Image
Táxis abandonados e animais compõem o cenário da Barcelona Apocalíptica dos irmãos Pastor; bem ao fundo à esquerda, a igreja da Sagrada Família, em construção há 131 anos

Alguns cineastas espanhóis da moda têm se divertido ao imaginar a luminosa Barcelona, uma das cidades mais belas e agradáveis do planeta, como um lugar apocalíptico e assustador.

O mais notório até o momento foi o catalão Jaume Balagueró, que em sua série de películas de horror Rec, iniciada em 2007, concebeu uma Barcelona infernal, habitada por cidadãos que um misterioso vírus transforma em zumbis assassinos. O último produto da saga, não por acaso intitulado Apocalipsis, estreia este ano.

Com Los Últimos Días, longa que acaba de chegar aos cinemas da Espanha – ainda sem estreia confirmada no Brasil -, os irmãos diretores Álex e David Pastor – responsáveis por Vírus (originalmente “Carriers”, 2009), ambos barceloneses, engordam a lista.

Ambientado em Barna e com tintes de produção hollywoodiana, o filme enfoca uma fictícia epidemia mundial na qual as pessoas morrem, sem explicação, pelo simples ato de sair de suas casas.

Alguns cartões postais da metrópole catalã, tal qual o festivo e nada bélico Arco do Triunfo, erigido para a Exposição Universal de 1888, aparecem como cenários de fim de mundo em Los Últimos Días. Também são simulados “apagões” em célebres edifícios modernos, como a enorme e controvertida Torre Agbar, obra do arquiteto francês Jean Nouvel, e transforma estações de metrô em bunkers.

“Barcelona não é um simples cenário, mas um personagem a mais com papel fundamental no filme”, disse um dos atores principais, Quim Gutierrez. Assistam ao trailer e se horrorizem com a Barcelona projetada pelos irmãos Pastor.

DEIXE UM COMENTÁRIO

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × 1 =

2 Comentários

Dulce Regina em 10 de abril de 2013

Que horror !!! Já não basta, o que estamos vivendo hoje ? Estou fora...

moacir em 08 de abril de 2013

Quer saber?Não vou ver esse filme.Uma crueldade!Pra mim, a beleza de Barcelona,e principalmente suas vitalidade e cordialidade são sagradas.TABU! Abraço

VER + COMENTÁRIOS
TWITTER DO SETTI