas, especialmente constitucionalistas, para ter ali ao lado, no Palácio.

Tudo considerado, é brincadeira, tanta responsabilidade?

Daí a escolha de Grandes Homens (antes de Lula, nenhuma mulher ocupara a função).

Vamos a alguns exemplos, para refrescar a memória dos mais velhos e, eventualmente, ilustrar os mais jovens, começando, de propósito, pelos generais da ditadura, porque até eles realizaram escolhas interessantes.

O segundo presidente da ditadura, marechal Arthur da Costa e Silva (1967-1969), voltou-se para um político experiente e matreiro, o deputado Rondon Pacheco, que mais tarde instalaria no governo de Minas Gerais.

O quarto deles, general Ernesto Geisel (1974-1979), trouxe para junto de si um homem complexo e controvertido, mas cuja cultura, argúcia e capacidade de articulação nem os inimigos negavam: o general da reserva Golbery do Couto e Silva. Golbery se tornaria o grande estrategista do difícil processo de abertura política do regime.

Golbery do Couto e Silva na rampa do Palácio do Planalto

Golbery na rampa do Palácio do Planalto (foto: Carlos Namba)

O último dos generais-presidentes, João Baptista Figueiredo (1979-1985), manteve Golbery até que este jogou a toalha ao constatar a inércia pusilânime do governo diante do atentado terrorista cometido por militares de extrema direita no Riocentro, no Rio, em abril de 1981. Com típico fair-play, respondendo a uma pergunta se de fato estava deixando o governo, respondeu ironizando, em francês:

Je m’em vais [eu me vou].

Na breve democracia que durou entre 1946 e 1964, o presidente Juscelino Kubitschek (1956-1961) se deu ao luxo de ter, entre seus chefes da Casa Civil, um intelectual de peso, o jornalista e crítico literário Álvaro Lins, mais tarde embaixador em Portugal. Seu sucessor, Victor Nunes Leal, grande constitucionalista, se tornaria ministro do Supremo Tribunal Federal e marcaria época na corte.

João Goulart (1961-1964), o Jango, um demagogo de primeira e um presidente de segunda, mesmo assim – ou talvez por isso, devido à importância da Casa Civil – nomeou, sucessivamente, três nomes marcantes para o posto. O primeiro, Hermes Lima, reunia qualidades suficientes para que, no regime parlamentarista inventado para que os militares de então permitissem sua posse, se tornasse primeiro-ministro, cargo que havia sido ocupado, vejam só, por ninguém menos do que Tancredo Neves. Igualmente jurista de nomeada, acabou no Supremo Tribunal Federal.

Victor Nunes Leal e Hermes Lima

Victor Nunes Leal e Hermes Lima

Sucederia a Hermes Lima o legendário advogado Evandro Lins de Silva, cuja bagagem lhe reservaria a mesma sorte de Victor Nunes Leal e o próprio Lima, o Supremo Tribunal. Seu sucessor foi chamado de tudo na vida, mas ninguém nega sua imensa cultura e inteligência formidável: Darcy Ribeiro, antropólogo, fundador da Universidade de Brasília e, futuramente, senador da República.

Com a redemocratização, o presidente José Sarney (1985-1990) teve, entre seus chefes do Gabinete Civil, o ex-presidente da Câmara dos Deputados e ex-governador de Pernambuco Marco Maciel (futuro vice-presidente do presidente Fernando Henrique Cardoso e atual senador pelo DEM) e o ex-secretário de Planejamento do governador Tancredo Neves em Minas, Ronaldo Costa Couto, economista com especializações no exterior, inclusive na Sorbonne, e, hoje em dia, historiador de sucesso.

Ronaldo Costa Couto, ex-ministro do Sarney (Iano Andrade/Photoagencia)

Ronaldo Costa Couto (Iano Andrade/Photoagencia)

Fernando Henrique (1995-2003), durante boa parte de seus oito anos, manteve no posto um respeitado executivo de grandes empresas de São Paulo, Clóvis Carvalho.

A chegada de Lula ao Planalto daria vez a uma nova era – esta, em que nos encontramos agora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

cinco × 1 =

Nenhum comentário

  • Hércules Barrionuevo

    valeu, ricardo setti, sou interessado na história do Brasil mas não tinha idéia dessas pessoas que ocuparam a Casa Civil, nem sabia o que era a Casa Civil. beleza, valeu. Um abraço.

  • Tião

    Incrível, a gente ter que ter saudade do passado né? Até os militares tivedram gente melhor do que os que o Lula colocou ao lado dele. Caro jornalista, seus esclarecimentos são muito interessantes.
    Boa sorte, soube que começou o blog nesses dias.

  • Valentino PIccolli

    Quem é medíocre acaba se cercando de medíocres. Até para não fazer sombra.

  • Rodney Lima

    E a Polícia Federal, e os órgãos de informação, ou seja lá como se chama essa coisa, não sabiam nada, não fizeram nada? A roubalheira acaba com o nosso pais, parece que ninguém mais é honesto.

  • Silvio Fleury

    Tenho idade suficiente para me lembrar de vários desses realmente Grandes Homens. O jornalista deixou de fora da lista, provavelmente para não escrever demasiado, nomes como os de Quintanilha Ribeiro, chefe da Casa Civil de Jânio Quadros, o próprio Oswaldo Penido, grande político, com JK, o acadêmico LuizVianna Filho, com Castello Branco (depois ele se tornaria um bom governador da Bahia, mesmo que por eleição indireta). Até Getúlio, durante a ditadura, tinha gente grande no cargo, como Lourival Fontes. Enfim, que mediocridade, a atual, meu Deus do céu.

  • Indignada!

    Tornou-se a CASA COVIL. Se é que me entende,rsrsrs.

  • Indignada!

    C O V I L !!!

  • ivan

    Sem dúvida Lula tem se cercado de pessoas de baixo nível tecnico, intelectual e moral.

  • Bau

    Seríamos nós ingênuos?

    Seria o escândalo de Erenice um movimento do PMDB pra deixar a Casa Civil sem-preferidos-por-Dilma?

    Baú, o desconfiado!

  • Maria Teresa

    Estamos assistindo as Exéquias da republiqueta da terra do nunca.
    Dom Pedro ll, o VERDADEIRO Imperador:
    ” E entre visões de paz, de luz, de glória,
    Sereno aguardarei no meu jazigo,
    A justiça de Deus na voz da história!”
    Certamente a justiça de Deus já foi feita!
    “Depois de Louis XlV, o dilúvio!”; Desde Luís Ll, o apocalípse!
    Um povo sem história é um povo morto: só nos resta o De Profundis.
    Um dia a mentira acaba. Espero que os Resistentes sobrevivam para o Te Deum.

  • MONARQUISTA

    Nossa involução é assustadora!
    No século XlX nós tínhamos o TUDO DE BOM Pedro ll com seus Competentes Grandes Homens; No século XXl nós temos o Comando Vermelho: A IGNORÂNCIA EM ESTADO BRUTO comandando a BANDIDAGEM.

  • ademir

    Sem dúvida todos devem pagar pelos seu erros,mas.. Notícias e reportagens sobre experiências políticas boas e seus reflexos,independente de ligação partidária, não vendem revista? Publicar apenas as coisas ruims sem medir consequências, apenas se importando com o próprio benefício, tambem não é uma forma de corrupção?
    …Em época de eleição o caráter das pessoas mais aparece,principalmente para mostrar o dos outros.Durante os outros anos seu próprio caráter hiberna,ou será que meu bom caráter não é tão bom assim ? Ah, com certeza cada um conhece o seu.

    Se você acha uma “forma de corrupção” jornalista independente divulgar assuntos de interesse público, não dá pra conversar.

    Mas gosto muito das boas notícias, tanto é que adorei a prisão, decretada pelo ministro do STJ João Otávio Noronha, dos amigões do ex-presidente José Sarney no Amapá, suspeitos de grossa, grossíssima ladroagem de dinheiros públicos que não pouparam nem a merenda escolar.

    Leia o post de há pouco, em que falamos bem do ministro.

  • Glorinha de Nantes

    Enfim, aprendemos o que é a Casa.Civil. Agora sabemos que existe. Conhecemos o seu avesso e seus subterrâneos. Os nomes de ocupantes proeminentes, destes últimos sessenta anos, nos revelam sua importância, para além dos termos expressos na Carta Magna. Sabemos, enfim, que nosso voto se estende a essa proeminente personagem da República. Portanto, está posto o que faremos: o voto consciente! Com todo o nosso conhecimento e reflexão livre de doutrinações de qualquer coloração. Pensar é só livre pensar!

  • Führer

    Meu caro blogueiro, para sua tristeza, e de cerca de 5% da população brasileira, Dilma Rousseff será eleita no 1º turno. Nenhum factóide vai desmoralizar um governo que foi aclamado pelo POVO BRASILEIRO como um dos melhores de nossa história. A vontade da massa vai esmagar o que ainda resta da burguesia colonial que explora nosso país há séculos. Será um momento único, a realização de um sonho e um verdadeiro espetáculo cívico…

    O que sabe você da minha tristeza ou da minha alegria, caro leitor que se esconde atrás do pavoroso pseudônimo de Führer?

    E você acha a avalanche de evidências de tráfico de influência na Casa Civil um “factóide”?

    Beleza, vá em frente. Estamos mesmo em terreno moral completamente diferente.

  • Renato

    Isto é a lei da natureza: “Cada ser procura os seus próximos”.

  • helena

    isso não é um governo, mas uma mafia e o chefe tem gente que chama de presidente

  • Maria Helena

    Lula reduziu a Casa Civil a essa pequenez, porque o povo brasileiro “apequenou” a Presidência da República, colocando-o lá.

  • FERNANDINHO BEIRA RIO

    BEM-VINDO RICARDO.
    DILMA: OMISSA OU CONIVENTE

    A ex-ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, tem que ser investigada pelos escândalos protagonizados por sua sucessora no cargo, Erenice Guerra. Os fatos denunciados com provas incontestáveis ocorreram quando a ex-ministra estava no comando do mais importante órgão do Poder Executivo, abaixo apenas da Presidência da República.

    É muito importante frisar que não estou falando da candidata Dilma Rousseff. Erenice Guerra galgou – numa velocidade extraordinária – os mais importantes cargos da República levada pelas mãos de sua ex-chefe. Dilma é culpada ou por conivência ou por omissão.

    Todo o Brasil está pasmo com o que se transformou a Casa Civil nos últimos sete anos e oito meses. O principal órgão de assessoramento do presidente da República, constitucionalmente responsável pela filtragem dos atos do chefe do Executivo, foi tomado de assalto primeiro por José Dirceu e, agora, por Erenice Guerra.

    Dilma Rousseff poderia se vangloriar de ser um hiato entre os dois períodos citados, não fosse ela a responsável pela nomeação de Erenice Guerra como sua secretária-Executiva, praticamente a vice-ministra, e, depois, pela indicação da mesma Erenice para ser sua substituta. E a relação demasiadamente íntima entre as duas fez com que analistas políticos vissem Erenice Guerra com posto de relevância em um eventual governo Dilma.

    As denúncias são sérias e a demissão de Erenice Guerra só comprova isso. Demissão, aliás, que não foi espontânea, e sim provocada pelo Presidente da República, que não surpreende por ser uma prática rotineira neste governo federal.

    O clamor pela moralidade, pela rápida investigação dos responsáveis pelos fatos envolvendo Erenice Guerra e sua antecessora e criadora, deve ser ouvido pelo Ministério Público. A Polícia Federal, que se dizia impedida de investigar a já também ex-ministra Chefe da Casa Civil, agora pode fazê-lo.

    A Procuradoria Geral da República tem representação por mim assinada pedindo a apuração de tudo. Os novos fatos de tráfico de influência praticado por familiares de Erenice Guerra, revelados nesta quinta-feira, 16/09, a demissão de Erenice e o silêncio da ex-ministra Dilma Rousseff justificam e exigem a instauração imediata de inquérito.

    Essas providências urgem não por causa das eleições. Mas para defender o país, o Estado, enfim, a Nação brasileira.

    Paulo Bornhausen
    Líder dos Democratas na Câmara dos Deputados

    UM LEAL ABRAÇO

  • Fabio Tomaz

    Claro que não poderíamos esperar outra coisa. Como dizem por aqui “UM GAMBÁ CHEIRA O OUTRO’

  • Robert

    Lula, para parecer maior do que é, cercou-se da escória acadêmica, sindical, intelectual.

  • Olavo

    Caro Ricardo: Como cidadão brasileiro sinto-me envergonhado com as atitudes medíocres que o dito presidente toma. Ao invés de colocar pessoas capacitadas para administrar o órgão, nomeia apanignados e ¨cumpanheros¨ para deixar o país cada vez pior. É lamentável.

  • Walfrêdo Rodriguez Neto

    Grande texto, Ricardo! Como sempre.
    Permita-me também demonstrar a minha indignação com o modesto texto que escrevi para o meu blog.

    A Casa Servil. Ou: a casa da mãe Joana; aliás, da mãe Erenice; aliás, da mãe Dilma; aliás, da avó Dilma. Ou: o galinheiro das raposas. Ou, enfim: o chiqueiro do pai Lula.

    Depois de tantos escândalos (no início com o “cumpanhero de armas” chefe da quadrilha do mensalão, segundo Ministro do STF), não há texto suficiente para se dizer o óbvio, somente indignação (graças a Deus, enquanto a tiver dormirei com a consciência tranqüila).
    Quanta náusea! Vontade mesmo de vomitar ante o fétido que exala do quarto andar, um lugar que, em tese e na prática, devia servir de exemplo e honrar a República e os cidadãos de um país que se pretende democrático.
    Uma reflexão final: se na Casa Servil está assim, imagine-se em todo o Governo…
    Vamos abrir a caixa preta.
    O Brasil pode mais!

  • ari bessa

    Sindicalista não se preocupa com resultado para o negócio, seja ele público ou privado, ao contrário, só os seus interesçes importam. O que esperar de ex gerrilheiros, arruaceiros e facínoras?
    Somos responsáveis pela continuidade deste desgovernos da coisa pública, precisamos nos mobilizar. É agora ou depois será tarde. Faça a sua parte, mobilize-se.

  • José Antonio

    O que pode se esperar de uma pessoa que apenas lia factoides num canto qualquer do ABC Paulista. HUm!!!
    1 – Ser Presidente da Republica, tudo bem vai o cara buscou e chegou la….Hum!!!! ja sei…Vai mudar a Casa Civil para o futuro Castelo do Rei Salomao em Sao Paulo.

  • Nélio

    Se, como ministra, Dilma comprovou com fatos que escolhe mal seus auxiliares diretos, quem ousará pagar para ver se ela fará diferente caso assuma a chefia do Poder Executivo? Quem arcará com as consequências dessas escolhas nefandas está claro: é a Nação.

  • pedrosa

    Pessoas pequenas agem com pequenez, são manipulaveis, corruptiveis e não tem patria !!!

  • leila

    minha avo ja dizia:boi preto procura boi preto!

  • Luiz Fernando

    Vale aqui o ditado: diga-me com quem andas e te direi quem és. O que se esperava de um indivíduo como o presidente Lula? Que ele designasse alguém melhor que ele? Não seria nada difícil encontrar alguém melhor, no entanto o Grande Enganador jamais conviveria com esta possibilidade.

  • José Mattos

    Eu acrescento a essa galeria de brasileiros ilustres o de Luiz Vianna Filho, escritor, historiador que ocupou o cargo durante o governo Castello Branco.

  • diniz dos santos

    Será que o Presidente metalúrgico não se sente envergonhado ou mesmo constrangido em ter transformado o seu governo, numa zona. O Lulla, não tem estrutura moral de um Presidente da República, pode até ter para ser Presidente de Sindicato, mas com ele a instituição da Presidência deixou de ter o seu carater institucional e foi transformada em um covil de parasitas e achacadores, trocadores de favores. Olhem parta o Lulla e me digam. Não basta você ser, você tem que aparentar que é. E ele não aparenta nem de perto em ser.

  • BETHS

    Pois é, Lula transformou a Casa Civil em CASA COVIL, em CASA SERVIL. Ele adora se referir aos governantes anteriores como ELITE, seriam os “governos da elite”. Qual seria o contrário de elite? Ralé? Então poderíamos denominar este como o “governo da ralé”? It makes sense!

  • Adriana Rolando

    Caro Ricardo,
    Meu pai, um homem sábio, ligado a política, no tempo de Ademar, Broca Filho, e outras lendas, costuma dizer o seguinte:”pássaros da mesma plumagem voam juntos”…

    E a reiterava, quando algo aparentemente fora da normalidade incomodava sua filha caçula.”Algumas coisas você vai entender na idade adulta, Adriana, outras, no entanto, não se esforce porque simplesmente não se justificam para os nossos padrões de moral”.

    Não me esqueci do ensinamento, como obviamente, não o esqueço. Quando observo o que acontece agora, e na capacidade inusitada, porque não dizer, de transgredir dos petistas, insuflados pelo mestre Lula, afirmo que as escolhas que o metalurgico que acidentalmente transformou-se em presidente, sei bem que suas escolhas não poderiam como não ultrapassaram o seu universo. Alguns teimam em chamá-lo de fenômeno, eu o classifico de Gerson, esse mesmo da propagando do cigarro, que vive levando vantagem.

    Basta que a curiosidade possibilite uma viagem pelo seu histórico, contado parcialmente no vexamitoso filme “O Filho do Brasil”. Quem viu o filme e não gostou, tenha certeza que ele consegue ser pior na forma original. Esperar sensibilidade e honradez de um homem público que consegue ser popular é pedir que os santos ajudem na edificação desse ministério. Só que, os santos, não se deixam levar tão facilmente pelo verbo, impressioná-los dispende um tempo que o Lula não teve nem para educar seus filhos, o que dirá para ser dirigente desse País.

    Acidentes acontecem, o problema é que a conta que virá depois que ele desocupar a cadeira quem vai pagar é a sociedade.

    Abraços!

    Ps.Ótima sua entrevista com o querido Augusto Nunes.Vale a pena confirar, fica a dica para quem ainda não assistiu o vídeo.

    Prezada Adriana,

    Muito obrigado por email tão substancioso, até pelo seu conteúdo pessoal.

    É difícil tirar a razão de seu pai que, sim, sei muito bem quem é.

    Obrigado pelo elogio à entrevista.

    Será um prazer muito grande se você voltar sempre a este blog.

    Um abraço do

    Ricardo Setti

  • Paulo

    O PT gosta de raposas cuidando dos galinheiros!!!

  • joca

    E Leitão de Abreu ?

  • carlos osvaldo

    Dizem as más línguas que o chefe interino da casa civil deixará lula com saudades de erenice.

  • Silva

    O que podemos esparar de um analfabeto preguiçoso uma presidência de um país, nada de baom, porém muito roubo, corrupção e gatunagem. Esee é o papal desse vagabundo, e digo na sua cara Lulla, você é o maior vagabungo que o Brasil conheceu. Você não tem moral, humbridade, lealdade e honra. Imagino o miserável que tanto confiou nesse vagabundo, dando-lhe uma oportunidade, porém ele montou a “MAIOR EQUIPE DE CORRUPTOS”, desde o descobrimento do Brasil e estão limpando tudo para se perpetuarem no poder. O Governo lulla é composto par várias Erenices. Etsá na hora do Comando Vermelho começar a matar esses vagabundos. Lulla você é o Chefe de uma Quadrilha mais desorganizada do país. Uma dia a casa cairá, e estaremos lá para ver você ir para a cadeia, pois lugar de Bandidos é na cadeia.

  • Irene

    Isso porque a era Lulla inaugurou a Era da Mediocridade no Brasil.

  • ORF

    Boa avaliacao, evidentemente o molusco nao quer sombra. Os projetos do governo tem sido meros remendos, ja que partido da vez nao tem competencia para executivo. Tenha certeza de que a conta vira e todos nos vamos paga-la.

  • roni

    Ocorre que, todos os Presidentes anteriores ao atual, não se importavam em ter a seu lado, pessoas até mais competentes,mais inteligentes, mais espertos, mais carismáticos, mais enérgicos, menos preguiçosos, mais cultos, nada de amigos no Poder…enfim, eram Presidentes menos ALBERTO ROBERTO!

  • Sapo Barbudo

    Lula não permite ter alguém maior do que ele na casa civil, a bem da verdade, apenas pessoas de igual ou menor carácter se acercam de Lula. Ao apontar a Dilma para presidanta, Lula pretende controlar politicamente o futuro governo para um eventual retorno e se possível com o senado dominado. Os riscos que Lula corre são a entrada de Palloci e o controle do PT pelo Zé Dirceu. Com o Lula e o PT na presidência fomos remetidos a era da mediocridade e da mentira deslavada, mas quando esta termina ?

  • Siará Grande

    Comentando a demissão totalmente injustificada da Ministra da Casa Civil Erenice Guerra e o talento para os negócios de seus ronaldinhos, um amigo meu fez hoje de manhã uma conta interessante.

    6% de 100 bi são 6 bi.

    6% de 200 bi são 12 bi.

    6% de 300 bi são 18 bi.

    E aí ele me fez uma pergunta que lhe repasso, pois não soube responder. Quantos bilhões de reais o BNDES empresta por ano?

  • F.Cesar

    O LULA JÁ TINHA CONHECIMENTO E APROVAVA TODO ESQUEMA QUE VINHA SENDO REALIZADO PELO DIRCEU,DILMA E AGORA ERENICE. È O MAIOR MENTIOROSO DESTE BRASIL DOS ULTIMOS ANOS.

  • Luiz Antonio

    Ricardo

    Seria interessante termos também um retrospecto sobre os ocupantes do Ministério de Relações Exteriores, pré Era da Mediocridade.

    Caro Luiz,
    Obrigado pela excelente sugestão!
    Um grande abraço do
    SETTI

  • Pedro

    O Lula conseguiu eletizar a cultura. Uma pessoa culta, no entender do povao, e uma pessoa chic e rica.
    Nao e “gente como a gente”.
    O resultado e essa glamurizacao da ignorancia e da falta de valores. Golpe de mestre da seita Petista.

  • Suzana

    Perfeito o texto e muito esclarecedor. Apenas uma ressalva, com a sua licença é claro: temos no Brasil também Grandes Mulheres, sérias e competentes, que podem sim assumir todas as responsabilidades inerentes ao cargo em referência. Penso que o problema não está no sexo do escolhido e sim no caráter.

    Prezada Suzana,

    Não tenho a menor dúvida de que temos Grandes Mulheres no Brasil. Eu apenas registrei o fato de que houve Grandes Homens na Casa Civil porque nenhum presidente antes de Lula conduzira uma mulher a essa posição.

    Jamais quis dizer ou insinuar que Erenice está na situação que está por ser mulher.

    Como todo mundo, tenho mãe, mas, adicionalmente, também tenho mulher e filha — jornalista, que muito me orgulha –, e sou ferrenho defensor dos direitos das mulheres.

    Erenice, se for culpada de tudo isso, seria a exceção que confirma a regra quase geral — quase — de que as mulheres, em cargos públicos no Brasil, têm se revelado mais cuidadosas e corretas do que os homens.

    Um abraço, volte sempre.

    Ricardo Setti

  • kemosabe silva

    corrupção, desonestidade rima com o governo lula,serve para os brasileiros que diz rouba mas faz.

  • j neves

    E os brasileiros que o Lula comprou nao leem este excelente artigo……Oq vanos fazer para derrotar a energumena da dilma ^^a louca^^

  • Luzia Macedo

    Nunca antes na história destepaiz!!!
    Não tem frase mais atual e verdadeira do que esta!
    Infelizmente.

