Image
Dilma entrega correndo a Taça FIFA para o lateral Lahm, capitão da Alemanha: constrangida, ela fez tudo rapidamente para fugir de vaias (Foto: Ivan Pacheco/VEJA.com)

Não precisava ser tão patético, mas foi.

A TV FIFA fez de tudo para esconder a presidente Dilma dos telões do Estádio do Maracanã ontem, na final da Copa do Mundo, para evitar vaias e xingamentos — que, de fato, foram poucos.

Mas, com isso, pouco mostrou ilustres visitantes estrangeiros presentes, a começar pela chanceler alemã Angela Merkel, uma das governantes mais importantes do mundo, passando, também, por outro dirigente de primeiro plano — o presidente russo Vladimir Putin, que praticamente desapareceu do telão e das imagens de TV transmitidas para todo o mundo.

A colaboração do cartola Joseph Blatter, presidente da FIFA, esteve presente o tempo todo — até na rapidez com que, na hora solene em que a presidente deveria entregar a Taça FIFA para o capitão da seleção campeã, o lateral Philip Lahm, ele passou correndo a estátua de pouco mais de 6 quilos de ouro para Dilma, que bateu o recorde de pressa na entrega, com fisionomia constrangida. Entregou e saiu rapidamente de frente das câmeras de TV.

Image
Parte do camarote de honra na final da Copa: na fileira de cima, em primeiro plano, Putin, Blatter, Dilma, Merkel e o presidente alemão, Joachim Gauck. Na fila de baixo, o último da direita é o chanceler russo Sergei Lavrov (Foto: Pedro Ugarte/AFP)

Putin estava a uma cadeira de distância de Dilma — Blatter sentou-se entre eles –, mas ficou praticamente invisível em telas e telões. Merkel, que em outra circunstância seria importante protagonista, juntamente com a própria presidente, era focada em frações de segundos. O presidente da Alemanha, o ex-ativista pelas liberdades públicas na ex-Alemanha Oriental Joachim Gauck, considerado o homem público de mais autoridade moral em seu país, ninguém viu.

Acabaram sumindo do mapa outros presidentes de nações importantes para o Brasil, como Jacob Zuma, da África do Sul, sem contar autoridades como o chanceler russo, Sergei Lavrov.

O objetivo principal da mãozinha de Blatter a Dilma, contudo, acabou sendo alcançado: houve vaias, sim, mas não generalizadas, e as ofensas grosseiras à presidente, que também existiram, reduziram-se a pontos isolados do público.

No momento da entrega da Taça FIFA, as vaias aumentaram de tom, acabando, porém, por ser abafadas pelos aplausos e comemorações dos torcedores alemães e dos brasileiros que não queriam a vitória da Argentina.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

3 × três =

18 Comentários

Charles A. em 15 de julho de 2014

As vaias foram poucas?,os xingamentos também? Não foi o que vi,principalmente se levarmos em conta os 50000 argentinos e sei lá quantos alemães ali presentes. Achou pouco?Eu também!queria bem mais,para mostrar ao mundo de forma inequívoca quem é dilma e a popularidade que ela desfruta realmente!Os argentinos e alemães poderiam ter colaborado!

Lauro L. Madeira em 15 de julho de 2014

A FIFA petralhou!!!!

Corinthians em 15 de julho de 2014

Acho uma atitude que o brasileiro deveria ter como exempo. Espero que nas eleições os brasileiros escondam a Dillma e os petistas dos cargos públicos. Por que infelizmente enquanto estiverem lá, o máximo que podemos é pedir para tomarem cajú, enquanto que quem efetivamente toma cajú é o povo.

Bruno Sampaio em 15 de julho de 2014

Não publico comentários que incentivem a violência como forma de ação política, nem de brincadeira, como parece ter sido o caso de seu comentário que deletei.

Brasileiro bravo em 15 de julho de 2014

A presidente morre de medo do povo.

Vandergleyson em 15 de julho de 2014

Começou a chuva de propaganda enganosa dos discipulos de Goebbels, com manchetadas tipo: "Turistas deixaram R$X de dinheiro na Copa", "Cidade do Rio arrecadou 4 vezes mais que o esperado". E daí? Gastaram quanto para isso? Quero ver o valor total do custo/benefício. E os juros para bancar essa farra toda foi calculado? E a inflação maior para os residentes das cidades da Copa será descontado? E o oportunity cost de todos esses estádios elefantes brancos, sem falar no custo da manutenção daqui para frente? Manchetadas para enganar otários.

