EUA: apesar dos números ainda espantosos do déficit, Obama tem boa notícia a menos de um mês da eleição

Mais importante do que a notícia negativa de que o déficit do Orçamento americano mantém-se acima de 1 trilhão de dólares pelo quarto ano consecutivo, o relevante é o extraordinário esforço feito pela administração do presidente Barack Obama para baixá-lo.

Evidentemente seus críticos republicanos passam por cima da questão, mas o fato é que o déficit federal dos Estados Unidos caiu de 8,7% do Produto Interno Bruto (PIB), no exercício 2010-2011, para 7% do PIB no exercício 2011-2012, que terminou em 30 de setembro. (O ano fiscal nos EUA, por uma excentricidade típica, não corrresponde ao ano propriamente dito.)

A divulgação da notícia, a três semanas das eleições do próximo dia 6, é um resultado extraordinário para um PIB que já bate nos 15 trilhões de dólares.

Se os países europeus conseguissem metade disso, em percentual, o euro estaria salvo desde já.

A fama de gastadores dos democratas não combina com uma redução de nada menos que 16% sobre o exercício 2010-2011.

Será que Obama, no debate com seu adversário Mitt Romney amanhã, vai deixar de lado esse argumento — como fez com outros a seu favor no debate anterior, em que perdeu feio?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

5 × três =

Nenhum comentário

  • Marco

    Dom Setti: O problema dele é a voz fraca na garganta, q tb não ajuda.
    Abs.

  • Angelo Losguardi

    Setti, há de se ter cuidado nesse tipo de análise. Tem que ver bem se realmente a administração dele teve algum mérito nisso ou essa diminuição é aparente face a outro fator diverso (exemplo, o crescimento do PIB).

    Tenho sempre cuidado, Angelo. Não quis me alongar com o post, mas, entre outras medidas, ele cortou 2% dos gastos da imensa máquina do Estado. Esse mérito não dá pra tirar do homem — nem a salvação da General Motros e outros gigantes. Ah, e os bancos “salvos” pelo Fed já pagaram tudo o que lhes foi emprestado, sabia?

  • Angelo Losguardi

    Ótimo que tenha emprestado e melhor ainda que tenham pago rsrsrs Claro que não compactuo com a ideia irresponsável de que tem que deixar quebrar tudo. O que o governo tiver ao seu alcance pra evitar tragédias assim, é bom que use!
    .
    Aproveitando o assunto interessante e esse tema (banco central, endividamento, etc), já viu as colocações do G. Edward Griffin? Normalmente ele ignorado pela mídia que trata ela como um conservador divulgador de teorias da conspiração, mas ele fala umas coisas MUITO interessantes sobre o fim do lastro do dólar com o ouro:

    http://www.youtube.com/watch?v=YocaEuldzKY

    Obrigado pela dica, caro Angelo. Separei para ver com calma.

    Abração!

  • Angelo Losguardi

    (…) que trata ELE (…)
    Desculpe o erro rsrs

  • Angelo Losguardi

    Argh, hoje eu estou terrível…
    (…)que O trata (…)

  • Angelo Losguardi

    Setti, a parte em que ele fala do ouro propriamente dito é na parte 2, da continuação: http://www.youtube.com/watch?v=QO3xR9HKg0U&feature=relmfu

    Muito sagaz a comparação que ele faz com o que se comprava com uma onça de ouro na época romana e na atualidade. O link anterior, a parte 1, ele enfoca mais a criação do FED e o livro dele, a Criatura da Ilha Jeckyll.

    Obrigado de novo, caro Angelo, pela dica.

    Abração!

  • Bruno Guerra

    Caro Setti,
    .
    Não encontrei o post da Islandia que vc colocou dias atras. Mas saiu, mais, uma noticia sobre o pequeno pais maravilha:
    .
    http://www.abc.es/20121019/economia/abci-islandia-paro-descenso-201210182211.html
    .
    Assim ninguem vai querer pagar a divida externa !!!
    .
    Abr, BR

    Caro Bruno, vou lhe passar uma dica simples: no alto da home page, à direita, há uma janela intitulada “Busca no blog”. É um mecanismo de busca muito rápido que ajuda você a chegar aos posts mediante uma ou duas palavras-chaves.

    Foi o que acabo de fazer para lhe passar o link do post sobre a Islândia:

    http://veja.abril.com.br/blog/ricardo-setti/vasto-mundo/video-muito-interessante-como-a-islandia-deu-uma-banana-aos-credores-da-divida-de-seus-bancos/

    Um abração!