  • noelia

    Um texto brilhante com o qual relembro muita coisa. Mas mesmo este texto tão consistente nos impede de pensar também, que a dignidade da Casa Civil e dos seus ministros, ao longo da hitória recente da republica, nunca impediu que muitos e muitos erros, trafico de influência, lobbies, nepotismos e alguns escândalos, tivessem deixado de rondá-la, a vida toda. Se não me engano, foi Sto Agostinho que disse que o mal não está no mal mas no escândalo do mal. E o escândalo vem mesmo é com a divulgação do mal, justa, legitima, mas também repetida, repetida, repetida, repetida,
    e mil vezes repetida, do mal de só um determinado lado. Sou agora apenas uma idosa, domestica, mas nunca assiti à rede globo repetir, repetir, repetir, no horário nobre, sobre alguns escândalos que mal foram noticiados e abafados em outros governos dos quais inclusive fui eleitora.O mal jamais esteve SOMENTE do lado de governantes que
    de que fato, não tem o mesmo refinamento social,
    intelectual etc…lembro-me bem de presidente de republica, em quem votei por duas vezes, em época recente, tendo o seu filho educadissimo, acusado pela mídia, de se beneficiar da sua condição de filho de presidente para realizar feira em Hannover, recebendo para tal evento, cerca de 14 milhões, sem licitação.A Carta Capital informa que filha de ministro participou de firma que conseguiu junto ao BB, cujo presidente era amigo, a quebra de sigilo de milhões de brasileiros como se fosse um Serasa privado, com o fim de assessorar empresas com vistas a concorrência no serviço publico. Lia estas coisas, nos jornais de domingo, provavelmente a Folha, ou em revista semanal, a Veja. Mas no domingo a noite, no Fantástico, nada….nadinha…e durante a semana onde estava a globo que não repetia… repetia…repetia…repetia…noticias negativas sobre o filho do presidente ou sobre a filha do ministro, por coincidência o Serra?
    Não me iludo: assumo, a minha cúmplice complacência comigo mesma e meus governates.O segundo mandato de FHC, aconteceu com o meu segundo voto nele. Lia tudo, inclusive as nebulosas negociações sobre a compra de votos para a emenda da reeleição. 200.000.00. Um mensalérrimo!!Estava na mídia. Mas de leve!….
    Votei assim mesmo, por que não dá para idealizar a perfeição nem dos governos, nem do carater de seus mandatários.E naquele momento, não dava para votar em Lula ainda. Optei: dos males o menor.
    Agora eu pergunto, será que é caduquice da minha parte, aos 72 anos, matutar: se o filho da ministra erenice não podia, como de fato não pode agir como agiu…como agirá a fi8lha de Serra se ele for eleito? perguntar ofende? E se ele é candidato a Presidente da Republica não é importante que o eleitor saiba, conheça a fundo, o curriculo da moça? antes de decidir o voto, não seria bom, a bem da transparência que a Veja, publicasse a declaração de renda dos candidatos e também de seus filhos? por que tanto sigilo com a declaração de renda da filha do possivel futuro Presidente da Republica? quem não deve não teme.
    Por ultimo mas não menos importante é o seguinte:
    Também nunca entendí por que os gastos dos cartões corporativos deste governo foram parar nos jornais, mas os gastos dos cartões corporativos do governo anterior não podem? por que tanto sigilo tanta reseva, cuidado, elegância, cerimônia, deferência, com os gastos de uns… e tanto publicidade, tanto escândalo com os gastos de outros?
    Enfim… a dignidade não está somente na estatura social e intelectual dos mandatários. Está também na honestidade, imparcialidade, decência daqueles que tem a obrigação de informar.
    Mas uma vez obrigada por estes grande texto.
    Voce nos prestaria um grande serviço se discorresse sobre lobby no serviço público: o que significa, quem o faz, quando, como, onde, é legal? é ilegal? quais os limites? existe legislação a respeito. Seria bastante oportuno!

    Cara Noelia,

    Obrigado por seu comentário, repleto de considerações que mereceriam uma discussão mais longa.

    No geral, estou de acordo com você sobre a necessidade geral de transparência.

    Quanto ao lobby no serviço público, é uma excelente sugestão. Há material para livros inteiros, mas o trabalho de investigação é longo e difícil.

    Chegaremos lá.

    Um abraço e obrigado pela visita.

    Ricardo Setti

  • Lico

    Olha só os nomes ilustres e os de Lula, bom se para o STF Lula indicou, e hoje é ministro do STF, um pessoa que não conseguiu passar no concurso pra Juíz, como diz aquela música “tá tudo dominado, tá tudo dominado”.

  • graziela teixeira

    Acho que as denuncias que estao ocorrendo neste momento tao importante da vida politica nao sao casuais,é um recado do Universo e estao sinalizando que vem muito mais por aí. Tomara que tenhamos tempo para um segundo turno!Eventos sucessivos desta natureza nao há ser humano que consiga deter. Nem o lula!!!!!

  • Jerson

    Acho que Sapo barbudo alterou o item II, ficou assim: II — verificação prévia da “inconstitucionalidade” e “ilegalidade” dos atos presidenciais;

  • Ana Maria

    A Erenice levou ao pé da letra a velha sentença “a família em primeiro lugar”

  • luiz carlos gandao

    Sim senhores,triste em ver que um processo tão longo de democratização do nosso pais seja exposto, a ganância mascarada daqueles que nada vêem ou sabem do que se passa do seu lado ( doce senhora que responsável por gerir seus poucos recursos, de tudo sabe do que se passa na sua casa, mas com certeza o que ela espera e o que todos nós esperávamos .era mais lizura mais moralidade) doce senhora.

  • Rafael SC

    Sr. Setti, muito esclarecedor seu texto, parabéns, abraço.

    Obrigado pelas referências e pelos parabéns.

    Volte sempre.

    Abraço do

    Ricardo Setti

  • Olaf

    Caro Setti,
    Se você me permitir uma retificação no título de seu ótimo post, diria que

    “Erenice é símbolo da pequenez a que Lula reduziu a vida institucional brasileira”

    Um analfabeto delirante como Luiz Inácio causa estragos que cobrarão décadas para sua eventual recomposição.

  • biribinha

    Certinhi.Coentatrios pertinentes e corretos.Saudacoes

    Obrigado, meu caro.

    Volte sempre.

    Abraços do

    Ricardo Setti

  • A Era dos Inescrupulosos!

    Nunca vi tanta falcatrua e tentativas de fechar com idéias liberticidas e mafiosas como esta turma de Lulla de Silva da Casa Civil!

    Reflete a personalidade e vontades do presidente, sem dúvida.

    Abs.

  • Claudio

    Prezado Setti:

    Parabéns pelo Blog. Desejo sucesso, lucidez e paciência…

    Faço um gancho para o famoso “Bolsa Família”, que parece ainda não ter tido nenhum comentário seu.

    O press release do Banco Mundial abaixo, indica que o programa Bolsa Familia recebeu e receberá mais financiamento externo para sua execução. Voce teria informações e eventual comentário, ambos sucintos, de como funciona o(s) financiamento(s) desse programa e suas possíveis implicações na economia nacional? Pelo press release, o empréstimo no Banco Mundial é até agora, de US$ 772 milhões.

    The World Bank Latin America & the Caribbean Region

    Press Release Nr. 2011/093/LAC
    Contacts: Mauro Azeredo (61) 3329-1059
    mazeredo@worldbank.org
    Gabriela Aguilar +1 (202) 473-6768
    gaguilar2@worldbank.org

    Brazil s Landmark Bolsa Família Program Receives US$200 Million Loan
    ” Program contributed to raise some 20 million people out of poverty

    WASHINGTON, September 17, 2010 – The World Bank approved a US$200 million loan
    for the second phase of support to Brazil s Bolsa Família. The program reaches
    12.7 million families (or nearly 50 million people) and is among the most
    effective social protection programs in the world, having helped raise
    approximately 20 million people out of poverty between 2003 and 2009 and well
    as significantly reducing income inequality.

    Brazil was changed by Bolsa Família. The program touches the lives of millions
    of families and contributed to a deep social and economic transformation of the
    country, integrating millions of previously excluded people, said the Minister
    of Social Development and Hunger Alleviation, Márcia Lopes. According to her,
    the World Bank played an important role in the consolidation of Bolsa Família
    in 2004 and this new loan integrates itself to the improvement process of the
    program.

    The first phase was supported by a US$572 million loan approved in 2004, to
    help develop, strengthen and expand Brazil s flagship social protection
    program, which provides direct cash transfers to poor families who keep their
    children in school and under regular medical supervision. By this Bolsa seeks
    to reduce both immediate and future poverty.

    Since 2003 the country has made significant headway in reducing poverty,
    lowering inequality, and improving the development opportunities of its
    vulnerable population, said the World Bank s Country Director for Brazil,
    Makhtar Diop. But Bolsa has recently revealed itself fundamental also as a key
    safety net to mitigate the impact of the food and oil prices increases, and
    more recently of the global crisis and economic downturn.

    This second phase aims to further strengthen Bolsa Família s ability to achieve
    its objectives of reducing poverty and inequality and promoting the use of
    education and health services of the poor population. Between 2003 and 2009,
    poverty (PPP $2 per day) has fallen from 22 percent of the population to 7
    percent. Income for Brazil s poor grew seven times as much as for the rich,
    and three times the national average. As a result, inequality in Brazil fell
    markedly between 2001 and 2009, and is at a 30-year low. Together with Bolsa,
    several other programs and general economic growth contributed to these results.

    The new financing will help to:
    ” strengthen program management, accountability and control functions in three
    main areas: the registry of beneficiaries, management of benefits, and
    monitoring of conditionalities;
    ” consolidate the program s monitoring and evaluation system; and
    ” integrate other social protection programs with Bolsa Família, to promote
    innovations and strategies for beneficiaries exit from poverty through
    investments in areas such as education incentives, and links with the labor
    market and productivity programs.

    The second phase will support reforms and adjustments to improve Bolsa
    Família s effectiveness in reaching outcomes such as: at least 75 percent of
    families in the 20 percent poorest group receiving Bolsa transfers; at least 90
    percent of primary-age school children in extremely poor beneficiary families
    attending school; and at least 75 percent of children aged 0- 6 year old and
    pregnant women complying with health conditionalities.

    In these past seven years, Bolsa has come of age as a poverty reduction and
    social protection program. Brazil is exporting its considerable know-how to
    numerous other developing countries and even the City of New York, which
    modeled its conditional cash transfer program on it, said World Bank Project
    Manager, Ian Walker. In this second phase, as part of the support to Brazil s
    National Commitment for Social Development, the project will help link
    beneficiaries to skill and income generating activities, reinforcing the
    medium-term sustainability of Bolsa Família s poverty alleviation impacts.

    This commitment linked IBRD Flexible Loan has a variable spread and is
    denominated in US dollars, with the following terms: 5 years grace period, 30
    years total repayment term, with level repayments; all conversion options
    selected; and Interest Rate Cap/Collar premium to be financed out of the loan
    proceeds.

    For more information about this financing, please visit:
    http://web.worldbank.org/external/projects/main?pagePK=64283627&piPK=73230&theSi
    tePK=40941&menuPK=228424&Projectid=P101504

    For more information on the World Bank and Brazil, please visit:
    http://www.worldbank.org/br

  • jayme guedes

    O Zé Ruela que decide os destinos do Brasil não sabe o que é Casa Civil. A expressão correta seria “… a pequenez a que Lula reduziu o governo”. O mito Lula só será desmentido quando a imprensa falar o idioma do Zé Ruela. Ontem a Marina declarou que as prefeituras estão colapsadas e o Zé Ruela entendeu direitinho. A forma da mensagem elege o destinatário.

  • Jane Abranches

    Querido Ricardo,
    Parabéns pela nova coluna e, no mínimo, pela aula de história e pelo texto gostoso com que nos brinda com sua volta, para nossa alegria.
    Beijos,
    Jane

    Querida Jane,
    Muito obrigado pelas palavras.
    Volte sempre.
    Abraços do
    Ricardo Setti

  • Oliveira

    Parabéns Setti,

    Excelente análise histórica!
    Mais um texto brilhante que nos faz refletir sobre a inépcia desse presidente com p minúsculo.

    Um abraço

    Obrigado pelos parabéns e por sua visita, caro Oliveira.

    Volte sempre e receba um abraço do

    Ricardo Setti

  • Marco

    A tal carta do filho da Erenice, “revisada” na Casa Civil, com vírgulas postas em lugares q alunos da oitava série não recomendariam, encheu de vergonha gente ricamente alfabetizada como meus conterrâneos Leitão e Golbery, estejam onde estiverem, ou o Ronaldo C. Couto.

  • Maria

    Ricardo, parabéns pela coluna.
    Antes eu já tinha como guru Reinaldo, depois Augusto e agora você.
    Não consigo mais passar um dia sem ler suas colunas que nos mostram toda a sujeira deste (des)governo.

    Muito obrigado pelos parabéns e pelo prestígio de sua leitura, cara Maria.

    Volte sempre!

    Um abraço do

    Ricardo Setti

  • Edda

    Prezado Ricardo,
    Encantada estou ao conhece-lo hoje, graças ao blog do Augusto Nunes. Seu texto me ajudou a compreender mais sobre quanto são importantes as escolhas dos governantes, assim como as nossas ao elegê-los.
    Sua nova leitora,
    Edda

    Cara Edda,

    Obrigado pela gentileza de suas palavras. É um prazer saber que você é minha nova leitora.

    Volte sempre!

    Um abração do

    Ricardo Setti

  • Dulce Toledo / BH

    Grande texto, caro jornalista. Já começa com um texto arrasador. Que bom que temos aqui mais um que fala por nós, a exemplo do grande Augusto Nunes.
    As instituições brasileiras nunca foram tão enxovalhadas, tão desrespeitadas, tão desconsideradas como neste governo Lula. Nunca antes neste país, com toda certeza, vimos tanta falta de ética, de correção nem tanto deboche. Eles não confundem o público com o privado – eles têm certeza de que o público é deles! Nunca fomos tão desprezados com tanto cinismo e tão abertamente! O Lula se cercou de bandidos e os defende porque é um deles! Este será mais um caso de “inocência” como ele sempre defende os seus pares, e vai terminar em pizza se não houver um movimento da sociedade, forte é sério, porque das autoridades não estamos mesmo podendo esperar muito. O chavismo anda imperando aqui. É o “manda quem pode e obedece quem tem juízo”? Não podemos aceitar isto mais, a socidade tem que dar uma resposta a estes Lulas, Dilmas, Zés, Erenices e outros tais e quais. Se o Brasil eleger a Dilma depois de tudo isto, Setti, eu digo que será a maior decepção que terei com o nosso povo.
    Mas, voltando ao que é bom, seja muito bem vindo!
    Você veio fazer parte da turma do bem, da parte que pensa neste país, das pessoas honradas e trabalhadoras, cumpridoras dos deveres.
    Grande abraço
    Dulce

    Cara Dulce,

    Muito obrigado pelas boas vindas e pelas boas palavras a meu respeito.

    Espero corresponder à sua expectativa.

    Volte sempre!

    Um abraço do

    Ricardo Setti

  • Frederico Hochreiter/BH

    É a primeira vez que visito seu blog, Ricardo. Pode contar com mais um visitante assíduo. Parabéns pela diversidade de assuntos, a critica correta sem perder
    a leveza do estilo. Vai ser outra leitura diária junto com a de seus colegas Augusto e Reinaldo.

    Muito obrigado por suas palavras, por sua visita e por seu propósito de voltar sempre, caro Frederico.

    Será um prazer.

    Um abraço do

    Ricardo Setti

  • osmar costa

    É estarrecedora a diferença de ocupantes antes e depois com Lula.A Casa Civil foi realmente transformada em casa vil.Êsse sujeito, quando cair na real e descobrir as besteiras que fêz quando presidente,vai ter um fim de vida melancólico.

  • Marcia

    Um bom artigo sobre o pós-Lula, Socialismo com Banana:

    http://blogdovampirodecuritiba.blogspot.com/

    Vale a pena!

  • Antônio Simões

    É a Idade das Trevas reeditada no Brasil LuLLista…uma lástima!!

  • Daniel

    Se fosse indicado, borraria as calças de medo, devido o tamanho das responsabilidade, o trio-para-dura entra e apronta uma destas?!
    É muita canalhice com o posto, local, e responsabilidade, e com a República.

    Depois desta vai ser preciso desinfetar a Casa Civil, isso dependendo de quem a Dilma nomear.

  • Julio Mad

    É o polvo no poder. Em um vídeo (“lula e dilma no foro de sao paulo”), o molusco fala (à esquerda festiva latina) sobre a grandeza do povo cubano que sucumbiu ao grande lider Fidel. Acho que ele já pode atualizar o discurso igualando o brasileiro àqueles infelizes que não conheciam histórias de populistas revolucionários (todos implantaram ditaduras), e portanto, não sabiam o que estavam fazendo.

  • Dulce Toledo / BH

    Setti,
    respondendo a sua resposta ao meu comentário, eu o acompanho há algum tempo. Você havia sumido e eu não sabia onde lê-lo. Foi com muita satisfação que o vi por aqui, apresentado pela mão do Augusto. Portanto, minhas palavras não são meramente boas, são verdadeiras, elogios merecidos partindo de uma leitora que sempre o admirou.
    Mais uma vez, sucesso por aqui.
    Grande abraço
    Dulce

    Muito obrigado, cara Dulce.

    Andei uns tempos ausente do país, mas agora estou aqui, na batalha.

    Obrigado por sua leitura e por sua gentileza.

    Abração do

    Ricardo Setti

  • francisco penin

    Parabéns, Veja. Parabéns, Setti.
    A pequenez a que foi reduzida a outrora poderosa ( em múltiplos aspectos, não só o de achacar) Casa Civil foi muito bem dimensionada por sua pena. O que preocupa é que los petistas se podem sentir ofendidos, e achar que o local que funciona como central de confecção de dossiês seja reduzido à dimensão de uma pequena cadela, de olhos saltados,barulhenta e fanfarrona. E, assim pensando, podem querer processar o caro jornalista.É esse o perigo .

    Obrigado pelos parabéns, caro Francisco.

    Obrigado por seu comentário.

    Apareça sempre.

    Um abraço do

    Ricardo Setti

  • francisco penin

    Caro Setti,
    A Casa Civil é democrática,também. Tanto que, apesar de civil,projetou no cenário de escândalos, um coronel. Que também,diga-se a bem da verdade, está “convencido” de sua própria inocência. Sujeito tão necessário para o bem do Brasil,com suas redentoras propostas e soluções, é mais um messias,que, surgindo do nada,se propõe a nos salvar. Ave, coronel Artur !

  • Ruben

    eu confio no fogo amigo. como esse que derrubou erenice e vai derrubar muitas mais.

  • Andre Baiker

    QUANDO VAI CHEGAR A HORA DO BARBICACHO CALR O BICO?

  • Natal Santana

    Quem diria que, pelo menos em um aspecto (se não aparecerem outros), teríamos saudade dos generais-presidentes! O articulista poderia também citar o Prof. Leitão de Abreu, no governo Figueiredo.

    Caro Natal,

    Não citei todos os chefes da Casa Civil de grande nível pessoal, independentemente de sua posição política ou do governo a que serviram, para não tornar muito longo o post.

    Leitão de Abreu também foi chefe da Casa Civil do general Garrastazu Médici.

    Apesar de tudo, não tenho saudade dos generais-presidentes…

    Abraços do

    Ricardo Setti

  • Richard Breyer

    A situação é desesperadora. Temos que achar um jeiro de acabar com a campanha da Dilma. O metro de são paulo parou hoje cedo.Tenho certeza que o grupo da inteligencia do PT, junto com as FARCs mais os os irarianos e claro Fidel e Chaves estão por trás disso. A revista precisa publicar

  • IZABEL TAVARES

    FANTÁSTICO PODER TER ACESSO A QUALQUER INFORMAÇÃO E DELA SE BENEFICIAR, OU NÃO, MAS O “DIREITO” DO LIVRE ARBÍTRIO PARTE DE NÓS, ENTÃO É MUITO BOM TER CONHECIMENTO, OBRIGADO.

  • João Menezes

    Meu caro Setti.
    Tenho certeza que junto com Augusto, Reinaldo Azevedo e outros intelectuais de nomeada, nós os brasileiros decentes só temos a ganhar. Seja bem- vindo e sucesso. O que motiva-se ainda a permanecer no Brasil são pessoas como vocês; com coragem cívica, dignidade e não se deixarem cooptar por essa corja de canalhas que estão de plantão no governo. Que o Deus onipotente o livre e guarde desses crápulas.
    Abraços

    Caro João,
    Obrigado pela visita e pelo comentário.
    Um grande abraço do
    SETTI

  • ra

    certeiro. Bemvindo Setti

  • joseh

    Caro Setti,
    O Natal Santana (15h:32)lembrou bem sobre o honrado prof. João Leitão de Abreu, que além da chefia da Casa Civil do Médici e Figueiredo, foi ministro do Supremo Tribunal Federal.
    Quanto aos demais ministros, seu artigo foi perfeito em demonstrar a decadência da moral da atual Casa “Covil” da Presidência da República.

    É animador saber que você, junto com o time da Veja, formam a tropa de choque em defesa da democracia e da liberdade de imprensa.

    Abraços e parabéns pela excelente coluna.

    Obrigado pelos parabéns, meu caro.

    Não citei o ministro Leitão de Abreu, como também outros, porque o post ficaria longo demais. Os ministros da Casa Civil que mencionei foram relacionados a título de exemplo.

    Volte sempre.

    Um abraço do

    Ricardo Setti

  • L.Candeia

    Grande Ricardo Setti: que seja longa (profícua sempre há de ser) sua estada entre nós, leitores.
    Simples assim: as escolhas de Lula para o posto foram, são e serão(“vade retrum”…) compatíveis com seu perfil intelectual e sua catadura moral.
    Jamais esperei coisa melhor…

    Obrigado pelas boas vindas.
    Volte sempre.
    Um abraço do
    SETTI

  • fpenin

    Setti,
    Refrão para ser cantado por quem não é adepto da “boquinha”: -…Quem nasceu /pra zédirceu/ nunca chega a Leitão de Abreu…

  • Betânia Pessoa

    Engana-se quem acha que não houve tráfico de influencia na gestão da Dilma na Casa Civil, o que dizer do caso Varig. Os quase 14.000 funcionários que após 4 anos ainda não receberam seque um unico centavo sabem bem que foi.

  • Roberto

    Se com nove já é assim, imagiram se tivesse os dez.

  • jose fier

    se é assim com tantas falcatruas do lula e de seu governo e do PT, pq mesmo assim o povo vota nele, pior ainda ele conseguiu que o povo vote para presidente em UMA SENHORA NINGUEM, como dissse o candidato a presidente Plinio ao se referir a dilma, que ela nunca foi nada, continua sendo nada, e continuara a não ser nada, disse ele que ela foi fabricada por lula, por ela mesmo e pelo pt ele acho que n teria nem o voto dela para presidente, agora eu pergunto, como vai ser o Brasil com essa senhora depois que lula diz ter zerado a nossa divida externa e somos donos do nossso nariz, mas ele so esqueceu de dizer que o zerado dele da nossa divida externa foi o seguinte trocamos de devedores internacionais com juros ao ano de 2 por cento , para juros nacionais de 10 por cento ao ano, issso representa um gasto a mais por ano de 120 bilhões de reais, so para o presidente lula ter o gosto de ir na midia e dizer que agora somos donos do nossso nariz, so que o preço pago pelo povo é alto por essa irresponsabilidade do presidente

  • jose fier

    problema é que o eleitor só vê tv, e não lê jornal e nem revista veja, praticamente voltamos ao seculo 19 onde o eleitor era de cabresto, cara acara agora cabresto e trafico d einfluencia, bolsa familia, rede de energia eletrica em um municiío da bahia onde tem 200 casas, e lula foi la inaugurar essa tal luz para todos, é sim saiu de uma expo do rio Grande do Sul e foi la na bhaia inaugurar, entre politicos e puxa sacos e minsitros etce tal o comicio teve no local 100 pessoas, que ponto chegamos e ainda dizem do governo da ditadura onde os governos inauguravam usinas hidreletricas esse inaugura rede eletrica,