Jose em 15 de julho de 2014

Quem é o cidadão na frente de Putin? Ele aparece em todo camarote/tribuna. (Na Arena São Paulo (Itaquerão) estava de gravata vermelha ao lado Temer). Não conseguimos obter a informação, caro José. Sinto muito.

Marceloo Nascimento em 15 de julho de 2014

Infelizmente na democracia nao existe voto contra, somente voto a favor de algum candidato. E infelizmente a oposicao nao demonstrou pra o que veio fazer. Propostas neoliberais tambem nao me animam. A politica hoje se parece muito com os protestos. Protestam pra tudo que estah errado por ai, mas nao dizem o que estah errado ou como resolver o errado. Simplesmente protestam por protestar sem levar o contexto historico, etc. Criticam a promiscuidade politica, o aparelhamento do Estado, o financiamento de campanhas mas nesse quesito TODOS os partidos sao iguais. E nenhum deles quer fazer nenhuma reforma politica para evitar tudo isso.

Paulo em 15 de julho de 2014

Dava pra ver escrito na cara dela: Ô alemão, pega logo esse troço aí que eu tenho que vazar! Em todas as entregas de troféus que eu já vi, aquele que faz a entrega o faz com simpatia e dignidade, mas quem disse que a madame tem isso, né?

João em 15 de julho de 2014

Outro erro! fora a mídia televisiva, usar de crianças e até de ex-técnicos para entusiasmar o povo a torcer para a Seleção brasileira. O maior erro fra a mídia dizer que a Seleção tinha o dever de ganhar a Copa do Mundo; não raramente alguém que se dizia entendido de futebol dizia com tdas a certeza que o Brasil já era campeão. isso tudo se reverteu em pressão psicológica e os jogadores não suportaram tanta pressão e entraram em "parafusos" na hora da decisão. A primeira coisa que deve mudar em Copa do Mundo é o sensacionalismo da Mídia televisiva que na intenção de ajudar acaba atrapalhando os trabalhos dos profissionais do esporte.

João em 15 de julho de 2014

A culpa foi do elenco da seleção,no geral, eles acharam que já eram campeões,acreditaram na Copa das confederações esqueceram que a copa das confederações fora programada para o Brasil ganhar; só para angariar simpatia junto a nação que na ocasião estava rejeitando a Copa.

Ronaldo força em 14 de julho de 2014

Pela entrevista dada pela psicóloga da Seleção no Roda Viva, a culpa foi da dupla Filipão e Parreira que já ultrapassados, furaram a fila e fecharam a porta para técnicos melhores informados e mais preparados. Não tiveram o cuidado de mesclar jogadores experientes com os mais jovens e confiaram demais em Neymar, achando que resolveria tudo sozinho. Acharam que a copa da confederações serviria de base para o sucesso e no meio da torneio viram que os times eram diferentes e de melhores condições. Quando abriram os olhos já era tarde.

Glederson em 14 de julho de 2014

Os videos feitos no estádio derrubam por terra que as vaias foram foram poucas este é apenas um,https://www.youtube.com/watch?v=L0WtVysKr58 correm outros tantos no Face de outros pontos do estádio, a Fifa tentou abafar mesmo, mas eles aconteceram, praticamente todos os brasileiros no estádio participaram, isso é balela da turma do PT da outra vez culparam a elite, dessa vez diz que foram poucos faz me rir, a cara de Dilma mostra bem o que aconteceu!!!

Rodolfo em 14 de julho de 2014

Não é coincidência que todos os dirigentes escondidos pelas câmaras da FIFA são de Nações que fazem as maiores negociatas com o Brasil hoje em dia, como a Rússia e a África do Sul!

Antonio ricardo em 14 de julho de 2014

sério isso,e as proposta da oposição nada né,só vaiar não ganha voto ,quero proposta da oposição já já já,não aceito desculpa.

@MauroVS em 14 de julho de 2014

Eu assisti na resolução 720p, menos que 1K 1080p e a propaganda era 4k. País rico é outra coisa.

Toninho Malvadeza em 14 de julho de 2014

Que coisa mais ridícula ! Ter que ESCONDER a presidente do país,para evitar xingamentos e vaias. PERDEU,LULA !

Zé Roberto em 14 de julho de 2014

DILMA, eu votar em tu, minha linda!!!!!!!

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI